• Vereador não dá nomes e frustra ouvintes da coluna O Deda Questão na rádio Ipanema ao revelar uma lista requentada de denúncias como sendo as quadrilhas que atuam na Prefeitura de Sorocaba. Mais do mesmo. Amarelou. Muito trovão e pouca chuva. Só fumaça. Estes foram alguns adjetivos que ouvi

    Enviado em: 26/02/2015 19:21h - Por: Deda



    O vereador Crespo não citou um único nome de pessoas que fariam parte das 18 quadrilhas que ele disse atuar na Prefeitura de Sorocaba e que impediriam o prefeito Pannunzio de governar. Foi frustrante sua atuação. Ele entregou aos jornalistas do Jornal Ipanema durante a coluna O Deda Questão uma lista com o que ele chamou de 18 quadrilhas (veja abaixo a relação) e durante o programa acrescentou uma denúncia a mais. A grande maioria refere-se ao governo Lippi. Ao responder o que essas denúncias (a maioria requentada) atrapalhava ao atual governo, como o vereador disse na tribuna e na rádio, ele afirmou que o prefeito estava jogando embaixo do tapete a sujeira passada, se recusando a investigar e sendo conivente com o que as pessoas denunciadas por ele seguem fazendo na prefeitura. A mesma lista lida pelo vereador hoje na rádio ele protocolou na polícia de Sorocaba no dia 27 de novembro de 2014. Questionado por mim, Crespo afirmou que "não vou citar os nomes porque eles estão em investigação pela polícia. Presumo que esteja em investigação policial. Se você fala o nome, talvez alguns ainda não estejam dentro do processo", explicou.
    Por onde andei na tarde hoje senti um clima de decepção com o fato do vereador não ter revelado nomes: Mais do mesmo. Amarelou. Muito trovão e pouca chuva. Só fumaça. Estes foram alguns adjetivos que ouvi.

    Quadrilhas que agem na prefeitura de Sorocaba, segundo o vereador:

    Serviço de Funerária com taxa irregular - Cobrança irregular de serviço de tanatopraxia - procedimento de preparação de cadáver para velório. (Ação Popular na Vara da Fazenda Pública, número 3.031.637-04.2013.8.26.0602)

    Atestados falsos de médicos - Médicos emitiam atestados falsos para outros profissionais que atuavam na rede municipal de saúde. (Requerimento número 1.140/2014)

    Dívida na Santa Casa - Rombo de R$ 50 milhões de reais em dívidas do hospital público. Fato culminou em requisição para que a Secretaria de Saúde passasse a administrar a unidade. Atualmente, a Santa Casa é investigada pela Polícia Civil de Sorocaba. (Representado por uma Ação Civil Pública na Vara da Fazenda Pública - número 713-27.2014.8.26.0602) 

    Abusos na Guarda Civil Municipal - Crimes de abuso de autoridade sendo cometidos por guardas que integram a Romu (Ronda Municipal) (Representado no Ministério Público, nº 1.507/2014)

    Troca de animais no Zoológico - Pessoas estariam trocando animais de dentro do Zoo Quinzinho de Barros com outros zoológicos particulares. Segundo Crespo, esta representação foi feita há meses. Servidores da Secretaria de Meio Ambiente não estariam cadastrando novos animais para realizar estas trocas irregulares. (Representação no Ministério Público Estadual, número 553/2014)

    Cartel das pavimentadoras - Investigação sobre acordo ilegal entre concorrentes para pavimentação na cidade (Representação número PRM-SRC-SP 895/2013 ao Ministério Público Federal)

    Fiscalização de obras atrasadas - Suposta quadrilha agiria na fiscalização de obras públicas. No total, Crespo cita 48 obras atrasadas e cartéis que teriam se formado em algumas delas. O vereador informa que o Ministério Público engavetou o relatório. (Relatório da CPI 001/2013)

    Cartel da merenda escolar - Investigado pelo Gaeco, o cartel, que integraria empresas terceirizadas de merendas escolares municipais, movimentaria R$ 1 milhão/mês em propina (CPI 04/2014)

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Juiz desmente versão de vereador que dá a entender em sua entrevista que denúncias contra ex-prefeito estão sem serem julgadas porque o juiz, que um dia foi casado com a irmã do ex-prefeito, se diz impedido. Em conversa comigo, juiz afirma que casos foram distribuídos para outros magistrados

    Enviado em: 26/02/2015 19:19h - Por: Deda



    O vereador Crespo sabe que a maioria dos casos que citou como sendo quadrilha na Prefeitura de Sorocaba é referente a administração do hoje deputado federal Vitor Lippi. Por mais de uma vez ao longo da entrevista ele afirmou que não existe julgamento desses casos porque o juiz se autodenominou impedido de seguir no caso porque um dia foi casado com a irmã de Lippi. O vereador refere-se ao Juiz da Fazenda da Comarca de Sorocaba, José Eduardo Marcondes Machado. Ouvi ele sobre essas afirmações do vereador. Ele já tinha conhecimento de toda a entrevista e me disse: "os processos envolvendo Lippi, nos quais me declarei suspeito, não estão paralisados como afirmou Crespo, pois foram imediatamente redistribuídos a outros juízes da comarca".

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Citarei uma por uma as 18 quadrilhas de dentro da prefeitura que estão boicotando o governo do prefeito Pannunzio. Compromisso assumido por vereador vai ao ar ao vivo na coluna O Deda Questão na rádio Ipanema na manhã desta quinta-feira

    Enviado em: 25/02/2015 20:25h - Por: Deda



    O vereador Crespo usou a tribuna da Câmara de Sorocaba na manhã de terça-feira para criticar a situação do mato e da dengue na cidade. Chegou a afirmar que o descaso era tão grande que se poderia pensar num impeachment do prefeito Pannunzio por má gestão deste problema e, elevando o tom da crítica, chegou a dizer que o Pannunzio é uma espécie de rainha da Inglaterra, ou seja, tem o cargo, mas não manda. E foi com o espírito de esclarecer essas afirmações que numa iniciativa de Kiko Pagliato, comentarista do Jornal Ipanema, ele convidou o vereador Crespo a entrar ao vivo em meu quadro, O Deda Questão, na manhã de hoje (FM 91,1Mhz). E assim aconteceu, Crespo deu entrevista por telefone.
    O vereador esclareceu sua afirmação na tribuna dizendo que o prefeito manda, mas os secretários não obedecem e disse isso reafirmando o que já havia dito em novembro do ano passado que "há quadrilhas atuando dentro da prefeitura de Sorocaba". Eu rebati dizendo que o vereador já havia dito isso no ano passado, mas na polícia ele não havia dado nenhum nome e o inquérito, por isso, estaria para ser arquivado. Crespo disse que eu estava mal informado. Enfim, leia abaixo um resumo do que disse o vereador em reportagem de Alana Damasceno do portal do Jornal Ipanema:

    Denúncia

     "Nós levantamos 18 quadrilhas e eu já documentei tudo isso. Claro que é um assunto desagradável que não levo aos jornais. Se vocês abrirem espaço, citarei as quadrilhas, uma por uma, que estão boicotando o governo do prefeito Antonio Carlos Pannunzio". O espaço foi aberto e nesta quinta-feira, às 8h, o vereador vai dar entrevista para tratar do tema.

    Polícia

    "Espero que o delegado titular da Delegacia Seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel, que é competente, já esteja investigando essa quadrilha, mas isto não é da minha alçada". No dia 26 de novembro de 2014 a assessoria do vereador informa que foi protocolada na polícia a informação com o nome das 18 quadrilhas. "Recebi até um pedido do [delegado] Marcelo Carriel para que eu explicasse melhor essa situação de quadrilhas", rebateu uma fala de Deda, ao ser criticado pelo colunista de que até então o parlamentar não tinha apresentado provas. "Você é um dos melhores analistas políticos de Sorocaba, mas não tem a obrigação de saber tudo", dirigiu-se ao Deda.

    Prefeito é vítima

    Crespo ainda declarou que o prefeito é vítima da situação. "Eu gosto do Pannunzio, ele é uma excelente pessoa, mas ele está sendo vítima por que não manda na cidade. Ele tem que dar um murro na mesa e dizer quem governa a cidade", opinou.



    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Ouvinte de O Deda Questão na rádio Ipanema chama minha atenção e classifica de infeliz uma opinião que dei sobre a grave situação da dengue em Sorocaba. Número de casos pulam de 2.424 para 4.030 em uma semana

    Enviado em: 25/02/2015 20:22h - Por: Deda



    Édson Medeiros é ouvinte da coluna O Deda Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) e se motivou a chamar minha atenção a respeito de uma colocação que fiz sobre a grave situação da dengue em Sorocaba. Assim ele se posicionou: "Bom dia Deda, costumo admirar seu posicionamento sobre o cotidiano da cidade, no Jornal da Ipanema. Mas hoje, 13/02/2015 você fez uma colocação infeliz sobre a dengue: "...o poder público tem que parar de passar a mão na cabeça das pessoas..." referindo-se ao aumento de casos de dengue no municipio. Em seguida você fez o certo e informou que o mosquito pica do umbigo para baixo e voa até 500m , portanto é gerado na própria casa das pessoas ou nos vizinhos. Sugiro pensar em: 1) O poder público brasileiro é um fiasco, cobra muito e faz pouco e o pouco que faz, o faz mal feito, incompleto oneroso e demorado. Portando 'as pessoas' aqui nesta província, são vitimas dos governos que elegem. Digo desde vereadores que falam 'poblema', 'menas', 'sítroca' etc. 2) Voce tem influência nos meios de comunicação então promova a informação sobre o mosquito da dengue: Pica abaixo da cintura (aí as pessoas podem passar repelente priorizando esta parte do corpo); Voa até 500 m (o que reforça a cada um fiscalizar seu quintal, telhado, calhas, caixa d'agua, piscina, e alertar os vizinhos. Grato pela atenção".
    Em tempo: Subiu de 2.424 para 4.030 o número de casos de dengue em Sorocaba, conforme anunciado no início da noite de hoje (25/1/15) em entrevista coletiva pelo Secretário de Saúde do Município, Francisco Antonio Fernandes. O resultado é o aumento do número de pessoas procurando atendimento médico e o crescimento das filas sejam nos serviços públicos ou particulares.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Deputado federal por Sorocaba, Vitor Lippi defende impeachment da presidente Dilma "porque o povo quer isso". Eu lembrei ao deputado que Pôncio Pilatos mandou Jesus para a cruz porque o povo assim queria. Mas ele ignorou minha provocação

    Enviado em: 23/02/2015 19:12h - Por: Deda



    O deputado federal Vitor Lippi (PSDB) participou nesta segunda-feira (23/2/15), do Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema, para falar (entre outros assuntos) sobre os escândalos de denúncias de corrupção que envolvem a Petrobras. Para mim, na coluna “O Deda Questão”, o parlamentar também falou sobre o movimento que defende um possível impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). 
    Eu quis saber se ele era a favor do impeachment e ele assim se pronunciou: “Onde eu vou, eu escuto as pessoas falando: ´Tira aquela mulher de lá´. Eu estou falando como cidadão, eu não sou mais do que ninguém. Tenho alguns compromissos legitimados com esse país, mas eu sou igual. O sentimento da população não poderia ser pior”, disse Lippi sobre o iníco da administração da presidente. 
    Eu lembrei ao deputado que Pôncio Pilatos mandou Jesus Cristo para a cruz porque o povo assim queria. Mas o deputado ignorou minha provocação e afirmou que seria bom se o governo de Dilma fosse substituído: “Se nós pudéssemos substituir o governo, acho que seria muito bom para o Brasil, mas isso teria que passar por um processo legitimado. Não podemos fazer disso um desejo pessoal ou um desrespeito democrático”, frisou.
    Em tempo: longe de mim achar que a Dilma seja Jesus. Mas confesso que o povo é uma massa sem forma. É o que cada um interpreta dessa massa que dá sentido ao que cada um que forma esse povo fala. Portanto, a responsabilidade de quem tem a caneta na mão (como um deputado na questão do impeachment) é individual, da sua ideologia e de seu partido. Deixar na mão do povo a responsabilidade de seu ato é covardia. É um ato demagógico. É falar o que esse povo quer ouvir para tirar benefício próprio (como ganhar votos, por exemplo). Entendo que existam pessoas que acreditem que o impeachment seja um caminho neste momento do país e respeito essa posição. Mas me irrita quem tem essa opinião porque assim o povo quer.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
    Enviado por: Robson 24/02/2015 (09:22h)
    Parabéns pelo seu posicionamento! Concordo plenamente! Esse é o ISO dos políticos atuais: demagógicos e oportunistas. Parabéns!
  • Juventude petista reage mal com este blog por dar voz às críticas de um ouvinte sobre a visão que ele tem sobre o posicionamento do partido. E o debate entre membros da juventude e eu se alongou. Reproduzo tudo aqui

    Enviado em: 23/02/2015 19:10h - Por: Deda



    Dei voz a Fernando Petermann, analista ambiental e ouvinte da rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), que se manifestou ferozmente contra o que classificou de "lixo de entrevista com aqueles dois da Juventude PTralha". O tom das críticas seguiram neste tom de ira. 
    Fred Assis, presidente da Juventude do PT, no dia 19 de fevereiro às 19:42 iniciou o debate no Facebook com uma pergunta: "O que acham, é possível dar credibilidade a um jornalista que demora uma semana para comentar sua entrevista e se esconde atrás da opinião, claramente tendenciosa, de um único ouvinte?" Renan Santos, Glauber Piva, Rogério Mel de Campos e outras 24 pessoas curtiram isso.
    Em seguida, Erba Erica se manifesta: "Manda se foder mesmo... um tipinho desses nem merece que vc perca tempo... Antes de vc falar o nome dele, eu nem sabia que ele existia!"
    Então, me manifestei assim: "Não culpem a janela pela paisagem. Fred, o tempo para a manifestação do ouvinte é o dele. E só alguém que não me conhece para dizer que me escondo atrás de algo ou alguém. Essa sua afirmação revela muito mais sobre você do que sobre esre que vos escreve. Mais uma vez entendo que você, e seu grupo, perde a chance de debater a essência do que diz o ouvinte, ou seja, o modo como ele compreende (ou melhor não compreende) o PT. Enfim a polêmica já é algo positivo. E sinceramente desejo que vocês debatam e não mande me foder como disse a moça e muito menos se comporte como o Glauber que condena o mensageiro pela mensagem. A surra das urnas de 2014 me parece que não atingiu a soberba de alguns de vocês. Ei, é a sociedade quem não está aceitando o que vocês estão mostrando. Abraço."
    A réplica de Fred Assis: "Caro Deda Benette, quando o mensageiro é seletivo a quem cabe a culpa? A mensagem foi exclusivamente esta? Foi seletiva, altamente taxativa e superficial !!! Quando você veicula uma única opinião você se apropria dela".
    A réplica de Erba Erica: "Ahhhh mando sim... e se ficar com toda essa hipocrisia, mando novamente...pelo menos seja coerente com a propaganda descarada que faz ao PSDB... seja claramente aberto a defesa partidária... Jura que realmente acha que um grupo de juventude deve se embasar em programar uma feijoada no final de semana... me poupe. E mais uma vez, quem é Deda? Fred, pare de dar ibope a quem não merece... pelamor..."
    Minha tréplica: "Fred, o que há de seletivo em expor o que disse o ouvinte? E quando diz que me aproprio da mensagem está sugerindo que não deveria torna la pública? O objetivo é a divergência e a revelação da idéia de quem está no poder ou em busca dele. Quando a moça escreve que você não deve debater revela o que ela é e representa. Vc não faz política para sua turma, mas para a sociedade. Não me peça para não expor o contraditório e, repito, não culpe a janela pela paisagem."
    A tréplica de Fred Assis: "Deda Benette de forma alguma vc deve excluir o divergente, o fato não é a divergência a disposição ao debate é a busca de embates divergentes ... Mas veicular uma opinião apresentando como única qual a contribuição disso para o debate?
    A tréplica de Erba Erica: "Debater?? Quando você descobrir o real significado do debate, então apoiarei a participação do grupo. Desde quando um jornalista sério colocaria apenas uma opinião de um único ouvinte no blog? Quer ser respeitado? Aprenda antes de mais nada a respeitar a participação de pessoas que se disponibilizaram a participar de um quadro seu. E novamente... pare com hipocrisia e ao menos seja claro quanto a sua defesa partidária... não queira se apoiar na ideia de imparcialidade jornalistica sendo que não a segue de maneira alguma."
    Daniel Oliveira, também da Juventude Petista, entra na discussão com suas colocações: "1 - Qual contribuição crítica da mensagem? Critica ofensiva? 2 - Surra eleitoral? qual o embasamento teorico disso? 3- Sociedade? ou Espetáculo Midiático? Sociedade civil é composta por uma disputa ideológica ela não é homogênia, não ficou claro isso na eleição?"
    Douglas Santos, também da Juventude Petista, entra com sua manifestação: "Deda existem opiniões pró e contra muitas coisas. Mas o tom da fala e do discurso, diz quais ideias de fato são baseadas na razão e merecem reflexão. O leitor que você escolheu, não tem o tom que me passe credibilidade."
    Volto a me manifestar: "Entenda como eu que essa opinião única pode ser a chave para se compreender o resultado das urnas de 2014. Não se apegue ao única, mas ao que a ira contida nas afirmações de Fernando Petterman podem explicar sobre o PT e seu futuro que é a juventude do partido. Ai está a contribuição".
    Douglas Santos rebate: "Os resultados das eleições do ano passado, são frutos das sementes plantadas em Jun de 2013. Aonde apesar de assistirmos a um governo mórbido PSDB em Sorocaba e no estado de SP se vendeu a imagem, de que seriam os salvadores da pátria, que estariam preocupados com a educação e a saúde no Brasil. Mas sabemos que não é essa a preocupação desse partido".
    Minha réplica: "Douglas, concordo inteiramente com você. No tom está a verdade da mensagem. E a questão é essa: o que faz São Paulo estar com raiva do PT?"
    Erba Erica, volta a se manifestar? "Ah gente... por favor!!!! rs... Me explica então como uma feijoada pode contribuir ao fortalecimento dos debates políticos pela juventude do PSDB??? hahahaha. O que faz SP eleger Tiririca, Feliciano e Russomano?"
    Daniel Oliveira rebate minha posição: "Marilena Chaui e Hannah Arendt responde com primor sua pergunta".
    Douglas Santos volta a se manifetar: "O PSDB tem 2 frentes que eu tenho que reconhecer são eficientes, além de ter um aparato midiático, os tucanos tem um discurso homogenico, que de tanto se repetir vira verdade, usaram de maneira admirável as redes sociais, foram organizados e reproduziram discursos irreais que viraram verdades"
    Erba Erica volta a carga: "O que faz SP não ter a minima consciência das responsabilidades do governo do Estado sobre a crise hídrica e educacional?"
    Volto a me manifetsra: "Daniel, então pronto, não vamos mais debater? Vamos oferecer Chaui e Hanna aps eleitores?"
    Afiada, Erba Erica volta a provocar: "Melhor oferecer a Revista Veja, né!!!! rs"
    E Daniel Oliveira me cutuca: "Você poderia lê-las em seu programa! Torná-las populares!"
    E eu reajo: "No programa que tenho, não, mas num que desejo ter, sim. Estou de acordo com você: falta educação. Como dissemina-la?"
    Erba Erica volta a chutar minha canela: "Ajudaria se os pseudo-jornalistas não disseminassem inverdades ou opiniões rasas e sem fundamento".
    Douglas Santos complementa o pensamento da colega: "De fato ajudaria Erica mas cada um joga com as armas que tem"
    Eu, irritadinho, reajo: "Erba, dá para vc se decidir se quer debater comigo? Lá acima me manda me foder e fala igual uma tagarela desde então."
    Daniel Oliveira baixa o tom: "Assim como financiamento privado vence as eleições, o financiamento privado das comunicações criam sofismos."
    Douglas Santos coloca panos quentes: "A Erba tem gênio forte, mas isso tem uma vantagem não há falsidade ou hipocrisia em seu discurso. Certa ou errada o discurso dela é sincero, e ate você chegar era um desabafo entre os amigos, não uma materia publicada em um jornal."
    Erba Erica volta a chutar minha canela: "Ah senhor!!! não perca o foco da tentativa de debate!Várias colocações pertinentes foram postas, e o senhor se preocupa se alguem esta tagarelando ou não? O que coloquei foi sobre o uso da grande mídia em manipular diversos fatos em prol uma determinada ideia..."
    Eu volto ao aspecto inicial do debate: "Daniel isso revela uma visão de mundo, o que você está me dizendo é que tem um monte de gente que não sabe que gosta do PT por causa da mídia? São uns coitados?"
    Fred Assis, voltando ao debate e colocando um fim nele, assim se manifesta: "Enviarei um texto fazendo uma análise do ocorrido e meu posicionamento frente a opinião do eleitor. Fui extremamente ético em todos meus comentários e não aceitarei o tom e a postura do mesmo (Fernando Petterman)".
    Douglas Santos volta a se manifestar: "Eu amo debate troca de ideias Deda, mas vamos fazer isso de forma elegante dos 2 lados. Baixaria da audiência mas não resolve problema."
    Eu me despeço: "Fred, como te disse, aguardo seu texto e vou postar também o que julgo pertinente dessas manifestações em especial a sua e do Daniel. Sucesso a você na condução dessa secretaria tão importante do Pt sorocabano."
    Daniel Oliveira dá sua opinião final: "Estou debatendo como você disse visão de mundo e não juizo de valor."

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Coordenador Médico da Policlínica de Sorocaba é categórico em dizer que não houve boicote à decisão de secretário da Saúde para o atendimento de pacientes na Quarta-Feira de Cinzas

    Enviado em: 23/02/2015 19:05h - Por: Deda

    Escrevi a postagem "Médicos da Policlínica de Sorocaba cumprem determinação do novo secretário da Saúde para fazer atendimento nesta Quarta-Feira de Cinzas, mas os pacientes não apareceram. Por quê? Esta é a grande indagação. Há quem veja boicote". E a resposta do Coordenador Médico da Policlínica é categórica em dizer que não.
    Assim ele se manifestou: "Caro Deda. Faz tempo que não nos vemos, mas desde já agradeço a esta oportunidade de esclarecimento. Sou médico da Prefeitura desde 2006 e assumi a Coordenação Médica da Policlínica em janeiro deste ano. Certamente, enfrentarei dificuldades; afinal, somos 95 médicos com 123.923 consultas atendidas em 2014. É minha obrigação trabalhar para corrigir problemas, com o objetivo de assegurar aos nossos munícipes um atendimento de qualidade.
    É inquestionável que foi correta a determinação do Dr. Francisco, nosso Secretário da Saúde, para abrir a Policlínica a partir das 7h do dia 18/02/2015, pois:
    1)   A cidade vive um estado de emergência para a dengue. Por isso, todas as unidades de saúde - e não apenas a Policlínica - terão atendimento normal na referida data.
    2)   A demanda reprimida por atendimentos em especialidades médicas é enorme.
    Solicitei que todos os médicos tomassem ciência da alteração. É evidente que alguns que estavam com viagem marcada foram pegos de surpresa mas, de forma alguma, existiu resistência a essa medida. As enfermeiras supervisoras e eu fizemos tudo o que estava ao nosso alcance para garantir que o atendimento fosse normalizado logo pela manhã.
    Aproveito para manifestar a minha admiração pelo seu trabalho e para convidá-lo a nos visitar. Coloco-me sempre a sua disposição para esclarecer notícias ou reclamações que envolvam o nosso atendimento.
    Atenciosamente, Rodolfo Pinto Machado de Araujo Filho - Coordenador Médico da Policlínica Municipal “Dr. Edward Maluf”.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Queda no emprego na indústria de Sorocaba em janeiro passado já se compara com o período da crise mundial de 2009. Mas situação está sob controle e duas gigantes do setor dão indicativos que vão retomar ritmo de produção

    Enviado em: 19/02/2015 16:05h - Por: Deda



    Dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), órgão oficial do Ministério do Trabalho e Emprego do governo federal, indicam que a indústria sorocabana efetuou 1,9 mil contratações em  janeiro deste ano, porém, no mesmo período, demitiu outros 2.140 mil trabalhadores. O recuo de 240 empregos (0,34%) é considerado o maior para o mês desde maio de 2009, período da chamada crise mundial. Apesar desse dado, pessoas ligadas à indústria entendem que o pior já passou e dão o exemplo das indústrias ZF e Johnson Controls que voltaram a investir em sua produção das indústrias de Sorocaba cujo a produção é voltada para o mercado interno e da América Latina.
    O economista Geraldo César Almeida, titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Sorocaba, em entrevista a José Antônio Rosa, do Cruzeiro do Sul, disse que mesmo com a diversidade de seu parque industrial, Sorocaba enfrenta dificuldades e para buscar uma saída a este problema ele quer trabalhar em parceria com os setores organizados (indústria, comércio, representações de trabalhadores, etc.) uma agenda local voltada a discutir e buscar alternativas práticas de combate aos efeitos da crise. Tomara que saia alguma boa idéia, Joaquim Levy (o ministro todo poderoso da economia do governo Dilma), certamente, vai agradecer.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • PT sorocabano ainda não fez nenhum movimento mais agudo sobre a crise do partido e a surra de 2014, mas o PT de Osasco fez. O resultado de lá, essa é minha percepção, seria o mesmo caso a pesquisa fosse feita aqui

    Enviado em: 19/02/2015 16:03h - Por: Deda



    O PT de Osasco encomendou uma pesquisa com os cenários para 2016 (eleição deprefeito). Foram ouvidas 600 pessoas no início de fevereiro e os números foram desanimadores para o partido, que governa a cidade há dez anos. Tanto em caso de candidatura à reeleição do atual prefeito Jorge Lapas quanto com a possível volta do ex-prefeito Emidio de Souza, atual presidente estadual da sigla, os nomes do PT perderiam para o provável candidato do PSDB, Celso Giglio.
    Tou errado em minha percepção?
    Ou o PT de Sorocaba (do Brasil essa é a verdade) se reinventa ou vai levar novas surras nas urnas em 2016 como ocorreu em 2014 quando perdeu as cadeiras de deputados federal e estadual que mantinha há cinco eleições consecutivas.
    Os vereadores petistas (França, Carlos Leite e Izídio de Brito) da Câmara de Sorocaba têm um trabalho sólido, mas pessoas próximas a cada um deles desaconselha que se aventurem numa candidatura a prefeito em 2016. Fosse seguir acordos passados, essa seria a vez do vereador Izídio (foto) ser o candidato. Mas aposto que ele vai tentar se reeleger vereador. Na primeira sessão deste ano, pela 3ª vez consecutiva, Izídio foi eleito presidente da Comissão Permanente de Saúde Pública do legislativo sorocabano. 

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
  • Ouvinte de O Deda Questão na rádio Ipanema elogia entrevista com delegado seccional, mas faz severas críticas a líder da juventude petista, também entrevistado por mim

    Enviado em: 19/02/2015 16:01h - Por: Deda



    Assim Fernando Petermann, analista ambiental, ex-membro do Conselho de Leitores do jornal Bom Dia e ouvinte da rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) se referiu a duas entrevistas que fiz na coluna O Deda Questão na semana passada: "Excelente entrevista com o delegado Marcelo Carriel, delegado seccional de Sorocaba. Parabéns. Agora... que lixo de entrevista com aqueles dois da Juventude PTralha, deu nojo ouvir aquela entrevista, pior teria sido não fosse você tentar dar um 'ar de conteúdo' na coisa, senão os dois ptralhas iam ficar respondendo que: 'Ainda estamos dialogando internamente, para depois apresentarmos a população' ou seja, mentiram, eles não tem conteúdo algum para apresentar ao povo. Propostas para melhorar alguma coisa então... Os dois ficaram naquele 'do nada para lugar algum'. Mesmo assim obrigado pela entrevista, pois confirmou tudo aquilo que eu penso dos ptralhas e seus simpatizantes. São a Escória da sociedade brasileira". Fred Assis, que aparece na foto, é o presidente da secretaria Juventude Petista do diretório municipal do partido e me concedeu entrevista na sexta-feira passada.

    Ver comentário

    Envie um comentário

    Gostariamos muito de ouví-lo.Sinta-se a vontade para escrever sua opinião sobre esse assunto.

    Comentários
    Enviado por: Erica 19/02/2015 (18:17h)
    E quem é esse Fernando??? pessoa X sem significância alguma!!! ou então, sua queria juventude do PSDB, que se preocupa apenas em fazer as festinhas da feijoada para dizer ao papai que esta fazendo algo em troca de sua mesada!!! Mas quem realmente leva a serio esta coluna??? Apenas mais um panfleto eleitoral do PSDB!!! Afinal, alem de não ter qualquer tipo de critica ao partido, só encontramos elogios a atual administração... ficaria menos feio se declarasse abertamente apoio ao PSDB...
    Enviado por: RAFAEL VIGENTIN 19/02/2015 (18:14h)
    Que notícia mais enviesada, se perguntasse para outros ouvintes certamente teria outras respostas, mas preferiu postar uma responta de alguém desqualificando de forma nojenta, cheio de preconceitos.