• Sorocaba vive momento republicano: Flávio Amary é recebido em audiência pelo prefeito Pannunzio

    Enviado em: 24/06/2014 15:53h - Por: Deda | Categoria: Política



    Sorocaba vive um momento de clara e transparente relação republicana (termo usado para explicar que o bem público está acima dos interesses ou diferenças pessoais, partidários e particulares das pessoas que exercem cargos eletivos). E a prova disso é a de que o prefeito Antônio Carlos Pannunzio recebeu hoje em seu gabinete, numa reunião que durou mais de uma hora, o empresário Flávio Amary, presidente do Secovi (Sindicato dos empreendedores da Habitação) e filho de Renato Amary (adversário de Pannunzio na última eleição municipal, em 2012). Flávio Amary esteve acompanhado de outros diretores da entidade, como Fernando Zanchet, e explicou ao prefeito o posicionamento do Secovi diante de questões polêmicas do Plano Diretor que está em discussão na Câmara de Vereadores. Flávio Amary já expôs seu pensamento em dezenas de reuniões entre elas na Câmara e com a entidade Instituto Defenda Sorocaba. Ao expor o que pensa a Pannunzio não levou nada de novo, mas externou oficialmente as preocupações da entidade com o aumento de 150 para 200 metros quadrados a área do terreno mínimo da cidade, a diminuição de ocupação da faixa do rio Sorocaba e o limite de térreo mais seis andares para a altura dos prédios de Sorocaba.

    Leia mais
  • Dívida de campanha de Pannunzio, confessada na prestação de contas, é executada na justiça

    Enviado em: 24/06/2014 15:52h - Por: Deda | Categoria: Política



    O juiz José Elias Themer, da 7º Vara Civel do Foro de Sorocaba, determinou a Execução de Título Extrajudicial, no valor de R$ 178.320,04, da campanha do então candidato a prefeito de Sorocaba Antônio Carlos Pannunzio. Quem entrou com ação na justiça cobrando pelo que alega dívida por trabalho prestado na campanha eleitoral de 2012 é Valdevino Gomes Felix da Silveira ME que fornecia material plástico como faixas e adesivos do candidato. João Leandro da Costa Filho, atual secretário de Governo de Pannunzio e então coordenador geral da campanha, convidado por mim compareceu na coluna “O Deda Questão” na rádio Ipenema (FM 91,1Mhz) e explicou que está dívida está confessada na prestação de contas de Pannunzio e como o CNPJ do candidato expira com o final da campanha, essa dívida foi assumida pelo diretório estadual do PSDB, com o aval do diretório nacional. Para João Leandro, o empresário que usou a Nota Fiscal da empresa reclamante sabe dessa questão, mas mesmo assim preferiu não acionar o diretório estadual do PSDB. João Leandro levantou a hipótese do reclamante desta dívida ser devedor de uma valor ainda maior junto ao diretório estadual. João Leandro explicou que essa reclamação por pagamento contra Pannunzio é sem sentido legal. Ele espera ter sucesso em explicar isso ao juiz e que o reclamante se entenda com o partido este sim com o seu CNPJ em vigor e não como o do candidato que dura somente na campanha.

    Leia mais
  • Ainda está longe de um final feliz a devolução por parte da Prefeitura da gestão da Santa Casa para a irmandade e provedoria do hospital

    Enviado em: 24/06/2014 15:51h - Por: Deda | Categoria: Política



    A Prefeitura fez a requisição da Santa Casa e assumiu no dia 16 de janeiro de 2014 a gestão das instalações e dos funcionários e médicos do hospital após crise na administração da irmandade. De lá para cá, através de uma gestão profissional, colocou a casa em ordem e está disposta a devolver a gestão à Irmandade Santa Casa. “A prefeitura já cumpriu seu papel de requisição e a Santa Casa já está funcionando adequadamente, o que nos deixa aptos para devolver a administração”, disse o secretário de Governo e Segurança Comunitária, João Leandro da Costa Filho, durante a coluna “O Deda Questão”, no Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema (FM 91,1Mhz). No entanto, o assunto ainda está sendo discutido com os setores envolvidos. “Existe um clamor daqueles que participam da discussão para que haja uma nova composição da irmandade que iria gerir o hospital, uma vez que a antiga tinha perdido o controle da situação”. Traduzindo, o provedor José Antônio Fasiaben (o mesmo que estava na época da requisição) deseja reaver a gestão, mas o prefeito Pannunzio entende que não tem sentido isso e só admite devolver a um novo provedor. O Ministério Público acompanha de perto esta situação.
     
    Na foto estão o secretário municipal da Saúde, Armando Raggio, o prefeito Antonio Carlos Pannunzio, e o gestor geral do Hospital Santa Casa de Sorocaba, Francisco Antônio Fernandes. 

    Leia mais
  • Verdade, liberdade, justiça e transparência são os legados de Benedicto Pagliato que seguirão vivos no Sistema Ipanema de Comunicação

    Enviado em: 20/06/2014 14:30h - Por: Deda | Categoria: Política


    Não tive nenhum convívio com o “dotor” Benedito como carinhosamente era chamado o empresário Benedicto Pagliato, falecido na manhã de hoje (20/6/14), por pessoas que tiveram convívio com ele como os profissionais Urbano, Zé Desidério, Moretto e Ercolin do Jornal Ipanema (FM 91,1Mhz). A rádio Ipanema é fruto do desejo dele.
    No final de 2012, dois meses após ter saído do jornal Bom Dia (empresa que ajudei a fundar e dar vida aos seus primeiros sete anos de existência), comecei uma conversa com Kiko Pagliato, filho do “dotor” Benedito, diretor-geral da rádio Ipanema, sobre a minha incorporação na empresa. Entrei no ar no dia 25 de janeiro de 2013, mas alguns dias antes dessa estréia que tomei a decisão de fazer a coluna O Deda Questão na rádio. Foi quando perguntei sob quais valores a coluna poderia ser feita na rádio e o Kiko me respondeu que esses valores é o que o pai dele havia deixado de legado para ele e as irmãs: um jornalismo calcado na verdade, liberdade, justiça e transparência. E assim acontece desde então. Por mais espinhosos que alguns dos tópicos que levei ao ar pelo poderoso microfone da rádio Ipanema, pela força raramente vista do Jornal da Ipanema, nunca este legado deixou de ser cumprido pelo Kiko, o que  com certeza encheu de orgulho o “dotor” Benedito. Mais de uma vez Kiko discordou do que eu tinha a dizer e de minhas opiniões, mas calcado neste legado o que ele vez foi sempre dar vez e voz a quem sentiu-se atingido pelo eu disse. Nunca quis, e nunca pretendo ser dono da verdade, mas trago à tona o que julgo de interesse do cidadão, do eleitor, enfim do público que ouve e acompanha a rádio.
    Urbano Martins, o coordenador comandante do jornalismo do Sistema Ipanema de Comunicação, me relata alguns episódios envolvendo o “dotor” Benedito, especialmente aqueles em que políticos pressionam os jornalistas para não relatarem algum tema. Urbano conta que toda vez “dotor” Benedito mandava que fosse feito com retidão o trabalho jornalístico e que deixasse para ele resolver a pressão com os políticos. Esse legado segue firme. Ainda bem. Para profissionais como eu que hoje têm o privilégio de ter a chance de falar no microfone do Jornal Ipanema, mas principalmente para o ouvinte que sabe que pode confiar no jornalismo da emissora.
    “Dotor” Benedito, descanse em paz. Seu legado e sua história seguirão vivos por aqui.

    Leia mais
  • Creche é direito da criança de 0 a 3 anos. Secundariamente é um direito da mãe. Enfim entendi o que é primeira infância

    Enviado em: 18/06/2014 14:46h - Por: Deda | Categoria: Política



    Assim como eu, você deve estar ouvindo a expressão primeira infância desde a campanha do prefeito Pannunzio. Mais de uma vez deve ter ouvido a expressão direito da criança de ir para a creche. E toda vez minha compreensão era de que a vaga da creche era para beneficiar a mãe que precisa trabalhar e não tem com quem deixar o filho. Mas ao entrevistar Maria Inês Pannunzio (primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Sorocaba), no canal 23 da NET,no programa O Deda Questão na TVR, compreendi, enfim, o fato. Independentemente do fato da mãe ter a oportunidade de cuidar do seu bebê ou não, ir a creche dos 0 aos 3 anos é um ato de educação que amplia as possibilidades de desenvolvimento (psíquico, social, motor...) da criança. Ao estar ao lado de outros bebês e receber estímulos de profissionais, o bebê interage com mais intensidade com o mundo em que acaba de chegar. Na semana que vem o programa poderá ser visto também pela internet e prometo passar o link. Mas fica o convite para assistirem nesta quinta e sexta (19 e 20 de junho de 2014), às 22h, a essa entrevista. Detalhe, na primeira parte conversa com Maria Inês os assuntos variados (a recusa da benção de padre e pastores no casamento comunitária deste ano em razão de uma união homossexual é só um exemplo). Após o intervalo é que o tema primeira infância domina a entrevista.
    Vale lembrar que faltam em média 1800 vagas em creches públicas para crianças de 0 a 3 anos em Sorocaba, levando em conta as mães que buscam vagas para seus filhos nesta faixa etária e não das mães com filhos nesta faixa etária, mas que não desejam colocá-la em creches. Ter de 0 a 3 anos e ir para a creche é um direto do bebê para o seu desenvolvimento e não uma maneira de ajudar a mãe a ir trabalhar, por exemplo, oferecendo a ela um local para deixar o seu filho. Ou seja, a educação começa na creche ao 0 ano e não mais na pré-escola como se apregoou ao longo das últimas décadas. Ou seja, está ai uma novidade sobre educação e um desafio para o atual prefeito e os próximos governantes para garantirem esse direito do bebê primeiramente e da mãe, apenas em segundo plano.

    Leia mais
  • Oportunista ou omisso? Caso do bebê Sofia deixa ouvinte em dúvida

    Enviado em: 18/06/2014 14:41h - Por: Deda | Categoria: Política


    O caso da bebê Sofia Gonçalves de Lacerda que necessita de um transplante que pode ser feito apenas nos Estados Unidos e comoveu o Brasil provoca dúvidas sobre o papel do poder público neste caso.
    O Ministério da Saúde comunicou que irá realizar o envio da menina para os Estados Unidos (EUA), onde será submetida a um transplante multivisceral. A decisão do governo federal foi tomada logo depois de ter sido notificado sobre a negativa do Tribunal Regional Federal da 3ª Região em São Paulo de um recurso, que pedia a realização de mais exames que comprovassem que Sofia realmente sofre de uma doença rara, chamada de Síndrome de Microcolon, Mexabexiga e Hipoperistalse Intestinal.
    Mas o caso está na mídia há semanas. José Roberto Ercolin, da rádio Ipanema, foi o maior fomentador do caso dando voz ao advogado da família. Mais de 250 mil pessoas se sensibilizaram nas redes sociais com o caso cujo o custo estimado é de 1 milhão de dólares.
    E uma pergunta sempre esteve no ar: por que os políticos não se engajam no tema? Por que o governo não resolve logo?
    Alex Pial, ouvinte da Ipanema, me questionou sobre isso hoje e minha resposta é a de que este é um caso de Justiça, envolve uma legislação específica, e que a presença de qualquer político poderia ser interpretado como oportunismo. Ercolin teve outro entendimento e considerou omissão. Qual a sua opinião?

    Leia mais
  • Populares perseguem ladrão no centro de Sorocaba, recuperam bolsa roubada, lamentam a ausência da polícia e não lincham

    Enviado em: 18/06/2014 14:40h - Por: Deda | Categoria: Política


    Quem diria que o não-linchamento de um assaltante seria assunto jornalístico? Pois é. Nos últimos meses foram tantos casos de justiça pelas próprias mãos (o que iguala o justiceiro a um bandido) que o desfecho de uma perseguição a um ladrão que levou a bolsa de uma idosa no centro de Sorocaba chama a atenção. Os populares que correram atrás e prenderam o ladrão, recuperando a bolsa da idosa, lamentaram a ausência da polícia. Sorte do ladrão que acabou solto. E sorte da sociedade, pois não houve um linchamento. É preciso que a lei seja cumprida.

    Leia mais
  • Reitoria da UFSCar proíbe professores do campus Sorocaba de se manifestarem sobre a criação da Universidade Federal de Sorocaba, mas eles participam de reunião como cidadãos

    Enviado em: 10/06/2014 17:11h - Por: Deda | Categoria: Política


    Os vereadores que compõem a Comissão Especial para Debater a Criação as Universidade Federal de Sorocaba realizam a primeira reunião nesta terça-feira (10/6/14) e definiram que  Izídio de Brito (PT), um dos autores do requerimento que sugeriu a Comissão, será o presidente, e Luis Santos (PROS), o relator dos trabalhos. Também participaram da reunião, os vereadores Cláudio do Sorocaba I (PR), presidente da Câmara, Anselmo Neto (PP), Valdecir Morelly (PRP), Hélio Godoy (PSD) e Neusa Maldonado (PSDB), além de um grupo de funcionários e de estudantes do campus da Universidade Federal de São Carlos UFISCar, em Sorocaba.
    Os professores da UFSCar ressaltaram que participavam da reunião como cidadãos e não como professores, pois foram proibidos pela reitoria de se posicionarem sobre este tema. Como cidadãos, eles afirmaram ter conhecimento que o processo de criação da Universidade Federal de Sorocaba pode levar anos, mas consideram que este seja o momento adequado para iniciar os debates.
     
    O presidente do Legislativo defendeu a importância de dar início as discussões, que podem trazer uma grande conquista à cidade. “Quando o Legislativo concordou com a doação da área para o campus da UFSCar, sabíamos da existência de um acordo com o MEC para que no futuro o espaço viesse a ser a Universidade Federal de Sorocaba”, lembrou o parlamentar. Izídio de Brito informou que será agendada uma reunião, da qual quem tiver interesse no assunto poderá participar, para que seja traçado um plano de atuação da Comissão. O parlamentar disse ainda que o campus da UFSCar está em Sorocaba desde 2006, e que o Plano Diretor da universidade já previa que no local viria a funcionar a futura Universidade Federal de Sorocaba, o que até agora não aconteceu.

    Leia mais
  • Advogados protestam na frente do Fórum de Sorocaba contra revista pessoal e OAB local entra com ação contra a direção do Fórum no TJ

    Enviado em: 10/06/2014 17:10h - Por: Deda | Categoria: Política


    O presidente da subseção local da OAB, Alexandre Oguzuku, me concedeu entrevista no programa O Deda Questão na TVR (Canal 23 da NET) na tarde de segunda-feira passada (o programa vai ao ar nos dias 12 e 13 às 22h) e informou que já entrou no TJ (Tribunal de Justiça) contra a decisão da direção do Fórum local de revistar os advogados e seus pertences na entrada do prédio. Ele explicou que a decisão da juíza está calcada numa decisão do próprio TJ de 2003 que deixa de ter valor diante de posição do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) de 2010. Ele também explicou que por três vezes tentou resolver este problema na base do diálogo, mas não obteve sucesso.
    Enquanto isso, na tarde desta terça-feira (10/6/14), 40 advogados de Sorocaba realizaram um protesto contra portaria do fórum. 

    Leia mais
  • Afinal, a Copa faz bem ou mal ao Brasil? Reportagem publicada pelo jornal Valor indica que faz muito bem à economia

    Enviado em: 10/06/2014 17:09h - Por: Deda | Categoria: Política


    O custo direto da Copa do Mundo para os cofres do governo federal está calculado em R$ 1,352 bilhão até 2015. Por outro lado, para o fomento da economia (aquilo que atinge a produção, consumo e circulação de valores e mercadorias) faz muito bem: dados da reportagem montram que 600 mil turistas estrangeiros passarão pelo Brasil por conta da Copa do Mundo, além de 3,1 milhões de turistas locais, cujos desembolsos dos dois perfis de turistas devem chegar a R$ 6,7 bilhões. O saldo, portanto, seria um bem da ordem de R$ 5 bilhões.
     
    O material do Valor, por lei, não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico. Por isso, fica a dica, leia mais em: http://www.valor.com.br/brasil/3579378/copa-pode-aumentar-pib-em-ate-um-ponto-mostram-estudos#ixzz34GVyAQ6d
     
    Este tema, se a Copa faz bem ou mal ao Brasil domina grande parte das discussões das redes sociais e mexe com o ânimo do sorocabano. Um ouvinte do Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz) gravou sua opinião sobre o tema no Portal de Voz que foi ao ar na edição de segunda-feira passada tecendo severas críticas ao governo por realizar a copa.
     
    José Carlos Triniti Fernandes, atuante militante do PT de Sorocaba, ex-presidente do diretório municipal do partido, usou do Facebook para sair em defesa da Copa: “Excelente texto produzido pela Escola de Formação do PT sobre a Copa do Mundo.
    Durante os 30 dias da Copa, a previsão é de que tenhamos a circulação de mais de 600 mil turistas estrangeiros pelo país, o dobro da África do Sul em 2010, e mais de 3 milhões de turistas nacionais. De acordo com a Embratur, o valor total movimentado pelo turismo durante a Copa deverá chegar a R$ 25,0 bilhões.
    Por fim, ressalte-se que a maior parte dos investimentos (R$ 17,6 bilhões) é em infraestrutura para o país, como a reforma de portos, aeroportos, mobilidade urbana e desenvolvimento turístico. São obras que ficarão para o país depois que a Copa do Mundo acabar. http://www.enfpt.org.br/node/1043

    Leia mais
  • Contrato entre Caixa, Ministério das Cidades e Prefeitura de Sorocaba é o maior já firmado entre o governo federal e um município. Nem isso motivou Dilma a vir à cidade

    Enviado em: 10/06/2014 17:07h - Por: Deda | Categoria: Política


    A Caixa firmou três contratos do PAC 2 junto ao município de Sorocaba (este assunto já foi tema de minha postagem ontem) em contratos que beneficiarão a cidade com recursos do Ministério das Cidades pelo Programa Pró-Transporte e Saneamento para Todos totalizando mais de R$ 196,3 milhões. Na manhã de segunda-feira, durante sua participação na coluna O Deda Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), direto de Montividéu, no Uruguai, a deputada federal sorocabana Iara Bernardi informou que este repasse de recursos do Ministério das Cidades para Sorocaba é o maior contrato (em valores) já firmado entre o governo federal e um município. Pois bem, só este fato já seria mais do que justificável para que a presidente Dilma tivesse vindo para Sorocaba, afinal seu mandato termina em seis meses e até hoje ela não apareceu aqui. Deve ter as razões dela, só espero que não tenha relação com o fato da cidade ser administrada por tucanos há duas décadas.
     
    Na foto do evento, estão as seguintes autoridades: Vice Prefeita de Sorocaba – Edith Di Giorgio; Deputado Federal - Jefferson Campos; Superintendente Regional da Caixa – Sandro Vimer Valentini;
    Prefeito de Sorocaba – Antonio Carlos Pannunzio; Ministro das Cidades – Gilberto Magalhães Occhi; Vice Presidente de Governo da Caixa – José Carlos Medaglia Filho; Deputado Federal - José Olimpio; Deputado Estadual – Hamilton Pereira.
     

    Leia mais
  • Caixa, Prefeitura de Sorocaba e Ministério das Cidades assinam contratos para o BRT, pavimentação de vias e estação de tratamento de água

    Enviado em: 09/06/2014 16:18h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Caixa firmou três contratos do PAC 2 junto ao município de Sorocaba na manhã desta segunda-feira (9/6/14). Os contratos assinados beneficiarão Sorocaba com recursos do Ministério das Cidades pelo Programa Pró-Transporte e Saneamento para Todos totalizando mais de R$ 196,3 milhões. Os contratos contam com contrapartida do município. A Superintendência Regional de Sorocaba assinou os contratos com o município no Auditório da Sede  Regional, no bairro Campolim.
     
    O primeiro contrato, dentro da modalidade Pró Transporte, de R$ 133,9 milhões prevê a implantação de 39,9 km de corredores e faixas exclusivas para ônibus, no sistema BRT (O BRT é uma solução de transporte coletivo indicado para cidades de porte médio que adota faixas de circulação exclusivas, com ônibus articulados ou bi-articulados operando entre estações elevadas)  interligando as regiões Norte a Sul e Leste a Oeste do Município, além de 63 estações fechadas em nível, 52 abrigos em faixas exclusivas, bicicletários, sistema de informação ao usuário, todos com acessibilidade.
     
    O segundo contrato é de R$ 9 milhões e prevê pavimentação, drenagem e execução de calçadas em ruas do Jardim Iporanga, Jardim Francine, Quintais do Imperador 1 e Quintais do Imperador 2 Recapeamento da Av. Gualberto Moreira, no Pq. São Bento; Rua Rafael Dias da Silva, no Campolim; Al. Casabranca e Rua Vicente Matielo, no Jd. Saira e Ruas Rita de Carvalho Monteiro, Antonio Roque Rodrigues, Pedro Wurshig e Alceste Del Cistia, no Retiro São João.
     
    O terceiro contrato assinado, dentro da Modalidade Saneamento para Todos, é de R$ R$ 53,4 milhões e prevê a Implantação da Estação de Tratamento de Água no bairro Vitória Régia, na zona norte. 

    Leia mais
  • Advogados protestam contra a decisão de serem revistados para entrar no Fórum de Sorocaba

    Enviado em: 09/06/2014 16:17h - Por: Deda | Categoria: Política


    Contrários a decisão da Diretoria do Fórum Estadual que implantou sistema de revista para advogados que entram no Fórum de Sorocaba, a Subseção da OAB Sorocaba e o Conselho Regional de Prerrogativas convocam os membro da categoria para no dia 10 de junho de 2014 (terça-feira), às 13:30h, defronte ao Fórum Estadual, protestar contra o modelo. A OAB classifica a revista como “altamente vexatória, constrangedora e discriminatória”.
    Somente os advogados e jurisdicionados se submetem a tal revista, com abertura de malas e bolsas, prática antes nunca vista.
    Os servidores do judiciário, Magistrados, membros do Ministério Público, e etc...., não estão passando por esta revista.
     
    Leia a seguir a manifestação dos advogados:
    “Vivemos um momento muito delicado em nossa Comarca.
    A Diretoria do Fórum Estadual implantou sistema de revista para  advogados altamente vexatório, constrangedor e discriminatório.
    Somente os advogados e jurisdicionados se submetem a tal revista, com abertura de malas e bolsas, algo nunca visto antes.
    Os servidores do judiciário, Magistrados, membros do Ministério Público, e etc...., não estão passando por esta revista.
    A par das medidas judiciais que estão sendo adotadas, o protesto defronte ao Fórum se constituirá numa medida a demonstrar nosso inconformismo com a flagrante violação de nossas prerrogativas profissionais. Assim, conclamo os membros do Conselho Regional de Prerrogativas da Terceira Região, os advogados e advogadas, que compareçam para este importante ato na defesa de nossas prerrogativas, juntamente com a subseção local da Ordem dos Advogados do Brasil.”

    Leia mais
  • Jogadores do futebol varzeano recorrem à audiência pública para serem ouvidos pela Prefeitura de Sorocaba. Por quê deixar a situação chegar a este ponto?

    Enviado em: 09/06/2014 16:16h - Por: Deda | Categoria: Política


    Integrantes das equipes que participam da Taça Balthazar Fernandes (a 3º divisão do futebol varzeano de Sorocaba) estão insatisfeitos com a organização do torneio, lutam por melhorias junto a Prefeitura (organizadora do evento) e agendam audiência pública para debater o tema. Eles afirmam que desde o dia 30 de Abril de 2014 estão tentando uma reunião com o secretário de esportes Francisco Yabiku e não conseguem.
     
    Integrantes do campeonato, liderados por Josué de Lima, realizaram uma manifestação em frente a Prefeitura e foram recebidos pelo Secretário de Governo João Leandro, quando apresentaram uma pauta de reivindicações como o cancelamento da Taxa de inscrição para a Taça Balthazar. Com a recusa do secretário de Esportes em fazer a reunião, a comissão dos membros que participam deste campeonato conseguiram a realização de uma audiência pública (instrumento com força de lei que obriga um agente público a comparecer na Câmara quando convocados).
     
    Quem abraçou a causa desses membros é o vereador Carlos Leite (PT). Um assessor do vereador esteve no bairro das Laranjeiras e se reuniu com o grupo organizando a audiência pública para debater o tema.
     
    Claro que fica no ar uma pergunta: por quê deixar a situação chegar a este ponto? O que impede a Secretaria de Esportes de atender a essa comissão das equipes?
     
    Histórico
     
    O Campeonato Amador de Sorocaba teve início em 1921 com o campeonato citadino, que aconteceu até 1967, tendo três pausas: em 1948, entre 1924-1930 e entre 1934-1940. A partir do ano de 1967 o campeonato citadino entra em decadência, ficando em seu lugar o campeonato varzeano, que já ocorria desde 1957. Atualmente, o Campeonato Varzeano é organizado pela Secretaria Municipal de Esportes e é dividido em duas categorias: Varzeano e Veterano. A catagoria varzeana é dividido em três divisões, sendo a 1ª. Divisão, denominada Taça Cidade de Sorocaba, com 20 equipes; a 2ª. Divisão, denominada Taça Palácio dos Tropeiros, com 16 equipes; a Taça Baltazar Fernandes, a 3ª. Divisão, aberta, que conta com até 80 equipes; Veterano da 1ª. Divisão, com 20 equipes; Veterano da 2ª Divisão, com até 32 equipes.

    Leia mais
  • Deputada sorocabana representa o Brasil em encontro no Uruguai

    Enviado em: 09/06/2014 16:15h - Por: Deda | Categoria: Política


    A deputada federal Iara Bernardi (PT) passou a segunda-feira em Montevidéu, Uruguai, para participar das reuniões do Parlamento Mercosul. Ela é uma das representantes da Câmara dos Deputados do Brasil no evento como integrante da comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e também da comissão de Desenvolvimento Regional Sustentável.
    Na foto, integrantes do Parlamento do Mercosul debatem ações para o Desenvolvimento Regional Sustentável, Ordenamento Territorial, Moradia, Saúde, Meio Ambiente e Turismo. Outro ponto em comum foi o que fazer parao tratando do combate a dengue entre os países membros do Mercosul.
     

    Leia mais
  • Interesse de sorocabanos por treinos do Japão e Argélia, no CIC, surpreende. Grupo organizado promete protesto

    Enviado em: 06/06/2014 19:20h - Por: Deda | Categoria: Política

    São apenas treinos (se ocorrer algum jogo será entre reservas contra titulares das próprias seleções), mas o torcedor sorocabano, contagiado pelo clima de Copa do Mundo, acordou cedo nesta sexta-feira para retirar gratuitamente ingressos para poder entrar no estádio municipal. Muitos ficaram sem ingresso e protestaram. A maioria dos ingressos para o treino do Japão foi oferecido a integrantes da comunidade japonesa de São Paulo a pedido do próprio comitê organizador. Os ingressos para o treino da Argélia foram todos oferecidos ao público em geral.
     
    O Japão treinará na tarde de domingo e a Argélia no final da tarde de segunda-feira. Vale lembrar que a Argélia ficará hospedada em Sorocaba a partir de domingo, quando chega a cidade, e o Japão está em Itu.
     
    A TV japonesa vai gravar reportagem com Zé Carlos que fez sucesso nos anos 80 como cabeça de área do São Bento e depois fez carreira como jogador, preparador físico e treinador no Japão. Hoje Zé Carlos trabalha em Pouso Alegre (MG).
     
    Inspirados no clima de protestos, integrantes do movimento “Copa pra quem?” farão no domingo um ato de repúdio à competição na praça da Amizade, localizada em frente ao campo, às 14h, duas horas antes do treino aberto do time japonês. A informação é do repórter Giuliano Bonamin, do Cruzeiro do Sul. Em sua reportagem, o jornalista explica que “o objetivo do comitê é alertar a população a respeito dos efeitos negativos da Copa do Mundo no Brasil. "E em nenhum momento hostilizar a seleção japonesa, que não tem nada com isso", diz Jean Marcelo Santos, porta-voz do movimento.

    Leia mais
  • Profissional do programa Mais Médicos encanta pacientes da Vila Jardini em Sorocaba

    Enviado em: 06/06/2014 19:18h - Por: Deda | Categoria: Política


    Regina Trombelli é uma competente jornalista de Sorocaba com quem tive a honra de trabalhar quando estava no Cruzeiro do Sul nos anos 90. Ela usou da rede social Facebook para externar um fato que observou próximo de sua casa e conclamar os médicos brasileiros a terem uma atitude mais humana quando estiverem fazendo atendimento na rede pública.
    Leia o que disse Regina: “Parece mentira, mas é verdade. Uma médica brasileira do Programa Mais Médicos começou a atender no Posto de Saúde da Vila Jardini e está encantando pacientes. Motivo: ela ouve, dialoga, olha nos olhos, examina... Parece básico, mas não é assim que normalmente ocorre com os médico de clínica geral e ginecologistas "concursados" que atendem naquele posto de saúde. Que sirva de exemplo, que a população se acostume com o que é certo e cobre o mesmo comportamento de todos os "doutores".
     
    Em Araçoiaba da Serra, vizinha de Sorocaba, a prefeita da cidade, Mara Melo (PT), é só elogios a médica cubana que atua nas unidades de saúde. Questões ideológicas à parte, métodos de atendimento igualmente fora disso, o fato é que o cidadão merece respeito seja do médico que for.

    Leia mais
  • Próximo depoente na a Comissão da Verdade sorocabana promete emocionar com a sua história

    Enviado em: 06/06/2014 19:16h - Por: Deda | Categoria: Política

    O psicanalista Daniel Lopes, empenhado na busca de bons resultados da Comissão da Verdade sorocabana,conta que um dos próximos depoentes tem tudo para emocionar os presentes por sua história.
    Daniel relata que “dia destes, fui procurado pelo Professor Osmar, que também participa do movimento que reivindicou a Comissão da Verdade. Ele me relatou ter conversado com um senhor, que, por enquanto, preservo o nome, dizendo ter sido preso e torturado pela Ditadura; estando temeroso em falar publicamente sobre o que havia ocorrido em sua vida. Liguei pra ele e ouvi atentamente sua história. Então, fiz o convite para que ele falasse na Comissão. Depois de algum tempo, disse-me que iria conversar com a família, sobre falar ou não. Hoje, a Marisa, assessora do Presidente da Comissão, vereador Izídio de Brito (PT), disse-me que o senhor procurou o gabinete disposto a falar. Nesta conversa informal, emocionou-se e emocionou os dois, Marisa e Izidio, que ouviam atentamente. Espero que mais pessoas tenham esta iniciativa e falem sobre o que viveram. Não tenham medo! Vamos em busca da verdade! É o que basta! E que Deus continue nos dando discernimento para lidar com situações e histórias tensas e intensas. Ninguém mata a verdade!”

    Leia mais
  • Após banalizar concessão de Título de Cidadão Sorocabano, Câmara debate forma de moralizar a honraria

    Enviado em: 06/06/2014 19:14h - Por: Deda | Categoria: Política


    A regra para a concessão de Título de Cidadão Sorocabano (apenas quem nasceu fora da cidade tem direito a tal honraria, a quem nasceu aqui existem os títulos de Cidadão Emérito e Medalha de Ética) gerou um bate-boca entre os parlamentares Luis Santos (Pros) e Tonão Silvano (SDD), durante discussão do projeto de resolução de autoria de Tonão que altera o regimento interno da Câmara e reduz para duas à concessão de título de cidadão honorário contra os oito títulos de cidadão da regra atual. O assunto vai longe, mas vale o registro do que significa esse título na visão de Tonão: está ocorrendo uma enxurrada de honrarias, inclusive para pessoas famosas, ricos e políticos que nunca estiveram em Sorocaba.
     
    O vereador Luis Santos rebateu: "De repente o senhor ficou preocupado que as pessoas estão usando isso eleitoralmente."
     
    É isso, os próprios vereadores banalizaram a concessão de título. Muitos usam eleitoralmente, uma maneira de agradar pessoas que ajudam na campanha. Outros fazem média com famosos ou o que justificaria a concessão de Título de Cidadão Sorocabano ao pastor Silas Malafaia, pastor Hernandes, dupla César e Paulinho, o apresentador de TV Milton Neves...
     
    Eu conheço muitas pessoas que fizeram a vida em Sorocaba que sistematicamente recusam o título devido sua banalização.
     
    Há o exemplo extremamente positivo do juiz Jaime Walmer de Freitas que somente após vinte anos na cidade, onde é respeitado juiz de direito e criou seus filhos, entendeu que já havia dado sua contribuição a Sorocaba e estava à altura de tal honraria. Mas, como disse, é exceção.

    Leia mais
  • Justiça determina e secretário faltoso deporá à CPI do Lixo

    Enviado em: 06/06/2014 19:08h - Por: Deda | Categoria: Política



    Por determinação da Justiça, o ex-secretário de Serviços Públicos (Serp), atualmente na Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Clebson Aparecido Ribeiro, terá de depor à CPI do Lixo, no dia 11 de junho (quarta-feira), às 10h, em sessão extra na Câmara Municipal de Sorocaba. A decisão é do juiz da 4ª Vara Criminal, César Luís de Souza Pereira, que entendeu ser “indispensável e imprescindível” a participação do servidor público. A informação foi divulgada ao final da tarde desta sexta-feira pela assessoria do vereador Crespo, presidente da CPI. Essa é a segunda vez que a Justiça determina a participação de Clebson na CPI do Lixo.

    Leia mais
  • Nos bastidores, prefeito de Sorocaba não esconde desconforto com seu antecessor

    Enviado em: 05/06/2014 17:40h - Por: Deda | Categoria: Política


    Reportagem exclusiva do jornalista Leandro Nogueira publicada na edição do Cruzeiro do Sul que denunciou a discrepância no índice efetivo de tratamento de esgoto e o propagado pela antiga administração da Prefeitura de Sorocaba ferveu o ânimo nos bastidores políticos da cidade. A reportagem revela que o Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) trata 81,8% do esgoto gerado pelo município, e não 96%, índice divulgado pela autarquia entre 2010 e 2013. Um prato cheio para as críticas da oposição, afinal este índice foi tratato, sempre, como uma das boas ações da administração de Vitor Lippi. Mas é dentro do próprio governo que estão as maiores críticas. Apurei que o prefeito Pannunzio está louco da vida com seu antecessor. Assim como a sociedade, ele também ficou perplexo em saber que o índice de 96% corresponde à capacidade instalada em sistemas e maquinários, mas que o volume de esgoto efetivamente tratado de 81,8%. Pannunzio também sente-se enganado por esses dados.

    Leia mais
  • Atraso no pagamento de hospitais contratualizados gera desconforto

    Enviado em: 05/06/2014 17:37h - Por: Deda | Categoria: Política


    Não é falta de dinheiro, mas de uma maneira contábil legal para remanejar verbas de outras secretarias (como definido em orçamento) para a pasta da Saúde que está provocando o atraso de três meses no pagamento das contratualizações dos hospitais Santa Lucinda e Evangélico. Sem receber, na segunda-feira passada as equipes contratadas para fazer andar a fila das cirurgias eleitivas de Sorocaba se reuniram a ventilaram acionar na justiça a prefeitura pelo atraso neste pagamento. Mas uma conversa, onde a prefeitura se comprometeu a pagar até o final desta semana ao menos boa parte do atrasado, ao menos adiou que essa briga chegue até a Justiça.
    O secretário da saúde, Armando Raggio, explicou aos vereadores que entre janeiro e abril deste ano, a Prefeitura de Sorocaba gastou com saúde R$ 143.379.160 sendo R$ 50 milhões com pessoal, R$ 57 mi com serviços e R$ 28 mi com encargos. Para cobrir este custo, a Prefeitura recebeu do Estado e do Ministério da Saúde R$ 46.039.376 e usou recursos próprios da Prefeitura de R$ 97.339.783 milhões.

    Leia mais
  • Brasil Kirin estaria deixando Sorocaba, oficialmente ninguém confirma

    Enviado em: 05/06/2014 17:36h - Por: Deda | Categoria: Política


    O time de futsal Brasil Kirin foi formado neste ano e tem entre seus atletas o ala Falcão, eleito quatro vezes o melhor jogador de futsal do mundo. A expectativa do clube era atuar na Arena Multiúso, que teve suas obras interrompidas por causa do desabamento do teto. A única quadra de Sorocaba com dimensões oficiais para a prática do futsal é no bairro do Éden, porém o local não tem estrutura para receber equipe técnica e profissional do SporTV que transmite os jogos. Com isso, o time de Sorocaba manda seus jogos em Paulínia, apesar de mais de R$ 600 mil que patrocinam a equipe sairem da Prefeitura de Sorocaba (dinheiro público). O contrato entre Prefeitura e Brasil Kirin vence em dezembro, mas nos bastidores o que se ouve é que o time vai deixar a cidade em agosto. O motivo é a pressão dos patrocinadores do time que não estão satisfeitos com a falta de uma base para o time e a criação dessa identidade com a cidade. Oficialmente, tudo segue como está, ou seja, o time do Brasil Kirin fica em Sorocaba, cidade onde Falcão escolheu para fixar moradia.

    Leia mais
  • Aos poucos, Crespo consegue revelar um Vitor Lippi pouco conhecido: aquele que é também cruel

    Enviado em: 30/05/2014 15:25h - Por: Deda | Categoria: Política



    A troca de ofensas entre o ex-prefeito Vitor Lippi (PSDB) e o vereador José Crespo (DEM)durante a sessão desta quarta-feira na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Saae Sorocaba, que investiga irregularidades na autarquia, é apenas mais uma batalha numa guerra entre eles. Mas qual guerra?
     
    Vitor Lippi se elegeu prefeito em 2004 apadrinhado pelo então prefeito Renato Amary. Crespo era o principal opositor. Em 2008, com o rompimento de Lippi com Amary, com exceção do PT e Psol, todas as outras forças da cidade se juntaram a Lippi, inclusive Crespo. Com tanta gente para atender, Lippi deixou muita gente chupando o dedo, entre eles Crespo.
     
    Até ai, tudo ia bem. Mas foi o comportamento de Lippi de sempre posar de bonzinho, e de vítima, que virou a bandeira de Crespo. Enquanto todos coligados e adversários ignoram este traço da personalidade de Lippi (ao menos a da imagem pública), Crespo resolveu fazer disso sua bandeira política e se dedicou nos últimos cinco anos a apontar contradições de Lippi para irrita-lo de maneira a fazer ele revelar uma faceta escondida, aquela que é oposta a de bonzinho e vítima, ou seja, a de igualmente sarcástico, mordaz e até mal.
     
    E na última batalha dessa guerra, na CPI do Saae, Crespo saiu o vencedor. Crespo chamou Lippi de "desonesto" e "ladrão" e também acusou o ex-prefeito de ter recebido propina. Lippi rebateu. Disse que Crespo é "mentiroso" e "não tem caráter". Estava de bom tamanho, um zero a zero, até que Lippi externou com prazer a seguinte afirmação: o senhor é frustrado, recalcado, tem dor de cotovelo... porque nunca ganhou uma eleição pra prefeito. É minha interpretação do que disse Lippi e revelou uma soberba quase sempre escondida atrás do personagem bonzinho e de vítima que ele construiu. Lippi revelou que é também cruel. E só ele perde com isso.

    Leia mais
  • Ainda não se sabe a causa da queda do teto da Arena Multiúso de Sorocaba, nem quando as obras serão retomadas, mas ao menos o entulho metálico já pode ser retirado

    Enviado em: 30/05/2014 15:23h - Por: Deda | Categoria: Política


    Os ferros retorcidos da cobertura da Arena Multiúso de Sorocaba que desabaram em fevereiro durante as obras de construção do complexo, já podem ser retirados do local. Em nota divulgada, a Prefeitura informou que o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) autorizou o início da desmontagem da estrutura metálica e do telhado da Arena, em documento enviado ao secretário de Mobilidade, Desenvolvimento Urbano e Obras, Toni Silveira (Antônio Benedito Bueno Silveira), no qual comunicou a conclusão dos trabalhos de inspeção e extração de materiais para elaboração do laudo técnico sobre a causa do acidente.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba vai pagar meio milhão a mais por mês para manter serviço emergencial de coleta de lixo

    Enviado em: 30/05/2014 15:22h - Por: Deda | Categoria: Política


    O repórter Leandro Nogueira publicou no jornal Cruzeiro do Sul que o "segundo contrato emergencial celebrado entre a Prefeitura e o Consórcio Sorocaba Ambiental (CSA) será reajustado em 20%, elevando o custo do serviço para R$ 19,6 milhões para os próximos seis meses. No primeiro contrato que encerrou ontem, a coleta e transporte de cada tonelada de lixo recolhida custava R$ 146 e a agora passou para R$ 175. Como em média são recolhidas 14,7 mil toneladas ao mês, o custo aproximado mensal elevou de R$ 2,15 milhões para R$ 2,57 milhões, ou seja, a cada mês a Prefeitura pagará R$ 528 mil a mais."
     
    "Tanto o primeiro contrato com fechado dezembro de 2013, como o segundo contrato agora, foram feitos sem concorrência pública, porque a Prefeitura o faz na modalidade emergencial, desde que rompeu o contrato com a empresa que realizava esse serviço, a Gomes Lourenço. O rompimento ocorreu após a Gomes Lourenço ter ficado onde descartar o material da coleta porque o aterro que recebia o lixo declarou que ela deixa de honrar os compromissos financeiros. Com tal mudança à época, a Prefeitura passou a gastar R$ 740 mil a mais em relação ao que pagava a Gomes Lourenço. Um contrato por concorrência pública depende do edital para contratação, que está sendo feito desde o ano passado pela Prefeitura e agora tem a previsão de ser publicado no início do mês de junho, mas sem previsão para o tempo que levará o processo de concorrência até a contratação de uma empresa em definitivo."
     
    "O secretário municipal de Governo e Segurança Comunitária, João Leandro da Costa Filho, declarou que mesmo com a elevação, o CSA apresentou o melhor preço entre outras sete ou oito empresas consultadas pelo município".

    Leia mais
  • Instituto Defenda Sorocaba aponta contradição no Plano Diretor 2014: meta de projeção de uma cidade sustentável e a ampliação do parcelamento de lotes são incompatíveis

    Enviado em: 26/05/2014 18:56h - Por: Deda | Categoria: Política



    O Instituto Defenda Sorocaba (entidade que nasceu em fevereiro de 2013 para chamar a atenção da sociedade sorocabana para assuntos dos grupos temáticos: Meio Ambiente/Sustentabilidade; Uso do solo/Urbanismo; Transporte/Mobilidade/Acessibilidade; Saneamento e Indústria/comércio/ciência e tecnologia) - a exemplo de outros organismos vivos da sociedade sorocabana - vem a público para externar alguns tópicos que julga importante no Plano Diretor 2014 de Sorocaba, de autoria do Poder Executivo, que se encontra em fase de estudos e debates na Câmara de Vereadores.
    O Plano Diretor proposto tem como diretriz uma Sorocaba mais verde, sustentável, permeável, que amplia a proteção dos mananciais e do rio Sorocaba, porém, essa busca se perde quando propõe a mudança estrutural de zonas hoje de chácaras (terreno de mil metros) para a chamada Zona Residencial 3. Isto ocorre por que:
    1)    Levando em conta dados sobre o Crescimento Populacional de Sorocaba - 2000/2010 disponibilizados pelo IBGE se verifica que a população de Sorocaba saltou do ano 2000 (493.468 habitantes ) para 2010 (586.625hab.) para um crescimento de 93.157 habitantes, o que dá uma média anual de 1.8%. Os mesmos dados do IBGE mostram que entre 2007 e 2010 o crescimento médio anual foi de 1,63%, ou seja, 10% de queda na curva de crescimento.
    2)    Levando em conta ainda a projeção do crescimento populacional Sorocaba de 2010 para 2030 a partir de dados estimativos Fundação Estadual de Analise de Dados ( Seade), em 2030 Sorocaba terá uma população de 701.571 habitantes, um incremento de 114.946 habitantes em 16 anos com 19.5% no total e 1,21% de média anual. Isso significa uma redução de 25 % na curva de crescimento comparado com 2007/2010.
    3)    Levando em conta ainda dados referenciais para Desenvolvimento Urbano e Rural elaborados por organismos internacionais, e também do programa Município Verde Azul do estado de SP , do qual Sorocaba e destaque , ambos estabelecem como objetivo a taxa de 20% de áreas com vegetação nativa. O indicador informado por Sorocaba para esse item, ao Programa acima , em 2012, foi de 12,7%, de áreas com vegetação nativa, bem abaixo dos 20% como objetivo proposto a todos municípios de estado que aderiram ao programa Município Verde Azul.
     
    Diante deste quadro, Sorocaba tem a meta de resgatar 7,3% de áreas com vegetação e isso está fora do Plano Diretor que chegou até a Câmara de Vereadores.
    O Instituto Defenda Sorocaba entende que as diretrizes do Plano Diretor são acertadas, mas as decisões para que essas diretrizes sejam alcançadas não estão contempladas no estudo.
    Atualmente, dados da Prefeitura de Sorocaba, indicam que existem 40 mil lotes aptos a serem ocupados em Sorocaba e outros 60 mil na chamada área de reserva localizados na Zona Norte. Diante disso, modificar as áreas de chácara das Zonas Oeste e da região de Aparecidinha e adjacências ficam sem um propósito técnico. Parcelar esses terrenos de 1 mil metros em 200 metros significa aumentar em 5 vezes a área edificante de Sorocaba, uma clara contradição, portanto, com a diretriz matricial do Plano Diretor.
     
    Posições do Defenda Sorocaba frente ao Plano Diretor
    1)    Os novos pontos estruturais do Plano Diretor vão exigir da Prefeitura de Sorocaba um poder de fiscalização acentuado, bastante superior ao que existe hoje. Pergunta: o que está sendo feito para aumentar o poder de fiscalização e sua eficácia?
    2)    Levando em conta que Sorocaba terá 700 mil habitantes em 2030, qual a razão de aumentar neste Plano Diretor de 2014 o número de lotes de ZR3, desfazendo-se de lotes de 1 mil metros, portanto multiplicando por 5 a área existente nesses locais para moradias? Defendemos que esse parcelamento seja alvo do Plano Diretor de 2024, quando se terá condição de apontar as necessidades mais reais deste parcelamento.
    3)    Qualquer mudança no Plano Diretor a ser aprovado só poderá sofrer modificação após amplo debate com a sociedade sorocabana, impedindo assim alterações numa canetada do prefeito de plantão. O Instituto Defenda Sorocaba quer que seja amplo e transparente o debate com a sociedade diante de qualquer  mudança.
    4)    Toda área de edificação da cidade deve prever uma porcentagem para o escoamento da água, ou seja, não poderá ser total e completamente impermeabilizada. A porcentagem a ser preservada fica sujeita a discussão técnica.
    5)    O Plano Diretor atual e o em discussão na Câmara permite que seja construída mais de uma moradia por lote. Para a ampliação da qualidade de vida da cidade, nossa defesa é que cada lote seja para uma única moradia nas ZR1 2 e 3
    6)    O Instituto Defenda Sorocaba entende que o Plano Diretor 2014 só deverá ser aprovado se seguir o que determina a legislação federal, ou seja, somente quando já estiverem discutidos e aprovados os planos que interferem diretamente no Plano Diretor como os Planos de Mobilidade, Água e Saneamento e Ambiental. Nossa defesa é a de que um Plano Diretor não tem vida isolado desses outros planos.
    7)    Por fim, o Instituto Defenda Sorocaba entende que junto desse Plano Diretor os legisladores e o Poder Executivo devem assumir o compromisso de dotar Sorocaba de um Código de Obras e Postura condizente com o século 21, ou seja, com o Plano Diretor em debate. Isso implica a criação de regras para o tipo de calçada da cidade, altura do pé direito dos apartamentos, número de vagas para veículos em estabelecimentos comerciais, impacto no trânsito e estacionamento de veículos na aprovação de novos projetos comerciais ou residenciais.
     
    Histórico do IDS
    Para entender o Defenda Sorocaba é preciso lembrar do seu nascimento em dezembro de 2012, na Câmara de Vereadores, logo após audiência pública sobre as mudanças no Plano Diretor da cidade. A pressa daquela ação de 2012 levou à criação do Movimento Defenda Sorocaba que realizou sua primeira plenária no dia 4 de janeiro de 2013 com a presença de representantes de 25 entidades, entre elas associações de amigos de bairro, dirigentes empresariais e lideranças ambientais. Deste encontro surgiu um grupo coordenador escolhido pelos presentes que realizou seu primeiro encontro no dia 14 de janeiro de 2013. Desde a fundação, o presidente do Instituto Defenda Sorocaba é Sergio Reze, empresário sorocabano (na foto durante a entrevista coletiva deste 26 de maio de 2014).
    O Instituto Defenda Sorocaba tem o objetivo de formar uma entidade com voluntários preocupados em agir em relação ao planejamento urbano e de qualidade de vida de Sorocaba com ações que promovam discussões em torno da preservação de áreas urbanas que merecem e precisam ser preservadas e evitando, assim, a continuidade da degradação urbana. É importante a percepção de que nenhuma ação do instituto é contra ao Plano Diretor, mas favorável a uma discussão ampla com a sociedade antes de que qualquer decisão de mudá-lo seja concretizada uma vez que a qualidade de vida da atual e futuras gerações de sorocabanos está diretamente ligada com as definições contidas no Plano Diretor.
    O Defenda Sorocaba é uma sociedade civil sem finalidades lucrativas, políticas ou religiosas que pretende reunir principalmente, mas não exclusivamente, membros de associações de bairro de Sorocaba, entidades de defesa do meio ambiente e de defesa do patrimônio cultural e por cidadãos voluntários que desejem opinar sobre o futuro de Sorocaba. Portanto, qualquer cidadão pode participar e o mecanismo é estar presente na plenária da fundação legal do instituto. A data desta plenária será divulgada pela imprensa.
    O movimento que deu origem ao Instituto Defenda Sorocaba nasceu no momento em que a Prefeitura de Sorocaba deu indicativos de que pretendia encaminhar à Câmara de Vereadores no final de 2012 uma lei mudando o Plano Diretor de Sorocaba aprovado em 2004, que já sofreu mudanças em 2007, e que previa ser mexido apenas uma década depois de sua aprovação inicial. O Instituto Defenda Sorocaba entende que cabe ao sorocabano responder hoje, quando são tomadas as decisões, qual a cidade ele deseja para o futuro: Uma Sorocaba com a qualidade de vida que temos hoje ou com a degradação de uma cidade de quase 2 milhões de habitantes que é o que apontam as mudanças em curso no Plano Diretor?
    Os integrantes que estão participando do Instituto Defenda Sorocaba entendem que é possível que a cidade cresça com qualidade de vida. É isso que será perseguido. Não há pretensão alguma de barrar o crescimento da cidade, mas sim de discutir como preservar a qualidade de vida aliado ao crescimento e desenvolvimento de Sorocaba.

    Leia mais
  • Instituto defende mais discussão e fiscalização para o Plano Diretor de Sorocaba

    Enviado em: 26/05/2014 18:54h - Por: Erick Rodrigues/Ipanema Online | Categoria: Política



    Mais espaço para debates e uma fiscalização eficiente para as ações previstas no Plano Diretor. Essas foram as principais reivindicações do Instituto Defenda Sorocaba (IDS), que reuniu a imprensa, nesta segunda-feira (26), para apresentar um posicionamento ao projeto apresentado pela prefeitura, que dispõe sobre as diretrizes para o crescimento da cidade nos próximos anos.
     
    A forma como o Plano Diretor é elaborado foi a primeira das contestações feitas pelos integrantes do instituto. De acordo com o presidente da entidade, Sérgio Reze, o projeto deveria ter sido amplamente debatido com a sociedade civil. “Esse é um assunto de extrema importância para a cidade, mas que, durante o período de elaboração, ficou restrito à prefeitura. Depois disso, algumas audiências públicas foram realizadas, mas os encontros reuniam poucos representantes da população”, declarou.
     
    Segundo o presidente do IDS, é necessário que diversos setores sejam ouvidos sobre o Plano Diretor. “A sociedade sorocabana é composta por pessoas físicas, sociedades de bairro organizadas e entidades técnicas. A Câmara se propôs a votar o projeto até o mês de junho, mas a população não terá oportunidade de discutir amplamente as decisões apresentadas no Plano Diretor. Essa é uma discussão que leva tempo. E, nós ainda teremos, durante esse prazo, a Copa do Mundo, momento onde a cabeça das pessoas vai estar distraída para a discussão”.
     
    Reze também defendeu que a população tenha mais contato com as resoluções municipais. “O Plano Diretor precisa ser mais transparente para criar as regras que vão reger a cidade. Estamos pedindo uma abertura da discussão do projeto com os demais setores da sociedade e, consequentemente, a postergação da votação da proposta no Legislativo”, afirmou.
     
    Além disso, a entidade frisou a importância de uma fiscalização acentuada para as medidas previstas no Plano Diretor. “Hoje, a prefeitura não tem como fiscalizar o cumprimento das determinações do projeto que está em vigência. É fundamental que o poder público arrume sua infraestrutura de fiscalização, otimizando o trabalho dos funcionários”, pontuou.
     
    Posicionamento
     
    Na ocasião, o IDS apresentou, ainda, outras posições da entidade sobre as regras propostas no Plano Diretor. Entre os questionamentos do grupo, está o de modificação das áreas de chácaras da zona oeste e da região do bairro Aparecidinha. Na proposta do Executivo, essas localidades seriam transformadas em áreas residenciais, visando o crescimento populacional da cidade.
     
    Para o instituto, a mudança, que divide lotes da região e aumenta as áreas de moradia, deveria ser incluída no Plano Diretor de 2024, uma vez que os cálculos populacionais da prefeitura foram baseados em uma estimativa habitacional para 2030, que prevê que Sorocaba terá 700 mil habitantes no período.
     
    O IDS também defende que o Plano Diretor só seja aprovado se contemplar as determinações dos Planos de Mobilidade Urbana, Água e Saneamento e Ambiental, que devem ser elaborados no município, conforme legislação federal. “Nossa defesa é a de que um Plano Diretor não tem vida isolada desses outros planos”.
     
    A criação de um Código de Obras e Postura, que traria regras sobre a padronização de calçadas da cidade, a altura do pé direito dos apartamentos e a realização de estudos aprofundados para implantação de projetos comerciais e residenciais, também é um dos quesitos sugeridos pelo instituto.
     
    Todas as reivindicações da organização devem ser apresentadas nesta terça-feira (27), a partir das 14 horas, na Câmara Municipal, quando os representantes do IDS e vereadores irão discutir o Plano Diretor apresentado pela prefeitura.
     

    Leia mais
  • Câmara realiza primeira audiência pública sobre o Plano Diretor e quer coloca-lo em votação durante a Copa do Mundo

    Enviado em: 26/05/2014 18:52h - Por: Deda | Categoria: Política



    A Câmara Municipal de Sorocaba realizará nesta terça-feira, 26, a partir das 14h, a primeira das cinco audiências públicas para discussão do Plano Diretor da cidade, tema a ser debatido com representantes do Instituto Defenda Sorocaba (IDS). O presidente da Câmara, vereador Cláudio Sorocaba I (PR), quer a votação desse plano antes do recesso, dia 15 de julho, portanto durante a Copa do Mundo que acontece entre os dias 12 de junho e 12 de julho.
    O presidente da Câmara divulgou que “do ponto de vista urbanístico essa é a lei mais importante da cidade, pois mexe com sua organização, podendo interferir no seu desenvolvimento e na qualidade de vida de seus moradores. Por isso é importante que os cidadãos  e as entidades organizadas venham dar a sua contribuição ao debate.” E daí a sua opinião de que “será importante que possamos votar o Plano antes do recesso, no dia 15 de Julho, inclusive porque, depois, coincidindo com os jogos da Copa, os debates acabarão se enfraquecendo, perdendo o foco.”
    Para acompanhar a tramitação da lei 178/2014, que trata da revisão desse Plano, foi instituída a Comissão Especial do Plano Diretor, formada por um vereador de cada partido representado na Câmara. Ela já agendou mais outras quatro audiências públicas: dia 06 de Junho, a partir das 9h30, para a qual foram convidadas as prefeituras de cidades vizinhas.
    Ainda em junho serão realizadas audiências nos dias 13, com entidades de classe, na área da construção civil; dia 18, com representantes de entidades ambientalistas e rurais; e, no dia 25, com membros de Associações de Moradores e Sindicatos. As audiências acontecerão sempre a partir das 9h30.

    Leia mais
  • Médicos da rede pública de Sorocaba são denunciados ao MP

    Enviado em: 19/05/2014 17:29h - Por: Deda | Categoria: Política


    Câmeras de seguranças instaladas duas UPHs (Unidades Pré-Hospitalares) de Sorocaba estão ajudando a secretaria de saúde a entender o que leva à formação de filas nas unidades. A conclusão, a priori, é a de que os médicos estão fazendo a chamada operação tartaruga. O que se observou é que em determinados dias, consultas corriqueiras, levam até quase uma hora com o paciente dentro da sala do médico e ao se observar o prontuário do paciente se observa que era um atendimento de rotina, ou seja, para demorar no máximo 20 minutos. Outra constatação: médicos chegam, registram o ponto e deixam o recinto. E uma última: médicos faltosos dão atestado médico incompatível com a ausência do trabalho. O resultado disso é que baseado em denúncia do corregedor da Prefeitura o prefeito Pannunzio autorizou a denuncia de oito médicos para o Ministério Público por conduta incompatível com o serviço público. Oficialmente ninguém fala sobre o assunto. 

    Leia mais
  • Sinceridade de secretário gera críticas

    Enviado em: 19/05/2014 17:28h - Por: Deda | Categoria: Política

    Flaviano Agostinho de Lima, secretário da Habitação da Prefeitura de Sorocaba, concedeu entrevista a coluna O De Da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na semana passada que foi ao ar ao vivo e também ao programa O De Da Questão na TVR (Canal 23 da NET)que vai ao ar nesta terça e quarta (dias 20 e 21 de maio). Em ambas ele afirma que se tiver chance quer ser candidato. A repercussão de sua declaração foi enorme e ele tem sentido o peso de ocupar um cargo público de linha de frente. Os vereadores, temendo que seja um concorrente de peso, não esconderam que vão mirar suas metralhadoras sobre Flaviano. Desejo que Flaviano se resguarde, agüente o que poderá vir pela frente e mantenha-se firme em sua posição de enfrentar as urnas. O eleitor precisa de gente nova e com vontade de fazer política.

    Leia mais
  • Vereador revela desvantagem econômica em empréstimo da arena Multiuso

    Enviado em: 19/05/2014 17:27h - Por: Deda | Categoria: Política


    Fernando Dini, vereador de primeiro mandato na Câmara de Sorocaba, preside a comissão que acompanha a investigação sobre os motivos da queda do teto da arena Multiuso, as margens da rodovia Raposo Tavares, ocorrido em fevereiro passado. Em entrevista ao programa O De Da Questão na TVR (Canal 23 da NET) ele revela que a Prefeitura emprestou R$ 10 milhões da agência Desenvolve, do governo do estado, para pagar juros de 8%. Porém, esses juros cairiam a 3% caso a obra ficasse pronta até a Copa do Mundo. Não ficou e nem vai ficar, afinal nem os ferros retorcidos, puro entulho, da tragédia de fevereiro foram removidos. Dini defende que a prefeitura cobre da construtora o prejuízo pela perda dessa vantagem de pegar juros menores. Um momento de descontração da gravação do programa com Dini (que vai ao ar na quinta e sexta dessa semana) foi a presença de Kiko Pagliato que passava pelo estúdio e registrou o momento para o seu instagram.

    Leia mais
  • Lula ignora imprensa em sua passagem por Sorocaba

    Enviado em: 19/05/2014 17:26h - Por: Deda | Categoria: Política



    O ex-presidente Lula acompanhou o coordenador da Caravana Horizonte Paulista, o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha e pré-candidato do partido ao governo de São Paulo, no salão de festas do Lar São Vicente de Paulo. Mais de mil pessoas estiveram lá e se entusiasmaram com Lula. Sou capaz de arriscar que 100% eram petistas, o que explica a festa e o entusiasmo com a presença de Lula. Ignorar a imprensa de Sorocaba foi um erro de Lula. Deixou a festa dele com a turma dele, apenas. Poderia ter expandido esse diálogo com a cidade ao atender os jornalistas. Não consigo imaginar uma pergunta que constrangesse Lula para ele não ter reservado uma hora para atender aos jornalistas. Lula se iguala a Alckmin ao agir assim. Pena que essas lideranças venham e vão sem deixar uma marca verdadeira. Fica a propaganda da sua ideologia para o seu grupo ideológico.

    Leia mais
  • MP é provocado e vai investigar se houve crime de improbidade na instalação do totem

    Enviado em: 14/05/2014 16:02h - Por: Deda | Categoria: Política



    Orlando Bastos Filho, promotor de justiça de Sorocaba, revê decisão anteriormente anunciada por ele em relação a instalação do totem com os dizeres "Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo" e abriu inquérito para apurar se ocorreu crime de improbidade admnistrativa no local. Em postagens anteriores demonstrei que  o ex-prefeito Vitor Lippi autorizou a colocação do totem a pedido do então vereador, pastor Carlos Cézar.
     
    Veja a íntegra da manifestação do promotor Orlando Bastos: "Por provocação de Alex Sandro Capalbo (que vive em Sorocaba e é consultor nas áreas de tecnologia da informação e financeira)o Ministério Público instaurou IC (inquérito civel) para averiguar improbidade admnistrativa, no famoso caso da colocação do Totem na cidade".
     
    Para Capalbo, há "danos ao patrimônio público devido a utilização de recursos públicos para a promoção partidária política" de pessoas que indica (não sei quais Capalbo indica e Bastos não informa, mas adianto que os principais envolvidos são o ex-prefeito Vitor Lippi, o atual deputado estadual pastor Carlos Cézar, e o atual deputado federal pastor Jefferson de Campos).
     
    O promotor ressalta que "os fatos comportam apuração mais acurada, que agora será realizada, quanto aos aspectos formais e de interesse público na colocação do Totem. Dissemos, anteriormente, que o assunto não comportava investigação a princípio, o que significa, de ofício, independente de provocação. Tendo havido provocação, com bons fundamentos, a investigação se faz necessária, para que possamos dar a adequada resposta ao representante. Ao PJ (promotor de justiça) assiste a possibilidade de agir de ofício, o que se reserva, são orientações, a situações gritantes, excepcionais, muito evidentes. Fora isso, para situações minimamente nebulosas, são orientações superiores, repito, adequado aguardar provocação, que agora veio. Por isto mesmo, quanto àquele momento, tivemos o cuidado de colocar que "a princípio", e, jamais, definitivamente, o que será visto agora."

    Leia mais
  • Assim como eu, promotor também se choca com a crua sinceridade do presidente da Câmara sobre o Plano Diretor

    Enviado em: 14/05/2014 15:50h - Por: Deda | Categoria: Política



    Esta foi minha postagem de ontem: “Para mim é bom, aumenta o meu eleitorado”. Foi assim, com transparência e sem rodeios, que o presidente da Câmara de Vereadores de Sorocaba, Cláudio do Sorocaba 1, explicou a razão de apoiar um dos pontos polêmicos do Plano Diretor que está na Câmara para ser votado, o que diminui a área rural de Sorocaba e a transforma em Zona Residencial 3 (aquele formada por lotes populares). Como essa diminuição ocorre na zona oeste (região do bairro Sorocaba 1 que dá o sobrenome ao vereador) ele vê na ocupação do local a chegada de mais eleitores. Um critério pessoal, portanto bem longe do interesse público. Confesso que a sinceridade do vereador Cláudio do Sorocaba 1 me choca. O habitual é se ouvir mentiras dos políticos. Mas como o próprio Cláudio do Sorocaba 1 disse na coluna O D da Questão na Ipanema FM: “na Câmara de Sorocaba o vereador mais bobinho troca de meia sem tirar o sapato”.
     
    E assim Orlando Bastos Filho, promotor de justiça de Sorocaba, reagiu: O último post no blog do Deda   http://xn--odedaquesto-i8a.com.brodedaquestão.com.br , expõe de forma nua a realidade do debate sobre o novo plano diretor de Sorocaba.
     
    Infelizmente, salvo eventuais exceções, não podemos confiar nos poderes instituídos, tomados por interesses particulares ou de grupos.
     
    No interesse público, mesmo, só o cidadão, que, se não se manifestar , de forma a obrigar os legisladores, pagará por nossa miséria futura.
     
    A visão dos políticos, em geral, não ultrapassa a próxima eleição. A do povo, é sobre a cidade que queremos, para nós e os nossos.
     
    A visão ia prevalecer depende, unicamente, da atitude dos Sorocabanos, que, pelas circunstâncias, não podem delegar, sem mais, essa decisão.
     
    Há risco de que nossa cidade seja reajeitada  apenas para satisfação de políticos e de loteadores viáveis financiadores de campanha.
     
    Não pode ser assim, não podemos reduzir área agrícola, nem manter lotes ridículos nas periferias, pena de criação de guetos.
     
    Em suma pelo que se tem até agora não há motivos para confiar nos poderes constituídos e se não houver atuação do cidadão, o futuro é grave.
     
    Nada indica, que a forma usual de representação popular seja suficiente a garantir o interesse público que é dos mais elevados na matéria.
     
    Atue população, se organize sociedade. Se não ocorrer, e a pé como estamos, choraremos por gerações, pela acomodação atual de uns poucos..."
     
    E você, como reagiu a tal manifestação do vereador?
     

    Leia mais
  • Secretário da Habitação estará à disposição do partido no momento da eleição municipal

    Enviado em: 14/05/2014 15:49h - Por: Deda | Categoria: Política



    Flaviano Agostinho de Lima, economista, advogado e secretário municipal da Habitação, concedeu entrevista aos programas “O De Da Questão” na TVR (Canal 23 da NET) na segunda-feira (o programa vai ao ar na próxima semana) e na manhã de hoje, ao vivo, na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz). Eu ressalto em ambas as entrevistas que ele está lidando com moradia (tão caro a qualquer pessoa) e regularização fundiária (processo que dá posse definitiva a quem já tem um imóvel) e ambas são fortes frutos de votos. Dei o exemplo de Hélio Godoy, que fez disso sua bandeira de vereador e no último pleito foi o mais votado de Sorocaba, para perguntar se Flaviano tinha pretensão eleitoral. Em ambas entrevistas ele afirma que estará pronto a se candidatar se assim o partido quiser. Então será. Pode ser a vereador, mas pela capacidade de pensar e se expressar não será surpresa alguma se o PSDB (diga-se Pannunzio) o convocar para um cargo no executivo (prefeito ou vice).

    Leia mais
  • Último vereador a tomar posse age rápido para cuidar da galinha dos ovos de ouro

    Enviado em: 14/05/2014 15:48h - Por: Deda | Categoria: Política


    Por iniciativa do vereador Helio Godoy (PSD), a Câmara Municipal de Sorocaba criou a Comissão Permanente de Habitação e Regularização Fundiária, aprovada por unanimidade. Os  membros da comissão foram  indicados nesta terça-feira, 13, e a Comissão será composta pelos vereadores Saulo do Afro Arts (PRP) e Neusa Maldonado (PSDB). “O objetivo da Comissão é acompanhar as ações no setor e, sempre que necessário, propor novas diretrizes habitacionais e de regularização fundiária, de modo a assegurar a construção de moradias populares – para atender às necessidades das famílias – e garantir o desenvolvimento ordenado da cidade”, diz Godoy.
     
    Traduzindo, Godoy foi eleito com essa bandeira da regularização, foi o vereador mais votado na eleição passada tendo essa como sua principal bandeira de campanha e cuidou com carinho do tema ao longo dos 15 meses em que foi secretário da Habitação.

    Leia mais
  • Ao tentar explicar o que ninguém ainda conseguiu sobre as mudanças no Plano Diretor, presidente da Câmara choca jornalista com sua profunda sinceridade

    Enviado em: 13/05/2014 17:26h - Por: Deda | Categoria: Política


    “Para mim é bom, aumenta o meu eleitorado”. Foi assim, com transparência e sem rodeios, que o presidente da Câmara de Vereadores de Sorocaba, Cláudio do Sorocaba 1, explicou a razão de apoiar um dos pontos polêmicos do Plano Diretor que está na Câmara para ser votado, o que diminui a área rural de Sorocaba e a transforma em Zona Residencial 3 (aquele formada por lotes populares). Como essa diminuição ocorre na zona oeste (região do bairro Sorocaba 1 que dá o sobrenome ao vereador) ele vê na ocupação do local a chegada de mais eleitores. Um critério pessoal, portanto bem longe do interesse público. Confesso que a sinceridade do vereador Cláudio do Sorocaba 1 me choca. O habitual é se ouvir mentiras dos políticos. Mas como o próprio Cláudio do Sorocaba 1 disse na coluna O D da Questão na Ipanema FM: “na Câmara de Sorocaba o vereador mais bobinho troca de meia sem tirar o sapato”.

    Leia mais
  • Preferia que o prefeito fosse mais ousado em suas mudanças de secretariado, especialmente na nomeação do presidente do Parque Tecnológico

    Enviado em: 13/05/2014 17:25h - Por: Deda | Categoria: Política


    O acaso me fez saber que Jussara de Lima Carvalho deixaria a secretaria do Meio Ambiente para assumir cargo de diretora para a América do Sul da ONG Iclei que cuida do tema “as cidades e o crescimento sustentável”. O furo provocou um corre-corre na Prefeitura de Sorocaba. Soube que a partir da minha informação, mais de 40 perguntas chegaram à assessoria de imprensa da Prefeitura de Sorocaba.
     
    O secretário chefe de gabinete do prefeito Pannunzio, Rodrigo Maldonado, me disse que meu furo levou o prefeito a ponderar se não era mais propício comunicar, como acabou fazendo, as mudanças que pretendia anunciar somente no dia 19, ou seja, segunda-feira que vem. E faria isso porque Jussara ficaria até a próxima sexta-feira em seu cargo.
     
    Em resumo, fica assim: a pasta de Meio Ambiente será ocupada pelo atual secretário de Serviços Públicos (Serp), Clebson Ribeiro. A Serp passará a ser chefiada por Oduvaldo Denadai, que responde hoje como assessor da Pasta. Outra alteração será na Secretaria de Negócios Jurídicos, para a qual será nomeado o advogado Maurício Freitas, no lugar do atual secretário Anésio Aparecido Lima, que será o novo diretor do Parque Tecnológico de Sorocaba.
     
    Maurício Ferreira é a grande novidade entre os nomes. Sorocabano (ou seria apenas morador de Sorocaba?), ele trabalha em São Paulo para onde viaja diariamente. Agora terá o desafio de acalmar os ânimos entre os 27 procuradores municipais. Cabe ao clima ruim entre eles e Anésio a saída do secretário.
     
    Oduvaldo Denadai, que já foi da Serp quando Pannunzio foi prefeito pela primeira vez, chegou a ser cotado para ser o titular da pasta há um ano. Cheguei até publicar isso neste blog. Ele passou oito anos como chefe da Serp de Iperó com o prefeito Marcão.
     
    Nada contra Anésio Lima, mas acho que até ele mesmo estranhou ser colocado a frente do Parque Tecnológico. Seu talento é na área jurídica. Está na malandragem de conhecer os códigos, leis e jurispruência como poucos. Inovação não é com ele. Inteligente como é, certamente há boa chance de Anésio se dar bem no comando do Parque Tecnológico. Mas assume sob o nariz torcido de todo mundo: empresários, dirigentes de classe, imprensa...
     
    Confesso, esperava mais ousadia do prefeito Pannunzio. Para assumir o Parque Tecnológico ele deveria ter escolhido um jovem, tipo “porra loca”: Cabelo comprido, barba por fazer, que usasse bermuda e fosse trabalhar de chinelos. Claro que uso de um estereótipo para expressar o que penso. O Parque Tecnológico precisa mais de um artista do que um burocrata. Impossível que na Juventude Tucana só tenha coxinhas (estilo Aécio). Há de ter lá alguém com sonhos. Me recordo que da última vez que o senador Aloysio Nunes Ferreira esteve em Sorocaba não poupou elogios ao jovem JP. Sei que ele esteve até recentemente na Irlanda fazendo intercâmbio cultural e de línguas. Era meu leitor aqui no blog. Por que não apostar em alguém com este perfil? Aposto que JP viu muita coisa na Irlanda e em suas andanças pela Europa que poderiam influenciar o Parque Tecnológico de Sorocaba.
     
    Mas, obviamente, a nomeação de Anésio tem um “Q” de governabilidade. Há 25 anos procurador da prefeitura, Anésio foi muito ligado ao vereador Crespo, se aliou a Vitor Lippi e advoga particularmente para o vereador Martinez.
     
    Fora isso, a escassez de mulheres só aumenta. Agora restam Edith Di Giorgio (vice-prefeita, portanto eleita, que tem lugar garantido até o fim do mandato)e Jaqueline Gomes (Cultura).

    Leia mais
  • Limpador do totem é o mesmo eleitor do Psol que apoiou Pannunzio na campanha de TV em 2012

    Enviado em: 13/05/2014 17:24h - Por: Deda | Categoria: Política


    Hugo Batalha é leitor deste blog e ouvinte da coluna O D Da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz). E ele escreve para dizer o seguinte: “Estava ouvindo o programa na rádio e ouvi falar que Frederico Salomão estava ‘bravo’ porque você disse que ele estava no horário de almoço dele pintando o famigerado totem. É bom você saber que esse Frederico é o mesmo rapaz que se fez passar por filiado do PSOL e militante da campanha do Raul Marcelo em 2012 no programa eleitoral de TV do então candidato Pannunzio. Ele mantinha uma página falsa no facebook do PSOL Sorocaba. Ele  foi denunciado e bloqueado. Depois das eleições ele ganhou cargo em comissão na prefeitura.”

    Para quem não se lembra, no 2º turno, atrás dos votos do PT e do Psol, Renato Amary e Pannunzio usaram do que podiam para atrair esses eleitores até que o Psol protocolou uma representação contra o candidato Pannunzio e a coligação "Amor e Respeito por Sorocaba" devido ao uso de depoimentos de eleitores de Raul Marcelo na propaganda eleitoral de TV. Segundo o Psol, as declarações no programa de Pannunzio tentavam "confundir e dar a entender que lideranças, filiados e militantes" estão participando da campanha do tucano.

    Leia mais
  • Romaria de candidatos invade Sorocaba

    Enviado em: 13/05/2014 17:18h - Por: Deda | Categoria: Política


    O candidato à reeleição, Geraldo Alckmin, iniciou o périplos de visita de candidatos a Sorocaba na quinta-feira da semana passada, onde foi recepcionado pelo prefeito Pannunzio. Na sexta-feira, foi a vez de Paulo Skaf, do PMDB, visitar obras do Sesi e Senai acompanhado de Renato Amary. No sábado, na inauguração da sede regional do PSD, Kassab e Henrique Meireles (ex-presidente mundial do Bank of the Boston e do Banco Central do Brasil) foram recepcionados pelo casal Rita e Herculano Passos. E na segunda-feira, o médico Gilberto Natalini e o deputado Penna (PV), foram recepcionados pelo vereador Jessé e, pela amizade, ganharam do Bolina sua famosa paella. Sexta-feira que vem são esperados Lula e Padilha (PT).

    Leia mais
  • Governador volta a Sorocaba para formalizar a criação da Região Metropolitana

    Enviado em: 07/05/2014 18:59h - Por: Deda | Categoria: Política


    O governador Geraldo Alckmin assinou em dezembro do ano passado em Sorocaba a mensagem que enviou à Assembléia Legislativa do Projeto de Lei que cria a Região Metropolitana de Sorocaba, a quinta do Estado. Em abril deste ano o projeto que cria a nossa Região Metropolitana de Sorocaba foi aprovado por unanimidade pelos deputados. E hoje (8/5/14) o governador volta a Sorocaba para participar de um evento no Parque Tecnológico formalizando a instalação da Região. O cerimonial do evento cabe ao Palácio, ou seja, a presença do petista Hamilton Pereira (pai desse projeto) depende do governo paulista. Alckmin deve desembarcar no aeroporto de Sorocaba e seguir de carro com o prefeito Pannunzio até o Parque Tecnológico.

    Leia mais
  • Diretor da área de imprensa surpreende e deixa prefeitura de Sorocaba

    Enviado em: 07/05/2014 18:57h - Por: Deda | Categoria: Política


    O diretor da área de imprensa da prefeitura de Sorocaba, Valdecir Rocha Pinto, pediu para deixar o cargo que ocupava no governo do prefeito Pannunzio. A informação foi divulgada por mim, com exclusividade, hoje na coluna "O D da Questão", da Rádio Ipanema. Valdecir pediu desligamento do cargo para se dedicar a projetos particulares. "Isso se deu em um momento de mudança, quando o responsável pela área de publicidade, Luiz Miranda, ganhou mais poderes do chefe de gabinete Rodrigo Maldonado, que é responsável pela área de comunicação da prefeitura". A priori,não há um nome novo para substituir Valdecir no cargo. Bel Molina, que na gestão de Vitor Lippi ocupou este cargo, está em férias na Espanha. A especulação é que ela ocupe a vaga. Mas há quem diga que ela também vai para outro posto na administração, deixando livre seu cargo na comunicação.
    Seja como for, quem perde é a administração Pannunzio. Durante décadas, inclusive na época em que fui editor-chefe do Cruzeiro do Sul, trabalhei com Valdecir e sou testemunha do seu bom caráter, atributo número 1 de qualquer jornalista. Que entre os projetos pessoais que pretende tocar, Valdecir encontre tempo para a sua poesia.

    Leia mais
  • Secretário municipal de Serviços Públicos está sob pressão

    Enviado em: 07/05/2014 18:50h - Por: Deda | Categoria: Política



    O secretário municipal de Serviços Públicos de Sorocaba, Clébson Ribeiro, está sob pressão dentro da própria administração do prefeito Pannunzio. Ele é apontado como o responsável por não dar a agilidade necessária para questões corriqueiras da administração como a manutenção de centros esportivos, consertos de vias, reparos de escolas. Além disso, é pressionado pelos membros da CPI do Lixo. Ele foi convocado para ir em mais de 5 oitivas. Na última delas faltou sem que houvesse explicação oficial para sua ausência. O vereador Crespo, em nome da CPI, vai recorrer à justiça com o objetivo de, judicialmente, o secretário ser obrigado a falar. Não é a primeira vez que Clébson falta e será a segunda que a CPI recorre a justiça para ouvi-lo. Desta vez ele foi convocado para esclarecer dúvidas sobre uma minuta do edital que a Prefeitura prepara para nova licitação da coleta de lixo na cidade. Somadas todas essas cobranças, Clébson coloca na balança a questão pessoal, afinal a própria família também estaria pressionando ele, afinal seu salário como funcionário de carreira que é, supera o do cargo de secretário municipal que vem ocupando.
    Diante disso, se Clébson deixar o cargo não será surpresa alguma.

    Leia mais
  • Vereador ingressa no Ministério Público contra secretário da Habitação

    Enviado em: 07/05/2014 18:49h - Por: Deda | Categoria: Política



    O vereador Marinho Marte (PPS) ingressou no Ministério Público, nesta quarta-feira (7/5/14) com uma representação relativa ao secretário municipal de Habitação e Regularização Fundiária, Flaviano Agostinho de Lima, devido ao fato de o secretário acumular o cargo de professor da Faculdade de Tecnologia de Tatuí. Na mesma data, o parlamentar também protocolou denúncia referente ao fato na Corregedoria Geral do Município.
     
    “Recebemos a denúncia de que o secretário de Habitação, nas quartas e quintas-feiras, não atende no período da tarde na secretaria, pois, nesses dias, ele dá aulas na Fatec de Tatuí, uma instituição do governo do Estado, o que é vedado pela legislação”, afirma Marinho Marte. A representação do vereador no Ministério Público foi dirigida ao promotor Orlando Bastos Filho, enquanto a denúncia na Corregedoria Geral foi destinada ao corregedor geral Gustavo Portela Barata de Almeida.
     
    Citando o artigo 37 da Constituição, Marinho Marte observa que a acumulação de cargos públicos só é possível nos casos de dois cargos de professor, um cargo de professor e outro de caráter técnico-científico ou, ainda, dois cargos privativos de profissional da saúde. “Como se vê, o cargo de secretário de Habitação não se enquadra em nenhuma dessas hipóteses, pois trata-se de um cargo eminentemente político, exigindo de seu ocupante dedicação exclusiva”, enfatiza.
     
    No documento encaminhado ao Ministério Público, Marinho Marte anexou fotocópia da denúncia protocolada na Corregedoria Geral do Município em que solicita apuração de “eventual irregularidade” na nomeação e manutenção do cargo de secretário de Habitação e Regularização Fundiária por parte do professor Flaviano Agostinho de Lima, que é professor na Fatec.
     
    Tratei desse assunto dias atrás e informei que Flaviano está de licença do cargo de professor a partir de portaria do governador Geraldo Alckmin. Mas se for confirmado que ele deixa o cargo duas vezes na semana para dar aulas, minha fonte estaria equivocada.
     

    Leia mais
  • Capitão da PM de Sorocaba revela toda desesperança com o futuro e prevê dias de conflito

    Enviado em: 06/05/2014 20:32h - Por: Deda | Categoria: Política


    O capitão da Polícia Militar Vanclei Franci começou cedo o seu dia na segunda-feira passada. Logo pela manhã foi às rádios (na Ipanema FM tive a chance de também entrevistá-lo), depois atendeu vários veículos de imprensa e seguiu essa rotina até o meio da tarde quando, por volta das 15h, chegou para gravar entrevista para o programa O DeDa Questão na TVR. Que está no ar nesta quarta e quinta e será reprisado no fim de semana. Talvez tenha sido a maratona de tantas perguntas responder, mas o fato é que na entrevista que me concedeu na TV o capitão não escondeu sua descrença na sociedade. Mais, ele conclui dizendo que a sociedade brasileira vive à beira de uma crise anárquica. De manhã, na rádio, ele manteve acesa a esperança de que é possível um futuro melhor. À tarde, na TV, deixou claro que esse é um desejo, mas que a realidade traça um futuro de conflito, de total insegurança.
    Confesso, me chocou o cenário de desesperança retratado pelo porta-voz da Polícia Militar. Uma entrevista de rara sinceridade. Fica o convite para que você assista. Começamos falando dos 15 homicídios ocorridos na cidade dias após a execução do soldado Sandro da PM, da presença da Tropa de Choque e Rota em Sorocaba e do tráfico de drogas como sendo o eixo central da criminalidade em Sorocaba. Mas o foco foi no comprador que é que faz com que o vendedor exista. Que sociedade é essa? É a que tolera uma organização criminosa como o PCC. Isso eu digo.

    Leia mais
  • Sabe quando insisto que a lei deve ser cumprida e sou contrário a justiça pelas próprias mãos? Pois é, o linchamento do Guarujá é o que melhor explica o que penso

    Enviado em: 06/05/2014 20:31h - Por: Deda | Categoria: Política


    O corpo de Fabiane Maria de Jesus de 31 anos, foi enterrado nas 10h15 desta terça-feira, 6, no cemitério Jardim da Paz, no Guarujá, em meio a gritos por justiça e forte comoção das cerca de 200 pessoas que acompanharam a cerimônia. Fabiane morreu nessa segunda depois de ficar dois dias internada. Ela foi linchada por moradores do Guarujá depois de uma falsa acusação de que ela sequestrava crianças. Os agressores fizeram justiça pelas próprias mãos. Mas ela era inocente. E morreu. Os sistemas político e jurídico existem para evitar erros dessa envergadura. Combata os corruptos, mas acredite no sistema. Ou seja, tire pelo voto os maus políticos de ação, mas entenda que não existe vida em sociedade sem decisão por representação.
     

    Leia mais
  • Leitor reage com indignação a manifestação de deputada Iara

    Enviado em: 06/05/2014 20:30h - Por: Deda | Categoria: Política



    Prezado Deda, sempre que posso ouço seu programa na rádio e aprecio cada vez mais o Jornal da Ipanema. Com relação a entrevista da deputada Iara Bernardes, lamento que ninguém tenha sido mais contundente: Como pode um representante do PT acreditar que tem moral ou legitimidade para acusar seus oponentes de corruptos. É o caso típico do "roto falando do rasgado". Alguns de vocês, jornalistas, deveriam tê-la lembrado que, além dos caciques do PT que estão condenados e presos, temos inúmeros outros indícios de corrupção na esfera federal. Será que a deputada Iara Bernardes acredita que o rombo na Petrobras é mais uma perseguição política? Vocês jornalistas também deixaram passar o cinismo da entrevistada diante de uma colocação importante de um ouvinte que questionou a deputada sobre o Congresso Brasileiro ser o mais caro do mundo. A resposta cínica e dissimulada dizendo que desconhece pesquisa sobre o tema é algo lamentável. É subestimar a inteligência do ouvinte desconversar para evitar falar sobre o tema. Quanto a sua sugestão de B.O. foi legal e você insistiu, porém faltou perguntar: Como Deputada Federal, já que se diz conhecedora de corrupção a mais de 30 anos, por qual razão nunca fez nada a respeito? Por qual razão não procurou o Ministério Público para formalizar uma denúncia? Se esta iniciativa cabe a um cidadão em se tratando de uma Deputada é mais que uma obrigação. Lamento que a Deputada Iara Bernardes subestime a inteligência dos ouvintes da Rádio Ipanema atirando pedra quando tem um imenso telhado de vidro exposto através de seu partido, que insiste em se posar de vítima da mídia. Lamentável. Deda parabéns pelo seu trabalho. Abraços João Bastos, diretor financeiro.

    Leia mais
  • Gabriel rebate nota e explica sua ação política. Leia

    Enviado em: 06/05/2014 20:29h - Por: Deda | Categoria: Política


    Caro, Deda! Parabéns pela coluna! Faltava algo desta qualidade na mídia sorocabana. Não mudei de ideia. Depois que abandonei o protagonismo político-partidário, assessorei o deputado e, hoje, prefeito de Jundiaí, Pedro Bigardi. Ele me solicitou que, por conta de minha experiência parlamentar, o ajudasse na formulação de projetos em uma área em que ele é especialmente sensível e na qual acumulei experiência – na área socioambiental. Posteriormente a isso, apoiei abertamente a candidatura de Iara Bernardi a prefeita de Sorocaba no primeiro turno das eleições e, depois, Pannunzio no segundo turno. Cada um desses apoios abertos e coerentemente justificados - por discrepantes que, à primeira vista podiam parecer. Gustavo Petta, com quem fiz uma dobrada em 2010, pediu-me que, em seu curto mandato (fevereiro-dezembro 2014), contribuísse nas áreas de meio ambiente e direito dos animais – causas nas quais atuo e que durante nossa campanha o sensibilizaram. Aceitei. É uma forma de contribuir com o seu mandato, mas, também, com as causas que defendo. Por conta desta história pregressa, esta minha atitude, creio eu, não deveria despertar surpresa. Sou uma pessoa que, desde sua juventude atuou politicamente e continuarei atuando – filiado ou não a um partido, sendo detentor ou não de um mandato eletivo. Gustavo é um político jovem idealista no qual confio e não poderia e nem deveria me furtar a contribuir, modestamente, com seu mandato. Grande abraço Gabriel Bitencourt.

    Leia mais
  • O Centro de Reabilitação Lucy Montoro passa a contar com instrumentos tecnológicos de última geração... em São José dos Campos. A unidade de Sorocaba teve sua inauguração adiada por 4 vezes em 3 anos e se mais uma vez nada mudar ficará pronta só em 2015

    Enviado em: 05/05/2014 19:02h - Por: Deda | Categoria: Política


    Os equipamentos de robótica e a sala de realidade virtual foram inauguradas sábado passado, com a presença do governador Geraldo Alckmin, no Centro de Reabilitação Lucy Montoro de São José dos Campos.
    Já a unidade de Sorocaba, enquanto isso, segue sem data para ser inaugurada. Entre 2011 e 1013, o governo do Estado de São Paulo anunciou a instalação de uma unidade da Rede Lucy Montoro, que atua na reabilitação de pacientes com deficiências físicas e mentais ocasionados por acidentes, na cidade de Sorocaba por 4 vezes. Na penúltima delas, no ano passado, em uma solenidade no Palácio dos Bandeirantes, que reuniu o governador Geraldo Alckmin (PSDB), a secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado, Linamara Rizzo Battistella, o prefeito Pannunzio, a informação passada era a de que o município contaria com os serviços ambulatoriais e de retaguarda hospitalar para fisioterapia e reabilitação da Rede a partir de março de 2014, com um total de investimentos de R$ 5,8 milhões. Em março deste ano, Alckmin prometeu que de 2015 não passa. Haja paciência. Por essas e outras o apelido de promessinha para Alckmin. O governador deveria ter a prudência de anunciar um equipamento, uma unidade ou qualquer outra ação apenas quando tivesse certeza de que poderia cumprir o que falou. Evitaria de passar vergonha.

    Leia mais
  • Atuação de pedintes e ambulantes nos semáforos de Sorocaba já beira o inaceitável

    Enviado em: 05/05/2014 19:01h - Por: Deda | Categoria: Política


    Uma lei municipal proíbe a prática de comércio, mendicância e pedágios nas ruas e cruzamentos de Sorocaba. A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Guarda Civil Municipal, informa que intensificou o combate a esta ação. O prefeito Pannunzio informou que pretende colocar em prática neste mês uma campanha contra este tipo de ação. Mas a verdade é que a sensação de descuido sobre esta questão é acentuada e beira o inaceitável. Uma volta pelos principais corredores, a qualquer hora do dia, mostra que é ultrajante a quantidade de pessoas pedindo ou vendendo balinhas. Fui informado que são mais de 2 mil pessoas cadastradas na secretaria de Desenvolvimento Social nesta condição. O prefeito, há um mês na rádio Ipanema, disse que seu número é outro e beira os 200. Pouco importa o número, mas a sensação de que há um descaso. Ninguém defende uma ação higienista. Mas é preciso que o direito do motorista e do pedestre seja respeitado. Ninguém merece ser abordado por pedintes ou ambulantes a todo instante. É preciso uma ação eficiente e eficaz e urgente para este problema. Na coluna O DeDa Questão bato nesta tecla há mais de um ano.

    Leia mais
  • Greve do lixo: Acordo com empresa provisória vale? Vale

    Enviado em: 05/05/2014 19:00h - Por: Deda | Categoria: Política


    Representantes do Consórcio Sorocaba Ambiental (que de maneira emergencial faz a coleta e transporte do lixo de Sorocaba) e dos Sindicatos dos Rodoviários e dos Coletores chegaram a um acordo e a greve na coleta de lixo na cidade, que teve algumas horas de paralisação, voltou a se normalizar. O acordo veio depois de uma longa reunião, realizada no Paço Municipal, durante todo o período da manhã, com a presença de advogados e representantes do Consórcio e dos sindicatos, além de cinco secretários municipais que acompanharam as negociações.
    A pergunta que passou a ser feita, assim que o acordo foi divulgado, é se vale um trato feito entre uma empresa provisória e uma categoria. Do ponto de vista da lei, sim. Claro que ao final da licitação para a contratação definitiva da empresa este acordo precisará ser ratificado novamente. Para o sindicato, indepentemente de ser provisória, essa decisão do acordo vai ser encaminhar os respectivos acordos coletivos de trabalho na íntegra para o registro junto ao Ministério do Trabalho e Emprego. E quem assumir de maneeira definitiva terá de aceitar.
    Pelo acordo, as duas categorias passam a ter a partir de agora a mesma data-base (1.º de março), que vai vigorar a partir de 2015. Além do reajuste de 12% para as duas categorias - motoristas e coletores -, o piso salarial para condutores passa a ser de R$ 1.639,00 e de R$ 1.031,00 para os coletores. O tíquete-refeição será de R$ 510,00 a serem pagos juntamente com o salário e, além disso, os trabalhadores das duas categorias receberão um salário/ano a título de Participação nos Lucros e Resultados (PLR), a serem pagos em duas parcelas (maio e outubro). Ainda como resultado do acordo, os trabalhadores terão prêmio assiduidade de R$ 140,00; Prêmio por tempo de serviço ou biênio de 5%, pagamento das horas de paralisação e a empresa ainda se comprometeu a não punir os funcionários que fizeram greve.
    Informação oficial da Prefeitura assegura que “o consórcio também assegura manter as demais cláusulas previstas nas normas dos respectivos sindicatos e a providenciar vacinação de todos os funcionários contra o vírus da gripe, até o dia 31 de maio. As diferenças salariais serão pagas juntamente com a remuneração do mês de maio de 2014”.

    Leia mais
  • Deputada Iara Bernardi afirma na coluna O D da Questão na rádio Ipanema que dinheiro público do CHS de Sorocaba foi desviado para financiar campanha política

    Enviado em: 28/04/2014 19:58h - Por: Deda | Categoria: Política



    Em entrevista a coluna O D da Questão no Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz), na manhã desta segunda-feira (28/4/14), a deputada federal Iara Bernardi (PT) afirmou que o CHS (Conjunto Hospitalar de Sorocaba) é alvo de corrupção, com casos de desvio de verba pública para campanhas de partidos políticos. "O volume de dinheiro é para dar sustentação a mais de 57 cidades para serem atendidas aqui. As denúncias existem há mais de 30 anos, mas é para o governador [Geraldo Alckmin] apurar, mas isso não acontece", afirmou. 
    Segundo a própria deputada, o PSDB seria o principal agente corruptor de desvios de verbas do CHS. "O PSDB é responsável pelas nomeações dos diretores da instituição, inclusive pelos três últimos que ocuparam o cargo e saíram presos pela polícia, mas cujos processos foram anulados por falta de provas". Em outro momento ela falou: "O CHS tem mais de R$ 100 milhões. A gestão é um desastre. A secretaria do Estado de Saúde não toma providência, tanto que troca de diretor e o problema continua". 
    Sugeri que ao sair da entrevista, a deputada fosse a uma delegacia de polícia e fizesse um BO (boletim de ocorrência) denunciando esse desvio de verba do CHS para campanha política. Ela se limitou a dizer que "gostaria que a Câmara Municipal dos vereadores de Sorocaba e os deputados estaduais se mobilizassem para apurar o caso, uma vez que os políticos do PSDB são responsáveis pela nomeação dos diretores, mas os próprios representantes da legenda não permitem que se apure as denúncias".

    Leia mais
  • Pouco importa se a indignação de Neymar foi criada por publicitários. O que vale foi a presença de espírito de Daniel Alves ao reagir contra ato de racismo

    Enviado em: 28/04/2014 19:57h - Por: Deda | Categoria: Política


    Eu, pessoalmente, demoro e analiso a situação para entrar em qualquer campanha. Sempre acho que há algo por trás de tanta benevolência. Desta vez, me parece, a hashtag #somostodosmacacos lançada por Neymar logo após seu colega de Barcelona, o lateral Dani Alves da seleção brasileira, ter sido alvo de racismo, é mais uma esperteza dos marqueteiros. Mas e daí?
    Pouco importa que essa campanha tenha sido criada pela agência de publicidade Loducca, segundo o site Meio e Mensagem. O que vale é combater este ato nojento. A campanha de Neymar foi repercutida por anônimos como eu. Nem o compartilhamento de figuras mais conhecidas como o apresentador de televisão Luciano Huck e o jornalista Reinaldo Azevedo (de quem me considero um antônimo) tiram o mérito dessa luta e o barulho que essa campanha tem conseguido promover. Que desse barulho saia a consciência de que o racismo é um crime imbecil. Por isso, no programa O DeDa Questão na TVR, no ar nesta terça e quarta a partir das 22h, entrei nessa e também comi uma banana na frente das câmeras.
    Me surpreenderia descobrir que o jogador Daniel Alves comeu a banana atirada em campo por um torcedor durante a partida entre Barcelona e Villareal neste domingo 27 de maneira previamente pensada, afinal sua espontaneidade no ato foi o que me comoveu. Mas mesmo assim, tivesse sido algo previamente marquetado (o que não é, friso bem, ao menos até agora pelo noticiário) acho que foi um revide dos mais eficientes e eficazes contra esse crime. Ainda acho o futebol de Dani Alves mediano, mas seu ato me fez tornar um fã e admirador desse baiano bem-humorado e evidentemente inteligente.

    Leia mais
  • Guerra santa sorocabana em torno do totem ganha adesivos em carros

    Enviado em: 28/04/2014 19:53h - Por: Deda | Categoria: Política



    Sabe aquela polêmica em torno do totem na entrada de Sorocaba? Pois ela chegou agora aos carros. Flagrei um Palio preto na tarde hoje no semáforo do cruzamentos das avenidas Barão de Tatuí com Washington Luiz, no bairro Campolim com um adesivo (a foto ficou ruim, uma pena) com os seguintes dizeres: “Eu defendo – Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo”. Claramente esse totem provoca uma guerra santa em Sorocaba. Que ela se restrinja a esse picha e apaga do totem e ao uso de adesivos. Mas sinto que se está a um passo de atos mais violentos.

    Leia mais
  • Para quem dizia que não queria mais saber de política partidária, ex-vereador surpreende ao ser nomeado para cargo em gabinete de deputado federal

    Enviado em: 28/04/2014 19:52h - Por: Deda | Categoria: Política


    O ex-vereador Gabriel Bitencourt esteve na manhã de hoje na rádio Ipanema acompanhando o deputado federal Gustvao Petta (PC do B), ex-vereador na cidade de Campinas. Ele era o sétimo suplente da coligação PT/PC do B em 2010 e com a nomeação, renúncia e indicação de seis dos seus colegas ele assumiu o cargo. Petta veio agradecer os mais de mil votos que obteve em Sorocaba e falou da importância de Gabriel em sua eleição. Tudo dentro do figurino.
    Mas bastou o porgrama acabar e recebo texto com a portaria Nº 1.534 - Nomeando, na forma do artigo 9º, inciso II, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, GABRIEL CÉSAR BITENCOURT para exercer, no gabinete do (a) Deputado (a) GUSTAVO PETTA, o cargo em comissão de Secretário Parlamentar, SP18, do Quadro de Pessoal da Câmara dos Deputados.
    Nada demais, também, não tivesse Gabriel, nos últimos anos, afirmado que não queria mais saber de política partidária. Claramente mudou de idéia.

    Leia mais
  • Secretário da saúde de Sorocaba sai escoltado por quatro membros da Guarda Civil Municipal ao final do encontro do Conselho Municipal de Saúde

    Enviado em: 24/04/2014 19:14h - Por: Deda | Categoria: Política


    O secretário da Saúde da Prefeitura de Sorocaba, Armando Raggio, saiu contente da sala do prefeito Antônio Carlos Pannunzio, no 6º andar do Palácio dos Tropeiros, no fim da tarde de quarta-feira (23/4/14). Eles recepcionaram 35 profissionais do Programa "Mais Médicos" do Governo Federal que vão atuar em Unidades Básicas de Saúde de Sorocaba. Mas o dia ainda não estava completo. Raggio desceu do 6º andar para o térreo, na chamada Sala de Vidro, onde presidiria mais uma reunião co Conselho Municipal de Saúde. O que era para ser mais um encontro calmo, terminou no calor das discussões e Armando Raggio saiu escoltado por quatro membros da Guarda Civil Municipal ao final do encontro, pois corria o risco de ser agredido pelos presentes.
    Tudo aconteceu assim: Raggio vêm sendo pressionado pelo administrador do Hospital Mental de Sorocaba, David Haddad, a aumentar o repasse de verbas municipais para o atendimento de pacientes da instituição. Raggio resiste aos argumentos de Haddad e reforça os motivos. Para mudar esta situação, e na tentativa de sensibilizar Raggio a mudar de idéia, Haddad se aproveitou da reunião pública do conselho e levou pacientes e seus familiares até o recinto. O tema, então, dominou a audiência, apesar dos esforços do vereador Marinho Marte, por exemplo, que fez questionamentos sobre a Policlínica de Sorocaba. Raggio, apesar de toda teatralização de Haddad, manteve-se na sua posição. Pacientes e familiares passaram a berrar, falar alto e criaram um clima de instabilidade no recinto. A Guarda foi chamada e evitou que o desentendimento de gestos bruscos e pronunciamentos num tom próximo dos berros se concretizasse em alguma agressão. Na hora de sair da sala e se dirigir ao seu carro, diante da insatisfação dos presentes, por vias das dúvidas, Raggio aceitou a escolta de quatro GCMs.

    Leia mais
  • Secretário da Habitação está com situação trabalhista legalizada e cala zumzumzum de que seria demitido do cargo que recém assumiu

    Enviado em: 24/04/2014 19:13h - Por: Deda | Categoria: Política



    Flaviano de Lima é professor concursado da Fatec (Faculdade de Tecnologia) de Tatuí e recentemente foi nomeado secretário da Habitação da Prefeitura de Sorocaba. Como os dois são cargos públicos, a legislação impede que uma pessoa ocupe os dois cargos simultaneamente e um parecer de três anos atrás da Secretaria Jurídica da Câmara desaconselhava sua contratação (na época para o gabinete do vereador Hélio Godoy) veio à tona nesta semana na Câmara de Sorocaba, começaram o zumzumzum de que o prefeito Pannunzio iria demitir Flaviano. Durante entrevista que gravei (e está no ar) com o secretário de Governo da Prefeitura de Sorocaba, João Leandro da Costa Filho, fiz este questionamento a ele e ele me explicou que está tudo dentro da lei. “Cometer um erro desta natureza seria infantil de nossa parte, afinal eu sou advogado, o Flaviano é advogado, tem o Anésio Lima (secretário Jurídico) e equipe para ver uma questão como essa. A verdade é que Flaviano, através de portaria assinada pelo governador Geraldo Alckmin, está licenciado do cargo de professor da Fatec para exercer o cargo de secretário municipal em Sorocaba, portanto ele está com sua situação trabalhista legalizada e pode exercer a função para a qual foi chamado pelo prefeito Pannunzio sem problema algum”.

    Leia mais
  • Promotor sai em defesa do lote mínimo de 200 metros quadrados para Sorocaba e engrossa o coro dos que defendem a necessidade do Plano Diretor ser amplamente debatido pela sociedade sorocabana

    Enviado em: 24/04/2014 19:09h - Por: Deda | Categoria: Política



    O promotor de justiça da comarca de Sorocaba Orlando Bastos Filho engrossa a lista das personalidades de Sorocaba que defendem que o projeto do novo Plano Diretor de Sorocaba que é de 2004 (em 2007 ele teve uma revisão), e que acaba de chegar à Câmara de Vereadores, seja amplamente debatido com a sociedade.
    Lembro que coube a Sérgio Reze, em dezembro de 2012, com sua indignação pessoal diante da iminência do novo Plano Diretor ser colocado em votação pelo ex-prefeito e pelos legisladores passados, no fechar da luzes dos seus mandatos, levantar a voz sobre a necessidade de ampla discussão sobre o assunto. Por iniciativa dele nasceu o Instituto Defenda Sorocaba cujo um dos princípios (são vários outros) é o de buscar uma ampla discussão sobre o Plano Diretor.
    O prefeito Pannunzio atendeu a esse apelo. Deu chances para discussões e somente agora, 15 meses e meio após ter assumido o cargo de comandante do Executivo, apresentou aos vereadores. A defesa, agora, é que os legisladores façam novas audiências públicas. Que o presidente do legislativo, Cláudio do Sorocaba 1, gaste verba com publicidade oficial em blogs, jornais, rádio e TV clamando o cidadão a debater, a ter despertado o senso crítico para a importância de um Plano Diretor para a vida da cidade. A qualidade de vida, o desenvolvimento da cidade, é definido nmeste plano para a próxima década.
    Leia a íntegra do post do promotor Orlando Bastos Filho no Twitter: “Ao ensejo do novo Plano Diretor, vivemos momento ímpar de necessidade de participação popular. É ora de discutir que cidade queremos. Relevante a metragem mínima de lotes, diretamente relacionada à qualidade de vida, e quanto maior melhor, preservada área não edificandi. Lotes menores despertam interesses setorizados, mas em prejuízo da qualidade de vida. Não acolhe o discurso preço, acessível ao pobre. Penso que a questão preço será definida pelo mercado, seja qual for a metragem do lote, 150 ou 200 metros. Para vender o preço terá que ser aquele que cabe no bolso do comprovador, seja qual for o tamanho, e este é definição de política social. Desta forma se o que cabe no bolso é o que se cobra por 150, o mesmo valor será mantido para 200. Ou deixará o empreendedor de vender!”

    Leia mais
  • A princípio, Ministério Público não vê improbidade na questão do totem

    Enviado em: 23/04/2014 17:47h - Por: Deda | Categoria: Política


    O promotor de justiça da comarca de Sorocaba Orlando Bastos Filho coloca uma pedra, ao menos do seu ponto de vista na questão, totem. Ele diz que o Estado (e aqui quem afirma sou, representado pelo ex-prefeito Vitor Lippi que permitiu de boca, ao que parece, que os evangélicos representados pelo então vereador Carlos Cézar erguessem o tal totem em local público), “para fins partidários, brincou-se, valeu-se da fé do povo”. Essa barganha, afirma o promotor, “a princípio, não me parece improbidade, mas escrúpulos que devem ser analisados pelo povo, pelo eleitor”. Se o especialista que é o promotor não vê improbidade, quem sou eu para dizer o contrário? Porém, concordo integralmente com sua conclusão: essa barganha de discutível escrúpulos entre o ex-prefeito e o representante evangélico da Câmara deve ser corrigida pelo eleitor. Um sonho? Pode ser, mas ainda prefiro sonhar que o eleitor ainda ée capaz de se indignar do que jogar a toalha ao cinismo de que todos são iguais e nada vale a pena. Sigo minha luta.
    Leia a íntegra do post do promotor Orlando Bastos Filho no Twitter: “Ainda sobre o Totem. Penso que podemos tirar boas conclusões sobre a celeuma que envolveu o totem na entrada da cidade.
    Toda discórdia que gerou, com pichações, indignações quanto a sentença, movimentação do conselho de pastores, debates ácidos de lado a lado embates em rádios e jornais, etc., levam, ao menos, a um conclusão, a meu ver, irretorquível: o Estado tem mesmo de ser laico... Veja-se a discórdia que causou a errada intromissão do Estado em assuntos religiosos! O Totem gerou mais discórdia que qualquer outro efeito. Não tivesse o Estado se intrometido onde não devia e tudo teria sido evitado.
    Prova cabal, religiosidade à parte, como sempre, que pelo que gerou, a colocação do Totem foi um retumbante erro. Como é toda intromissão do Estado em religião, que é assunto do povo, e não de Estado. Tal é óbvio deste a república, em 1891. Em 1969 já dizia o grande Pontes de Miranda "o descrente também tem liberdade de consciência e pode pedir que se tutele tal direito. A liberdade de crença compreende a liberdade de ter uma crença e a de não ter crença".
    Que saia o totem, massificante, que saia o Estado, e siga cada um, tranquilamente, livremente, com sua crença, ou descrença. Nada parece mais razoável e conforme a liberdade de todos. E que não se repitam essas intromissões, que só fazem discórdia.
    Concórdia foi o que sempre pregou Jesus, e nem Ele impôs conversão na marra, o que defendem, agora, alguns de seus desatentos discípulos.
    Pior de tudo, o que parece ter sido o caso, quando a fé, é utilizada para obtenção de dividendos político partidários. Nada mais mundano. Para fins partidários, "brincou-se", "valeu-se" da fé do povo, o que não poderia mesmo gerar resultados positivos. Tal, conquanto, a princípio, não parece improbidade, mas escrúpulos que devem ser analisados pelo povo, pelo eleitor.
    Falamos tudo que tínhamos a falar. Não pretendemos, salvo fato novo relevante, voltar ao tema.”

    Leia mais
  • “Não foi legal Deda, não foi justo, para com este profissional...” Desabafo é do promotor alvo de crítica minha em “O Deda Questão”

    Enviado em: 23/04/2014 17:46h - Por: Deda | Categoria: Política


    Falei na coluna O D da Questão que apresento na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) e escrevi aqui neste blog  que o promotor de justiça da comarca de Sorocaba Orlando Bastos Filho havia dito que a imprensa informou erroneamente que Paulo Mendes teria sido nomeado assessor na Prefeitura de Sorocaba. Salvo engano meu, apenas eu dei essa informação. Ou ao menos a dei em primeira mão. O promotor disse que checou a informação e Paulo Mendes não havia sido nomeado. Eu rebati e informei que é praxe alguém começar a trabalhar numa segunda-feira, por exemplo, e ser oficialmente nomeado na primeira edição do jornal oficial, que só sai as sextas-feiras. E que esse era o caso de Paulo Mendes que por dois dias desempenhou papel de assessor. Mostrei fotos. Na rádio Ipanema, Kiko Pagliato leu nota oficial emitida pela Prefeitura confirmando a nomeação de Paulo Mendes. Com base nisso, fiz a afirmação que ofendeu ao promotor. Antes de mais nada, fique bem claro, reconheço a importância do trabalho do MP e em particular do promotor Orlando Bastos Filho. Por fim, nesta nota do Twitter, cujo a íntegra reproduzo a seguir, vejo que o método de trabalho do promotor é o de agir sobre dados oficiais (a nomeação não aconteceu, o que é fato inconteste) deixando de lado dados circunstanciais, porém reais, como é fato de por dois dias Paulo Mendes ter desempenhado o papel de assessor na Prefeitura de Sorocaba. A verdade é feita de todos os dados, ou seja, o que são fatos oficiais e os circunstanciais. Sobre ela emiti minha opinião.
    Leia a íntegra do post do promotor Orlando Bastos Filho no Twitter: “Quanto ao blog do nobre jornalista Deda, que Paulo Mendes teria apenas acompanhado o secretário e o "promotor acreditou", é o seguinte:
    “Sempre dissemos, e reafirmamos, que o ex-vereador não foi NOMEADO, oficialmente, como de fato não foi. Se esteve ou não com secretário, não era de nosso conhecimento. Assim não acreditamos nem desacreditamos em nada. Do que sabemos, e podemos afirmar, é que não foi nomeado, e nada recebeu do erário. Fora isso, não soubemos de mais nada.
    Falar, portanto, que, fora isso, acreditou o promotor, nisto, ou naquilo, é, (sic) d.m.v. ao credenciado jornalista, equivocado.
    Quis fazer crer o jornalista, que sabíamos de Paulo Mendes junto a secretário, e acreditamos que ali estava só como cidadão, não assessor.
    Não é verdade, simplesmente porque não sabíamos desse fato, somente que, repito, não houvera sido, como não foi, NOMEADO.
    Por onde andava Paulo Mendes não era de nosso conhecimento, assim como não é em relação a qualquer outro cidadão.
    Caríssimo Deda: não poderia, a meu ver, ter afirmado que acreditei, nisto ou naquilo, sem que soubesse se eu sabia dos fatos, e não sabia!
    Mormente quando "E o promotor acreditou", é posto em tom jocoso, como "vistas grossas", o que nunca aconteceu.
    Só chegou para mim, nomeação de Paulo Mendes. Chequei, e foi descartada pelo prefeito. Nada mais, nada menos.
    Irreal, pois, se dizer, como parece se ter pretendido, que acreditei em "estorinha", que nunca me foi contada.
    Nunca soube antes de decidir de Paulo Mendes acompanhar o secretário o que é verdade por si, visto que, soubesse, não faria diferença.
    Indiferente que fosse, simplesmente, não sabia, não sendo ao jornalista lícito afirmar,em tom duvidoso de honorabilidade,  "que acreditei".
    Não foi legal Deda, não foi justo, para com este profissional...”

    Leia mais
  • O projeto de lei que define o futuro de Sorocaba e a qualidade de vida e desenvolvimento dos seus cidadãos chega aos vereadores

    Enviado em: 23/04/2014 17:45h - Por: Deda | Categoria: Política



    A prefeitura de Sorocaba entregou nesta quarta-feira (23) à Câmara dos Vereadores, o projeto do novo Plano Diretor de Sorocaba. A reunião ocorreu no sexto andar da prefeitura, no gabinete do prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB). O plano estabelece as diretrizes para o crescimento e desenvolvimento da cidade ao longo dos anos.
     
    Segundo Pannunzio, o documento descreve o aprimoramento da qualidade de vida da população sorocabana, em que prioriza alguns setores, como por exemplo, o meio ambiente. "Vamos levar vidas aos locais mais ermos. Vamos levar todas as possibilidades de praça de esportes e lazer que tem nessas áreas", citou ele."A prioridade é o meio ambiente para a qualidade de vida. Se você preservar as nascentes e os mananciais você garantirá o futuro. Água é um bem que se torna a cada dia mais valoroso", completou.
     
    No conceito urbanístico da cidade, Pannunzio afirmou que o plano diretor visa proibir construção de prédios com mais de seis andares em zonas residenciais. Entretanto, nas principais avenidas da cidade a ação continuará funcionando. "Nos corredores comerciais poderá, pois já têm estrutura. Isto nos interessa", explicou. Segundo ele, isto é um novo conceito que já está vigorando: corredores altamente adensados e as zonas residenciais com baixo adensamento. "Com isso, poderemos ter uma melhor distribuição da população, maior conforto e qualidade de vida dos munícipes que irão morar mais perto do trabalho".
     
    Antes de chegar às mãos dos parlamentares da Casa de Leis, que apreciarão o plano, Pannunzio relatou que enviou o documento para análise de todas as secretarias municipais.

    Leia mais
  • Depois do Plano Diretor, Câmara aguarda envio dos projetos dos planos de mobilidade urbana, abastecimento e tratamento de água e esgoto

    Enviado em: 23/04/2014 17:44h - Por: Deda | Categoria: Política

    Deve ser encaminhado também aos vereadores, dentro de 15 dias, o plano de mobilidade urbana do município, que realizou em março audiências públicas no sentido de discutir estratégias e apresentar questionamentos e sugestões pertinentes ao tema. Na sequência, também será enviado à Câmara o plano de abastecimento e tratamento de água e esgoto. Todos juntos com o Plano Diretor vão nortear investimentos na próxima década. 

    Leia mais
  • Conheça o promotor que interpretou a lei em prol do atropelador que matou seis pessoas na Raposo Tavares

    Enviado em: 22/04/2014 19:36h - Por: Deda | Categoria: Política


    Este é Eduardo Francisco dos Santos Júnior. Ele é Promotor de Justiça em Sorocaba. Tem em sua carreira o título de Mestre em Processo Civil pela PUC/SP. Ele é professor de Direito Processual Civil do Complexo Educacional Damásio de Jesus e também da Fadi (Faculdade de Direito de Sorocaba). Foi graças a interpretação dele que a justiça concedeu liberdade ao comerciante Fábio Hiroshi Hattori, 27 anos, responsável pelo acidente que matou seis jovens e feriu outros seis na rodovia Raposo Tavares, por atropelamento na manhã do último dia 6, em Sorocaba. Hattori estava com o nível de álcool no sangue bastante acima do que permite a leei (alguns chegaram a dizer que tinha 12 vezes mais que o permitido, outros que havia 2 vezes mais, o fato é que ninguém constestou o bafômetro). A decisão da juíza Adriana Furukawa, da Vara do Tribunal do Júri de Sorocaba, se baseia na alteração do caso efetuada pelo promotor Eduardo. Ele desqualificou de dolosa para culposa a conduta do Hattori e em entrevista coletiva realizada no salão do júri, assim o promotor se explicou: "houve culpa consciente na modalidade imprudência, mas não houve dolo". Segundo o professor, mestre e promotor Eduardo, o dolo eventual exige que o agente preveja o resultado e não se importe com o resultado, como num caso de "roleta-russa", em que se aperta o gatilho sem se importar com o fato de a arma vir a disparar, e suas consequências. No quesito culpa, o promotor explicou que o agente pode até imaginar o resultado, mas não acredita que ele ocorra. Como exemplo ele citou as pessoas que participam de uma festa de casamento, bebem e acham que podem dirigir sem causar nenhum acidente.
    Então tá. No Brasil está claro: Basta a alguém que matou seis pessoas encontrar um promotor que interprete o fato à sua ótica, baseado na legislação obviamente, para se beneficiar perante a pena e culpa. Do ponto de vista da própria consciência de Hattori, ainda não sei o que ele fez. Mas sei que está sofrendo muito. Não sei se mais, menos ou igual aos familiares dos seis mortos e seis feridos pelo seu ato bêbado ao volante do seu carro. 

    Leia mais
  • Plano Diretor deve ir à Câmara nesta quarta-feira e prefeito convoca vereadores e imprensa para marcar a importância do projeto

    Enviado em: 22/04/2014 19:35h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Pannunzio deve reunir a imprensa e todos os vereadores da Câmara de Sorocaba em seu gabinete na manhã desta quarta-feira (23/4/14) para anunciar o encaminhamento do projeto que modifica o Plano Diretor de Sorocaba. Volto a chamar a atenção para a importância deste projeto. Ele define a ocupação do território sorocabano. Define o tamanho dos lotes e altura dos prédios. Define se uma zona é apenas residencial ou mista. É a lei que define o que você pode construir e o que poderão construir perto de você. As pessoas não dão atenção para o fato que é agora que é hora de lutar pela qualidade de vida. Não depois que o projeto virar lei. Por isso, se informe, debata e defenda uma Sorocaba de qualidade de vida para hoje e futuras gerações.

    Leia mais
  • Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba chega aos 60 anos e faz justa homenagem a Bolinha

    Enviado em: 22/04/2014 19:27h - Por: Deda | Categoria: Política


    Sou jornalista há três décadas, mas quando adolescente estudei Mecânica Geral no Senai e fui metalúrgico na BSI (hoje Bardella) no km 3 da Castelinho. Lá conheci Bolinha, o líder metalúrgico Wilson Fernando da Silva, amigo pessoal de Lula, precocemente falecido. Para homenagêa-lo, em festa que celebra os 60 anos do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, a diretoria atual encomendou um busto de Bolinha ao artista plástico Toco (foto). Bolinha me convidou por duas ocasiões para falar em seminário dos metalúrgicos sobre o fazer jornalístico. Sempre tive muito orgulho do meu passado e do carinho metalúrgico. Terto, recentemente reconduzido à presidência do sindicato, acertou em comemorar a data com homenagem a Bolinha. Ele fez a diferença.

    Leia mais
  • Enquanto Dilma ignora Sorocaba, Lula e Padilha agendam visita para maio

    Enviado em: 22/04/2014 19:26h - Por: Deda | Categoria: Política


    A presidente Dilma engata os últimos meses do seu mandato e segue ignorando solenetemente sua presença na cidade e região. Já o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estará em Sorocaba no dia 16 de maio participando da grande plenária da Caravana Horizonte Paulista, coordenada pelo ex-ministro da saúde, Alexandre Padilha. A caravana terá início na região de Itapeva no dia 14/5 e fecha no dia 17/5 na região de Sorocaba. Segundo o coordenador da Macrorregião Sorocaba do PT, Marcio Alves, o local da grande plenária e o percurso da Caravana estão sendo definidos.
    A Caravana Horizonte Paulista já percorreu maiss de 50 cidades e tem promovido debates e eventos em todas as regiões do estado de São Paulo desde o início de fevereiro. O objetivo é construir um plano de governo criativo e factível para São Paulo a partir desses diálogos. Ao todo, já foram mais de 80 cidades visitadas.

    Leia mais
  • Lentidão da justiça impede licitação para retomada de obras em estação de tratamento de Sorocaba

    Enviado em: 16/04/2014 18:01h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador José Crespo (DEM) questinou o ex-diretor do Saae, Wilson Unterkircher Filho, sobre a despoluição do Rio Sorocaba e revelou denúncia do ambientalista Cláudio Robles de que em toda a Região Leste de Sorocaba, que compreende os afluentes do lado direito do Rio Sorocaba, não tem tratamento de esgoto. O ex-diretor do Saae contestou essa informação, afirmando que apenas um trecho, que compreende Aparecidinha, Brigadeiro Tobias, Éden e Cajuru, terá seu esgoto coletado através de ramais para ser tratado na Estação ABC (Aparecidinha), que está paralisada por problemas com a empresa construtora. Os demais bairros, segundo ele, têm seu esgoto recolhido por coletores troncos e encaminhado para tratamento.
    A verdade é que a construtora contratada na administração de Vitor Lippi não terminou a obra desta ETA. O prefeito Pannunzio pediu na justiça em março de 2013 para que a justiça liberasse a prefeitura para fazer uma nova licitação e retomar essa obras. Mais de um ano depois ainda não obteve resposta da justiça. A alegação é que o local está passando por perícia para atestar se a Prefeitura deve algo à construtora ou a construtora à municipalidade. Essa lentidão da justiça (para as necessidades da cidade ao menos) impede que o rio esteja 100% despoluído.

    Leia mais
  • Ex-diretor do Saae ratifica afirmação do prefeito: em relação à distribuição de água, há muitos anos não se fazia investimento em Sorocaba

    Enviado em: 16/04/2014 17:59h - Por: Deda | Categoria: Política


    Wilson Unterkircher Filho, o Kuka, ouvido pelos vereadores durante encontro da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) instaurada na Câmara Municipal para investigar os problemas de abastecimento e tratamento de água na cidade afirmou em relação à distribuição de água que há muitos anos não se fazia investimento nessa área em Sorocaba. O problema já havia sido denunciado pelo prefeito Pannunzio, meses atrás. Tal colocação deixa no ar algumas perguntas: por que o prefeito Vitor Lippi e seus diretores do Saae não investiram nesta área? E mais: por que os vereadores das últimas duas legislaturas não denunciaram este fato? Não fiscalizaram (o que é de responsabilidade deles) ou apenas se calaram?

    Leia mais
  • Argelinos visitam a cidade e declaram amor à primeira vista por Sorocaba

    Enviado em: 16/04/2014 17:58h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vice-presidente da Federação Argelina de Futebol (Berkamal Benadiner), o técnico da Seleção da Argélia (Vahid Halilhodžić) e um representante da Fifa visitaram na tarde desta quarta-feira (16/4/14) o prefeito Pannunzio. Eles disseram que Sorocaba foi amor à primeira vista e nem quiseram comparar a cidade com outro local. Estamos maravilhados com a qualidade de vida oferecida pela cidade, disseram ao prefeito durante o encontro.
    A seleção da Argélia vai ficar hospedada no Centro de Treinamento do Atlético Sorocaba durante a Copa do Mundo. O CT passa por reformas e deve ser entregue à Fifa até o dia 5 de maio. A seleção deve ocupar o local a partir de junho, duas semanas antes do início do mundial, no dia 12 de junho.

    Leia mais
  • Sorocabano, ídolo do futebol brasileiro, está internado em São Paulo

    Enviado em: 16/04/2014 17:57h - Por: Deda | Categoria: Política



    O ex-goleiro do Palmeiras Oberdan Cattani (nascido em Sorocaba, 12 de junho de 1919 e que hoje está com 94 anos) foi internado na última terça-feira no Hospital Bandeirantes, em São Paulo após sentir dores no peito e ser diagnóstico com angina. Ele passou por um cateterismo cardíaco que apontou lesão grave coronariana. Nos últimos meses, Oberdan tinha dificuldades para andar e precisava sempre usar uma cadeira de rodas para conseguir se locomover. Foi assim que ele visitou as obras da Arena Palestra, a convite de uma produtora que documenta a evolução das obras da WTorre. Ele também é membro da Academia de Imortais, que dá direito a uma cadeira cativa na Allianz Parque a ídolos do passado. Oberdan é o último jogador vivo que defendeu o Palestra Itália e também o Palmeiras, que ganhou este nome em 1942, na Arrancada Heroica. Ele tem 351 partidas disputadas entre 1941 e 1954, com 207 vitórias, 76 empates e 68 derrotas. Seu currículo tem cinco títulos de Campeonato Paulista, um Torneio Rio-SP e uma Copa Rio.
    Em maio de 1998, por iniciativa do então vereador Oswaldo Duarte Filho, Oberdan Cattani recebeu o Título de Cidadão Emérito de Sorocaba.

    Leia mais
  • Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Sorocaba e Médio Tietê aprova a implantação de Reator Nuclear com fim medicinal em Iperó

    Enviado em: 11/04/2014 19:12h - Por: Deda | Categoria: Política



    O prefeito Pannunzio, como presidente do Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Sorocaba e Médio Tietê, comandou a Reunião Extraordinária de número 56 da entidade, ocorrida hoje (11/04/14) à tarde no Centro Cultural de Ibiúna. Além de aprovar a ata da reunião passada, ocorrida em Itu, os membros do comitê deliberaram pela aprovação da implantação do RMB (Reator Multipropósito Brasileiro) em Iperó.
    A implantação do Reator Multipropósito Brasileiro em Iperó em área contígua ao Centro Experimental de Aramar foi decidida em 2009 quando o hoje governador Geraldo Alckmin era secretário de Desenvolvimento. O governo paulista fez uma parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e cedeu o local para a implantação do desenvolvimento do reator.
    O Reator Multipropósito Brasileiro objetiva dar suporte ao desenvolvimento de atividades do setor nuclear buscando a autossuficiência da produção de radioisótopos utilizados na medicina nuclear no país. O reator de pesquisa terá 30 MW de potência e vai funcionar 24 horas com turnos de 24 dias com a Meta inicial de dobrar a produção atual e produzir todos radioisótopos importados, garantindo o suprimento e auto-suficiência do Brasil.
    Como secretário de Estado, Geraldo Alckmin, há cinco anos, assim se referiu ao Reator Multipropósito Brasileiro: "A medicina nuclear receberá um impulso ainda maior nos próximos anos, tornando-se uma aliada ainda mais importante para o aumento da expectativa de vida da população".
    Em foto de 2009: Alckmin e o então  superintendente do Ipen, Nilson Dias Vieira Júnior, observam o novo sistema de transferência de materiais radioativos, inaugurado no Ipen.

    Leia mais
  • Secretária do Meio Ambiente fala da experiência de Sorocaba no desenvolvimento de políticas públicas integradas para representantes de 80 cidades do mundo em evento na Alemanha

    Enviado em: 11/04/2014 19:10h - Por: Deda | Categoria: Política



    A secretária do Meio Ambiente, Jussara de Lima Carvalho, ministrou hoje em Hannover, na Alemanha, a palestra “Repensando a Cidade: A Abordagem de Planejamento Integrado” e abordou a experiência de Sorocaba no desenvolvimento de políticas públicas integradas. Seu foco foram temas como a revitalização e recuperação de córregos urbanos e do Rio Sorocaba, projetos de requalificação dos espaços urbanos e integração de políticas de educação ambiental, tratamento dos esgotos, produção socioambiental de mudas de árvores, recuperação da mata ciliar, proteção e recuperação das nascentes, construção de bacias de contenção e parques em áreas alagáveis e degradadas, construção de parques lineares e os plantios priorizando a interatividade com a comunidade e alunos de escolas públicas.
    A secretária sorocabana viajou e ministrou a palestra a convite do Iclei Global Town Hall Metropolitan Solutions que aconteceu entre os dias 5 e 11 de abril em Hannover, na Alemanha. Oiclei é uma entidade internacional que debete os principais desafios de infraestrutura urbana das cidades de todo o mundo.
    O evento, conforme divulgado pela assessoria de comunicação da Prefeitura de Sorocaba, tem o objetivo de viabilizar a troca de ideias e o networking, bem como visitas guiadas individuais a feira, adaptados especificamente para interesses temáticos das cidades. “Sorocaba representará o Iclei na América Latina e Caribe por causa de suas políticas públicas integradas buscando a sustentabilidade. É uma honra ter esse reconhecimento e uma honra maior ainda poder representar a cidade nesse evento”, declara Jussara de Lima Carvalho. “Faremos uma apresentação das nossas ações integradas e como elas estão mudando a nossa cidade, tornando-a mais verde e sustentável”, explica.

    Leia mais
  • Ex-prefeito apenas acompanhou secretário voluntariamente por dois dias em seus afazes na secretaria de Habitação da Prefeitura de Sorocaba. E o promotor acreditou

    Enviado em: 10/04/2014 19:50h - Por: Deda | Categoria: Política



    Na longa e esclarecedora entrevista concedida a coluna O D Da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na manhã de quarta-feira (9/4/14), o prefeito Pannunzio foi enfático em dizer que o ex-prefeito Paulo Mendes não foi nomeado para cargo algum em sua administração. Por dois dias o ex-prefeito apenas acompanhou o secretário Flaviano de Lima em seus afazeres, como um cidadão, não como funcionário. As fotos mostram alguns desses momentos em que o cidadão Paulo Mendes acompanha (não como assessor) o secretário.
    O promotor de justiça usou hoje o Twitter para informar à sociedade que acredita mesmo nisso e Paulo Mendes foi um cidadão curioso acompanhando um secretário municipal. Leia a íntegra do que diz o representante do Ministério Público: “Não era correta informação da imprensa no sentido  de que o ex vereador Paulo Mendes teria sido nomeado para cargo em confiança em Sorocaba. Como se sabe, por condenação transitada em julgada por improbidade administrativa, o nobre ex prefeito se encontra sem direitos políticos. O MP checou a notícia tendo o sr. Prefeito informado que tinha a intenção mas não efetivou o ato por orientação de seu próprio jurídico. De fato,  abstraída qualquer outra circunstância, exercício de direitos políticos é requisito para ocupar qualquer cargo público”.

    Leia mais
  • Deputado petista telefona ao prefeito para comemorar a aprovação da Região Metropolitana

    Enviado em: 10/04/2014 19:47h - Por: Deda | Categoria: Política



    O prefeito Pannunzio chegou aos estúdios da rádio Ipanema na manhã de quarta-feira (9/4/14) acompanhado do jornalista Valdecir Rocha Pinto e lá se encontrou com o secretário chefe do gabinete, Rodrigo Maldonado. Depois de cordiais cumprimentos de bom dia, Rodrigo informou ao prefeito que na noite anterior o deputado estadual Hamilton Pereira (PT) havia tentado falar ao telefone com Pannunzio para informar-lhe, em primeira mão, que a Assembléia havia aprovado a Região Metropolitana. O prefeito estava com o telefone desligado e soube pelo secretário da intenção de Hamilton Pereira.
    Se passaram nove anos até a criação da Região Metropolitana de Sorocaba. Foi uma luta do deputado Hamilton Pereira (PT) e de movimentos sociais o projeto de lei que cria a Região Metropolitana de Sorocaba aprovado nesta terça-feira, dia 8 de abril. A aprovação foi unânime entre os deputados do parlamento paulista (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo - Alesp). A proposta agora segue para sanção do governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB), que deve transformá-la em lei.
    O projeto original de criação da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) foi apresentado por Hamilton à Alesp em 2005. Desde então o parlamentar vem angariando apoios de prefeitos, vereadores e instituições da região para a proposta. A pedido do deputado, vários estudos técnicos foram realizados sobre a viabilidade da iniciativa.
    A partir do ano passado a Prefeitura de Sorocaba e o Governo do Estado encamparam a proposta. O Poder Executivo do Estado assumiu o projeto e o reapresentou na Alesp, o que agilizou seu trâmite junto à bancada do governo.
    De acordo com Hamilton, a integração entre os municípios da região deve incentivar o crescimento e o desenvolvimento de forma igualitária, destacando a vocação de cada uma das 26 cidades que formam a RMS.
    Antes mesmo de apresentar seu projeto à Alesp, em 2005, Hamilton já vinha participando, desde o final dos anos 90, do Fórum para o Desenvolvimento Regional de Sorocaba, articulado por movimentos sociais e liderado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba.
    Na TVR (Canal 23 da Net), Hamilton me contou esta história em O DeDa Questão na TV. E falou também da boa relação entre petistas e tucanos em Sorocaba.

    Leia mais
  • Morre arquiteto David Libeskind, autor do projeto do Hospital Infantil da Faculdade de Medicina de Sorocaba

    Enviado em: 10/04/2014 19:45h - Por: Deda | Categoria: Política



    A morte do arquiteto David Libeskind, cuja obra mais importante é o Conjunto Nacional, ocorrida na última quarta-feira, 9 de abril, em decorrência de infecção pulmonar, insuficiência cardiorrespiratória e complicações da Doença de Parkinson, ganhou destaque em toda a imprensa. Libeskind tinha 85 anos e deixa dois filhos, Marcelo e Cláudio Libeskind, além de netos. Nascido na cidade de Ponta Grossa, no Paraná, Libeskind estudou arquitetura na Universidade Federal de Minhas Gerais, onde foi aluno do pintor modernista Guignard. Em Belo Horizonte, concluiu a graduação no ano de 1952. Mas foi em São Paulo em 1955 que ganhou notoriedade. Com apenas 25 anos, realizou o que seria perpetuado como seu principal projeto: o Conjunto Nacional, um complexo arquitetônico que ocupa uma quadra da Avenida Paulista. Isso só foi possível graças a projetos anteriores que deram autoridade para o projeto do Conjunto Nacional. Entre esses projetos, de 1954, quando da criação da Faculdade de Medicina de Sorocaba está o projeto do Hospital Infantil da Faculdade de Medicina de Sorocaba. Esse hospital nunca saiu do papel, mas o projeto permitiu que deslanchasse a carreira do arquiteto enterrado hoje.

    Leia mais
  • Sucata do que sobrou da Arena Multiuso está pronta para ser desmontada

    Enviado em: 08/04/2014 19:33h - Por: Deda | Categoria: Política



    As duas empresas contratadas pela construtora responsável pela obra da Arena Multiuso e o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) contratada pela Prefeitura de Sorocaba já colheram todo o material e informação que precisam para elaborar o laudo que vai informar o motivo do desmoronamento da estrutura de cobertura do espaço. Na prática isso significa que a sucata que sobrou sobre a arena já pode ser desmontada. Ainda bem. É entristecedor para quem passa diariamente pelo local ver aquele amontoado de ferro retorcido. Dá claramente uma má impressão. Um sentimento de abandono. Tomara que tudo se resolva rapidamente.

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba, visita funcionário da ETA Cerrado, assina convênio de asfalto no gabinete do governador e reúne equipe do Plano Diretor

    Enviado em: 08/04/2014 19:31h - Por: Deda | Categoria: Política



    O prefeito Pannunzio assina na tarde desta quarta-feira (9/4/14) no gabinete do governador Geraldo Alckmin um convênio com o Estado, na categoria Fundo Perdido, no valor de R$ 5 milhões e outro no valor de R$ 10 milhões, financiado pela agência Investe SP. Os R$ 15 milhões serão usados para se asfaltar 1 milhão de metros quadrados de rua (algo em torno de 125 quilômetros levando um conta vias de 8 metros) e 250 mil quilômetros de recape. Há algumas semanas o governador assinou convênios do mesmo gênero com mais de 300 municípios paulistas, mas deixou Sorocaba de fora para fazer um encontro mais reservado com o prefeito Pannunzio.
    No meio da tarde de hoje (8/4/14), o prefeito Pannunzio surpreendeu os funcionários da ETA (Estação de Tratamento de Água) do Cerrado ao comparecer até o local de trabalho deles, na avenida General Carneiro. O prefeito foi agradecer a dedicação e o empenho de cada um deles na troca das bombas que garantem o abastecimento de água da cidade.
    No final da tarde (e neste começo de noite), o prefeito chamou todos os secretários e assessores envolvidos na questão do Plano Diretor (cujo projeto está pronto) e discutiu uma mensagem mais elaborada a ser encaminhada aos vereadores. A primeira versão, na avaliação do prefeito, tinha apenas o caráter jurídico da questão. O prefeito quer uma mensagem mais elaborada e que demonstre a dimensão verdadeira da importância do Plano Diretor para o futuro da cidade.

    Leia mais
  • Presidente do Ciesp dá entrevista na rádio Ipanema e faz elogios ao trabalho do seu coordenador regional de campanha

    Enviado em: 08/04/2014 19:30h - Por: Jornal Ipanema | Categoria: Política



    O presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo ) Paulo Skaf, juntamente ao ex-prefeito de Sorocaba, Renato Amary, ambos do PMDB, falaram, nesta terça-feira (8), no Jornal da Ipanema, sobre a pré-candidatura de Skaf a governador do Estado de São Paulo. Uma das críticas feitas pelo pré-candidato foi a atual gestão educacional em SP. "Cinco milhões de alunos estudam em escola quem nem sempre aprendem", fomentou ele. "Estamos na contramão do caminho correto das coisas", disse.  "O que acontece é falta de gestão e é preciso realmente buscar eficiência em todas as áreas", enfatizou Skaf.
    Ao falar sobre a gestão de Renato Amary, como prefeito de Sorocaba entre os anos de 1997 a 2005, o pré-candidato classificou o político como o "divisor de águas" do municípío. "Sorocaba mudou da água para o vinho", cumprimentou o colega de partido. Amary deve ser o coordenador da campanha de Skaf.
    Atleta do futuro
    Skaf visitou, na manhã desta terça-feira, o SESI de Votorantim para lançar o projeto Atleta do Futuro. O programa utiliza o esporte para promover a educação e a inclusão social de crianças e adolescentes. Em aulas de iniciação motora e prática esportiva são ensinados valores como ética, trabalho em equipe, superação, respeito, autoestima e saúde. Em Votorantim, o projeto beneficia aproximadamente 1500 jovens.
     
    Junto a Skaf, compareceram aos estúdios da Rádio Ipanema 91,1 MHz, o vereador Fernando Dini e o médico otorrinolaringologista Hélio Brasileiro.

    Leia mais
  • Ex-prefeito ficou dois dias e não um mês na secretaria da Habitação

    Enviado em: 08/04/2014 19:29h - Por: Deda | Categoria: Política



    Alex Cintra, um dos meus leitores, me escreve assim: “Escutei que o ex-vereador Paulo Mendes seria nomeado na Secretaria da Habitação em cargo comissionado, mas que não foi pois o promotor não deixou, visto que o ex-vereador se encaixa na lei da "Ficha Limpa" municipal após ter seus direitos políticos cassados. Porém, funcionários da prefeitura dizem que Paulo Mendes já trabalhava há mais de um mês e estava participando de reuniões, visitando obras e já tinha inclusive sua mesa lá na secretaria. E agora? Depois que trabalhou mais de um mês, vai receber seu salário? Ele foi nomeado? Se não foi, estava trabalhando sem nomeação? Quem vai pagar o mês trabalhado? Estamos de olho!”
    Alex, na verdade é o que contei: Paulo Mendes foi convidado para o cargo de assessor e como é praxe no serviço público começa a trabalhar e na primeira edição da semana do jornal do Município (que é publicado às sextas-feiras). Paulo trabalhou dois dias e o prefeito soubre por assessores que o promotor de justiça tinha entendimento contrário sobre a legalidade da nomeação de Paulo e não quis bancar uma disputa jurídica sobre a questão. Numa conversa com Paulo, informou da complexidade da situação e que não iria mais nomea-lo.
    Sobre os dias trabalhados, asseguro que foram apenas dois mesmo. E o salário correspondente não será pago. Esses dias de trabalho ficam como sendo serviço voluntário.

    Leia mais
  • Totem fica onde está até decisão do TJ pelo menos: justiça concede efeito suspensivo em relação à retirada imediata do totem

    Enviado em: 07/04/2014 19:14h - Por: Deda | Categoria: Política


    A Prefeitura de Sorocaba apresentou nesta segunda-feira (7/4/14) recurso contra a sentença de José Eduardo Marcondes Machado, o juiz da Vara da Fazenda de Sorocaba, que proferiu a retirada do totem com dizeres religiosos (Sorocaba é do Nosso Senhor  Jesus Cristo) de um local público na entrada de Sorocaba. A Prefeitura pediu a concessão de efeito suspensivo em relação à retirada imediata do totem e o juiz achou prudente conceder o efeito suspensivo.
    O juiz argumenta que assim decidiu porque, em primeiro lugar, no início da ação havia indeferido o pedido de liminar formulado pelo Ministério Público (na ocasião o raciocínio do juiz foi: se fosse urgente mesmo o MP deveria ter ingressado com a ação imediatamente após a colocação do totem).
    Por fim, o juiz argumenta que se o totem fosse agora retirado (por essa sua decisão em 1º instância) e mais à frente (no Tribunal de Justiça) o recurso fosse acolhido, a repercussão a respeito do "tira-e-põe" seria interminável.
    Não acredito que a sentença do juiz Marcondes será reformada, mas entendo que o melhor é a retirada definitiva do totem após o julgamento do recurso. Fica meu desejo para que esse julgamento não dure uma eternidade.

    Leia mais
  • Ministério Público ganha reforço em Sorocaba e ações contra políticos passam a ser divididas por dois promotores

    Enviado em: 07/04/2014 19:13h - Por: Deda | Categoria: Política

     

    Orlando Bastos Filho teve durante os últimos anos concentrado em si todas as ações ligadas a questões daquilo que envolve o comportamento dos homens públicos de Sorocaba. Mas sua tarefa ganhou o reforço de outro membro do Ministério Público, o promotor de justiça Renato Monteiro que por muito tempo teve seu trabalho restrito a outras áreas do MP. A partir de agora, ações envolvendo improbidades serão divididas pelos dois e pelo critério de sorteio. Assim processos com finais de 1 a 7 serão cuidados por Orlando Bastos Filho e processos cujo o final é 8, 9 e 0 ficam com Renato Monteiro.
    Vale lembrar que o autor da ação inicial que levou até a condenação do ex-prefeito Paulo Mendes é o promotor Renato Monteiro. A frente da Vara da Infância e Juventude, Renato Monteiro é o autor das ações contra a Prefeitura de Sorocaba para que providencia vagas em creches da cidade.
    A retirada do poder total do promotor Orlando Bastos Filho das ações sobre os políticos sorocabanos, de maneira reservada e discreta, está sendo comemorada nos corredores da Câmara de Vereadores. Alguns vereadores, nos bastidores, não escondem que acreditam que Orlando Bastos Filho protege (ou ao menos é por demais ameno) quando a ação em questão envolve o ex-prefeito Vitor Lippi. Os fatos, porém, desmentem essa crença afinal são várias as ações que Lippi responde na justiça cujo o autor da ação é o promotor Orlando Bastos Filho. Seja como for, o fato é que nos bastidores políticos alguns vereadores acreditam que Orlando Bastos Filho nutre essa compreensão com o ex-prefeito. É fato também que nenhum vereador quer falar disso abertamente. É fato, por fim, que Orlando Bastos Filho mandou arquivar ações contra Lippi, mas também apresentou denúncias contra ele.

    Leia mais
  • Prefeitura acata recomendação do MP, ex-prefeito deixa cargo e agora será funcionário do diretório municipal do PSDB

    Enviado em: 07/04/2014 19:10h - Por: Deda | Categoria: Política


    Durou apenas dois dias a permanência de Paulo Mendes como assessor da secretaria da Habitação da Prefeitura de Sorocaba. Ele nem chegou a ser nomeado para tal cargo, embora tenha trabalhado por dois dias na secretaria e viu frustrada sua nomeção oficial na última sexta-feira. O prefeito Pannunzio ouviu de um assessor que o Ministério Público tinha a compreensão contrária ao do Executivo (que viu como legal a nomeação de Paulo, que está com os direitos políticos suspensos). Para evitar uma ação contra ele próprio, Pannunzio que teve uma conversa com Paulo para convida-lo ao cargo de assessor chamou novamente o colega de partido, explicou a situação e também a decisão de não nomea-lo mais. Ficou tudo bem entre eles. Paulo Mendes deverá ser contratado pelo diretório municipal do PSDB e desempenhar a função de administrador do diretório.
    Paulo Mendes quando prefeito, quase trinta anos atrás, foi processado e condenado por causa de uma revista. A Justiça compreendeu que ele usou o dinheiro público para se autopromover. O problema é que justiça tardia não é justiça. A condenação de Paulo Mendes hoje é totalmente sem sentido. Sem conexão com a realidade. Paulo paga um preço muito alto por um ilícito entre os inúmeros acertos que teve como homem público. Basta ver que Paulo é dos raros políticos que não “subiram na vida” ocupando cargo público.

    Leia mais
  • Empresário foi divulgar sua palestra, acabou falando sobre Plano Diretor, mas surpreendeu ao admitir que um dia poderá ser candidato a prefeito de Sorocaba

    Enviado em: 02/04/2014 18:47h - Por: Deda | Categoria: Política



    Flávio Amary é diretor do Secovi (sindicato que reúne empresários do setor de empreendedorimso imobiliário), esteve na rádio Ipanema na manhã dde hoje (2/4/14) para tratar de assunto do seu sindicato e por sugestão do editor-chefe do Jornal da Ipanema, Urbano Martins, entrou para ser entrevistado em minha coluna (O De Da Questão) pois um dos temas que eu abordaria, o do Plano Diretor, poderia ser debatido com Flávio Amary. Assim aconteceu. Kiko Pagliato participou da conversa e como acontece há anos quando Flávio Amary está dando entrevista na emissora, ele perguntou se Flávio Amary (que é filho do ex-prefeito Renato Amary) vai ser candidato. O próprio Flávio disse que precisaria pegar no arquivo da rádio suas respostas ao longo dos anos. Kiko insistiu e Flávio pela primeira vez admitiu que nutre o sonho de um dia se colocar à disposição do eleitor. Depois disso, soube agora no final da tarde, Flávio Amary passou o dia sendo cumprimentado pessoalmente, por telefone e por mensagens. Claramente Flávio Amary não tinha intenção de falar sobre candidatura quando agendou visita à rádio, mas é isso que repercutiu bastante.
    No Palácio dos Tropeiros, sede do governo municipal, o que se ouviu nos corredores é que Flávio Amary faz jogo de cena quando reluta em afirmar que é candidato. A avaliação é a de apenas uma candidatura justifica a exposição constante de Flávio Amary na mídia, seja em artigos em jornais, entrevistas e manifestações públicas representante o seu setor. 
    A verdade é que 2016 está logo ali, depois da eleição de outubro.

    Leia mais
  • O momento de decisão das candidaturas vão se afunilando e as pesquisas eleitorais começam a pipocar. Um nome de possível candidato chama a atenção em Sorocaba

    Enviado em: 02/04/2014 18:44h - Por: Deda | Categoria: Política



    Um amigo me contou que um pesquisador de um instituto que apura as intenções de voto do eleitor sorocabano bateu na porta da sua casa e entrevistou sua esposa. Ele tratou de diversos temas até que chegou na intenção de voto para deputado estadual e lá tinha uma lista enorme de nomes, a maioria deles de pessoas conhecidas e que já estão na vida pública. Mas um nome chamou a atenção da esposa do meu amigo: Ricardo Fela, ex-apresentador do programa Revista de Sábado da TV TEM, exibido em 318 cidades (das mais de 600) do Estado de São Paulo. Se o nome está lá é porque ele, ou algum amigo político, entende que essa exposição em tantas cidades pode ajuda-lo a se eleger. Não sei em qual partido ele está filiado. Mas tem de estar em algum desde setembro passado, do contrário não poderá concorrer em outubro próximo.

    Leia mais
  • Afirmação do presidente da Inova no Facebook (e reproduzida aqui) tinha contexto em assunto particular e não do Parque Tecnológico de Sorocaba

    Enviado em: 02/04/2014 18:42h - Por: Deda | Categoria: Política



    Dei o furo aqui em meu blog que interinamente Geraldo Almeida, secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura de Sorocaba, assume o comando do Parque Tecnológico de Sorocaba. E também de que Agliberto Chagas que dirigiu o Parque Tecnológico de São José dos Campos e dirige a Inova (Organização Social que é o cérebro do Parque Tecnológico de Sorocaba) se viu frustrado ao não ver realizado o sonho de ter no currículo o comando do Parque Tecnológico de Sorocaba. Reproduzi aqui que ele escreveu isso em sua pagina do Facebook: “Como estou me sentido? Abatido em pleno vôo! Agora é humildemente dobrar os joelhos e reconhecer o quão ingênuo ainda sou. Que o Mestre dos mestres nos proteja hoje e sempre”.
    Hoje, logo cedo, antes de eu entrar no ar com a coluna O D Da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), Agliberto me ligou e explicou que foi uma triste coincidência  seu post e o momento de troca de comando do Parque. Na verdade, sua expressão no Face diz respeito a uma frustração por ficar fora do lançamento de um novo avião, desenvolvido na última década, e que agora terá o seu lançamento. Como foi ingênuo em não documentar seu nome no projeto, ficará sem o bônus dessa conquista. Portanto, embora se encaixe no contexto sorocabano sua afirmação tinha o contexto de São José dos Campos.

    Leia mais
  • Ficar fora da presidência do Parque Tecnológico de Sorocaba significa ser abatido em pleno voo. Afirmação é do presidente da Inova

    Enviado em: 01/04/2014 19:08h - Por: Deda | Categoria: Política


    Dei o furo aqui em meu blog que interinamente Geraldo Almeida, secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura de Sorocaba, assume o comando do Parque Tecnológico de Sorocaba. Com isso, o Parque Tecnológico perde sua essência política dos últimos 15 meses (período em que foi comandada pelo ex-prefeito Vitor Lippi). Agliberto Chagas que dirigiu o Parque Tecnológico de São José dos Campos e dirige a Inova (Organização Social que é o cérebro do Parque Tecnológico de Sorocaba) tinha o sonho de ter no currículo o comando do Parque Tecnológico de Sorocaba. E escreveu isso em sua pagina do Facebook: “Como estou me sentido? Abatido em pleno vôo! Agora é humildemente dobrar os joelhos e reconhecer o quão ingênuo aindo sou. Que o Mestre dos mestres nos proteja hoje e sempre”.
    Nos bastidores, era certa a nomeação de Agliberto. E ele não escondeu de amigos que se decepcionou quando soube que não iria comandar o parque. Informei aqui neste blog que Agliberto chegou a ponderar de deixar a presidência da Inova e ir embora de Sorocaba em que pese manter um relação boa com Pannunzio e entender a decisão que tomou. Para ratificar essa boa relação ele me concedeu entrevista na coluna O Deda Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na sexta-feira passada. Mas a mágoa, como mostra sua manifestação pública, ficou para a história. Resta saber, e vou ver se descubro, o motivo que levou Pannunzio a não nomear Agliberto, mesmo que interinamente.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba vai recorrer da decisão que obriga a retirada do totem

    Enviado em: 01/04/2014 19:07h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Pannunzio se reuniu com sua equipe e decidiu que vai recorrer da decisão de José Eduardo Marcondes Machado, o juiz da Vara da Fazenda de Sorocaba que proferiu a retirada do totem com dizeres religiosos (Sorocaba é do Nosso Senhor  Jesus Cristo) de um local público na entrada de Sorocaba. O prefeito ouviu argumentações políticas (entenda-se pressão de representantes de entidades religiosas) e técnicas (equipe jurídica) e entendeu que deve recorrer. João Leandro da Costa Filho, secretário de Governo da Prefeitura de Sorocaba, me informa que “o prefeito Pannunzio respeita a interpretação jurídica da questão dada pelo juiz Marcondes, mas também respeita a posição daqueles que entendem que o totem não falta com o respeito para a laicidade do Estado. Como a legislação brasileira prevê a possibilidade de se pedir uma segunda opinião sobre uma decisão, o prefeito entendeu que este é o melhor caminho e vai recorrer da decisão para derrubar o totem no Tribunal de Justiça, deixando para o TJ a decisão de concordar com a decisão do magistrado de Sorocaba ou das lideranças religiosas”.

    Leia mais
  • Ação do MP que leva até a decisão da Justiça para a retirada do totem não se concentra na aparente barganha política do ex-prefeito e a bancada evangélica dos vereadores. Este seria outro foco no problema e, portanto, outra ação

    Enviado em: 01/04/2014 19:05h - Por: Deda | Categoria: Política


    Em sua decisão para a retirada do totem com dizeres religiosos (Sorocaba é do Nosso Senhor  Jesus Cristo) de um local público na entrada de Sorocaba o juiz julgou o foco da ação (que é o que a lei determina) e não se concentrou no aspecto periférico (a colocação do totem aparenta ter sido uma barganha política entre o ex-prefeito Vitor Lippi e a bancada evangélica dos vereadores, liderados pelo então vereador Pastor Carlos Cézar). Para se pronunciar sobre este aspecto periférico que a sentença do juiz Marcondes identifica e classifica de mistério necessariamente ele tem de passar a ser foco principal de uma ação. Esta em aberto se o Ministério Público assim vai agir. Se precisar ser provocado para isso, espero que minhas postagens aqui neste blog já sejam essa provocação para o MP agir. O que há de mais abominável na vida pública são barganhas cujo o interesse republicano acaba sempre ficando em segundo plano.

    Leia mais
  • Juiz da decisão sobre a retirada do totem conversa comigo em O Deda Questão na TV e revela ter formação religiosa, crer em Deus e explica didaticamente que sua decisão não é de caráter religioso, mas legal

    Enviado em: 01/04/2014 19:04h - Por: Deda | Categoria: Política


    José Eduardo Marcondes Machado, o juiz da Vara da Fazenda de Sorocaba que proferiu a sentença que determina  a retirada do totem com dizeres religiosos (Sorocaba é do Nosso Senhor  Jesus Cristo) de um local público na entrada de Sorocaba, conversou comigo no programa O Deda Questão na TVR (Canal 23 da NET). Ele admite que essa decisão é uma das que mais causaram polêmica em sua carreira de juiz, confirma ter formação religiosa, crer em Deus e explica didaticamente que sua decisão é única e exclusivamente técnica, portanto não de essência religiosa. Uma entrevista franca, humorada que vale a pena ser vista. Fica o convite. Ela está no ar hoje e será reprisada no final de semana às 22h.

    Leia mais
  • Infelizmente, não é novo na história a contradição religiosa ser respondida com ódio. Afirmação é do promotor Orlando Bastos Filho, alvo de críticas de pastores evangélicos

    Enviado em: 01/04/2014 19:02h - Por: Deda | Categoria: Política


    Orlando Bastos Filho, polêmico promotor de justiça de Sorocaba, usou o twitter no começo da tarde de hoje (1/4/14) para colocar mais lenha na fogueira de um tema que, de longe, já é o preferido do sorocabano: a determinação judicial para a retirada do totem com dízeres religosos (Sorocaba é do Nosso Senhor  Jesus Cristo) de um local público na entrada de Sorocaba. Assim se pronuncia o promotor: “O totem, até agora, era assunto menor e sem importância. Mandado tirar, virou assunto urgente, importante, sujeito a mobilizações. É ou não hipocrisia, de uma maioria sem respeito? Teve até reunião da associação de pastores, junto ao prefeito. Ora, não era desimportante? Quanta hipocrisia! Não é isso que ensinou Jesus... Tirar o totem não significa negar Jesus nem desconsiderar a extrema importância, Pastor Apolo, de todo o trabalho social dos evangélicos. Só significa, que local público, sem qualquer desconsideração, não toma partido, nada mais. É difícil entender isso? Quanto a meu opositor de momento, é difícil argumentar. Na primeira oposição, posta com respeito, partiu para a rudeza... Infelizmente, não é novo na história, ao contrário, contradição religiosa ser respondida com ódio. Daí as críticas às igrejas, não Deus. Por que não um debate democrático, elevado, de ideias, de legislação, sem se partir ao ataque, pela primeira contestação? Me permito não levar adiante, debates que não contem com essa elevação. É o respeito que nutro, por mim, e essencialmente pelo seguidor desse twitter.”
    Nas redes sociais o assunto é dos mais comentados e de todas as maneiras, inclusive com piadas como esta do totem de acima reproduzo.

    Leia mais
  • Comissão da Verdade começa a colher depoimentos e Iara relata quando foi expulsa da Câmara de Vereadores por ser contrária a ditadura. Hamilton conta ter passado necessidade financeira e Chico Gomes relata os anos de exílio

    Enviado em: 01/04/2014 19:00h - Por: Imprensa Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba | Categoria: Política


    Até o final da ditadura militar no Brasil, a manifestação de opinião era duramente reprimida, mesmo que os autores fossem parlamentares eleitos pelo povo. Durante a primeira audiência pública da Comissão Municipal da Verdade, na manhã desta sexta-feira, 28, os ex-vereadores pelo PT em Sorocaba, Iara Bernardi e Oswaldo Noce, relataram episódios na própria Câmara, no início dos anos 80, que comprovam o autoritarismo do período.
    Hoje deputada federal, Iara contou que o fato de discordar das diretrizes do regime militar era considerado "crime de opinião" e ela foi expulsa do plenário da Câmara várias vezes, mesmo sendo vereadora, por se opor à Mesa Diretora da Casa, que seguia as orientações da ditadura.
    Oswaldo Noce, companheiro de bancada de Iara, chegou a ser retirado à força da Câmara quatro vezes pela Polícia Militar em 1984 por expressar suas opiniões. "Eu só não fui levada também porque não havia polícia feminina na Câmara e os policiais não ousaram tocar em mim", afirmou a deputada.
    Também presente à audiência, a jornalista Fernanda Ikedo, autora de um livro e um videodocumentário sobre o período, conta que é possível encontrar provas, nos arquivos do Estado, de que os agentes do regime se infiltravam em assembleias sindicais e reuniões de estudantes até meados dos anos 80. "Há fichas do Dops [o extinto Departamento de Ordem Pública e Social] que reportam hábitos, locais e discursos de sindicalistas, estudantes e outros militantes até 1985".
    Lista negra
    O ex-sindicalista metalúrgico e hoje deputado estadual Hamilton Pereira (PT) se emocionou ao contar que, devido à sua militância foi demitido da fábrica e passou por necessidades com sua família em Sorocaba porque na época existia uma "Lista Negra", onde constavam nomes de militantes que não deveriam ser contratados pelas empresas.
    Com a voz embargada, Hamilton contou que só conseguiu um novo emprego, em São Paulo, no setor ferroviário, porque teve a ajuda de dois militantes de esquerda veteranos de Sorocaba, Brasil Mirim e Francisco Gomes.
    Torneiro mecânico experiente e com bom nível de instrução, Hamilton passou mais de dois anos pregando dormentes e trilhos na malha ferroviária paulistas antes de voltar para o setor metalúrgico. Mas, mesmo no período de sacrifícios, o atual parlamentar encontrou disposição para militar como professor, ele dava aulas noturnas de alfabetização para que 20 "companheiros de trecho" pudessem ter condições de se candidatar a cargos melhores na ferrovia.
    Os anos de chumbo
    Mas se a perseguição e a espionagem contra militantes ainda existiam na fase final da ditadura militar, nos "anos de chumbo", décadas de 60 e 70, os riscos eram de prisão por prazo indeterminado, tortura, desaparecimento, exílio ou morte.
    O ex-líder sindical ferroviário Francisco Gomes, o Chico Gomes, ressaltou que a Comissão da Verdade representa muito "para o processo que estamos vivendo e nos tira do vexame e do constrangimento em relação a outros países que já se confrontaram com seus passados, como é o caso do Chile e da Argentina".
    Chico, que militou na Ação Libertadora Nacional (ALN), foi obrigado a procurar exílio em Cuba nas décadas de 60 e 70 para não ser pego pela repressão. Acabou passando 15 anos no exílio. "Não havia nenhuma intenção em me prender, era para me matar mesmo", contou.
    Em seu depoimento, Chico também expôs a situação de décadas anteriores aos anos 60. "Que direitos nós tínhamos? Os sindicalistas eram constantemente ameaçados de morte. Para se lutar por um pedaço a mais de pão ia preso".
    O Sindicato dos Ferroviários era um dos mais organizados e combativos, e por isso mesmo perseguido, de Sorocaba e do Brasil no período. No mesmo nível de atuação estava o Sindicato dos Têxteis da região de Sorocaba, outra categoria profissional muito forte até os anos 70.
    Atuação com os operários
    O professor e pesquisador Aldo Vannucchi, ex-reitor da Universidade de Sorocaba (Uniso), relatou sua prisão em Sorocaba, em abril de 1964, quando era padre e ficou detido por 10 dias por ter sido mencionado em uma ata de reunião do Partido Comunista.
    No intuito de compreender o passado para se ter uma coerência com o presente - e traçar novos rumos para o país- Vannucchi comentou que sempre teve a preocupação de fazer o sermão, enquanto padre, afirmando a missão do cristão de ser fermento da construção da paz, que só se pode se constituir pela justiça.
    Sobre a resistência operária na cidade, Aldo relata: "é preciso que os sorocabanos saibam o que foi a Companhia Nacional de Estamparia, a Cianê. Na febre da exportação para a Europa nadava em ouro e em sangue. Este dos trabalhadores que trabalhavam todos os dias, inclusive sábado e domingo e feriados". Aldo também destacou a jornada exaustiva de trabalho, que se configurava além de 10 horas diárias.
    No início da audiência foi exibido um trecho do documentário "Porque Lutamos", de Fernanda Ikedo, que tem como um dos personagens retratados Alexandre Vannucchi, estudante sorocabano morto pelo regime e sobrinho de Aldo.
    Sobrou até para estudante
    Osvaldo Noce, endossou a importância da audiência e da criação da Comissão Municipal da Verdade como um germe para se dar o devido tratamento à história do país. Noce começou seu engajamento em 1962 no movimento popular por meio do método do educador Paulo Freire.
    Em 1968, no segundo dia do 30º Congresso da União Nacional dos Estudantes (Une), em Ibiúna, Noce foi preso pela repressão junto com outros mil estudantes. Depois de quase um mês em prisão ele foi atuar clandestinamente na área rural, no interior de São Paulo.
    Como recado às novas gerações ele destaca: "que a comissão cumpra o prazo estabelecido, mas que depois disso, ela seja um embrião de uma vigilância ativa para que esse passado não volte a se repetir".
    A Comissão
    A Comissão Municipal da Verdade é presidida pelo vereador Izídio de Brito, que também presidiu a mesa da audiência nesta sexta; tem como relator o vereador Anselmo Neto (PP), também presente ao evento hoje; e conta ainda com Saulo do Afro Arts (PRP) e Neusa Maldonado (PSDB).
    A Comissão Municipal, hoje coordenada pela Câmara, foi articulada pelo Movimento Popular em Apoio à Comissão Municipal da Verdade, que tem a jornalista Fernanda Ikedo e o professor de filosofia Daniel Lopes entre seus membros.
    O prazo para a comissão emitir relatório sobre suas investigações é dezembro deste ano, junto com a comissão nacional que trata do tema. Izídio afirmou na audiência que a comissão em Sorocaba vai ouvir pessoas envolvidas com o regime, reunir documentos, falar com especialistas, dialogar com a sociedade e fazer diligências de investigação para cumprir seus objetivos.
    Na foto está Francisco Gomes, ex-ferroviário, passou quinze anos exilado no exterior devido à perseguições ( foto: Foguinho/Imprensa SMetal)

    Leia mais
  • Encontro entre funcionários de cargos de confiança da Prefeitura de Sorocaba no Parque Tecnológico gera especulações de que havia uma segunda intenção no evento: a de impor aos comissionados o apoio à candidatura do ex-prefeito. Não foi isso o que consegui apurar. Ao contrário, me disseram que foi uma reunião sem espaço para proselitismos

    Enviado em: 31/03/2014 21:02h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prefeito Pannunzio reuniu para um encontro de trabalho, que terminou com uma feijoada, cerca de cem funcionários públicos comissionados (contratados sem concurso) da Prefeitura de Sorocaba no sábado passado no Parque Tecnológico de Sorocaba. O objetivo foi aproximar esses funcionários, permitindo que cada expusesse temas do seu cotidiano e buscando informações para melhorar o fluxo de trabalho dentro do cotidiano da máquina.
    Como o encontro foi no Parque Tecnológico, que até hoje (1/4/14) é presidido pelo ex-prefeito Vitor Lippi, que deixa o cargo para concorrer na eleição de outubro, muito se especulou que a reunião tinha a intenção de chamar esses funcionários que são cargo de confiança a se engajarem na campanha do ex-prefeito. Mas não foi isso que apurei. De uma fonte fidedigna ouvi que a reunião “foi de trabalho e não houve espaço para proselitismos, tanto que a abertura do evento foi feita em menos de cinco minutos pelo prefeito Pannunzio e o encerramento durou apenas dois minutos e foi feito por Pannunzio. Não havia nada que justificasse uma fala do ex-prefeito”.
    Uma das pessoas desconfiadas desse encontro ocorrer no último momento em que  o ex-prefeito ainda podia participar é o vereador Crespo. Ele deixa no ar uma pergunta: “esse encontro não podia acontecer no sábado que vem, por exemplo, quando o ex-prefeito já terá deixado o cargo?” Crespo está reunindo elementos e vendo algum indício de que este encontro beneficiou de algum modo a mensagem para que os comissionados trabalhem para o ex-prefeito vai mover uma ação de improbidade contra o atual e o ex-prefeito. Para isso, basta que alguma das cem pessoas presentes diga que em algum momento do encontro de sábado se tocou no nome do ex-prefeito.

    Leia mais
  • Secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho assume interinamente o Parque Tecnológico de Sorocaba

    Enviado em: 31/03/2014 20:58h - Por: Deda | Categoria: Política

    O nome definitivo de quem será o presidente do Parque Tecnológico de Sorocaba segue guardado a sete chaves pelo prefeito Pannunzio, mas interinamente o prefeito decidiu que quem assume o comando do local é o secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Geraldo Almeida. O convite foi oficializado na manhã desta segunda (31/3/14), mas até o final da noite ainda não havia sido tornado público. Vitor Lippi deixa o cargo de presidente do Parque Tecnológico por força da lei eleitoral que determina que deixa qualquer cargo público quem tem a intenção de ser candidato na eleição de outubro, como é o seu caso.

    Leia mais
  • Embaixador da Argélia visita Sorocaba

    Enviado em: 31/03/2014 20:56h - Por: Deda | Categoria: Política

    O embaixador da Argélia no Brasil, Djamel-Eddine Omar Bennaoum, visitou a Sorocaba hoje  (31/3/14) e foi recebido pelo prefeito Pannunzio à tarde no Paço Municipal e pelo vereador Jessé Loures, presidente da Comissão Municipal Pró-Copa 2014, e um grupo de lideranças empresariais e políticas, no restarurante Cittá (bairro Campolim), no começo da noite. Prefeitos das cidade de Tatuí, Campina do Monte Alegre, Salto, Porto Feliz, Ibiúna e Boituva. Vereadores de Sorocaba e empresários como Sérgio Reze, Erlly Syllos, José Antônio Bolina, Elias Stefan, entre outros, recepcionaram o embaixador.
    A vinda da Seleção Argelina de futebol, que ficará alojada em Sorocaba durante a Copa do Mundo, é o motivador da visita, mas tanto o prefeito como o legislativo sorocabanos entendem que esta é uma oportunidade para que se estreitem as relações da Argélia e Sorocaba em quesitos como desenvolvimento, intercâmbio cultural e turismo. O embaixador Bennaoum disse que um dos objetivos de sua visita a Sorocaba foi em primeiro lugar conhecer a cidade escolhida para hospedar a seleção do seu país. "Vim pedir ao prefeito apoio no sentido de facilitar a estadia da delegação oficial, para que seja a mais bem-sucedida possível. Também vim conhecer as capacidades econômicas e sociais de Sorocaba que é um município muito desenvolvido industrialmente", explicou. Outro objetivo, segundo o embaixador é o de fazer contatos e prospectar relações econômicas e comerciais com empresários sorocabanos. Quanto à Copa do Mundo, Bennaoum afirmou que confia na possibilidade de a Argélia passar pelo menos da primeira fase.

    Leia mais
  • De olho no futuro 3: Fique de olho nas datas e participe das audiências públicas sobre o que muda na regra que define o futuro da cidade

    Enviado em: 31/03/2014 20:55h - Por: Deda | Categoria: Política

    Assim que o Plano Diretor chegar na Câmara, caberá ao presidente da Casa, Cláudio do Sorocaba 1, definir um cronograma para a sua votação. Se deseja e se espera que ele promova pelo menos dez audiências públicas para explicar o que é o Plano Diretor, o que se pretende mudar e tecnicamente porque tais mudanças estão sendo promovidas. O que se deseja é que existam argumentos técnicos que justifiquem as mudanças e sejam aniquiladas quaisquer mudanças que permitam a especulação financeira ou imobiliária que beneficie individualmente pessoas ou grupos representados. O foco tem de ser a qualidade de vida da atual e futuras gerações.

    Leia mais
  • De olho no futuro 2: Pressa da administração passada em aprovar Plano Diretor provoca o nascimento do Instituto Defenda Sorocaba

    Enviado em: 31/03/2014 20:54h - Por: Deda | Categoria: Política

    O movimento que deu origem ao Instituto Defenda Sorocaba nasceu no momento em que a Prefeitura de Sorocaba deu indicativos de que pretendia encaminhar à Câmara de Vereadores no final de 2012 uma lei mudando o Plano Diretor de Sorocaba aprovado em 2004, que já sofreu mudanças em 2007, e que previa ser mexido apenas uma década depois de sua aprovação inicial. Um grupo de pessoas, lideradas pelo empresário Sérgio Reze, se surpreendeu com a pressa em se votar modificações com impactos tão profundos na vida de uma cidade como é o caso do Plano Diretor e resolveu pedir mais discussão sobre o tema.
    O encaminhamento da lei propondo as mudanças no atual Plano Diretor seguiu em curso na administração de Sorocaba que tomou posse no dia 1 de janeiro de 2013. O Instituto Defenda Sorocaba neste período teve a chance de promover debates internos e com técnicos da Prefeitura, IAB (Instituto dos Arquitetos do Brasil, seção Sorocaba), Secovi (Sindicato da Construção Civil) para aprimorar sua visão sobre o futuro da cidade.
    Agora, o grande debate sobre o Plano Diretor acontecerá por iniciativa dos vereadores assim que receberem o projeto da Prefeitura. O IDS deseja, somente, que essas mudanças sejam discutidas com a sociedade e explicada, afinal toda ação na mudança do uso do solo, como está em curso, gera conseqüência. O Instituto Defenda Sorocaba entende que cabe ao sorocabano responder hoje, quando são tomadas as decisões, qual a cidade ele deseja para o futuro: Uma Sorocaba com a qualidade de vida que temos hoje ou com a degradação de uma cidade de quase 2 milhões de habitantes?
    Os integrantes que estão participando do Instituto Defenda Sorocaba entendem que é possível que a cidade cresça com qualidade de vida. É isso que será perseguido. Não há pretensão alguma de barrar o crescimento da cidade, mas sim de discutir como preservar a qualidade de vida aliado ao crescimento e desenvolvimento de Sorocaba.

    Leia mais
  • De olho no futuro 1: Projeto do Plano Diretor está pronto e detalhes na mensagem a ser enviada aos vereadores impediram seu envio nesta segunda-feira

    Enviado em: 31/03/2014 20:54h - Por: Deda | Categoria: Política

    Toni Silveira, titular da Secretaria de Mobilidade, Desenvolvimento Urbano e Obras da Prefeitura de Sorocaba, se recupera de uma crise renal, mas este afastamento momentâneo do seu cotidiano de trabalho não foi o empecilho para que o projeto de lei sobre a modificações do Plano Diretor de Sorocaba chegasse hoje (31/3/14) à Câmara de Vereadores. Apurei que foram detalhes na mensagem do texto que acompanha o projeto é que impediram este envio. Detalhes que estão tendo nova redação e ainda nesta terça (1/4/14) ou no mais tardar até o final desta semana os vereadores terão acesso ao que a Prefeitura vai propor como regra para a ocupação do solo em Sorocaba.
    Entre tudo o que deve mudar três pontos prometem ser polêmicos: 1) a definição numa área de 200 metros quadrados, sendo oito metros de testada, para o terreno mínimo de uma edificação em Sorocaba (hoje são 150 metros com testada de 7,5 metros e há dez anos, em 2004, era possível casa com testada de 5 metros); 2) a definição de que fora dos corredores comerciais a altura máxima de qualquer prédio será de 7 andares respeitando todas as regras de largura de rua e distância de outra edificação. Hoje não há limite; 3) distância de 150 metros da margem do rio Sorocaba para qualquer edificação.

    Leia mais
  • Totem foi barganha política entre ex-prefeito e vereadores. Alguém ainda tem dúvida? E agora?

    Enviado em: 27/03/2014 18:43h - Por: Deda | Categoria: Política



    Na sentença que determina a retirada do totem da entrada de Sorocaba, José Eduardo Marcondes Machado,  Juiz de Direito, autor da sentença, escreve em sua decisão, com todas as letras, que é incerto quem autorizou a colocação do totem em área pública.
    Assim escreve o juiz: “Há verdadeiro mistério a envolver os beneficiários da permissão e os patrocinadores da instalação da placa. A despeito da insistência do Ministério Público a respeito disso no curso do inquérito civil, o Município não logrou comprovar a formalização de permissão para uso do espaço público. Aliás, a assertiva manuscrita por servidor municipal (fl. 28), extraída do inquérito civil, indica que o totem foi instalado sem autorização nenhuma. Mais adiante consta a afirmação feita pela Prefeitura no sentido de que “tal totem não foi instalado pela administração municipal....se trata de bem particular” (fl. 77). Pior, a ata encartada a fl. 80 é de singeleza e informalidade incompatíveis com a envergadura do assunto. Enfim, não há nos autos nenhum indicativo concreto a respeito de quem autorizou ou Para arrematar a análise da preliminar, tem-se que o Ministério Público se insurgiu contra determinada manifestação religiosa em espaço público. Seria prescindível, mas talvez conveniente deixar claro, que a pretensão do Ministério Público não atinge escritos ou qualquer espécie de manifestação religiosa em propriedades particulares (...) Já o custeio da instalação do totem e a formalização da cessão do uso da área pública são pontos nebulosos. Como acima mencionado, o Ministério Público bem que tentou elucidar estas questões durante o inquérito civil, mas não obteve êxito. Tampouco o Município, já no curso da ação, trouxe aos autos documentação a esse respeito”.
    Mas uma rápida consulta no site da Câmara de Vereadores indica o fim do mistério no perfil do hoje deputado estadual Carlos Cézar, quando era vereador sorocabano. Lá está assim: “Em 2004, Carlos Cézar foi eleito vereador. No Legislativo municipal, Carlos Cezar apresentou diversos projetos de lei em favor da população. Um de seus projetos aprovados instituiu a Marcha para Jesus em Sorocaba, evento que reúne milhares de pessoas anualmente nas ruas do município e já faz parte do calendário oficial da cidade, com apoio da Prefeitura. O vereador também é o responsável pela implantação de um grande totem, na entrada do município, com os dizeres Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo”. Confissão pública.
    Outra prova é de um blog do deputado federal Jeferson Campos (http://prjeffersoncampos.zip.net/arch2006-12-10_2006-12-16.html) que estava no ar até há instantes. Lá está a foto acima e o texto: “Pastores de todas as denominações participaram na última semana da inauguração do marco de entrada da cidade pela rodovia Senador José Ermírio de Moraes (Castelinho) com os dizeres “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo”. O ato é considerado como uma grande conquista do Povo Evangélico de Sorocaba. O marco foi criado a partir de uma idéia surgida no evento Marcha para Jesus, pelo deputado Pr. Jefferson Campos e o Vereador Pr. Carlos Cezar há dois anos. O prefeito de Sorocaba, Vitor Lippi, recebeu o pedido que passou também pela aprovação da dos vereadores de Sorocaba. A prefeitura colocar em todas entradas da cidade um marco proclamando que SOROCABA É DO SENHOR JESUS. Escrito por jcampos37 às 16h56.”
    Quem ainda precisa de uma confissão maior que essa?
    É evidente a troca de favores políticos entre o Executivo eo Legislativo. Pura exploração  político e partidária e de combinação entre o então prefeito Vitor Lippi, mestre na façanha de angariar apoio dos segmentos que lhe interessa e, sem dúvida, um deles era o religioso a quem o totem agrada. Uma combinação típica de um curral curral eleitoral. Algo bastante similar com as emendas (já chamadas de mensalinhos pelo jornal Correio Popular de Campinas ao se referir a relação de Lippi e a Câmara de Sorocaba) que são alvo, essas sim, do Ministério Público de Sorocaba.
    Apesar do juiz indicar em sua sentença o mistério, os dados públicos indicam que houve de fato combinação entre Lippi e os evangélicos para o tal totem ocupar o espaço público contrariando, como bem diz a sentença, o que diz a lei. E se contraria a lei há um ilícito e se há um ilícito há a necessidade do MP atuar e a Justiça julgar. 

    Leia mais
  • Ministério Público enaltece a coragem do juiz que mandou retirar o totem

    Enviado em: 27/03/2014 18:42h - Por: Deda | Categoria: Política



    Orlando Bastos Filho, promotor de justiça do MP de Sorocaba, usou o twitter para sse manifestar a respeito da decisão do juiz da ação: “Não se pode deixar de louvar a coragem e cultura jurídica do Dr. José E. Marcondes Machado ao decidir a questão do totem da entrada da cidade. Como sempre dissemos neste espaço a questão é técnica, devendo ser excluído qualquer prejulgamento religioso. Se fala de tutela de minorias.
    Antes de mais nada, penso que só tem autoridade para criticar quem leu os fundamentos da sentença. Criticar no escuro é imprudente e injusto. Dizem que o assunto é pouco importante, e que há outras demandas a suprir. Só não indicam que demandas estaria melhor sem a ação. Qual mazela do Brasil estaria melhor se o processo não existisse? Pura falta de argumento, com todo respeito. Dizem também que não há pressa.
    Porém, se estivesse escrito na entrada da cidade "Sorocaba é do capeta", aí haveria? Dói o calo de quem está com o pé embaixo, não em cima. Dizer Sorocaba é de Jesus é o mesmo que dizer que todo Sorocabano o é, o que não é verdade, e desrespeita uma minoria, que merece respeito. O problema do totem não é a homenagem mas a generalização, a conversão, na marra, de todo Sorocabano, retirando sua liberdade de crença.
    Fosse dito "Todo CRISTÃO é do Senhor Jesus", para mim, tudo perfeito, pois estariam resguardados os não cristãos. Da forma que está, porém..
    Por isso não se pode usar de paradigma o Cristo Redentor, Praça Lions, Ouro Preto, etc. Em nenhum desses casos há generalização.
    O Cristo Redentor não diz que todo braileiro é cristão. É apenas um monumento, mais de valor cultural do que religioso, visitado por todos. O mesmo vale para a cruz de ferro, e cruzes em órgãos públicos. Não generalizam nada.
    Estranho que cristãos, que tanto sofreram quando eram minoria, agora que são maioria, se utilizem de práticas anti democráticas como essa.
    Que se ganha com cristianização forçada? Quem autorizou a se falar em nome de todos os cidadãos? E os que pensam diferente?
    Os cristão certamente não gostariam de um totem "Sorocaba é de Alá", assim como os seguidores deste não gostam do que está escrito.
    Será difícil entender isso, e respeitar a todos, sem generalizações, respeitando a liberdade individual de crençã da Constituição?
    Ser maioria não justifica, já que tal não autoriza massacrar a minoria. Para sua tutela esta aí a jurisdição constitucional.
    Parabéns aos Drs. Jorge Alberto de Oliveira Marum, PJ que pôpos a ação e José Eduardo Marcondes Machado que a julgou.
    Mais uma vez renovamos que a abordagem é estritamente técnica constitucional, despida de qualquer cunho religioso.
    O tema central, na verdade, é respeito às minorias, que é importante e deve ser debatido na sociedade, em seus vários aspectos, não só neste”.

    Leia mais
  • Evangélicos protestam contra decisão judicial de retirada do totem da entrada de Sorocaba

    Enviado em: 27/03/2014 18:40h - Por: Jornal Ipanema | Categoria: Política


    Cerca de 400 pessoas foram ao totem com dizeres religiosos, instalado próximo à alça de acesso à rodovia senador José Ermírio de Moraes, a chamada Castelinho, na noite dessa quarta-feira (26/3/14), para fazer uma vigília.
    Os fieis evangélicos chegaram ao local por volta das 23h. O ato, que contou com cartazes com frases de adoração, é reflexo da sentença dada nesta semana, que determina  a Prefeitura de Sorocaba a remover o totem com a inscrição "Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo".
    Segundo os manifestantes, a ação não é um protesto contra a decisão da justiça, mas uma ação de paz. A mobilização ainda teve cantos e louvores religiosos. A prefeitura declarou que vai recorrer da decisão.
    De acordo com o funcionário público Frederico Salomão, que participou da vigília, o grupo tenta levar o processo à segunda instância. "Nós vamos obedecer o que a justiça determinar. O que a gente quer é que o juiz encaminhe o processo à segunda instãncia para que outros magristrados possam analisar o caso. E que não seja determinada a retirada imediata do totem", finalizou.

    Leia mais
  • Câmara solicita à Justiça uso de condução coercitiva para voltar a ter secretário presente na CPI do Lixo. Atitude mostra rusgas que estavam confinadas aos bastidores entre vereador e secretário

    Enviado em: 25/03/2014 19:39h - Por: Deda | Categoria: Política



    Os vereadores que compõem a CPI do Lixo (005/13) solicitaram hoje (25/3/14) ao juiz da 1ª Vara Criminal de Sorocaba, Jayme Walmer de Freitas, que determine a condução coercitiva do secretário de Serviços Públicos, Clébson Aparecido Ribeiro, à oitiva no Plenário da Câmara Municipal nesta quinta-feira (27/3/14). Diretores do Consórcio Sorocaba Ambiental (CSA) também serão intimados via ordem judicial.
    Clébson Ribeiro vinha comparecendo e contribuindo com os trabalhos da CPI do Lixo regularmente. No entanto, na semana passada, por determinação do secretário de Governo e Segurança Comunitária, João Leandro da Costa Filho, ele ficou impedido de comparecer à oitiva, sob a justificativa de que “suas constantes convocações têm e muito prejudicado a rotina de suas tarefas à manutenção da cidade”.
    Para a CPI do Lixo, a atitude do secretário João Leandro “desrespeita, além do Poder Legislativo, o próprio Poder Executivo, ao desdenhar o colega de mesma hierarquia e importância”. Os vereadores lembram, ainda, que essa foi uma tentativa isolada de obstruir os trabalhos da CPI 005/13, e que tal medida não reflete a vontade e a experiência do prefeito Pannunzio.
     Crespo ressalta a Lei Federal 1.579/52, que respalda a atuação de uma CPI junto ao Judiciário. “Disso decorre que a testemunha regularmente intimada tem o dever legal de comparecer à sessão realizada pela Comissão Parlamentar de Inquérito e responder aos questionamentos que lhe forem dirigidos, ressalvadas as exceções legais. Caso não compareça espontaneamente, poderá ser determinada sua apresentação mediante condução coercitiva”, frisou o presidente da CPI do Lixo.
    Bastidores
    Porém, o que mais se ouve nos bastidores é que o vereador Crespo focou seu arsenal contra o secretário Clebson desde que Alcides Miranda Oliveira Júnior, funcionário público da Prefeitura e ex-assessor de Crespo, foi demitido do serviço público sob a argumentação que teria agitado greve dos coletores de lixo desde que o atual consórcio assumiu os serviços. Alcides foi indicado para a função por Clebson e uma vez trabalhando no consórcio foi identificado como um sabotador da coleta (termo usado pelo prefeito Pannunzio em entrevista a coluna O D Da Questão na rádio Ipanema). Crespo não perdoa Clebson e entende que ele colocou seu assessor numa péssima condição a ponto de ser demitido.

    Leia mais
  • Justiça decide que totem deve ser retirado de via pública de Sorocaba

    Enviado em: 25/03/2014 19:37h - Por: Deda | Categoria: Política



    O totem com a frase “Sorocaba é do Senhor do Jesus Cristo”, localizado na avenida Dom Aguirre, na entrada de Sorocaba, para quem chega ou sai da cidade pela rodovia José Ermírio de Moraes, deve ser retirado. A Prefeitura tem 10 dias a contar de hoje para retirar o totem sob pena de R$ 1 mil de multa diária por descumprir a medida. A sentença, mais que a retirada do totem, afirma que qualquer área da municipalidade fica impedida de permitir a instalação de outros símbolos religiosos em locais públicos, do mesmo ou de outros credos religiosos. A sentença é do juiz José Eduardo Marcondes Machado e foi proferida na tarde de hoje (25 de março de 2014).
    O juiz faz uma explanação bastante lúcida que sustenta toda a sua argumentação (clique no item Leia mais para ter a íntegra da sentença) para decidir pela retirada do totem.
    Ele assim se expressa:  “Para arrematar, há um argumento não puramente jurídico, porém inarredável diante da natureza da questão debatida.  Permitir a manutenção do totem significaria deixar aberto o caminho para a instalação de outros símbolos religiosos em locais públicos, do mesmo ou de outros credos religiosos. Com razão os demais segmentos se sentiriam estimulados a postular a veiculação de seus dogmas religiosos em locais públicos, sendo possível vislumbrar até mesmo uma emulação desenfreada para a ocupação dos pontos mais visíveis da cidade.
    Abrir-se-ia o perigoso precedente de deixar ao alvedrio da discricionariedade administrativa a possibilidade de instalação de painéis, placas e mensagens religiosas em espaço público, ou então propiciar uma enxurrada de iniciativas legislativas tendentes a idênticos fins.
     Mais uma vez a minoria não representada ficaria a reboque do domínio político da maioria, o que é inadmissível em matéria de liberdade religiosa e laicismo estatal numa verdadeira democracia.
    Por todo o exposto, JULGO PROCEDENTES os pedidos formulados pelo Ministério Público para:
     1) Compelir o Município de Sorocaba a retirar do espaço público a placa com a inscrição “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo”, no prazo de dez dias, sob pena de multa diária no valor de R$ 1.000,00;
     2) Impedir o Município de Sorocaba de colocar ou permitir seja colocado em espaço público municipal qualquer placa, painel ou objeto com inscrição similar, que denote a posse ou propriedade da cidade por qualquer religião, entidade, divindade ou ícone religioso, nos termos da fundamentação acima deduzida, também sob pena de multa diária de R$ 1.000,00.

    Leia mais
  • Relembre a polêmica sobre o totem

    Enviado em: 25/03/2014 19:35h - Por: Deda | Categoria: Política


     
    1. Em julho do ano passado, o promotor de justiça da Comarca de Sorocaba da área de Cidadania e Direitos Humanos, Jorge Alberto de Oliveira Marum, moveu ação contra a Prefeitura de Sorocaba para retirar o totem daquele local. O juiz José Eduardo Marcondes Machado negou liminar para a retirada do totem do local de maneira imediata sob a argumentação de que qualquer decisão de tirar ou deixar vai ficar para o final do processo. E ele chegou nesta terça-feira.
    2. Na coluna O D da Questão da rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) no dia 26/7/13, o advogado João Leandro da Costa Filho, secretário de Governo da Prefeitura de Sorocaba, informava que o prefeito Antônio Carlos Pannunzio não tem a intenção de retirar o totem do local por não entender que ele inconstitucional. Mas deixou claro que vai acatar qualquer que seja a decisão da justiça sobre o assunto.
    3. A primeira pessoa a se indignar com o totem “Sorocaba é do Nosso Jesus Cristo” foi a jornalista Deise Machado de Oliveira, ainda em 2006, quando se manifestou na coluna que tinha no jornal Bom Dia. Ainda que em 2006 as irmãs Cris e Angélica, do Arara Aurora, a Esther, ícone do serviço de atendimento  do Arara, fizeram um protesto pacífico: elas cobriram o totem com um pedaço de pano. O assunto voltou numa polêmica entre eu e Ercolim da rádio Ipanema e via twitter o promotor retorna ao assunto
     
    1. Na coluna O D da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) o apresentador José Roberto Ercolim e eu entramos numa polêmica a respeito desse totem. Ercolim, no calor do debate, classificou de menor essa ação e que cabe ao MP se preocupar com questões maiores. Eu entendo o contrário. Acho essa questão, assim como qualquer outra que incomode algum cidadão, da mais fundamental importância. Para minha alegria muitos dos ouvintes que ligaram à rádio foram a favor do meu ponto de vista, embora talvez a maioria tenha ficado com a opinião do Ercolim.
    2. Quando o assunto se concentra na crença e não na legislação, ele revela um claro conflito. Chegam a ser irracionais as manifestações. Por isso vale lembrar afirmação do promotor de justiça Orlando Bastos Filho: “ Não é porque os pés pisados são minoria, que não se deva ocupar o Estado de tirar quem lhos está em cima. A tutela das minorais é um dos mais relevantes aspectos da jurisdição constitucional. Sempre disse, por que não se põe a inscrição ‘os cristãos de Sorocaba são de Jesus Cristo’, e se acaba com o problema? Por que à força, logo na entrada da cidade, demonstrar autoritarismo, violentamente levando a todos, a crença que não professam? Com todo o respeito, os contrários, somente podem ser autoritários, nada menos. Se professe cada fé, com respeito às demais, sem generalizar. Isso deve valer para todos, Jesus Cristo, Maomé, Buda, Zeus, Há, Orixás, Duendes, Saci, Capeta, etc. etc. etc.”
    3. O ex-prefeito de Sorocaba e também professor universitário, José Theodoro Mendes, durante a coluna O D Da Questão na rádio Ipanema afirmou que o totem não fere a laicidade do Estado e afirmou: “A beleza do Estado laico é justamente ele não admitir uma religião oficial. Eu acho que a gente tem que interpretar com a relatividade que o assunto exige e não com a radicalidade”. Pois é, se não se admite então porque tal totem naquele local?
    4. Que a Justiça seja rápida nessa questão. Que esse totem da discórdia não seja o estopim para uma guerra santa. Mas, confesso, tal totem terá cumprido seu papel se revelar a existência de fundamentalistas entre nós.
    5. Na coluna O D Da Questão, na rádio Ipanema, no dia 17/7/13 o estudante de direito Ricardo dos Santos Elias, que junto com outro estudante, entrou com uma representação questionando a regularidade do totem, levantou a questão do uso político daquele totem. O totem foi instalado em 2006 e garantiu o apoio dos vereadores evangélicos da Câmara de Sorocaba ao prefeito Vitor Lippi.
    6. O vereador Pastor Apolo (PSB) informou, por meio de nota de sua assessoria de imprensa, dias atrás, que o local onde o totem está instalado é uma área verde pertencente ao município e não possui nome. Sobre quem pagou ou instalou a placa no local, o parlamentar, que pertencente à Igreja Quadrangular, disse que esta informação não lhe compete, tendo em vista que seu mandato teve inicio em janeiro deste ano, data em que o totem já estava instalado. Carlos Cézar, vereador à época da instalação do totem, do partido de Apolo e igualmente pastor da Igreja Quadrangular é apontado como quem negociou com Vitor Lippi em 2006 a instalação do totem.
    7. Vale lembrar que o arcebispo de Sorocaba, Dom Benes de Salles, somente evitou polêmica quando os dízeres iniciais do totem “Sorocaba é do Senhor Jesus” teve acrecentada a palavra Cristo.

    Leia mais
  • Sou novamente tomado pela tentação da lógica, mais do que a de ser pitonisa

    Enviado em: 25/03/2014 19:33h - Por: Deda | Categoria: Política



    Dias atrás escrevi que longe de querer ser pitonisa (a quem chamei de deusa e fui corrigido pelo amigo Marcello Fontes afinal ela era uma sacerdotisa grega com poderes de advinhação), mas colocando em prática o raciocínio lógico dos sinais públicos da agenda tucana, suponho que o pré-candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, ceda esse posto a José Serra.... E fiz uma série de argumentações.
    Agora me atrevo a dizer que o PMDB está tentado a fazer de Michel Temer (atual vice) seu candidato. Seria uma maneira dele encerrar a vida pública (já está perto dos 75 anos) em grande estilo, assim como Ulysses Guimarães e Tancredo Neves. Acredito que uma vez candidato vá perder, mas certamente provocará o que hoje me parece um distante 2º turno. Fora que isso, em São Paulo, iria embaralhar ainda mais a eleição onde Alckmin me parece estar ladeira abaixo, Padilha ainda não mostrou a que veio e surpreendentemente paulo Skaf se mantém na faixa dos 20% das intenções de voto.
    Mas são somente elucubrações lógicas como disse. Nada de advinhação.

    Leia mais
  • Do ponto de vista técnico, tarifa de ônibus de Sorocaba deverá ter aumento. Do ponto de vista político ainda não há definição

    Enviado em: 24/03/2014 19:32h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Pannunzio está debruçado sobre uma decisão política, pois do ponto de vista técnico não resta mais dúvida: a tarifa de ônibus de Sorocaba deve ter reajuste. Semana passada o presidente da Urbes (empresa pública que cuida do trânsito e transportes), Renato Gianolla, já sinalizou o prefeito sobre essa necessidade, mas não encaminhou oficialmente a planilha. No ano passado, para evitar o reajuste da tarifa em 20 centavos, a prefeitura incorporou em seus gastos R$ 12 milhões. Neste ano a previsão é de que sejam pelo menos R$ 14 milhões para manter a tarifa sem aumento. Em 2013, os protestos de junho pelo Brasil e a decisão do governador do Estado e do prefeito da Capital, de voltarem atrás na decisão de reajustar a tarifa, ajudou o prefeito de Sorocaba a também voltar atrás. Mas e agora? Sorocaba registrou nos últimos doze meses 4,7milhões viagens mês, um aumento de 3,5% em relação a 2012.

    Leia mais
  • Prefeito não revela nome do futuro presidente do Parque Tecnológico, mas já manda o recado para quem queria ser e não vai

    Enviado em: 24/03/2014 19:29h - Por: Deda | Categoria: Política



    O Parque Tecnológico de Sorocaba vai perder sua essência política dos últimos 15 meses (período em que é comandada pelo ex-prefeito Vitor Lippi) a partir do começo de abril quando chega ao limite o prazo dos políticos deixarem seus cargos para concorrerem na eleição de outubro. E é crescente a especulação sobre quem vai comandar a instituição. O prefeito Pannunzio já disse não a três pretendentes: Tanigawa, ex-secretário de Desenvolvimento de Sorocaba na administração Lippi e preferido do presidente do Ciesp, empresário Antônio Beldi. Disse não também ao nome preferido da maçonaria, Laelson Rodrigues, um dos criadores da zona industrial de Sorocaba nos anos 60. E também disse não a Agliberto Chagas que dirigiu o Parque Tecnológico de São José dos Campos e dirige a Inova (Organização Social que é o cérebro do Parque Tecnológico de Sorocaba). Nos bastidores, era certa a nomeação de Agliberto. E ele não escondeu de amigos que se decepcionou quando soube na quinta-feira que não vai comandar o parque. Agliberto chegou a ponderar de deixar a presidência da Inova e ir embora de Sorocaba em que pese manter um relação boa com Pannunzio e entender a decisão que tomou.

    O que apurei é que o prefeito Pannunzio já tem definido o nome e é alguém do seu grupo de confiança e com capacidade para administrar o parque.

    O Parque Tecnológico de Sorocaba inaugura nesta terça-feira (25/3/14) dois laboratórios de desenvolvimento e pesquisa para melhorar a capacidade de atendimento às empresas da região. Serão inaugurados os laboratórios do Fit (Flextronics Instituto de Tecnologia) e do CCDM (Centro de Caracterização e Desenvolvimento de Materiais), em parceria com a agência de inovação do Parque, Inova Sorocaba.
     

    Leia mais
  • Dilma vai a Bauru e São José dos Campos nesta terça. Sorocaba fica fora de novo

    Enviado em: 24/03/2014 19:27h - Por: Deda | Categoria: Política



    A presidenta Dilma Rousseff vai manter agenda intensa de viagens pelo país nos próximos dias, com pelo menos seis compromissos programados. Na agenda, estão a entrega de casas do Programa Minha Casa, Minha Vida e inauguração de estádio da Copa. Na última semana, Dilma esteve em cinco cidades de três estados: Pará, Ceará e Maranhão. Nesta terça (25/3/14), a presidenta virá a São Paulo, onde tem compromissos em municípios do interior. Em São José dos Campos, assina a ordem de serviço para início da construção de 1.461 unidades habitacionais do Residencial Pinheirinho dos Palmares 1 e 2, como parte do Programa Minha Casa Minha Vida. Em seguida, no começo da tarde, Dilma participa, em Bauru, da entrega de 944 unidades habitacionais dos Residenciais Água da Grama e Três Américas 2, que também fazem parte do programa habitacional do governo federal.
    A 9 meses do fim do seu governo, Dilma não tem programada sua vinda para Sorocaba. Em 8 anos de mandato, Lula esteve em eventos oficiais em Sorocaba como a inauguração do campus local da UFSCar e da planta da indústria Case. Mas Lula veio a Sorocaba em caráter pessoal, no velório de Bolinha, ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, e companheiro de Lula na vida sindical como mostra a foto.

    Leia mais
  • Funcionários públicos de Sorocaba vão aprender inglês e espanhol em 80 horas para trabalharem durante a Copa

    Enviado em: 24/03/2014 19:22h - Por: Deda | Categoria: Política



    Visando à capacitação de pessoal, que estará direta ou indiretamente envolvido com a Copa do Mundo, 292 funcionários públicos de Sorocaba iniciam nos próximos dias os cursos de inglês e espanhol com duração média de 80 horas. Os cursos (a distância) serão ministrados pelo Via Rápida Idiomas, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência Tecnologia e Inovação. Todas as aulas serão ministradas em ambiente virtual por instituições como o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap). A iniciativa é voltada para trabalhadores que atuam em atividades relacionadas ao turismo, em especial aos que residem nos municípios envolvidos em eventos como a Copa.

    Leia mais
  • Comitê Sorocabano Pró-Copa faz reunião e conhece o Guia de Orientação Local do evento

    Enviado em: 24/03/2014 19:21h - Por: Deda | Categoria: Política



    O Comitê Sorocabano Pró-Copa do Mundo 2014 se reuniu hoje (24/3/14) na Câmara Municipal sob a presidência do vereador Jessé Loures (PV) e assistiram a palestra de Renato Romanetto do Comitê Paulista da Copa que abordou o GOL (Guia de Orientação Local) desenvolvido pelo Comitê Paulista para atender a turistas, jornalistas, organização e participantes da Copa do Brasil. Sorocaba irá receber a seleção da Argélia durante o Mundial. Dia 1º de abril o embaixador argelino vai passar o dia na cidade.
    Também participaram do encontro desta segunda-feira os vereadores Fernando Dini (PMDB) e Waldecir Morelly (PRP); o secretário de Esporte e presidente do Comitê Sorocabano, Francisco Moko Yabiku, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Almeida, o Diretor da UFSCar, Isaias Campos; o delegado da DIG, José Urban; e a coordenadora executiva do Comitê, Miriam Zacareli, além de outras autoridades, representantes de políticos e de setores do esporte e turismo.

    Leia mais
  • Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região é reeleito com mais de 96% dos votos

    Enviado em: 24/03/2014 19:19h - Por: Deda | Categoria: Política



    A Chapa 1, liderada pelo atual presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, Ademilson Terto da Silva, foi eleita para dirigir a entidade de classe pelos próximos três anos. A chapa recebeu 96,38% dos votos dos metalúrgicos sindicalizados da região que foram às urnas nos últimos três dias. Mesmo com chapa única, sem oposição, neste segundo turno das eleições, 14.601 eleitores, de um total de 19.571 com direito a voto, foram às urnas dias 19, 20 e 21, quando ocorreu a votação em 366 fábricas e na sede do Sindicato em Sorocaba. Do total de votos apurados, 14.073 (96,38%) foram dedicados à Chapa 1, enquanto 408 (2,79%) votaram em branco e 120 (0,82%) votaram nulo. A apuração dos votos, na noite desta sexta-feira, foi acompanhada pelo presidente da Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT (FEM), Valmir Marques, Biro-Biro.
    Após a eleição, Terto reafirmou todos os compromissos assumidos com os metalúrgicos durante a campanha eleitoral: a valorização salarial, o combate a acidentes e doenças ocupacionais, as ações sindicais contra o assédio moral, a criação de políticas específicas para trabalhadores de pequenas empresas e a luta contra a precarização do trabalho são algumas das prioridades da nova diretoria nas fábricas. A diretoria liderada por Terto também deverá apoiar as lutas dos aposentados metalúrgicos, fortalecer a organização no local de trabalho e envolver os trabalhadores nos debates e ações sindicais e sociais promovidas pela entidade.

    Leia mais
  • Desembargador é confundido com secretário em restaurante de Sorocaba

    Enviado em: 20/03/2014 18:17h - Por: Deda | Categoria: Política

     

    O desembargador Roque Antonio Mesquita de Oliveira, do Tribunal de Justiça de São Paulo, sorocabano da gema, como se diz, visitou a terra natal no final de semana e convidou para jantar o prefeito Pannunzio, o ex-prefeito Paulo Mendes e o ex-prefeito Vitor Lippi. Foram ao Restaurante do Alemão, da avenida Eugênio Salerno. Teve quem confundiu o desembargador com Toni Silveira (secretário de Mobilidade, Desenvolvimento Urbano e Obras). De longe, pela cintura tamanho 130cm, pela calvície e o jeito bonachão até que se justifica. Ou não? À esquerda, ilustração do desembargador e a direita a foto do secretário. O prefeito Pannunzio estava só, afinal o convite foi feito em cima da hora e sua esposa, Maria Inês, já havia assumido a agenda da noite de sábado para cumprir, com a alegria de sempre, um dos papéis que mais adora, o de avó. O desembargador, Lippi e Paulo Mendes estavam com suas respectivas esposas.

    Leia mais
  • Ex-prefeito é condenado por irregularidades em contratação de construtora no TCE e multado em R$ 20 mil. Não cabem mais recursos

    Enviado em: 20/03/2014 18:13h - Por: Deda | Categoria: Política



    A decisão do Tribunal de Justiça em dar liminar e tornar inválida a votação na Câmara de Vereadores de Sorocaba sobre as conclusões da CPI do Sorocaba Total deu dor de cabeça no ex-prefeito Vitor Lippi (como já divulgado aqui), mas isso não foi nada perto do aperto que ele sentiu ao saber que foi condenado e multado em R$ 20 mil pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) por distorções no contrato envolvem a construção da Unidade Básica de Saúde do Jardim Santa Marina. O jornalista Leandro Nogueira, em reportagem publicada pelo Cruzeiro do Sul, informa que “todas as oportunidades de recursos foram esgotadas”. O TCE aponta irregularidades na licitação, na contratação e por aumentar (aditar) o valor combinado com a construtora TMS Comercial, na construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Santa Marina. Segundo Leandro Nogueira, “ao recurso da Prefeitura, o colegiado do TCE considerou que as razões apresentadas pelo município não se mostraram suficientes para alterar a condenação anterior, de maio de 2011”.
    Agora essas irregularidades apuradas pelo TCE devem ser avaliadas pelo Ministério Público, Câmara Municipal e Prefeitura para que algum desses órgãos acione a Justiça, se considerarem o caso. Se o promotor Orlando Bastos Filho se calar, o vereador Crespo já disse que vai agir, como está na lei, para levar o caso à Justiça.
    O Ministério Público tem há dois anos uma área só de Contas, como essa condenação é anterior é possível que a área da Fazenda do MP (no caso de Sorocaba o titular é Orlando Bastos Filho) aja.
    Vale lembrar que o secretário da Administraçãio que conduziu a licitação e os aditamentos era Januário Renna que responde na Justiça por crime de pedofilia.

    Leia mais
  • Embaixador da Argélia vai passar o 1º de abril em Sorocaba

    Enviado em: 20/03/2014 18:10h - Por: Deda | Categoria: Política



    O embaixador da Argélia no Brasil, Djamel-Eddine Bennaoum, confirmou sua presença em Sorocaba no dia 1º de abril para eventos oficiais na Prefeitura de Sorocaba, onde será recepcionado pelo prefeito Pannunzio, e na Câmara de Vereadores onde será recepcionado pelo presidente da Comissão Sorocabana Pró-Copa 2014, vereador Jessé Loures. A decisão de convidar o embaixador partiu do vereador e teve o aval do prefeito desde que a Argélia confirmou que vai ficar em Sorocaba durante sua participação na Copa.
    O embaixador da Argélia se reuniu com o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, no Palácio Piratini, assim que ficou decidido que a seleção do seu país vai enfrentar a Coreia do Sul no dia 22 de junho, no Estádio Beira-Rio.
    Ao governador gaúcho, Djamel-Eddine informou que a expectativa é de que três mil argelinos visitem o Brasil durante a Copa e anunciou a intenção de ampliar as relações comerciais entre a Argélia e o estado. "A perspectiva de nossa visita envolve a Copa do Mundo, mas também trouxemos a proposta de ampliar ainda mais o intercâmbio econômico, e vamos trabalhar muito para o estreitamento de nossas relações bilaterais", disse.

    Leia mais
  • Perícia judicial tenta descobrir se os R$ 10 milhões pagos pelo Saae de Sorocaba por obras em Estação de Tratamento foram de fato realizadas

    Enviado em: 20/03/2014 18:08h - Por: Deda | Categoria: Política



    Nem mesmo o Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) sabe quanto, das obras contratadas para reformar as adutoras e ampliar o sistema de tratamento de água bruta na ETA do Cerrado, foram efetivamente concretizadas pela empresa ECL Engenharia e Construções Ltda., que abandonou o empreendimento em dezembro de 2012, alegando desequilíbrio econômico-financeiro do contrato, que previa pagamentos da ordem de R$ R$ 28.842.646,71.
    Para chegar a uma conclusão sobre essa dúvida, está sendo realizado um inventário das obras na ETA do Cerrado por um perito indicado pela Justiça, acompanhado pela Diretoria Operacional de Água do Saae. Somente após esse levantamento, será possível saber o que a ECL fez na ETA, o que é fundamental para poder realizar nova licitação, indicando quais obras e serviços deverão ser prestados pela nova empreiteira.
    Essa foi uma das conclusões às quais chegaram os membros da CPI do Saae, após informações obtidas junto a Reginaldo Schiavi, Diretor de Produção do Saae, que recepcionou o vereador Carlos Leite (PT), Presidente da CPI, e os assessores dos demais membros, em diligência realizada na manhã de quarta-feira (19/3/14) à ETA.

    Leia mais
  • Vereador questiona gasto diário de R$ 24 mil com empresa particular para fiscalizar obras contratadas pelo Prefeitura de Sorocaba

    Enviado em: 20/03/2014 18:07h - Por: Deda | Categoria: Política



    O vereador Rodrigo Manga (PP) espera receber na primeira semana de abril resposta da Prefeitura de Sorocaba a um questionamento seu sobre a contratação de uma empresa, através de licitação, para fiscalizar as 94 obras planejadas e em andamento no município. De acordo com o divulgado, por 12 meses de contrato, a empresa escolhida receberá R$ 8,951 milhões o que dá a média de R$ 24,5 mil de gasto por dia. A princípio é exagerado pagar esse valor diário para uma fiscalização, mas qualquer pronunciamento oficial só será dado após as explicações da Prefeitura.

    Leia mais
  • Sorocaba recebe 3 médicos cubanos e 1 italiano para atenderem no Habiteto e Aparecidinha

    Enviado em: 19/03/2014 18:18h - Por: Deda | Categoria: Política



    A falta de médicos na UPH (Unidade Pré-Hospitalar) da Zona Norte (que concentra o atendimentos de adultos na rede pública de Sorocaba) vai continuar até que médicos brasileiros se interessem pelas vagas (e salários e condições de trabalho) oferecidos pela Prefeitura de Sorocaba.
    Já os moradores do Habiteto (bairro que concentra altos índices de ocorrências policiais e palco de conflito entre manifestantes e polícia na semana passada, que obrigou o fechamento de escolas e postos de saúde) e do bairro Aparecidinha – cada um fica num extremo da cidade - ganharam médicos há uma semana. São 3 médicos cubanos e 1 italiano que chegaram em Sorocaba atrávés do programa Mais Médicos do governo federal. Eles chegam sabendo que o Habiteto e Aparecidinha são os locais de trabalho deles, ambos onde os médicos brasileiros evitam de ir.
    Em julho do ano passado, quando o governo anunciou o Mais Médicos e vários protestos apareceram em todo o Brasil, estudantes da Faculdade de Medicina de Sorocaba protestaram nas ruas da cidade, como mostra a foto. Eles tinham o desejo que os médicos estrangeiros fizessem um exame para revalidar no Brasil o diploma de médicos que obtiveram fora daqui. O governo ignorou esse pedido e os estrangeiros estão por aqui.
    Podem participar do programa Mais Médicos do Ministério da Saúde todas as prefeituras que se encaixem nas exigências do programa: áreas de difícil acesso, de difícil provimento de médicos ou que possuam populações em situação de maior vulnerabilidade, definidas com base nos critérios estabelecidos por Portaria do Ministério da Saúde e que se enquadrem em pelo menos uma das seguintes condições:
    a) Município com 20% (vinte por cento) ou mais da população vivendo em alta vulnerabilidade social, com base nos dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome;
    b) Estar entre os 100 (cem) Municípios com mais de 80 mil habitantes, com os mais baixos níveis de receita pública "per capita" e alta vulnerabilidade social de seus habitantes;
    c) Estar situado em área de atuação de Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI/SESAI/MS), órgão integrante da Estrutura Regimental do Ministério da Saúde; ou
    d) Capital ou região metropolitana em que existam áreas com populações em situação de maior vulnerabilidade.
    Sorocaba (que ainda virá a ser da Região Metropolitana) se enquadra na tópico D da lista.

    Leia mais
  • Virose deixa prefeito e secretários de repouso, mas não impede que participem do Congresso Estadual dos Municípios em Campos de Jordão

    Enviado em: 19/03/2014 18:17h - Por: Deda | Categoria: Política



    O prefeito Pannunzio, os secretários Rodrigo Maldonado (secretário chefe de Gabinete) e Toni Silveira (secretária de Mobilidade, Desenvolvimento Urbano e Obras) e o motorista do prefeito (conhecido por Sol) foram acometidos por uma virose no final de semana passado e fizaram de repouso na segunda-feira. Toni Silveira teve o quadro agravado por uma cólica renal. Trabalhando normalmente há dois dias, o prefeito manteve a agenda e viaja nesta sexta-feira, onde fica até sábado, até Campos do Jordão, cidade que sedia o Congresso Estadual dos Municípios deste ano. O encerramento do evento será feito pelo governador Algkmin, no próximo sábado.

    Leia mais
  • Saae e pool de empresas de Sorocaba brigam na justiça por R$ 35 milhões

    Enviado em: 19/03/2014 18:16h - Por: Deda | Categoria: Política



    O Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) deixou de arrecadar R$ 35 milhões desde o ano de 2005, quando expirou o contrato de um pool de empresas formado para explorar a ETE Valo de Oxidação do Éden, assinado em 1990 e com validade de 15 anos. O Valo de Oxidação recebe os efluentes industriais de ao menos nove empresas da Zona Industrial que, segundo o Saae, pagam todas as despesas de manutenção, insumos e energia elétrica, usados nas operações. As informações foram passadas ao vereador Carlos Leite (PT), durante a oitiva da CPI do Saae de terça-feira (18/3/14).
    Durante a vigência de 15 anos do contrato, as empresas que investiam no Valo tinham seus valores de recolhimento junto ao Saae reduzidos, como forma de compensação, pelo prazo de vigência do contrato. As empresas que participam são: Motopeças e Transmissões Ltda.; Metso Brasil Indústria e Comércio Ltda.; Tecnomecânica Pries Indústria e Comércio Ltda.; Luk do Brasil Embreagens Ltda.; Ina Brasil Ltda.; Enertec do Brasil Ltda.; Pepsico do Brasil Ltda.; Indústria e Comércio Import. E Export. Iciex Ltda.
    De 2005, ano de vencimento do contrato, até agora, as empresas do pool continuaram a pagar os valores reduzidos. De acordo com o diretor jurídico da Autarquia, Diógenes Brotas, foram feitas várias reuniões para dialogar com as empresas beneficiadas pelos valores reduzidos, que deveriam ter sido reajustados a partir da data de vencimento do contrato de exploração da ETE. Nenhuma empresa compareceu às reuniões.
    Desde outubro de 2013, o Saae identificou a impossibilidade de negociar com essas empresas, que foram notificadas em relação a esse passivo, com a possibilidade de inscrição em Dívida Ativa, e cobrança dos valores devidos em juízo. A notificação dizia que as empresas beneficiadas do contrato deveriam pagar os valores não recolhidos e começarem a pagar os valores reajustados.
    Após as notificações, as empresas contranotificaram o Saae e ingressaram na Justiça, alegando direito privado e a continuidade do contrato. O Saae recebeu, até o momento, três notificações de ações para não ingressar com as empresas em Dívida Ativa, e não cobrar em juízo, até a decisão final, dos valores que foram deixados de recolher, e que somam os R$ 35 milhões. As empresas pedem que, ao final do processo, o juiz declare inexigíveis esses valores.

    Leia mais
  • Sem querer ser pitonisa, mas candidato tucano poderá ser outro

    Enviado em: 19/03/2014 18:15h - Por: Deda | Categoria: Política



    Longe de querer ser pitonisa (a deusa grega com poderes de advinhação), mas colocando em prática o raciocínio lógico dos sinais públicos da agenda tucana, suponho que o pré-candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, ceda esse posto a José Serra. Eu sei que esse assunto é velho e que Aécio já disse que é ele e Serra tirou o time de campo. Mas... Nesta sexta-feira são esperadas novas pesquisas eleitorais e caso Eduardo Campos/Marina Silva tenham subido e Aécio tenha ficado estagnado essa mudança volta com força. Não à toa ganhou corpo no PSDB a proposta de escalar Fernando Henrique Cardoso como vice de Aécio Neves. Os tucanos se animaram com pesquisas qualitativas do instituto Sensus que mostrariam recuperação da imagem de FHC, principalmente em São Paulo, Estado-chave na eleição. A ideia de reabilitar FHC foi um dos motivos de desentendimento entre Aécio e o marqueteiro Renato Pereira, que era contra (e deve fechar com Eduardo Campos). Por enquanto, José Serra é só candidato à Câmara e cumpre extensa agenda pública.

    Leia mais
  • Tribunal de Justiça invalida a decisão da Câmara de Sorocaba e faz valer o relatório de conclusão da CPI do Sorocaba Total

    Enviado em: 18/03/2014 18:12h - Por: Deda | Categoria: Política



    O relatório da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do programa de obras viárias denominado Sorocaba Total foi rejeitado pelos vereadores da Câmara de Sorocaba por 11 votos contra 7. O principal argumento que marcou divergências foi o fato de o ex-prefeito Vitor Lippi (PSDB) não ter sido convocado a dar seu depoimento durante as investigações. Entre os sete membros da CPI, as reações foram de decepção naquele final de fevereiro, mas é de euforia neste exato momento (17h58 de terça-feira, 18 de março de 2014) quando acaba de ser publicada a decisão do Tribunal de Justiça a respeito de uma liminar impetrada pelos vereadores. Segundo o que me acaba de ser informado, o TJ invalidou a decisão do presidente da Câmara, Cláudio do Sorocaba 1, que colocou em votação o relatório da CPI. Pelo Regimento Interno, a conclusão de qualquer CPI não precisa ser votada, afinal ela é para ser automaticamente aprovada e o seu resultado encaminhado ao Ministério Público. Com essa liminar, o relatório da CPI está aprovado e a votação da Câmara anulada.
    A alegria do ex-prefeito Vitor Lippi, que se disse justiçado pelo plenário da Câmara diante das conclusões dos membros da CPI, até que ele casse essa liminar, terá sido em vão. 

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba vai contratar empresa para fiscalizar 94 obras que serão feitas. Sindicato dos servidores reclama. Mas problemas na gestão passada convenceram prefeito que este é o caminho mais eficiente para gerenciar o que está planejado

    Enviado em: 18/03/2014 18:11h - Por: Deda | Categoria: Política



    A Prefeitura de Sorocaba abriu licitação para contratar empresa de engenharia especializada para prestação de serviços técnicos de apoio ao gerenciamento, fiscalização de projetos de edificações de obras, pavimentação e drenagem. A contratação tem o objetivo de disponibilizar informações concretas, em tempo e suficientes, sobre o andamento dos projetos e obras a serem realizadas durante o governo do prefeito Antonio Carlos Pannunzio. A empresa vencedora da licitação vai ficar encarregada de fiscalizar 94 obras que estão planejadas pela Prefeitura e a pavimentação de várias vias de Sorocaba que foram divididas em quatro lotes. O edital saiu que seria um contrato para 24 meses, mas será refeito e valerá para 12 meses.
    O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba, assim como os Servidores Públicos do Setor de Fiscalização, divulgou nota para dizer que foram surpreendidos com a notícia. O sindicato é contra e explica que a fiscalização de obras é atividade típica da Administração Pública e deve ser exercida exclusivamente por servidores públicos, não podendo ser “terceirizada”.
    O prefeito Pannunzio decidiu por contratar a empresa para a fiscalização por creditar à falha na fiscalização as 47 obras que tiveram sua conclusão atrasada no governo de Vitor Lippi. Para Pannunzio, se o ex-prefeito tivesse na mão as informações de suas obras não ocorreriam tantos atrasos. Pannunzio não quer surpresa. Uma das obras que estão neste pacote é a do Hospital Público na Zona Norte a ser erguido na antiga garagem de ônibus da TCS (foto).
     

    Leia mais
  • Bastidores da Região Metropolitana: Discursos para o futuro e a realidade do presente

    Enviado em: 18/03/2014 18:10h - Por: Deda | Categoria: Política



    O deputado Hamilton Pereira disse em seu discurso que o "sonho está próximo de ser concretizado" ao referir-se a criação da Região Metropolitana de Sorocaba e que "foram nove anos de persistência e insistência do projeto criado em 2005”. E foi taxativo: "A região metropolitana significará uma organização de instrumentos para planejarmos o desenvolvimento de nossa região. Vamos nos desenvolver com sustentabilidade".
    O Subsecretário de Desenvolvimento Metropolitano do Estado de São Paulo, Edmur Mesquita, destacou que a RMS chega em um bom momento. “O momento em que estamos vivendo é histórico. É importantíssimo para a história de toda a região e de todas as cidades que estão contempladas neste projeto de lei”, disse. “Neste trabalho, é preciso que tenhamos força da sociedade para que este projeto saia do âmbito do parlamento e ganhe as ruas da região”, completou. Caso seja aprovada, esta será a 5ª região metropolitana do estado de SP, revelou.
    Mas quem roubou a cena foi a deputada estadual por Itu, Rita Passos. Ao falar do vereador Hélio Godoy (PSD), o mais votado na eleição de 2012 em Sorocaba e que até semana passada era o secretário da Habitação da Prefeitura de Sorocaba, enalteceu ele ao máximo e foi direta aos prefeitos (ou seus representantes) das 26 cidades que farão parte da Região Metropolitana de Sorocaba: se estão com problemas para fazer a regularização fundiária de suas cidades, procurem o Hélio. Ele sabe todos os caminhos a serem percorridos. O Hélio domina esse assunto. A sensação é de que ela lançou Hélio candidato a deputado. Vai saber...
    E a cerimônia da Região Metropolitana de Sorocaba deixou claro uma máxima: rei morto, rei posto. Paulo Mendes e Vitor Lippi, ambos ex-prefeitos de Sorocaba, hoje sem mandato, foram apenas mais um em meio aos presentes no lotado auditório da Câmara. Sentaram-se em cadeiras improvisadas na última fila do plenário.

    Leia mais
  • Prefeitura ignora criação da Região Metropolitana, que deve ocorrer ainda neste primeiro semestre, e define áreas para instalar o aterro sanitário em Sorocaba

    Enviado em: 18/03/2014 18:08h - Por: Deda | Categoria: Política



    A instalação da Região Metropolitana de Sorocaba deve acontecer dentro de 90 dias afirmou Luiz José Pedretti, vice-presidente da Emplasa (Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano), durante discurso realizado na audiência pública ocorrida na noite de segunda-feira (17/3/14), na Câmara dos Vereadores do município. A reunião contou com a presença de vários prefeitos, vereadores e secretários de 26 cidades regionais, além de deputados estaduais, federal e ex-prefeitos, entre eles Hamilton Pereira (PT) autor do projeto original de criação da Região Metropolitana de Sorocaba. O objetivo é integrar os municípios de forma que a arrecadação de verbas para implantação de projetos destinados à região e que sejam comuns a todos. Um desses aspectos é o aterro sanitário, local onde é destinado o lixo doméstico e industrial das cidades. Ter um aterro para todos os municípios, por exemplo, é um caminho para baratear custos e aumentar a preservação ambiental.
    Apesar desse aspecto, a Prefeitura de Sorocaba segue em busca de criar um aterro sanitário em Sorocaba. O antigo aterro, na região do Retiro São João, teve sua vida útil vendida em 2005, ganhou uma sobrevida e o ex-prefeito Vitor Lippi resolveu a questão contratando o aterro de Iperó que é de uma empresa particular, a Proactiva. Pannunzio entende que Sorocaba deve ter o seu aterro e analisa cria-lo em quatro áreas. Uma na região do Ipatinga (que foi reprovada pela Flroesta Nacional de Ipanema) e que fica a cerca de 3 km do aterro de Iperó. Uma no Quintais do Imperados (região de Araçoiabinha e Raposo Tavares). Outra na zona industrial no Éden. E uma última em Brigadeiro Tobias.
    O aterro, a pedido de Pannunzio, será uma usina de lixo e pretende gerar o mínimo possível de degradação ambiental e social (como a exalação de mau cheiro, por exemplo).

    Leia mais
  • Prefeitura deve publicar regras para o cerimonial dos seus eventos oficiais

    Enviado em: 17/03/2014 17:44h - Por: Deda | Categoria: Política



    Na manhã de sábado passado (15/3/14), o prefeito Antonio Carlos Pannunzio entregou à população sorocabana o Jardim Botânico "Irmãos Villas-Bôas" localizado numa área de cerca de 70 mil metros quadrados na rua Miguel Montoro Lozano, 340, no Jardim Dois Corações, próximo ao Parque das Águas. O local, na minha opinião, já é um dos cartões postais de Sorocaba. Vale a pena conhecer o local. E o que era para ser apenas uma festa por pouco não se transformou em motivo de um desconforto político para dizer o mínimo.
    Na coluna O D Da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) falei que o líder do prefeito na Câmara, engenheiro Martinez, um dos tucanos mais ativos do partido, ficou fora do palanque oficial da festa. O zumzumzum sobre essa gafe foi grande, mas ganhou o ápice quando o presidente do Legislativo, Cláuddio do Sorocaba 1, pediu licença ao prefeito e demais presentes para chamar Martinez ao palco.
    Martinez não fez nenhum pronunciamento sobre a gafe, mas quem o conhece sabe do dissabor que tal fato provocou. Coube ao secretário-chefe do gabinete do prefeito, Rodrigo Maldonado, conversar com Martinez. Para evitar gafes como essa no futuro, deverá ser publicada no Diário Oficial do Município uma norma de como deve se comportar o cerimonial em eventos como esse. O objetivo é que todos os vereadores, independentemente de partido ou tendência, seja chamado ao palanque.
    Iara Bernardi (deputada federal do PT) esteve no evento e não só foi chamada ao palco como também foi convidada para discursar.

    Leia mais
  • Esquenta o clima entre vereador e promotor após arquivamento do relatório da CPI das Obras Atrasadas

    Enviado em: 17/03/2014 17:43h - Por: Deda | Categoria: Política

     

    O vereador Crespo é o mais indignado com a decisão de Orlando Bastos Filho, 15º Promotor de Justiça de Sorocaba, especialista, mestre e professor de Direito Constitucional, de arquivar o relatório produzido pela CPI das Obras Atrasadas da Câmara de Sorocaba. Já deixou claro que vai recorrer da decisão e não faz questão de esconder que acredita que alguma tendência e até preferência partidária ou pessoal do promotor influenciou a sua decisão.
    Para rebater o vereador, o promotor usou do Twitter e assim se pronunciou:
    “Gostaríamos de ter a impressão, dos seguidores, dos que ouviram,  sobre as entrevistas quanto ao arquivamento da CPI das obras atrasadas. Respeitamos as opiniões contrárias, com debate elevado sobre fundamentos, que, aliás, nunca foram seriamente questionados por opositores.
    Os opositores  preferiram tentar desqualificar nossa pessoa, não nossos fundamentos. É o meio mais fácil pra quem não tem o que argumentar. Aprendi com meu pai, e passo  a quem interessar: respeite a pessoa de seu opositor. Jamais desqualifique a pessoa. Pense em argumentos. Se se vir diante de quem não debate ideia, mas ataca a pessoa que  a emitiu, sem mais, saiba notar sua falta de argumentos.
    Em 10 laudas, sem desrespeitar ninguém, proferi minha decisão, necessariamente, por lei, submetida a consideração superior.
    Quanto ao abordado (pelo vereador), estou pronto a discutir. Se, muito apesar, for ao pessoal, não contém com resposta. Não  iremos aos baixos...”
    Só resta esperar as atitudes que formarão o próximo capítulo dessa história entre Crespo e Orlando Bastos Filho. Suponho que o promotor vai acionar o vereador na Justiça na tentativa de provar que está sendo ofendido, injuriado e caluniado. Mas é apenas uma suposição minha que faço com base no que ouvi de pessoas que são do círculo de amizade do promotor. Ele, claramente, acha que o vereador está exagerando.

    Leia mais
  • Consórcio que cumpre contrato emergencial para a coleta de lixo doméstico de Sorocaba coloca oito caminhões zero-quilômetro em operação. Decisão faz supor que haverá prorrogação do contrato

    Enviado em: 17/03/2014 17:40h - Por: Deda | Categoria: Política



    Desde dezembro passado Sorocaba a coleta de lixo doméstico da cidade é feita pelo Consórcio Sorocaba Ambiental, formado pelas empresas Litucera Engenharia e Limpeza Ltda., Heleno & Fonseca Construtécnica S.A. e Trail Infraestrutura. O contrato emergencial assinado ainda antes do Natal previa o período de quatro meses prorrogáveis por mais dois. Como o consórcio comprou oito caminhões novos e vence em 40 dias o contrato emergencial, supõe-se que o contrato será prorrogado pelos dois meses previstos.
    A licitação para a contratação de quem assumirá a operação do serviço de coleta de lixo em Sorocaba está no forno. Uma reunião ocorrida hoje (17/3/14) tratou do assunto. A complexidade do contrato inclui questões sobre a coleta seletiva, se serão duas empresas, se a varrição fica por conta das vencedoras. Até abril os termos da licitação deve estar disponível para os interessados em participar.

    Leia mais
  • Vereador anuncia possível contrato de mais de R$ 30 milhões na Prefeitura para a terceirização da gestão de todas as unidades de saúde de Sorocaba

    Enviado em: 17/03/2014 17:38h - Por: Deda | Categoria: Política



    O vereador Marinho Marte (PPS) divulgou nota hoje (17/3/14) para informar que a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, pretende estabelecer convênio com uma OS (Organização Social) com o objetivo de terceirizar a gestão das unidades de saúde do município. O possível contrato de terceirização, segundo informações que chegaram ao gabinete do vereador e divulgadas por ele, pode ultrapassar a cifra de R$ 30 milhões, uma vez que o trabalho a ser desenvolvido pela organização social abrangeria todas as ações necessárias ao funcionamento das unidades de saúde. “A ser verdade essa informação, ela revela uma disposição do Executivo no sentido de terceirizar completamente a saúde no município, o que é temerário, pois as Organizações Sociais, em que pese sua natureza legalmente filantrópica, podem, às vezes, representar interesses privados”, afirma Marinho Marte, que, por meio de requerimento protocolado na Câmara Municipal, solicita informações ao Executivo sobre o referido contrato, caso ele tenha sido firmado.

    Leia mais
  • Viga de 120 toneladas é colocada com êxito e obra de viaduto na rua Humberto de Campos será acelerada

    Enviado em: 17/03/2014 17:37h - Por: Deda | Categoria: Política


    Em outubro de 2013 partiu-se ao meio uma das vigas de concreto que sustentará o futuro viaduto que ligará o Complexo Mário Covas à avenida General Carneiro. A nova viga de concreto e ferro que pesa 120 toneladas e tem 2,1 metros de altura e cerca de 50 metros de cumprimento, foi colocada no lugar com sucesso na semana passada. O sucesso da operação foi motivo de comemoração por parte do secretário Toni Silveira, titular da Secretaria de Mobilidade, Desenvolvimento Urbano e Obras. Ele recebeu uma foto da operação em seu celular e mostrava aos colegas no final da tarde de sexta-feira passada externando sua alegria. A partir de agora é acelerar a conclusão do viaduto sobre a linha férrea e a pavimentação da avenida Mário Covas, no trecho entre a rua Humberto de Campos e a avenida Afonso Vergueiro. 

    Leia mais
  • Polícia fortemente armada invade banco e assusta clientes no Campolim

    Enviado em: 13/03/2014 16:14h - Por: Deda | Categoria: Política



    Era apenas um alarme de falso, mas e se de fato o banco estivesse sendo assaltado? A maneira como os policiais militares entraram na agência do banco Itaú do Campolim na terça-feira coloca em dúvida a maneira correta da polícia agir em casos de real necessidade. O que um vídeo de 36 segundos feito pelo celular de um cliente do banco mostra são PMs fortemente armandos entrando na agência. Mas e se houvesse um ladrão lá dentro? Os clientes, inocentes, não teriam sua vida colocada em risco? Não é o caso de negociar uma entrada num local com reféns afim de evitar que cidadãos inocentes sejam mortos?
    Ainda bem que foi um mal entendido. A gerente digitou a senha errada no cofre o que acionou o alarme na central de segurança. A praxe é que da central alguém telefone à gerente. Isso foi feito. Mas ela esqueceu o celular no carro e, claro, não atendeu. A conclusão da PM é que havia algum problema e um destacamento foi até a agência.

    Leia mais
  • Fotografia apenas reforça a importância do BRT para Sorocaba

    Enviado em: 13/03/2014 16:12h - Por: Deda | Categoria: Política



    Publiquei aqui a capa do jornal Estado de Minas (Belo Horizonte, MG) que mostra o corredor por onde circula somente o BRT  totalmente livre e a pista de automóveis com congestionamento monstro. E me lembrei da primeira entrevista que fiz no programa O D da Questão na TVR (Canal 23 da NET) com o prefeito Pannunzio. Lá ele dizia que sua intenção é a de que o BRT seja uma alternativa para o sorocabano deixar o carro em casa. Bom, a foto do jornal Estado de Minas mostra que essa alternativa de fato é a melhor. E você, o que acha? Para dar sua opinião fica a dica: participe da 2ª Audiência Pública de Mobilidade Urbana de Sorocaba agendada para esta sexta-feira (14/3/14), às 9h da manhã na Câmara Municipal de Sorocaba. Em debate o Plano Diretor de Mobilidade Urbana de Sorocaba e o futuro (propostas de BRT, VLT, Terminal Intermodal, Trem Regional Metropolitano, entre outras).

    Leia mais
  • Atlético e Desenvolve São Paulo assinam contrato e Argélia fica mais perto de Sorocaba

    Enviado em: 13/03/2014 16:11h - Por: Deda | Categoria: Política



    Eu classifiquei de xororô a reclamação do vice-presidente do Atlético Sorocaba, Waldir Cipriani, de que corria risco a vinda da Argélia para o CT do clube durante a Copa, informação alardeada na segunda-feira passada quando Aldo Rebello visitou o local. O ministro minimizou a critica de Cipriani, bateu bola no campo e chegou a ligar ao presidente do Desenvolve SP. Foi a forma como Cipriani encontrou para pressionar o governo a assinar contrato de financiameento com o clube para a reforma do CT local. Pois bem, o contrato foi assinado na última quarta-feira e o dinheiro (R$ 4 milhões) deve cair na conta do Atlético ainda nesta sexta-feira.
    A Agência de Desenvolvimento Paulista já financiou R$ 115 milhões em projetos de de infraestrutura turística relacionados à Copa do Mundo de 2014. Criada em 2012, a Linha investimento esportivo foi destinada às empresas do setor hoteleiro interessadas em reformar ou construir novas unidades e centros esportivos com a finalidade de se prepararem para receber delegações. Esse é o caso do Atlético Sorocaba.

    Leia mais
  • Assessoria jurídica de vereador estuda decisão do MP e se achar elementos vai recorrer da decisão sorocabana no Conselho do Ministério Público

    Enviado em: 13/03/2014 16:09h - Por: Deda | Categoria: Política



    O vereador Crespo entende que houve muito boa vontada do promotor Orlando Bastos Filho para com o ex-prefeito Vitor Lippi, uma boa vontade nunca demonstrada em relação a nenhum outro político. Por causa disso, já determinou à sua assessoria jurídica que estude em detalhes a argumentação do promotor e a tendência é que ele recorra dessa decisão local numa instância superior, ou seja, peça para o Conselho Superior do Ministério Público rever essa decisão local.
    Para quem acha que isso é raro, lembro que o promotor Marum também inocentou os hospitais psiquiátricos de Sorocaba em sua decisão local e ela foi reformada no Conselho Superior,  ou seja, que mandou a denúncia caminhar até chegar na Justiça.
    A conclusão é que ainda há muita água para rolar nesse caso.

    Leia mais
  • CPI das Obras atrasadas é tiro pela culatra e MP inocenta ex-prefeito: Bom, não foi por falta de aviso. Eu falei...

    Enviado em: 13/03/2014 16:07h - Por: Deda | Categoria: Política



    Quando o vereador Crespo caiu de cabeça no pote (expressão que demonstra ansiedade) e disparou para todo lado sobre a abertura da CPI das Obras Atrasadas, que tinha o objetivo de demonstrar atos ilícitos do ex-prefeito Vitor Lippi, eu falei para ele que seu objetivo poderia ter o efeito contrário, ou seja, que ao invés de incriminar Lippi ele daria um atestado de idoneidade ao ex-prefeito, de inocência. Minha afirmação foi feita durante entrevista que fiz com Crespo na rádio Ipanema. A conclusão do relatório da CPI não é a de inocentar Lippi, porém essa é a conclusão do Ministério Público.
    Com o fundamento de que faltam elementos que caracterizassem a prática de improbidade administrativa, o promotor Orlando Bastos Filho (foto) decidiu não levar as investigações adiante, ou seja, não entende que seja um caso de Justiça. Parou o processo, enfim, inocentou Lippi.
    Em seu parecer, Orlando Bastos destaca quatro possíveis atos irregulares: a denúncia de existência de cartel; o abandono da construção da ETE do bairro Aparecidinha e da CEI-73, além de pagamentos a maior realizado nessa mesma unidade. Para o promotor, a CPI não conseguiu comprovar a improbidade, chamando de "percalços infelizmente naturais e existentes em obras públicas e até particulares" os fatos relatados.
    Ainda conforme o parecer do MP, a Prefeitura comprovou, com planilhas, que não existem obras abandonadas e que, no curso da própria CPI, 16 foram concluídas, restando 27 em andamento, já com data de término. Mais adiante, Orlando Bastos Filho, afirma que "a improbidade administrativa é reservada ao administrador desonesto, que age com má fé, valendo-se do cargo para patrocinar enriquecimento ilícito. Não se pode dizer ser o prefeito desonesto, em virtude da depredação de um próprio realizada por maus cidadãos, sabendo-se que a Guarda Civil não consegue dar conta de proteger a todos".

    Leia mais
  • Começou funcionar o BRT em Belo Horizonte, tão comemorado na cidade. Mas a foto sobre o congestionamento monstro na capital mineira na capa do jornal Estado de Minas deixa em dúvida se o BRT é mesmo motivo de comemoração

    Enviado em: 12/03/2014 19:50h - Por: Deda | Categoria: Política



    A capa do jornal Estado de Minas (Belo Horizonte, MG) é didática: dentro do corredor por onde circula somente o BRT a via está totalmente livre; já na pista de automóveis aparece um congestionamento monstro.
    Diante disso, mais que nunca vale a pena participar da 2ª Audiência Pública de Mobilidade Urbana de Sorocaba agendada para esta sexta-feira (14/3/14), às 9h da manhã na Câmara Municipal de Sorocaba. Em debate o Plano Diretor de Mobilidade Urbana de Sorocaba. Devido à importância do tema para todos (vide a foto do jornal mineiro), no cenário atual e no futuro (propostas de BRT, VLT, Terminal Intermodal, Trem Regional Metropolitano, entre outras)  vale a pena saber o que as autoridades reservam como plano para a mobilidade de Sorocaba. 

    Leia mais
  • Consórcios fazem tour por trecho que BRT vai percorrer em Sorocaba

    Enviado em: 12/03/2014 19:48h - Por: Roberto Lombardi roberto@jornalipanema.com.br | Categoria: Política



    Na manhã desta quarta-feira (12) uma Van, com seis representantes de consórcios interessados em administrar o Bus Rapid Transit (BRT), em Sorocaba, saíram da Prefeitura e fizeram um tour pelos trechos em que o novo sistema de ônibus vai passar na cidade. No passeio, o Presidente da Urbes - Trânsito e Transportes, Renato Gianolla e o Secretário de Planejamento e Gestão, Rubens Hungria de Lara, explicaram cada pedaço do trajeto aos empresários.
    Segundo Lara, essa visita é importante, pois a entrega dos resultados dos estudos feitos por essas empresas devem ser entregues em 11 de abril. "É importante proporcionar para este pessoal, que está participando dessa Parceria Público-Privado (PPP), uma oportunidade, ao vivo, de conhecer a rota".
    Após uma parada, em frente à antiga garagem da empresa de Transporte Coletivo Sorocaba (TCS), o presidente da Urbes comentou sobre as intervenções que as obras irão exigir para a implantação do BRT. "Quando forem feitas as obras, as intervenções viárias precisam ser feitas com cuidado, A gente está propondo fazer em etapas, mas essas etapas afetam o tráfego de veículos. Algumas obras vão restringir o tráfego de carros particulares. É um pequeno transtorno, mas é para uma solução à frente".
    A meta, segundo Gianolla, para o projeto estar em pleno uso da população é meados de 2016. "A gente tem uma data de junho ou julho do último ano de governo. É a data que a gente já quer estar operando", finalizou.
    O BRT consiste na implantação e operação de rede de aproximadamente 35 quilômetros de corredores de transporte coletivo, nos quais se incluem as paradas e os terminais urbanos.
    Dentro dessa quilometragem, está traçado um plano com o trajeto que esses ônibus articulados irão fazer na cidade. "O eixo Norte/Sul começa na zona norte, na avenida Ipanema e avenida Itavuvu. Desce para a Hermelino Matarazzo e Comendador Oeterer. É o binário. Ele vai, passa pela região central, entra via Padre Luiz, Barão de Tatuí, e vai até a Antônio Carlos Cômitre na divisa com Votorantim. Já o trecho Leste/Oeste, pega Brigadeiro Tobias, avenida São Paulo, passa pelo centro, General Carneiro e depois Armando Pannunzio", comentou Gianolla, acrescentando que a avenida General Osório pode ser um plano de acesso também.
    Sobre o preço das passagens para o cidadão utilizar o BRT, Renato Gianolla disse que a ideia inicial é manter o mesmo valor das tarifas de ônibus comuns. "Embora o custo do BRT seja maior, a ideia é de se fazer uma tarifa única e integrada".

    Leia mais
  • Secretário de Desenvolvimento Econômica de Sorocaba celebra os 20 anos do Plano Real

    Enviado em: 12/03/2014 19:46h - Por: Deda | Categoria: Política



    O Brasil passa por momento político semelhante ao do lançamento do real, afirmou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) durante evento sobre os 20 anos do Plano Real, em São Paulo, nesta quarta-feira (12/3/14). Segundo ele, a sociedade brasileira espera por "mudanças profundas" que, para se concretizar atualmente, é preciso que o debate político não se reduza a "nós e eles". Quem assistiu a essa palestra e a outras com participações de economistas que formularam o Plano Real (Pedro Malan, ex-ministro da Fazenda, e os ex-presidentes do Banco Central (BC) Armínio Fraga, Gustavo Loyola e Gustavo Franco) foi o economista Geraldo Almeida, secretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Sorocaba. O evento aconteceu no Instituto FHC. 

    Leia mais
  • Gestor aponta falta de R$ 1 milhão em medicamentos na Santa Casa

    Enviado em: 12/03/2014 19:45h - Por: Deda | Categoria: Política



    O gestor da Santa Casa, médico Francisco Antônio Fernandes, disse aos vereadores da Comissão de Saúde da Câmara de Sorocaba que vários setores do hospital passam por inventários e que na farmácia, por exemplo, encontrou a falta de aproximadamente R$ 1 milhão em medicamentos: “O valor real de medicamentos a serem encontrados na farmácia era de R$ 2 milhões. No entanto, encontramos apenas R$ 1,1 milhão. Não houve roubos ou furtos de medicamentos, o que houve foi o mau gerenciamento por parte da antiga administração”, disse o gestor aos vereadores Fernando Dini (PMDB), Izídio de Brito (PT) e Pastor Apolo (PSB) na tarde desta quarta-feira (12/3/14).

    Leia mais
  • Nem todo sorocabano compreende a importância da cidade ser sede da seleção da Argélia. É o caso do prefeito Pannunzio oficializar um convite para que o embaixador da Argélia visite Sorocaba

    Enviado em: 11/03/2014 19:40h - Por: Deda | Categoria: Política


    Ainda paira no ar a dúvida sobre a vinda da seleção da Argélia para Sorocaba dirante o período em que estiver participando da Copa do Mundo do Brasil. A dúvida foi lançada pelo vice-presidente do Clube Atlético Sorocaba (que vai alugar seu Centro de Treinamento aos argelinos) durante visita do ministro dos Esportes Aldo Rebello e ganhou o mundo. A imprensa toda que cobriu o evento comprou o versão do dirigente. Uma rápida pesquisa no Google mostra que o tema mereceu destaque em todo tipo de publicação (da impressa ao blogs, da tradicional a recém-criada). Tomara que se concretize a vinda da Argélia.
    Na rádio Ipanema na manhã de hoje, ouvintes gravaram portais e claramente não têm a dimensão do que significa a vinda da Argélia para Sorocaba. Vou tentar ajudar esses ouvintes a alcançarem a dimensão deste fato:
    1º) Antes de mais nada é preciso ter a percepção de que a  Copa do Mundo é o maior evento privado do Planeta. A Fifa não pertence a nenhum governo, assim como a CBF no Brasil não é de nenhum governo.
    2º) Nenhum outro evento no Planeta atrai simultaneamente a atenção do Planeta. Os olhares do mundo se voltam a tal evento e por ser no Brasil, obviamente se voltam para cá.
    3º) Quando muitos olham ao mesmo tempo para um mesmo ponto, a chance de ser ver os defeitos e qualidades são ampliados de maneira exponencial
    4º) Uma cidade em expansão e que bus ca sua vocação para crescer com qualidade de vida, como é o caso de Sorocaba, fazer parte desta vitrine é fundamental. Quando, então, se é a sede regional de um grupo de cidades que atrai essa atenção, mais ainda se torna importante. Além de Sorocaba, Itu e Porto Feliz também são sedes de seleção. Campinas e São Paulo (ambas num raio de 100km também). Quem deseja investir, olha primeiro para onde sabe que existe estrutura.
    5º) Sediar a seleção da Argélia faz de Sorocaba (e toda a região) uma vitrine para o mundo. Por isso, receber bem essa seleção abre portas. Assim como fecha de receber mal
    6º) São esperados cerca de 3 mil argelinos entre turistas, delegação, autoridades e jornalistas no Brasil durante a Copa. Não se imagina que todos se concentrem em Sorocaba, mas nas cidades onde a Argélia vai jogar. Porém, claro que todo esse povo estará de olho na sede de onde ficarão os representantes do seu país.
    7º) Para quem argumenta que os benefícios seriam maiores a Sorocaba se aqui ficassem seleções mais tradicionais (Espanha e Itália, por exemplo, com fortes laços com a formação do sorocabano), lembro que não é a qualidade técnica do futebol que atrai os olhos para a cidade que sedia uma copa, mas a cidadania. Ou seja, não importa se é a melhor ou a pior, cada povo torce e vibra por sua seleção.
    8º) A Argélia (um pais que apenas na década de 60 ficou independente da França e tem em seu povo 99% muçulmanos, adeptos do islamismo, que seguem o Alcorão) é uma potência do presente, mas também um país do futuro cuja a economia está calcada na exploração do petróleo no momento, mas está aberto a um grande potencial para receber de tudo, inclusive turistas.
    9º) Os R$ 4 milhões pretendidos pelo Atlético são emprestados e, portanto, serão devolvidos. Que o Atlético se tranforme numa referência internacional e nacional para terminada a copa siga atraindo pessoas (turismo que é dinheiro de qualidade) a Sorocaba.
    10º) São apenas 32 seleções que estarão no Brasil entre mais de 200 que existem no mundo. Dos mais de 5 mil municípios do Brasil, Sorocaba é um dos escolhidos por uma dessas 32 seleções. Não é pouco. Ao contrário, é o atestado que (parafraseando Nelson Rodrigues) muitos sorocabanos sofrem do complexo de vira-latas. Acham que a grama do vizinho é mais verde. Não é. O sorocabano precisa resgatar sua autoestima.
     
    Para encerrar, lembro que em visita a Porto Alegre (cidade onde a Argélia vai jogar na Copa) semanas atrás, o embaixador da Argélia no Brasil, Djamel-Eddine Bennaoum, se reuniu com o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, no Palácio Piratini, para falar sobre questões que envolvem a Copa do Mundo. A seleção do país árabe vai enfrentar a Coreia do Sul no dia 22 de junho, no Estádio Beira-Rio. Segundo Djamel-Eddine, anunciou a intenção de ampliar as relações comerciais entre a Argélia e o estado do Rio Grande. "A perspectiva de nossa visita envolve a Copa do Mundo, mas também trouxemos a proposta de ampliar ainda mais o intercâmbio econômico, e vamos trabalhar muito para o estreitamento de nossas relações bilaterais", disse o embaixador. É o caso, sem dúvida, do prefeito Pannunzio oficializar um convite para que Djamel visite Sorocaba. Ou não?

    A foto é de uma praça típica da cidade de Argel, capital da Argélia.
     

    Leia mais
  • Prefeitura vai recorrer à justiça contra decisão dos vereadores de Sorocaba

    Enviado em: 11/03/2014 19:38h - Por: Deda | Categoria: Política


    Por 16 votos a 4, a Câmara de Sorocaba derrubou o veto do prefeito Pannunzio às 455 emendas apresentadas pelos vereadores ao projeto do Orçamento do município para 2014 que está em vigor desde 1º de janeiro. O líder do prefeito na Câmara, vereador José Francisco Martinez (PSDB) antecipou que o prefeito deve entrar com uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Para o prefeito, a maioria das emendas propostas ao Orçamento é inconstitucional ou compromete o equilíbrio fiscal do município ao não apontar fontes de recursos e por isso optou pelo veto total às emendas. Professores da rede municipal foram presionar os vereadores a derrubarem os vetos.

    Leia mais
  • Seis meses depois, funcionários do comércio fecham acordo de reajuste salarial

    Enviado em: 11/03/2014 19:37h - Por: Deda | Categoria: Política


    O Sindicato dos Empregados no Comércio de Sorocaba – (Sincomerciários Sorocaba) e o Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) fecharam a Convenção Coletiva de Trabalho 2013/2014 dos comerciários de Sorocaba. As negociações se arrastavam desde 1º de setembro de 2013, data-base da categoria. O reajuste será de 8,5%. O piso salarial da categoria é de R$ 870 para uma jornada de 40 horas por semana e abrange mais de 9 mil trabalhadores em Sorocaba (lojas de rua e em shoppings). Os comerciários receberão retroativo o valor reajustado de setembro do ano passado para cá.
    Ruy Amorim é o presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Sorocaba, já foi candidato a vereador (inclusive na última eleição), mas sempre fica na casa dos 2 mil votos, bem longe do necessário para se eleger.

    Leia mais
  • Prefeito faz palestra sobre democracia e cidadania

    Enviado em: 11/03/2014 19:36h - Por: Deda | Categoria: Política


    Pannunzio, prefeito de Sorocaba, fez na tarde desta terça-feira uma das coisas que mais gosta: falou. Parlamentar de carreira (esteve por quatro mandatos na Câmara federal), ele abordou o tema democracia e cidadania para oss alunos do curso de extensão da Uniso (Universidade de Sorocaba) na disciplina Formação Política. A extensão é uma prática acadêmica, integrada ao ensino e à pesquisa que articula a Universidade com a Sociedade e viabiliza o exercício da cidadania por meio da troca dos saberes acadêmicos e populares, favorecendo a função social da Universidade.

    Leia mais
  • Justiça de Sorocaba decide pela divulgação de quanto ganha cada funcionário público

    Enviado em: 10/03/2014 19:45h - Por: Deda | Categoria: Política


    No final da tarde de hoje (10/3/14), José Eduardo Marcondes Machado, juiz da Vara da Fazenda Púlica de Sorocaba, divulgou a sentença que trata de assunto interessante: fica decidida a divulgação dos vencimentos de cada funcionário público da Prefeitura de Sorocaba.
    A história é essa: A partir de julho/2013 a Prefeitura de Sorocaba passou a divulgar na internet ("Portal da Transperência") os valores dos salários de cada servidor municipal, atrelando os nomes aos respectivos salários. Em setembro de 2013 o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba, alegando risco à integridade dos servidores, ingressou com ação exigindo que o Município interrompesse a divulgação, e ainda pediu condenação por danos morais.
    O juiz José Eduardo Marcondes Machado indeferiu a liminar, especialmente porque na análise de casos idênticos de outros municípios o Supremo Tribunal Federal recentemente (2011), e por unanimidade, entendeu que a divulgação é possível e está em sintonia com a necessária transparência dos atos da administração pública.
    A decisão inicial do juiz da vara da Fazenda Púlica de Sorocaba foi cassada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo em dezembro, e com isso a divulgação foi proibida. Mas nesta segunda-feira o juiz julgou o mérito da causa e insistiu no entendimento inicial (que, repito, acompanha a instância máxima - STF).
    A questão é polêmica é há bons argumentos dos dois lados. Aparentemente seria desnecessário revelar o valor do salário de cada servidor nominalmente (bastaria revelar quanto se paga para cada cargo), mas a decisão do STF criou um novo paradigma de comportamento da administração pública e impôs um ônus a quem quer atuar no serviço público. O acórdão do STF é bastante convincente. Bom, pelo menos é assim que entendo. Mas em resumo, juridicamente há um conflito entre intimidade/privacidade do funcionário público e a transparência dos gastos da administração pública. O STF optou por garantir à sociedade o direito de conhecer como se gasta o dinheiro público.
    Me comprometo a transcrever detalhes da decisão em breve.

    Leia mais
  • Prefeito pede que ministro interceda pela internacionalização do aeroporto de Sorocaba

    Enviado em: 10/03/2014 19:44h - Por: Deda | Categoria: Política


    A Receita Federal,órgão ligado ao Ministério da Fazenda do governo Dilma, se mostrou contrário a internacionalização do Aeroporto Estadual de Sorocaba "Bertram Luiz Leopolz" e barrou todo o trâmite para que voos internacionais pudessem ser feitos em Sorocaba. Isso já tem sessenta dias, mas nesta segunda-feira (10/3/14) o prefeito Pannunzio voltou a fazer nova investida para reverter essa situação e protocolou um documento ao ministro dos Esportes, Aldo Rebello, solicitando sua intervenção neste processo. O argumento de Pannunzio diz respeito aos voos a serem realizados durante a Copa do Mundo, período no qual é esperada uma grande circulação de jatos executivos no local. Mas atende, de fato, aos principais donos de hangares do aeroporto sorocabano. Vale lembrar que está no aeroporto local um dos maiores centros de manutenção de aeronaves da América Latina e a internacionalização do aeroporto poderá diminuir em até R$ 30 mil na média o preço de cada manutenção de aeronave na cidade.
    O processo de internacionalização tem como defensor o economista e secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Geraldo Almeida, e empresários do setor, como Ari Bordieri. O Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo) é a favor da internacionalização e não tem a mesma compreensão da Receita Federal que usa a proximidade da cidade com o aeroporto de Viracopos (e a carência de servidores para atender às necessidades do novo status aeroviário) como empecilhos.

    Leia mais
  • Prefeito protocola pedido de novas unidades do Centro de Iniciação ao Esporte para Sorocaba

    Enviado em: 10/03/2014 19:42h - Por: Deda | Categoria: Política


    O Centro de Iniciação ao Esporte é um programa do Ministério dos Esportes e tem o objetivo de ampliar a oferta de infraestrutura de equipamento público esportivo qualificado, incentivando a iniciação esportiva em territórios de alta vulnerabilidade social das grandes cidades brasileiras. O Ministério do Esporte desenvolveu a concepção do Centro de Iniciação ao Esporte no âmbito da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Em Sorocaba, um desses centros está sendo implementado no Habiteto, na visita de Aldo Rebello nesta segunda-feira o prefeito Pannunzio pediu mais dois um para Brigadeiro Tobias e outro para o Jardim Tulipa.

    Leia mais
  • Dirigente do Atlético faz terror sobre vinda da Argélia; ministro minimiza xororô

    Enviado em: 10/03/2014 19:40h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vice-presidente do Atlético Sorocaba, Waldir Cipriani, marcou a visita do ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, ao Centro de Treinamento  Fazenda Ipê - sede do clube sorocabano -, nesta segunda-feira (10/3/14) pelo terror sobre a vinda da Argélia ao local durante a Copa do Mundo: "Se os recursos não vierem, o risco da Argélia não vir é muito grande". Cipriani refere-se a um empréstimo de R$ 4 milhões pedido ao Desenvolve SP, agência de desenvolvimento estadual, para auxiliar nas obras. O empréstimo foi aprovado, mas a liberação deve ser feita nesta semana. O ministro dos Esportes não caiu no xororô de Ciprini e amenizou a situação, dizendo que os riscos são mínimos. Próximo aos jornalistas, Aldo Rebelo ligou para o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Julio Francisco Semeghini, pedindo para que fosse agilizada a aceitação no pedido de empréstimo. A expectativa é de que o recurso seja liberado até esta sexta-feira (14).

    Leia mais
  • Corregedor-geral do Município de Sorocaba concede entrevista ao O De Da Questão na TV

    Enviado em: 10/03/2014 19:39h - Por: Deda | Categoria: Política


    O corregedor-geral do Município de Sorocaba, o advogado Gustavo Portela Barata Almeida, foi meu entrevistado no programa “O De Da Questão na TV” (Canal 23 da NET, na TVR) que vai ao ar às 22h nesta quarta e quinta (dias 11 e 12 de março de 2014). Ele fala sobre o seu papel na administração, afirma que nenhum dos seus atos deixou o prefeito Pannunzio de cabelo em pé até o momento e que não encontrou até agora nada que demonstre corrupção ou algum tipo de benefício a algum agente público. Mas, ele deixa o alerta: é um trabalho que está só no começo. Fica o convite para assistir a entrevista. Vale a pena.
    Por outro lado, o vereador José Crespo (DEM) divulgou nota no final da tarde hoje informando que ele visitou o corregedor-geral do Município de Sorocaba, o advogado Gustavo Barata na Sala da Corregedoria, localizada no térreo do Palácio dos Tropeiros e “levou algumas denúncias”. Só isso. Lacônico. Nenhuma informação a mais.

    Leia mais
  • Professor Flaviano deixa o Nuplan e assume a Secretaria de Habitacao da Prefeitura de Sorocaba. Pannunzio acaba de bater o martelo nessa decisao apos conversa com ele. Anuncio oficial sai as 16h

    Enviado em: 07/03/2014 14:19h - Por: deda | Categoria: Política

    Leia mais
  • Até junho, cenário de destruição da Arena Multiúso fica intocável

    Enviado em: 06/03/2014 20:02h - Por: Deda | Categoria: Política


    Toni silveira, secretário de Mobilidade, Desenvolvimento Urbano e Obras da Prefeitura de Sorocaba se reuniu hoje com os membros da Comissão Especial de Esporte para Acompanhamento das Obras da Arena Multiúso da Câmara de Vereadores e disse que os laudos para saber as causas do acidente ocorrido com a cobertura da Arena Multiúso em Sorocaba terá três diferentes laudos. Um será feito pelas empresas responsáveis pelos pré-moldados, outro pela responsável da estrutura metálica da arena e um terceiro pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) que será contratao pela Prefeitura de Sorocaba. O convênio para se contratar o IPT deve ser assinado em 15 dias. Somente após esses laudos é que a empreiteira já poderá reiniciar as obras. Ou seja, se tudo correr dentro dos trâmites planejados, pelo menos até junho, cenário de destruição da Arena Multiúso fica intocável.
    Um detalhe da reunião de hoje: O secretário de Obras ainda detalhou os gastos que a construção do complexo esportivo já tinha consumido. Do total de R$ 14.174.456,90, já haviam sido utilizados R$ 8.030.712,19 e ainda estava em trâmite um aditivo financeiro de R$ 3.342.339,29 (23,28% do total) que não estava concretizado.
    O presidente da Comissão é o vereador Fernando Dini (PMDB) e os outros integrantes são: Anselmo Neto (PP), Antônio Carlos Silvano (SDD), Carlos Leite (PT), Marinho Marte (PPS), Pastor Apolo (PSB), Rodrigo Manga (PP), Saulo do Afroart´s (PRP) e Waldecir Morelly (PRP).

    Leia mais
  • Prefeito recebe petistas que anunciam datas das audiências públicas sobre a Região Metropolitana de Sorocaba

    Enviado em: 06/03/2014 20:01h - Por: Deda | Categoria: Política


    As audiências públicas que debaterão o Projeto de Lei Complementar nº 1 /2014, que cria a Região Metropolitana de Sorocaba, ocorrerão nos dia 17 e 24 de março na Câmara Municipal de Sorocaba e na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, respectivamente. A informação foi passada pelo deputado estadual Hamilton Pereira (PT) durante reunião com o prefeito de Sorocaba, Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), hoje (6/3/14). O prefeito Pannunzio confirmou presença nas audiências e lembrou a luta do pela criação da Região Metropolitana de Sorocaba: “Desenvolvimento só é bom se for para todos. Se a região metropolitana for eficiente, Sorocaba tem muito a ganhar e os demais municípios que a integrarem também", afirmou.

    Leia mais
  • Vereador lança proposta de criar comissão de parlamentares para implantação de Orçamento Impositivo em Sorocaba

    Enviado em: 06/03/2014 20:00h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador Francisco França (PT) propôs hoje (06/03/14), durante a plenária da Câmara Municipal, a criação de uma comissão de vereadores para estudar a implantação do Orçamento Impositivo na cidade de Sorocaba. A proposta seria baseada no mecanismo do Orçamento Impositivo Federal, aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pela presidente Dilma Rousseff no final de dezembro de 2013, que obriga o governo a pagar integralmente as emendas parlamentares (neste caso, recursos orçamentários que deputados e senadores destinam para suas bases eleitorais). Para França, o Orçamento Impositivo no município de Sorocaba ajudaria a agilizar serviços e execuções de melhorias públicas na cidade. A proposta formal sobre a criação desta comissão está sendo elaborada pelo vereador França, que deverá apresentar à Câmara, já nos próximos dias, o referido requerimento.

    Leia mais
  • Vereador cobra informações sobre novo traçado da malha ferroviária e pede sua retirada do centro de Sorocaba

    Enviado em: 06/03/2014 19:59h - Por: Deda | Categoria: Política


    A luta para a retirada da malha ferroviária do centro de Sorocaba está viva. Em requerimento encaminhado ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) o vereador José Francisco Martinez (PSDB) levanta questionamentos sobre o projeto que estabelece um novo trajeto para a circulação de trens no município. O parlamentar lembra que a proposta de novo contorno ferroviário de Sorocaba foi criada pelo Município, em parceria com a América latina Logística (ALL) e a empresa Acciona Engenharia, que produziu o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental do empreendimento (EVTEA). Afirma ainda que o levantamento contempla três opções de instalação de um novo sistema ferroviário, partindo do porto de Santos em direção ao mato Grosso do Sul, desviando o transporte por trem do perímetro urbano de Sorocaba. “Quando isso acontecer parte do gargalo de mobilidade do município será resolvida, além de eliminar os conflitos causados pela presença da linha férrea nos bairros”, explica Martinez. O vereador pergunta, entre outras coisas, em que fase o novo projeto se encontra e qual o trâmite previsto, bem como do tempo estimado para a sua conclusão. “O novo traçado deverá dar nova dinâmica ao sistema de transportes público do município, já que as linhas desativadas podem ser usadas para a instalação do sistema de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), argumentou também José Francisco Martinez.

    Leia mais
  • CPI da Saúde entrega relatório e constata a desorganização do serviço municipal de saúde

    Enviado em: 06/03/2014 19:58h - Por: Deda | Categoria: Política


    O relatório final da CPI da Saúde foi entregue pelos membros na sessão ordinária desta quinta-feira (6/3/14) da Câmara de Sorocaba cumprindo os prazos previstos no Regimento Interno da Câmara. Em 180 dias, a CPI realizou mais de 30 oitivas, além de inúmeras visitas aos serviços de saúde. Devido à importância do tema e aos pontos pendentes, a comissão será reaberta. “O relatório foi conclusivo, porém provisório, pois precisamos de mais 90 dias”, explicou o presidente Izídio de Brito (PT) que leu trechos do documento e fez comentários das conclusões. Izídio de Brito afirmou que a CPI constatou a desorganização do serviço municipal de saúde e destacou que a grande dificuldade da comissão foi quanto à resposta dos requerimentos, que extrapolaram, em muito, o prazo e ainda ao conteúdo destas respostas que deixaram a desejar.

    Leia mais
  • Ponte ganha aparelho para medir nível do rio Sorocaba

    Enviado em: 06/03/2014 19:56h - Por: Deda | Categoria: Política


    O nível do rio Sorocaba mediante chuvas será monitorado, a partir de agora, por uma estação hidrológica localizada na ponte Francisco Delosso. O equipamento instalado na tarde desta quinta-feira (6/3/14) é resultado de um convênio com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). De acordo com a coordenação da Defesa Civil de Sorocaba, a nova estação hidrológica dará condições da adoção de medidas preventivas visando à tranquilidade e a segurança do cidadão, seja no que diz respeito ao trânsito – com fechamento de vias e desvio de tráfego, seja quanto ao atendimento daquelas pessoas que vivem nas áreas de alagamento ou proximidades do rio. É uma forma de identificar as vulnerabilidades e planejar as ações com antecedência.

    Leia mais
  • Ministério da Saúde autoriza o repasse de mais de R$ 5.5 milhões para Sorocaba

    Enviado em: 06/03/2014 19:54h - Por: Deda | Categoria: Política


    O dinheiro será usado para a implementação dos pontos de atenção da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). O recurso deve colaborar para o desenvolvimento do processo de desinstitucionalização das pessoas internadas.A transferência dos recursos será dividida em três parcelas de R$ 1.860.363,50 e o repasse começou em fevereiro. A Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) preconiza o atendimento a pessoas com sofrimento ou transtorno mental e com necessidades decorrentes do uso de álcool, crack e outras drogas. A RAPS é formada por sete componentes: Atenção Básica em Saúde, Atenção Psicossocial Especializada, Atenção de Urgência e Emergência, Atenção Residencial de Caráter Transitório, Atenção Hospitalar, Estratégias de Desinstitucionalização e Reabilitação Psicossocial.

    Leia mais
  • Vereador tem sua estréia na Câmara adiada

    Enviado em: 06/03/2014 19:53h - Por: Deda | Categoria: Política


    O documento com a portaria de exoneração do cargo de secretário de Habitação da Prefeitura de Sorocaba não chegou a tempo na Câmara de Vereadores e, com isso, Hélio Godoy (PSD), o vereador mais votado em 2012, não fez sua estréia no Poder Legislativo. Com a exoneração do cargo da Prefeitura, Godoy assume o seu cargo de vereador (que exerceu por apenas um dia, na posse) e tira da Câmara o suplente, Waldomiro de Freitas.

    Leia mais
  • Investe São Paulo empresta R$ 4 milhões para Atlético preparar centro de treinamento para a vinda da seleção da Argélia. Ministro vem vistoriar o local

    Enviado em: 05/03/2014 20:37h - Por: Deda | Categoria: Política


    A Investe São Paulo, a Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade do Estado de São Paulo, responsável pela atração de empresas nacionais e internacionais, liberou na sexta-feira (28/2/14) o empréstimo de R$ 4 milhões ao Clube Atlético Sorocaba. O dinheiro deverá ser aplicado no CT (Centro de Treinamento) da equipe e aplicado na construção de uma cozinha que atenda as necessidades da seleção da Argélia que escolheu Sorocaba para se preparar para seus jogos durante a Copa do Mundo. Além disso o CT precisa de uma piscina para o relaxamento dos jogadores, um campo com o mesmo tipo de grama que será usado pela Argélica em seus jogos e uma academia de ginástica de ponta. Durante entrevista a Alexandre Moretto, que foi ao ar na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na manhã de hoje (5/3/14), o dirigente do Atlético Waldir Cipriani (foto) não sabia da liberação do empréstimo e cobrava maior empenho do prefeito Pannunzio. Cobrança desnecessária uma vez que o dinheiro jpá estava empenhado. Na entrevista a Moretto, Cipriani revelou que Aldo Rebello, ministro dos Esportes, estará no CT do Atlético na próxima segunda-feira para fazer vistoria e ver o andamento das bras. O contrato entre a Argélia e o Atlético deverá ser firmado no dia 5 de abril e a seleção chegar a Sorocaba em maio.

    Leia mais
  • Saída de secretário da Habitação fica centrava apenas na tese política

    Enviado em: 05/03/2014 20:34h - Por: Deda | Categoria: Política


    O zumzumzum de que a saída de Hélio Godoy (PSD) da pasta de Habitação estaria relacionada a uma investigação do corregedor geral da Prefeitura, Gustavo Barata, na pasta e que envolvia um funcionário que já teria deixado a pasta há mais de um mês não passou de um zumzumzum. Quem disse isso foi o próprio corregedor na última sexta-feira durante entrevista ao Jornal da Band FM. Ele foi categórico em afirmar que a saída de Hélio da pasta não tem relação alguma com o seu trabalho na corregedoria da Prefeitura. Essa afirmação apenas reforça a tese de que a saída de Hélio está unicamente ligada a incompatibilidade do seu PSD (de Kassab candidato a governador e de apoio a Dilma) com o PSDB (de candidato à reeleição Alckmin e do candidato Aécio). Tenho tentado levar o corregedor Barata a coluna O D Da Questão da rádio Ipanema. Provavelmente isso aconteça na próxima segunda-feira. 

    Leia mais
  • Vereador mais votado em 2012 faz sua estréia na Câmara de Sorocaba

    Enviado em: 05/03/2014 20:32h - Por: Deda | Categoria: Política


    A novidade na sessão desta quinta-feira (6/3/14) da Câmara de Sorocaba é a presença de Hélio Godoy (PSD) que até semana passada desempenhou o papel de secretário de Habitação do governo Pannunzio. Ele foi o vereador mais votado na eleição de 2012 com quase 8 mil votos e ocupa a sua vaga de direito que estava sendo desempenhada pelo suplente Waldomiro de Freitas, que é obrigado a deixar o cargo com a volta do titular.
    Hélio faz sua estreia neste mandato (ele já foi vereador nas últimas duas legislaturas anteriores) na 9ª sessão ordinária do ano da Câmara. O compromissos de hoje dos legisladores  é o de votar quatro vetos do Executivo a projetos dos vereadores e matérias remanescentes de sessões anteriores. Em seguinda, após a sessão ordinária, novas sessões extraordinária convocadas pelo presidente da Casa, Claudio do Sorocaba I (PR) vão deliberar e votar dois projetos do Executivo que autoriza a Prefeitura a celebrar convênio com a Fundação Dom Aguirre, mantenedora da Universidade de Sorocaba (Uniso) para a execução da lei que instituiu o Sistema Municipal Saúde Escola no valor de R$ 1,184 milhão para o programa de residência multiprofissional nos serviços municipais de saúde. Em seguida os vereadores apreciam o Projeto de Lei nº 74/2014, que dispõe sobre concessão de subvenção mensal às entidades beneficentes que desenvolvem programas e projetos na área de educação. O repasse referente ao período de janeiro a dezembro de 2014 já está previsto no Orçamento Municipal e representa cerca de R$ 580 mil mensais.

    Leia mais
  • Na Câmara, prefeito ganha um novo opositor? Acreditem, pode ser que não. E tudo por causa de uma história de um gato com rabo de palha

    Enviado em: 28/02/2014 16:57h - Por: Deda | Categoria: Política


    O óbvio a partir de tudo o que disse Hélio Godoy ao deixar o governo Pannunzio é de que ele ao assumir o seu cargo na Câmara (Waldomiro de Freitas volta a ser suplente) atue na oposição. Mas isso pode não acontecer e a explicação me foi dada através de uma metáfora: “no sítio, onde não tem televisão, os caboclos se juntam em volta da fogueira para colocar os assuntos em dia e quando alguém coloca um rabo de palha num gato é certo que mais cedo ou mais tarde esse rabo vai encostar na fogueira e pegar fogo.” Ou seja, para evitar problemas há dois caminhos: 1) não se deve deixar colocar um rabo de palha. 2) se o rabo de palha já está na pessoa, cabe a ela não rodar em torno da fogueira. Numa livre tradução minha o que entendi é seguinte: Hélio Godoy tem rabo de palha e se criar problemas em plenário a Pannunzio estará brincando com fogo e... vai se queimar. 

    Leia mais
  • Quero lembrar a vocês que andar a 120km/h numa cidade é fora da lei e no meu governo não admito que nenhum funcionário ande fora da lei, afirma prefeito

    Enviado em: 28/02/2014 16:55h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Pannunzio criou a figura do corregedor municipal (desempenhada pelo advogado Gustavo Barata) cuja a função é fiscalizar atos, atuações e ações de todo e qualquer funcionário público municipal. E em uma de suas assertivas, o corregedor teria alertado ao prefeito Pannunzio que a secretária de Habitação teria se transformado em uma imobiliária. A dimensão dessa afirmação demonstra primeiramente um problema, afinal a função de uma secretaria está longe de ser a de uma imobiliária. E por fim demonstra também que Hélio Godoy estava fazendo algo que o prefeito desaprova. O que? Não tenho a menor ideia, mas tive certeza de que isso é verdade a partir da reação do prefeito Pannunzio durante entrevista que ele concedeu na manhã desta sexta-feira (quando já estava nos jornais a afirmação de Godoy de que ele trabalha a 120km/h e o governo Pannunzio está só a 20km/h). O prefeito disse: “quero lembrar a vocês que andar a 120km/h numa cidade é fora da lei e no meu governo não admito que nenhum funcionário ande fora da lei”.

    Leia mais
  • Vereador mais votado em 2012 mostra habilidade política em sua exoneração

    Enviado em: 28/02/2014 16:54h - Por: Deda | Categoria: Política


    Não sei os reais motivos que levaram Pannunzio a demitir Hélio Godoy (leia a postagem “Quero lembrar a vocês que andar a 120km/h numa cidade é fora da lei e no meu governo não admito que nenhum funcionário ande fora da lei”, afirma prefeito). Mas sei que eles se entenderam no começo da noite de quarta-feira e ficou acertado entre Pannunzio e Godoy que a decisão de deixar o governo seria de Hélio Godoy e que ela seria tornada pública somente hoje (28/2/14) e que o argumento seria político, afinal Hélio é do PSD e o PSD tem como candidato a governador Kassab (adversário de Alckmin) e apoia Dilma para presidente. Ou seja, como a disputa eleitoral entra em sua fase de definições, seria “normal” que Hélio do PSD deixasse o governo de Pannunzio do PSDB. Mas ao antecipar sua saída, dizer que foi demitido e que não pediu para sair ele se colocou como vítima desse processo (ele enfatizou nas entrevistas, cujo a sua versão foi comprada por toda a imprensa da cidade de imediato, que foi demitido, que ele trabalha a 120km/h e o governo Pannunzio está só a 20km/h). Godoy demonstrou habilidade política e deixou a impressão de que o prefeito Pannunzio o usou na campanha e agora o está descartando. Conversei com dezenas de pessoas hoje e é essa a veersão que estpa colando. 

    Leia mais
  • Pai de assessor me escuta no rádio e fica curioso

    Enviado em: 28/02/2014 16:50h - Por: Deda | Categoria: Política


    Na noite de quarta-feira bastante por acaso eu soube da exoneração de Hélio Godoy e como jornalista quis anunciar tal fato (ainda era sigilo). Para issso telefonei ao colega de rádio Ipanema, Paulo Roberto Júnior, comandante da equipe Ipa e Bola, que naquele momento estava no ar transmitindo ao vivo o jogo entre São Bento e Ferroviária, no CIC. Expliquei a ele o que ia anunciar e de imediato ele me chamou até a cabine número 20 do estádio municipal. Se passavam dos 30 minutos de jogo do 2º tempo (por volta das 21h30) e quando ia anunciar recebi um pedido para segurar a informação, afinal ela seria revelada somente hoje (leia a postagem Vereador mais votado em 2012 mostra habilidade política em sua exoneração). Assim fiz, mas como já havia sido chamado para o ar com Paulo Roberto fui vago na informação dizendo que a chance de mudanças era enorme tanto no secretariado de Pannunzio quanto na Câmara. O pai de um assessor do prefeito Pannunzio estava ouvindo a transmissão do jogo e quando o filho chegou em casa queria saber em primeira mão do que se tratava. Na quinta-feira, na Câmara, Godoy revelou o que era fato desde quarta. Na foto, estou eu e Hélio Godoy na gravação da entrevista que fiz com ele no canal 23 da Net, a TVR.

    Leia mais
  • Secretário estava no gabinete quando foi chamado pelo prefeito

    Enviado em: 28/02/2014 16:48h - Por: Deda | Categoria: Política


    Na quarta-feira, por volta das 18h, o prefeito Pannunzio pediu para ssua assessoria chamar Hélio Godoy para exonera-lo. Hélio não atendia ao celular e nem ao telefone de sua secretaria. Mas o guarda informava que ele devia estar no Palácio dos Tropeiros, afinal o seu carro (CRV Honda) estava no estacionamento. Um assessor da secretaria de Governo, então, desceu até o gabinete e encontrou Godoy lá e deu o aviso de que o prefeito queria falar com ele. O assessor não tinha a menor idéia do que estava para acontecer e se atreveu a brincar com Godoy. Quando soube do que se tratava, o assessor ficou chateado. Aprendeu a lição de que quando lhe é creditada uma missão, ela deve ser cumprida. Só isso. Sem qualquer tipo de tom que possa dar uma ideia errada sobre suas intenções.

    Leia mais
  • Quem é o secretário demitido por Pannunzio?

    Enviado em: 28/02/2014 16:47h - Por: Deda | Categoria: Política


    Hélio Godoy (PSD) foi um dos fatores decisivos na eleição para prefeito de Sorocaba em 2012. Quando convencido pelo ex-prefeito Vitor Lippi decidiu apoiar o então candidato Pannunzio levava nesse apoio apenas a promessa de uma boa votação. Acabou sendo o mais votado com mais de 7 mil votos. Mas foram os 40 segundos do seu partido, então recém-fundado, que equilibraram o jogo no tempo do horário eleitoral gratuito de rádio e TV entre os tucanos e o PMDB. No final, sem dúvida, este foi um dos fatores que ajudou a definir o vencedor. Eleito Pannunzio, coube ao PSD indicar um secretário no governo Pannunzio e este secretário foi Hélio Godoy, o vereador mais votado cujo a plataforma de campanha foi a da regularização fundiária (dar a posse da terra a quem mora em casa não regulamentada por lei). A construção de casas populares de interesse social, na média de 45 metros quadrados, foi uma promessa de campanha de Pannunzio e Hélio deu sua contribuição para que em quatro anos a cidade ganhe perto de 5 mil dessas moradias.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba está com excelente saúde financeira, afirma secretário Aurílio Caiado. Ou seja, não falta dinheiro

    Enviado em: 26/02/2014 18:54h - Por: Deda | Categoria: Política


    Cumprindo o que determina a legislação, a Prefeitura de Sorocaba apresentou as contas do 3º Quadrimestre de 2013 em audiência pública realizada na manhã desta quarta-feira, 26, na Câmara Municipal de Sorocaba. A audiência foi convocada pela Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e Parcerias da Casa que é presidida pela vereadora Neusa Maldonado (PSDB) e formada também por José Francisco Martinez (PSDB) e Anselmo Neto (PP).
    Os dados das finanças do município foram apresentados pelo secretário da Fazenda, Aurílio Sergio Costa Caiado; pelo diretor-geral do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), Adhemar José Spinelli Júnior; e pela presidente da Funserv, Ana Paula Fávero Sakano. São todos eles aparecem na foto, na mesa da Câmara.
    Segundo o secretário Aurílio Caiado, o município está com uma “excelente saúde financeira”, com uma receita primária em 2013 de R$ 1,798 bilhão e uma despesa primária de 1,584 bilhão, com um superávit de R$ 126,6 milhões. Já a meta para o resultado nominal, segundo o secretário, contava com a redução de R$ 20,1 milhões, porém a redução foi de R$ 106,6 milhões. Aurílio Caiado enfatizou que houve uma expansão de 13,86% da receita do município (que passou de R$ 1,579 bilhão, em 2012, para R$ 1,798 bilhão, em 2013), mas sem que houvesse nenhum aumento de imposto.
    Ou seja, não falta dinheiro.

    Leia mais
  • Por quê ex-prefeito quer arquivar relatório da CPI do Sorocaba Total?

    Enviado em: 26/02/2014 18:53h - Por: Deda | Categoria: Política


    O relatório final da CPI do Sorocaba Total, que aponta diversas irregularidades na administração das obras de ampliação do sistema viário da cidade e cujas as irregularidade são negadas por Vitor Lippi, foi apresentado na Câmara, mas ainda não votada.  O presidente da comissão, o vereador Irineu Toledo (PRB), explica que o próximo passo será encaminhar o documento ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas. São nesses órgãos que são tomadas as medidas judiciais cabíveis. Ai fica a pergunta: Por quê ex-prefeito quer arquivar relatório da CPI do Sorocaba Total? Se não tem nada a temer, Lippi deveria ser o primeiro a desejar que o relatório vá à Justiça. Nada como ter essa chancela do judiciário de que não cometeu nenhum deslize para não dizer crime de improbidade como explicou o relator Anselmo Neto.

    Leia mais
  • Líder estudantil sorocabano pode dar nome à comenda de Direitos Humanos e Defesa da Liberdade e da Democracia

    Enviado em: 26/02/2014 18:52h - Por: Deda | Categoria: Política


    Em março de 2014, serão completados 41 anos da morte de Alexandre Vannucchi Leme (sobrinho de Aldo Vannucchi, reitor emérito e idealizador da Uniso), líder estudantil sorocabano assassinado em 1973, aos 22 anos, no período da ditadura civil-militar. Projeto do vereador Carlos Leite (PT) quer homenagea-lo com a criação de uma comenda. Para isso são necessários que dois terços dos vereadores sejam favoráveis ao projeto e então fica instituída a Comenda "Alexandre Vannucchi Leme" de Direitos Humanos e Defesa da Liberdade e da Democracia, a ser concedida a personalidades sorocabanas que sejam referência social na área dos direitos humanos e da defesa da liberdade e da democracia. O projeto, protocolado no dia 11 deste mês, aguarda a inclusão na Ordem do Dia para ser votado em plenário e já recebeu pareceres favoráveis da Secretaria Jurídica e da Comissão de Justiça.

    Leia mais
  • O MP já se debruçou, faz tempo, sobre troca de hidrômetos e aferição de ar nas ligações de água, informa Orlando Bastos Filho

    Enviado em: 26/02/2014 18:49h - Por: Deda | Categoria: Política


    Via Twitter, o promotor público de justiça, Orlando Bastos Filho, informa: “Alguns esclarecimentos  sobre troca de hidrômetos  e aferição de ar nas ligações de água,  temas em debate nos últimos dias. Sobre troca de hidrometro,  já em 2011 movemos ação civil pública.  Para o MP, os hidrometros mais precisos, só para alguns, colocava esses consumisores em posição pior em relação aos demais, uma quebra de igualdade. Até troca total, dever-se-ia cobrar com base nos menos precisos. A ação, contudo, não logrou amparo no judiciário,  que achou tudo certo cobrarem-se valores diferentes por consumo absoluto igual. Para o ar, existe acordo judicial com o Saae, que autoriza utilizar equipamentos corretivos, desde que atestados, e que não mascarem consumo. Havendo dúvida,  se resolve por meio de perícia externa. É viável,  pois, atendidas as condições,  instalar aparelho para não pagar ar. O MP, portanto, já se debruçou,  faz tempo, sobre essas relevantes questões.”
    Na foto, o vereador Carlos Leite assopra um hidrômetro que seria mais sensível (ou seja torna a conta mais cara) aos que são usados hoje em grande parte dos bairros da cidade.

    Leia mais
  • Sorocabana é novamente destaque em reportagem. E eu assino embaixo e digo que ela deveria entrar na política

    Enviado em: 25/02/2014 17:34h - Por: Deda | Categoria: Política


    A revista Forbes Brasil fez uma lista de 30 empreendedores que estão abaixo dos 30 anos e têm revelado iniciativa, criatividade e talento. Com espírito jovem, rara motivação e abertura para o novo, sobre eles repousa um novo modelo para o futuro. Entre os destaques, está Alessandra França, 28 anos, presidente do Banco Pérola. Ela já foi entrevistada em Ns publicações, mas me encantou vê-la no programa “Provocações” de Abujamra na TV Cultura. Me encantou vê-la, ao vivo, sendo sabatinada pelo empresário J.Hawilla, na sede do Grupo Traffic, em São Paulo. Na época ainda era editor-chefe do Bom Dia Sorocaba e Alessandra foi mostrar um modelo de negócio possível para a venda de jornais. Não foi pra frente o que pretendíamos por conta do jornal e não dela. Alessandra deve ser incentivada a entrar na política. Sorocaba precisa de novas lideranças e ela desempenha esse papel com a naturalidade que o futuro exige. Tomara que se anime e se mantenha limpa. Eu confio.
    Enfim, como está na Forbes, “Alessandra lidera uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) que concede empréstimos de pequeno valor (em média, R$ 3 mil), a juros baixos, para jovens empreendedores. Se neste ponto você pensou no bengalês Muhammad Yunus – Prêmio Nobel da Paz de 2006, criador do primeiro banco especializado em microcrédito –, acertou: foi a leitura da biografi a dele que inspirou Alessandra a abrir sua instituição em 2009”.

    Leia mais
  • CPI do Sorocaba Total responsabiliza ex-prefeito: A quantidade é diferença do remédio e do veneno

    Enviado em: 25/02/2014 17:29h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador e relator da CPI do Sorocaba Total, Anselmo Neto (PP) afirma: “Não temos nada pessoalmente contra o ex-prefeito Vitor Lippi, simplesmente é uma questão de que tudo o que foi colocado na CPI só corroborou para concluirmos que o dinheiro (R$ 90 milhões) foi empregado, mas não foram concluídos os viadutos planejados e as avenidas duplicadas”. E o presidente da CPI, Irineu Toledo (PRB), já deu sinais que assim que for votada o relatório dessa CPI, vai abrir outra para novas conclusões sobre o mesmo tema. Lippi usa redes sociais, chama coletiva de imprensa e telefona aos vereadores com que tem amizade para afirmar que não fez nada errado e nem foi omisso. A verdade é que na ânsia de pegar o ex-prefeito, os vereadores correm o risco de fazê-lo de vítima. A quantidade é diferença do remédio e do veneno. Esse embate entre oposição e situação virou discussão e a CPI do Sorocaba Total travou a votação do relatório final que foi lido nesta terça-feira (25/2/14).

    Leia mais
  • Votação dos 322 vetos ao orçamento 2014 sai de pauta

    Enviado em: 25/02/2014 17:28h - Por: Deda | Categoria: Política


    A Associação dos Professores da Rede Municipal de Ensino se mobilizou para levar integrantes até a Câmara Municipal de Sorocaba com o  objetivo de pressionar os vereadores a derrubarem os vetos do prefeito Pannunzio a Lei do Orçamento 2014 aprovada em dezembro passado. Mas o esforço foi em vão. Os vereadores ficaram presos ao debate sobre a CPI do Sorocaba Total. Caberá ao presidente do Legislativo sorocabano, Cláudio do Sorocaba 1, decidir quando coloca em pauta a votação desses vetos. Na prática, se passaram 55 dias com este orçamento valendo. Rejeitar os vetos só terá significa político, afinal, em linhas gerais, o orçamento municipal serve para estabelecer o planejamento do Município em curto prazo (exercício financeiro – 1° de janeiro a 31 de dezembro), discriminando as ações, projetos e atividades que a Administração pretende realizar com o dinheiro público. Pretende... Portanto não está obrigada. Ou seja, se os vetos forem derrubados não significa que o prefeito vá fazer o que as emendas pedem.

    Leia mais
  • Ex-secretário mente em sua argumentação sobre a mortalidade infantil

    Enviado em: 20/02/2014 19:03h - Por: Deda | Categoria: Política


    “A afirmação do Biazotto sobre a mortalidade infantil  é mentirosa. O grande declínio da mortalidade infantil em Sorocaba aconteceu no governo do Renato Amary quando o Vitor Lippi era secretário da saúde. Até hoje a mortalidade infantil continua em 2 dígitos em Sorocaba sendo que melhor índice da cidade foi o de 2012 com a marca de 11,6 mortes por cada mil crianças nascidas na cidade. O dado de 2013 ainda não foi divulgado. Mas como se vê a situação da cidade segue em 2 dígitos”.
    Recebi essa mensagem e ela não teria a importância que tem se o autor dela não tivesse um peso muito grande em toda a sociedade sorocabana, particularmente a médica. Sabendo desse peso e do impacto que teria se revelasse o seu autor, e obviamente para preservar fonte tão importante minha, decidi fazer uma consulta nestes termos: “vou publicar em meu blog esta sua mensagem e levarei para a coluna na rádio. Posso?”
    A resposta que recebi é esta: “Eu preferiria que não, pois pode parecer que eu estou jogando contra o governo, o que não é verdade. O Vitor avançou muito em vários setores os índices  sociais em Sorocaba, principalmente nas áreas de educação e meio ambiente com a criação de ciclovias, parques,mas não na área de saúde. De maneira nenhuma quero que minha correção nos dados da mortalidade infantil pareça algum tipo de ataque. Escrevi apenas para sua informação e da sociedade sorocabana, pois não acho correto deixar uma informação incorreta numa área tão importante. O Vitor sempre quis atingir este indicador de um dígito na mortalidade infantil e apoiou várias estratégias. Ele se preocupava bastante com isto, mas infelizmente não fez as mudanças necessárias na área de saúde. Se você puder apenas informar que o Biazotto está equivocado em relação à mortalidade infantil, sem me citar, eu preferiria, pois apesar de eu ter de fazer algumas críticas continuo gostando bastante do Vitor e não quero que ele possa eventualmente se sentir traído por essa minha correção. Escrevi como mensagem por ser  uma informação importante”.
    Assim, com esta postagem, conto o fato que é importante dessa história e preservo a minha fonte. A verdade é que a ânsia de Biazotto em defender o governo Vitor Lippi (leia postagem anteriores) apenas escancarou um pouco mais as arestas existentes entre pessoas que claramente gostam do ex-prefeito, mas reprovam a sua relação com o antigo secretário. Mais ainda, o ataque de Biazotto deixou muitas pessoas próximas ao prefeito Pannunzio irritadas com ele e com Lippi também. Muita gente que considerava enterrada a relação de Lippi com Biazotto descobriu que ela está bem viva.

    Leia mais
  • O Parque Tecnológico de Sorocaba é importante para o futuro da cidade, mas essa compreensão ainda não existe

    Enviado em: 20/02/2014 19:01h - Por: Deda | Categoria: Política


    Um leitor meu, Clóvis Oliveira, fez o seguinte comentário quando contei que o prefeito Pannunzio passeou de bicicleta no Parque Tecnológico de Sorocaba: “Puxa, que bom, agora sabemos qual a utilidade do Parque Tecnológico, além de cabide de emprego para ex-prefeito...”
    Essa mensagem me deixa claro que se Pannunzio tivesse nomeado Lippi para outro cargo, o sorocabano teria outra ideia do parque. Como o ex-prefeito não dissociou o parque de sua atividade de candidato (usa o parque como vitrine de sua atuação como homem público e recebe dezenas de políticos e presidentes de associação de bairro no local) é justo que o cidadão comum tenha essa visão de que o parque é apenas um cabide de emprego. Não é.  O Parque Tecnológico de Sorocaba é importante para o futuro da cidade.
    E a visita que aproximadamente cinco mil alunos da rede municipal estão fazendo no local, onde irão conferir de perto a exposição do artista plástico uruguaio, Juan Muzzi (criador da bicicleta usada por Pannunzio) é um marco na vida delas. É um elemento de estímulo. Assim foi comigo. Me lembro quando ainda estava no chamado parquinho, na Vila Santana, e fui numa excursão ao recinto da antiga Fapis. Hoje tenho a consciência de que aquela visita me deu a informação (que só captei mais tarde obviamente) da dimensão do mundo.
    Em abril o ex-prefeito deixa o O Parque Tecnológico. Tomara que um técnico assuma o local e não mais um político. Esse será o primeiro passo para que o sorocabano também comece a ter a dimensão da sua importância para o nosso futuro.

    Leia mais
  • Atos de fazer justiça pelas próprias mãos avançam. Mas este é um equívoco sem tamanho

    Enviado em: 20/02/2014 19:00h - Por: Deda | Categoria: Política


    Depois de casos de ônibus incendiados em São Paulo e Fortaleza, agora é a vez de ocorrência similar acontecer na vizinha Tatuí onde populares incendiaram dois ônibus após morte de jovem que trocou tiros com a polícia.
    Fatos como esse, aliados a outros, deram fama à jornalista Raquel Sherazade do Jornal do SBT. Ela tem externado em seus comentários o que é o pensamento de uma classe significativa da sociedade brasileira, ou seja, de que diante da falência de nossas instituições (governo, polícia, justiça...) é até compreensível que seja feito justiça pelas próprias mãos, ou seja, que um jovem assaltante seja capturado e agredido, seja amarrado em um poste em praça pública, seja enjaulado e espancado numa grade. Essa regressão é um desrespeito à civilização.
    Ninguém discorda de que os dados são alarmantes: 26 assassinatos a cada 100 mil habitantes. 80% de inquéritos de homicídio arquivados. Um Estado omisso. Uma polícia desmoralizada. Uma Justiça falha. Um governo cínico... Mas atitudes de "vingadores" não são compreensíveis.
    O cidadão de bem que passa por cima da lei se torna um bandido quando agride outra pessoa, mesmo que essa pessoa também seja fora da lei. Atacar bandidos não é legítima defesa, é crime. A solução só tem um caminho: o das urnas. Não ignore a política. Não ignore os políticos. Cobre-os. Tire quem está há anos na mesma cadeira. Exija mudança. Mas na lei. Não existe justiça pelas próprias mãos. 

    Leia mais
  • Prefeito e dois secretários passeiam de bicicleta no Parque Tecnológico

    Enviado em: 19/02/2014 19:14h - Por: Deda | Categoria: Política


    A Agência de Desenvolvimento e Inovação (Inova Sorocaba) assinou nesta quarta-feira (19) um termo de cooperação técnica com o Instituto de Tecnologia Flextronics (FIT) para instalar um laboratório de prototipagem industrial, desenvolvimento de software e serviços de certificações no Parque Tecnológico de Sorocaba. No local está instalada uma exposição de objetos tecnológicos, entre elas uma bicicleta feita com plástico e derivados reciclados de 12 quilos (similar a que aparece na foto). Pannunzio não resistiu à tentação e, mesmo de terno e gravata, pedalou pelo ambiente. Rodrigo Maldonado (secretário chefe de gabinete) e Yabiku (secretário de Esportes) também pedalaram. O convênio entre a Inova e o Fit prevê a cooperação tecnológica abrangendo atividades de pesquisa, desenvolvimento e serviços científicos e tecnológicos, formação e treinamento de recursos humanos, absorção e transferência de tecnologias e aprimoramento e otimização de processos produtivos e outras iniciativas de interesse comum.

    Leia mais
  • Provedor da Santa Casa espera o momento para se manifestar

    Enviado em: 19/02/2014 19:12h - Por: Deda | Categoria: Política


    Procurei, mais uma vez, o provedor da Santa casa, José Antônio Fasiaben, para que ele conceda uma entrevista sobre este primeiro mês longe da gestão da irmandade. Mas o recado que ele me mandou é de que ainda não é hora. A verdade é que Fasiaben sente-se desamparado por companheiros de loja maçônica neste que é o momento mais difícil da sua vida pública.

    Leia mais
  • Prefeito visita Santa Casa e convida imprensa para (re)conhecer instalações

    Enviado em: 19/02/2014 19:11h - Por: Deda | Categoria: Política


    A requisição (intervenção na prática) da Santa Casa de Sorocaba por parte da Prefeitura completou um mês e nesta quinta-feira o prefeito Pannunzio vai visitar o local e conceder uma coletiva de imprensa. Certamente vai convidar os profissionais de jornalismo para visitarem as instalações. O prefeito está mais do que convencido de que tomou a decisão certa.

    Leia mais
  • Sorocabano vai a jantar no Palácio do Jaburu em Brasília

    Enviado em: 19/02/2014 19:06h - Por: Deda | Categoria: Política


    “Não chegou a ser visita de médico, mas Dilma Rousseff saiu da confraternização do PMDB no Palácio Jaburu, sem jantar, cerca de uma hora e meia depois de ter chegado. Aloizio Mercadante e Ideli Salvatti, claro, foram embora com a chefe. Dilma posou para fotos com boa parte dos setenta prefeitos do PMDB de São Paulo presentes (...)” Este é o texto de Lauro Jardim, na Veja.com, na coluna Radar On Line. Presente no jantar, Renato Amary (que será coordenador regional da campanha a governador de Paulo Skaf) não fez foto ao lado de nenhum petista.
    No Facebook, Amary foi econômico em suas palavras: “Boa tarde. Na noite de segunda-feira participei no Palácio do Jaburu, em Brasília, de um jantar oferecido pelo vice-presidente da República, Michel Temer, aos prefeitos do PMDB de São Paulo e aos líderes da nossa legenda. O jantar também contou com a presença da presidente Dilma Rousseff, de ministros, parlamentares federais e estaduais e do presidente da Fiesp, Paulo Skaf. Na foto estou com Arlon Viana; o presidente estadual do PMDB, deputado Baleia Rossi; nosso líder Michel Temer; minha esposa Meg; e Paulo Skaf. Um encontro de altíssimo nível onde a política foi o prato principal.”

    Leia mais
  • Prefeito falta na solenidade de passar o bastão de cidade educadora para Santo André

    Enviado em: 18/02/2014 19:18h - Por: Deda | Categoria: Política


    Sorocaba recebeu hoje (18/2/14), dez das catorze cidades que integram a Rede Brasileira de Cidades Educadoras para discutir a escolha da nova coordenadora para o Brasil do programa (que ficou para Santo andré) e definir uma pauta de ações a serem desenvolvidas entre as cidades brasileiras, além da próxima cidade que receberá a exposição itinerante "Cidades Educadoras: Ações Locais, Valores Globais". O encontro foi aberto pela vice-prefeita e secretária de Desenvolvimento Social, Edith Maria Di Giorgi que falou em nome do prefeito Pannunzio. E isso foi assunto. Pelo menos entre a turma que começou o conceito de cidades educadoras. O que disseram foi que Vitor Lippi mudava o que fosse na agenda para estar presente nessas reuniões e Pannunzio na primeira chance que teve se ausentou. 

    Leia mais
  • Se você quer dar idéias para melhorar o transporte em Sorocaba, a hora é agora

    Enviado em: 18/02/2014 19:15h - Por: Deda | Categoria: Política


    Termina nesta sexta-feira (21) o prazo para o envio de sugestões, perguntas e opiniões sobre a primeira apresentação do Plano Diretor de Transporte Urbano e Mobilidade realizada pela Urbes – Trânsito e Transportes no dia 07 de fevereiro. As sugestões serão compiladas e, no dia 14 de março, às 9h, durante a segunda audiência, na Câmara Municipal, serão apresentadas, discutidas e validadas. As principais diretrizes que norteiam a elaboração das propostas do futuro Plano Diretor de Transporte Urbano e Mobilidade da cidade foram apresentadas no dia 7 para diversos segmentos da sociedade durante uma audiência pública realizada no auditório da Fundação Ubaldino do Amaral.

    Leia mais
  • Projeto Vai Lá começa ciclo de apresentações teatrais em Sorocaba

    Enviado em: 18/02/2014 19:14h - Por: Deda | Categoria: Política


    Aprender a importância da preservação da natureza por meio do teatro, da educação e de atividades lúdicas é a proposta do projeto Planeta Água que em cartaz no Parque dos Espanhóis, em Pinheiros, apresenta a peça "Estórias da Natureza" a estudantes da Rede Pública Municipal. O evento, que terá 28 apresentações, com duas sessões por dia até o dia 13 de março, atenderá a 4.200 crianças de 8 a 10, numa parceria entre a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Educação (Sedu) e seu projeto "Escola Viva", e o Instituto Defenda Sorocaba (IDS). Também participam da iniciativa as pastas de Cultura (Secult), Meio Ambiente (Sema) e Esporte e Lazer (Semes). O projeto Vai Lá é da agência Tabu e a realização do Instituto Defenda Sorocaba é possível graças a Lei Rouanet, a Belini Cultural e o patrocínio da Disal.

    Leia mais
  • Fique de olho no seminário de economia criativa, vale a pena

    Enviado em: 18/02/2014 19:13h - Por: Deda | Categoria: Política


    Para quem acha que carrego a tinta nas críticas ao que o prefeito Vitor Lippi deixou e o prefeito Pannunzio está corrigindo em sorocaba, vou destoar completamente agora com esta nota. Entre os vários assuntos que o presidente do Parque Tecnológico de Sorocaba tratou na entrevista que foi ao ar segunda-feira na rádio Ipanema, um deles (e que não foi dito no microfone, mas apenas no café da rádio) merece atenção. Trata-se de um seminário de economia criativa que acontecerá nos dias 27 e 28 de março no Parque Tecnológico. Lippi entusiasma-se quando trata do assunto e com razão, afinal o futuro passa pela criatividade. Deixando à parte o fato de que este seminário será a despedida dele da presidência do parque, já que deixa o cargo no dia 4 de abril para concorrer na próxima eleição, vale a pena se ligar num seminário desta espécie. Consulta informal de Lippi feitas nas universidades de Sorocaba quando ele vai proferir uma palestra indica que 80% dos jovens querem ser empreendedores. Uma parcela quer ter um emprego convencional e outra menor um emprego público. Que sejam apenas próximos da realidadeesses números, eles dizem muita coisa.

    Leia mais
  • Fura-fila na saúde é ignorado pelos vereadores

    Enviado em: 18/02/2014 19:12h - Por: Deda | Categoria: Política


    Como argumento para abrir uma nova CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Saúde, os integrantes da CPI que apurou irregularidades e problemas no atendimento público à saúde em Sorocaba prometem entregar um relatório preliminar das investigações durante a sessão ordinária de amanhã. Pelo que apurei, o famoso caso do “Fura-Fila da Saúde” (onde pedidos dos vereadores eram priorizados pela Secretaria da Saúde da Prefeitura e que é alvo de investigação do Ministério Público) nem de leve é mencionado. Muitas críticas para a demora no atendimento.

    Leia mais
  • Quando a sorte e o azar viram assuntos entre os sorocabanos – Parte 5: O homem é dono do que cala e escravo do que fala. Quando Biazotto me fala sobre Lippi, sei um pouco mais da relação do ex-secretário com o ex-prefeito

    Enviado em: 17/02/2014 19:18h - Por: Deda | Categoria: Política


    Sigmund Freud (1856–1939), o pai da psicanálise, é autor da afirmação: “O homem é dono do que cala e escravo do que fala. Quando Pedro me fala sobre Paulo, sei mais de Pedro que de Paulo...” O título de minha postagem, o leitor já percebeu, é um neologismo que uso de Freud para responder a Biazotto.
    Aliás, começo com uma correção e outra revelação.
    A correção é sobre a afirmação de Biazotto de que eu fiz parte do governo do ex-prefeito Renato Amary. Não fiz. Eu fui chefe de gabinete da deputada estadual Maria Lúcia Amary quando ela era casada com Renato. Eu fui coordenador executivo da campanha eleitoral que levou Lippi a ser eleito em 2004. Eu fiz parte da equipe de transição do governo Renato para Vitor. Eu fiz parte da equipe de confiança direta de Lippi desde o primeiro dia de seu mandato, em 2005, a ponto de participar das reuniões de secretariado mesmo não sendo secretário (o que aconteceu apenas em maio daquele ano).
    A revelação é a seguinte: como pessoa muito próxima de Lippi naquele momento (início do primeiro ano do primeiro mandato de Lippi), ao lado do também ex-secretário Marcelo Lomelino (um profissional brilhante que tinha muito a contribuir com o governo e principalmente com a sociedade), eu fui um assessor que insistiu muito para que Lippi chamasse para próximo de si Maurício Biazotto Corte. Naquele momento Biazotto era um funcionário do segundo escalão e chegou à Prefeitura a convite do ex-secretário das Finanças de Votorantim, José Vicente, que virou secretário da Administração de Lippi por sugestão de Luiz Leite, homem forte do governo de Renato Amary. Por muitos meses eu tive uma relação profissional com Biazotto. Por algumas vezes fomos almoçar juntos. Por muitas vezes trocamos ideias por telefone. Essa relação minha e dele acabou por decisão de Biazotto. Eu era editor-chefe do jornal Bom Dia (deixei a Prefeitura por minha iniciativa para assumir esse cargo onde fiquei de setembro de 2005 a outubro de 2012) e conversava muito com ele. Aliás, como conversava e converso ainda hoje com os mais diferentes políticos e agentes públicos das mais diversas tendências ideológicas. Quando ocorreu a Operação Pandora fiz o que manda o dever de ofício, ou seja, noticiei. Dei de manchete do jornal o caso e os seus desdobramentos. Desse dia em diante Biazotto nunca mais me atendeu. Nunca ouvi dele uma resposta para fim o dessa nossa relação de fonte-jornalista. Ainda no Bom Dia quis entrevista-lo. Ao longo do ano passado, já na rádio Ipanema, tentei por três vezes uma entrevista com ele, sendo que em uma delas por meio da esposa de Biazotto. Neste ano, através de uma jornalista que é amiga de Biazotto e minha conhecida, fiz novamente novo convite e, de novo, ele se recusou a falar.
    Diante dessa correção e revelação, na qual entendo que localizei quem são os personagens envolvidos nesta história, entro no mérito e respondo as afirmações de Biazotto:
    O que quero com o O D Da Questão é provocar quem tem poder. É revelar o que está escondido. É saber mais o que acontece nos bastidores do poder e compartilhar esse conhecimento com a sociedade. Ter Biazotto como leitor e defensor de Lippi revela a mim e a sociedade muito mais do que tudo o que possa escrever ou provocar. Lippi é dono do silêncio (o que cala), mas escravo de quem fala (Biazzotto). Se parasse por aqui e essa fosse a última postagem deste blog já teria alcançado o objetivo de quando tive a ideia de cria-lo. Minha missão, a de contar o que está escondido, teria se cumprido. Quando Biazotto pergunta a serviço de quem eu estou, isso revela que ele é alguém que está a serviço de alguém. Eu estou a serviço da sociedade. Quando provoco Lippi sobre fatos e com a nomenclatura herança maldita faço isso deliberadamente, sabendo que minha afirmação ajuda a sociedade a refletir sobre o que eu digo (muitos poderão concordar e outros muitos discordar) e faz com que quem está no poder (Pannunzio) se cale ou se pronuncie ou quem anteceu a quem está no poder (Lippi) se exponha. E ao fazer isso, entendo, levo o cidadão a construir hoje a cidade que ele quer para o futuro. Desejo ajudar o eleitor a tomar sua decisão. Nunca quis e abomino quem quer tomar decisão pelo eleitor. Há anos digo que esta frase, atribuída a Voltaire (posso não concordar com uma palavra que diga, mas defenderei até o fim o direito de dizê-la), é meu lema de vida. E novamente a reafirmo aqui. No que depender de mim, todos que queiram dizer algo sempre terão espaço para dize-la. Sou do diálogo (dia=dois) + logo (razão). Sou lógico.
    Para terminar, como não poderia deixar de ser, duas novas provocações: o leitor observou no final do texto de Biazotto que ele afirma que Pannunzio poderia fazer tudo o que faz sem alarde (assim como Lippi fez em relação a Renato Amary). E observou também que Biazotto afirma que Lippi fez Pannunzio prefeito. Fez? É... Freud tem razão: “O homem é dono do que cala e escravo do que fala...” 

    Leia mais
  • Quando a sorte e o azar viram assuntos entre os sorocabanos – Parte 4: Vitor Lippi afirma que Biazotto saiu em sua defesa por iniciativa própria, que só fala com ele em datas natalícias e que não faz encontros políticos com seu ex-secretário

    Enviado em: 17/02/2014 19:17h - Por: Deda | Categoria: Política


    A rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) deu início na manhã de hoje a uma série de entrevistas com os ex-prefeitos de Sorocaba e o primeiro a ocupar a bancada foi Vitor Lippi. Tive a oportunidade de ser um dos entrevistadores e a chance de perguntar qual a relação de Lippi com Biazotto. O ex-prefeito disse que é de amizade e que o encontra apenas em datas natalícias. Enalteceu as qualidades profissionais de Biazotto que segundo Lippi está trabalhando em uma multinacional européia com filial em São Paulo e passa a maior parte do tempo fora de Sorocaba. Lippi também informou que não mantém nenhum tipo de relação profissional ou política com Biazotto e que foi uma iniciativa pessoal dele se manifestar em meu blog. Lippi disse que não tem nada há ver com o que Biazotto escreveu, nem com sua manifestação e não sabia o que ele havia escrito.

    Leia mais
  • Quando a sorte e o azar viram assuntos entre os sorocabanos – Parte 3: Biazotto, ex-secretário de Vitor Lippi, se irrita com minha postagem e parte para o ataque para defender o ex-prefeito

    Enviado em: 17/02/2014 19:16h - Por: Deda | Categoria: Política


    Em resposta a postagem “Quando a sorte e o azar viram assuntos entre os sorocabanos – Parte 2” (o leitor pode ler abaixo o que eu disse), Mauricio Biazotto Corte resolveu se manifestar. Ele parte para o ataque contra mim com o intuito de defender Lippi.
    Para quem não lembra quem é Biazotto, eu faço aqui uma pequena retrospectiva de sua figura pública: Biazotto terminou o primeiro mandato do ex-prefeito Vitor Lippi em posição de destaque no governo e era tido como o braço direito de Lippi no início do segundo mandato. Ele foi todo poderoso até se envolver no caso que ficou conhecido como Operação Pandora, que investigou um esquema de corrupção para a concessão de alvarás de postos de combustíveis em Sorocaba. Biazotto era um dos acusados e foi absolvido. De acordo com o juiz Jayme Walmer de Freitas essa absolvição foi uma decisão técnica pois a Justiça que teve que desconsiderar as provas obtidas por escutas telefônicas, que foram anuladas pelo Superior Tribunal de Justiça. Com isso, tudo que foi investigado pelo Ministério Público na Operação Pandora foi desprezado na sentença que absolveu oss réus dessa operação policial.
    Leia a íntegra do que diz Biazotto:
    “Novamente, me preocupa quando um jornalista tem bandeira, mesmo estando na condição de se colocar como neutro por sua condição, é importante dizer que durante os 16 primeiros meses do governo Lippi ocorreram importantes amarras que estavam vinculados ao compromisso de fidelidade que existia entre o sucessor e o anterior, ao final deste período e livre de compromissos, empreendeu-se um mandato jamais visto em Sorocaba (avaliação da população), no qual Sorocaba foi elevada à condição de referência em vários segmentos:
    1. Pela primeira vez se chegou a índices de mortalidade infantil inferiores a dois dígitos.
    2. Implementou-se mais de 40 centros de inclusão digital – Sabe Tudo.
    3. Promoveu-se o maior número de vagas em creches (insuficientes para atender a toda a demanda) mas foi o maior número da história de Sorocaba.
    4. Construiu-se escolas municipais dotadas de teatro e promoveu-se a abertura das mesmas a comunidade.
    5. Criou-se o programa prefeito no bairro aproximando a população do processo de decisão da cidade e orientando as intervenções da prefeitura para as reais necessidades do cidadão.
    6. Implementou-se o programa plenárias de Participação cidadã, nas quais o cidadão tinha a oportunidade de propor ações no orçamento, sendo que a média de sugestões acatadas e implementadas foram superiores a 75%.
    7. Foram implementadas as Oficinas do Saber espaço dedicado a ampliar as atividades escolares de forma dirigida, proporcionando acesso à cultura e lazer aos jovens em idade escolar de nossa cidade.
    8. Implementou-se o maior programa de ciclovias do país.
    9. Disponibilizou-se bicicletas públicas para o cidadão sem custo para o mesmo e integradas ao sistema de transporte público.
    10. Qualificou a cidade de Sorocaba como referência na área de meio ambiente.
    11. Mais que duplicou orçamento do município saindo de aproximadamente R$ 530 milhões para R$ 1.2 bilhão e quase 2 bilhões ao final do segundo mandato.
    12. Implementou-se o maior programa de mobilidade urbana do estado de São Paulo, através do Programa Sorocaba Total.
    13. Foram implementadas 5 casas do cidadão integradas aos terminais de transferência promovendo a descentralização dos serviços da prefeitura levando a prefeitura mais próxima do cidadão, incluindo vários serviços do Estado.
    14. Foram criados 5 terminais de transferência o que possibilitou uma maior integração e facilidade de acesso e mobilidade urbana.
    15. Proporcionou-se o acesso a moradia digna para milhares de pessoas, suprindo grande parte do déficit habitacional dos vários anos anteriores nos quais nada ou quase nada foi feito.
    16. Se olharmos criticamente somente se conseguiu o dinheiro para a despoluição do Rio Sorocaba (na forma de empréstimo final de 2004) mas toda a implementação do processo de despoluição se deu no governo Lippi.
    17. Entre vários outros programas que tornaram Sorocaba uma cidade moderna pautada por duas grandes agendas de desenvolvimento Cidades Saudáveis e Educadora.
    Está constante de “herança maldita” poderia ter sido feita pelo jornalista quando integrava o governo anterior e tinha conhecimento de todos os problemas herdados da gestão do prefeito anterior ao Lippi, e que foram sendo superados sem alarde durante todo o primeiro ano e que foi totalmente superado no início do segundo ano. Portanto, pergunto novamente que interesses estão por trás desta ânsia em descontruir um governo que terminou o mandato com um índice de aprovação superior a 80% de ótimo e bom, que conseguiu eleger seu sucessor e que até hoje, se avaliado será visto como um dos melhores e prósperos anos da história de Sorocaba. Pode-se dizer que algumas coisas ficaram por fazer, mas em que cidade perfeita vive o jornalista, no qual todas as coisas foram feitas por um único governo?
    Mauricio Biazotto Corte”
     

    Leia mais
  • Ex-presidente coloca sob suspeita o interesse de ex-secretário da Câmara em projeto de verba para entidades

    Enviado em: 14/02/2014 17:46h - Por: Deda | Categoria: Política


    O projeto que repassa dinheiro público da Prefeitura de Sorocaba para entidades assistenciais (geralmente ONGs) foi retirado de pauta na sessão da Câmara de quinta-feira. O vereador Luis Santos (Pros) lamentou a retirada do projeto da pauta e afirmou que o adiamento da votação irá prejudicar as entidades que vêm encontrando dificuldades. Mas para sustentar sua argumentação afirmou que o líder do prefeito (vereador Martinez que era o presidente da Casa até o final do ano passado, quando Luís Santos era o 1º secretário da Mesa) não estava tendo a mesma agilidade neste projeto do que tem quando o assunto é o repasse de verba para o Carnaval. Não foi a primeira vez que Luís Santos, que é pastor, fala que Martinez defende os interesses dos carnavalescos. Martinez se irritou e afirmou que Luís Santos é presidente de uma ONG e tem interesse direto no repasse de verba para entidade. O pastor negou, mas de imediato Martinez disse que a esposa dele é sim presidente de uma entidade e que ele está sob suspeita para votar nesse projeto e ainda desafiou Luís Santos a provar que não tem interesse pessoal no projeto de repasse de verba para entidades. Por fim, Martinez afirmou que é melhor dar dinheiro para que se tenha carnaval em Sorocaba  do que pular com o dinheiro público. Não é pouco o que disse Martinez. Aliás, colocar um colega sob suspeita, como fez Martinez, exige uma investigação para que a verdade venha à tona. Na foto, de dezembro de 2012, Martinez e Luís Santos foram juntos até o gabinete do então prefeito Lippi entregar um cheque de mais de R$ 2,3 milhões referente a economia dos gastos da Câmara naquele ano.

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba esteve duas vezes nesta semana em São Paulo e certamente não foi para ouvir do governador que Arnaldo Antunes e Crioulo vão ser os destaques da Virada Cultural em Sorocaba

    Enviado em: 14/02/2014 17:44h - Por: Deda | Categoria: Política


    Não foi apenas na terça-feira que o prefeito Pannunzio esteve em São Paulo quando teve audiência com o secretário da Habitação, Sílvio Torres, que está de saída da pasta para concorrer a deputado federal. Na tarde de quinta-feira o prefeito  de Sorocaba foi convidado a estar no Palácio dos Bandeirantes na cerimônia de apresentação da programação da Virada Cultural Paulista que acontece em Sorocaba nos dias 24 e 25 de maio. A princípio apenas Jaqueline Gomes, secretária da Cultura de Sorocaba, estaria no evento. Mas Alckmin fez um convite especial a Pannunzio e ele foi. Conversaram em particular por quase meia hora. Certamente Alckmin queria dizer alguma coisa além do que dizer que Arnaldo Antunes e Crioulo vão ser os destaques da Virada em Sorocaba. Mas não descobri o que.

    Leia mais
  • Levará um ano e meio para adaptar linha da ALL para o transporte de passageiro no perímetro urbano de Sorocaba

    Enviado em: 14/02/2014 17:42h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Pannunzio não escondeu de ninguém quando, há um ano, foi procurado pela direção da empresa de trem ALL revelando que havia o interesse da empresa de retirar o tráfego de trens da área que corta Sorocaba. Mas até agora nada indica que haverá agilidade neste sentido. Quarta-feira passada, fora do ar, ainda na rádio Ipanema onde foi dar entrevista na coluna O D Da Questão, o prefeito me disse que a ALL tirando seus trens da área central ele vai precisar de um ano e meio para adaptar os trilhos para o transporte de passageiros. O problema é que é uma decisão federal a retirada dos trens da ALL. O que pode acelerar essa retirada é a  iminente fusão entre ALL com a empresa Rumo, que formaria uma gigante no setor de ferrovias e logística. Na foto, trem e ônibus trafegam pela rua Souza Pereira, altura da ponte da rua 15, no centro de Sorocaba.

    Leia mais
  • Ex-diretores do CHS teriam embolsado R$ 9 milhões em esquema de corrupção

    Enviado em: 14/02/2014 17:40h - Por: Deda | Categoria: Política


    A jornalista Rosimeire Silva, com exclusividade em reportagem publicada pelo Cruzeiro do Sul desta sexta-feira, informa que o “Ministério Público do Estado de São Paulo ajuizou nesta semana, na Vara da Fazenda Pública de Sorocaba, ação cível de improbidade administrativa e enriquecimento ilícito contra quatro pessoas suspeitas de envolvimento em fraudes em processos licitatórios, pagamentos de plantões, e compras irregulares de mercadorias no Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS). O esquema foi denunciado em junho de 2011, a partir de investigações realizadas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), juntamente com o Grupo Antissequestro de Sorocaba (GAS). Três dos citados como réus na ação são os ex-diretores da instituição Antônio Carlos Nasi, Heitor Consani e Ricardo José Salim, além do ex-coordenador de Serviços da Saúde de São Paulo, Ricardo Tardelli. Segundo o promotor de Justiça Orlando Bastos Filho, autor da ação, os quatro acusados foram apontados pela investigação, que ficou conhecida como Operação Hipócrates, como os chefes do sistema fraudulento que ocorria na instituição hospitalar desde 2008. Na ação, o promotor pede que os acusados devolvam ao erário público uma quantia total equivalente a R$ 9 milhões, referentes aos contratos e pagamentos irregulares de plantões realizados durante o funcionamento do esquema. Os valores foram apurados durante a Operação Hipócrates, a partir das provas imputadas nas investigações e que serão utilizadas na ação de improbidade administrativa e enriquecimento ilícito”.
    Apenas no começo da madrugada de hoje o promotor de justiça Orlando Bastos Filho usou o twitter para revelar que a ação foi ajuizada. A foto de três anos atrás mostra o final da investigação do GAS e Gaeco.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba abre mão de assumir clubes endividados; empresário não esconde alegria com a decisão

    Enviado em: 13/02/2014 18:07h - Por: Deda | Categoria: Política


    Quatro projetos foram aprovados em definitivo nas sessões extraordinárias realizadas na tarde desta quinta-feira (13/2/14), após a 4ª sessão ordinária, na Câmara de Sorocaba. Entre eles o projeto de Lei n. 35/2014 que dispõe sobre a recuperação de créditos inscritos em Dívida Ativa de clubes e instituições esportivas mediante instrumentos de incentivo ao Esporte, Cultura e Educação. A proposta é que os devedores com mais de R$ 50 mil em débitos com a Fazenda do Município de Sorocaba possam saldar suas dívidas através da cessão de suas dependências físicas para utilização do Município ou execução de projeto sociocultural. Quem não escondeu sua alegria com este projeto foi o empresário José Carlos Morais que locou por 20 anos o Estádio Rui Costa Rodrigues (Clube do Estrada) pelo projeto Craque do Amanhã/JC Morais. No começo de 2012, o empresário JC Moraes firmou a parceria com o Estrada, efetuando melhorias no velho e querido estádio da rua Aparecida, 176, Santa Rosália, como a pintura de arquibancadas e do alambrado. 

    Leia mais
  • Filme de alunos sorocabanos é escolhido melhor curta do Brasil sobre Lei Maria da Penha

    Enviado em: 13/02/2014 18:05h - Por: Deda | Categoria: Política


    Não foi pela participação popular, mas foi pelo julgamento oficial, técnico, que o filme "Anistia", produzido e estrelado por professores e alunos da Escola Municipal "Leonor Pinto Thomaz", foi escolhido o melhor trabalho do 2°Concurso de Curta Documentário Sobre a Lei Maria da Penha, promovido pela Procuradoria da Mulher da Câmara de Deputados e do Senado. Depois de concorrer com outros 34 vídeos criados por estudantes de todo país, a obra sorocabana tornou-se o representante da região Sudeste do Brasil. A premiação acontece no próximo mês, em Brasília-DF e, além de ter custeadas as despesas com a viagem de dois representantes à capital brasileira, a escola ganhará dois tablets.
     
    No filme, de quase cinco minutos, mulheres que marcaram a história da humanidade desde sempre – Eva, Maria Madalena, Joana D'Arc, Olga Benário, Pagu e Angela Diniz, entre outras – retratam a opressão e a violência com que foram tratadas. Ao mesmo tempo em que discute o assunto em épocas distintas, a história mostra adolescentes, jovens e mulheres em situações muito atuais, numa representação da dura e triste realidade que bate à porta das pessoas com uma frequência quase que assustadora.
     
    A produção do curta envolveu muitas discussões entre os estudantes e muita pesquisa de época, para entendimento, inclusive, do funcionamento das respectivas sociedades.
     
    Segundo a professora de História, Milene Martinez, essas discussões acerca de questões cotidianas no ambiente escolar são uma prática constante e o resultado disso é a formação de jovens muito mais conscientes de suas responsabilidades e de seus direitos. E isso ficou patente no roteiro e narrativa do vídeo, onde a crítica ganhou uma enorme força com o uso de acessórios e falas bem marcadas.
    Participaram do curta os estudantes Renata Marques, Gabriela Campos, Beatriz Cassar, Arthur Cassar, Grazi Mariano, Matheus Beluzzi, Matheus Barbosa, Carol Souza, Raffaela Cutschera, Jéssica Vendramini orientados professoras Milene Martinez e Eliane Shimomura, de História, e Renata do Monte Vecina, de Língua Portuguesa. No filme ainda faz uma participação especial a professora de Língua Portuguesa da "Leonor Pinto Thomaz", Carmem Castilho. "Estamos muito felizes. Nosso trabalho foi reconhecido", comentou Milene.
    Para assistir ao filme, clique: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ujFL2R7wxhI

    Leia mais
  • Ouvinte questiona prefeito sobre falta de medicamentos e é orientada a procurar Prefeitura; vereador afirma que problema é generalizado e não isolado

    Enviado em: 13/02/2014 18:04h - Por: Deda | Categoria: Política


    Uma ouvinte gravou um portal de voz na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na manhã de quarta-feira (12//2/14) ao prefeito Pannunzio questionando sobre a falta de medicamento de alto custo para o tratamento da sua filha. O prefeito a orientou a ouvinte a procurar a Prefeitura via email ou pelo fone 156. Deu a entender que era um caso isolado e a situação está normalizada. Mas o vereador Francisco França (PT) tem outra visão. Segundo o vereador, com base em visitas às unidades de saúde, estão faltando, há mais de 30 dias, medicamentos como Metformina, Glibenclamida, Furosemida, Nifedipina, além agulhas de insulina. No caso da Nifedipina, usado no tratamento de pressão alta, há informações, segundo França, de que esse medicamento está faltando há mais de três meses.

    Leia mais
  • Vereadores terão reembolso de estacionamento. Confesso que não vejo o que está por trás desse projeto

    Enviado em: 13/02/2014 18:03h - Por: Deda | Categoria: Política


    Um projeto de lei, que precisa ser prrmulgada, autoriza o pagamento integral da despesa com os veículos que compõem a frota da Câmara Municipal dividiu os vereadores e criou um embate entre eles. A utilização de estacionamento pago por parte do veículo da Câmara deverá ser devidamente comprovada junto à Secretaria Geral da Casa e será ressarcida em até três dias úteis. Confesso, não entendi o que está por trás desse desejo de reembolso. Motivação financeira me parece que não é, afinal se usarem muito o estacionamento não dará nem R$ 100 no mês. Qual, então, a razão?
    José Crespo (DEM) fez um apelo durante a sessão desta quinta-feira, afirmando que já teria assumido o “desgaste” de uma possível repercussão do projeto na imprensa por ser o autor da proposta. “Apenas acrescentamos na lista de despesas que a frota exige, assim como combustível. É um valor simplesmente irrisório, são R$ 2 ou R$ 3. Nós vamos ter que começar a pagar para trabalhar pelo povo? Claro que isto é muito nobre”, declarou Crespo. A justificativa para o projeto é a dificuldade para se estacionar nas ruas da cidade, principalmente na região central. Votaram a favor os vereadores Anselmo Neto (PP), Tonão, José Francisco Martinez (PSDB), Dini, José Crespo (DEM), Neusa, Pastor Apolo (PSDB), Pastor Luis Santos (Pros), Saulo do Afro Arts (PRP) e Waldecir Morelly (PRP). Foram contrários os parlamentares Carlos Leite (PT), Francisco França (PT), Irineu Toledo (PRB), Izídio de Brito (PT), Jessé Loures (PV), Rodrigo Manga (PP) e Waldomiro de Freitas (PSD). Muri de Brigadeiro (PRP) não votou e Marinho Marte (PPS) manteve sua abstenção alegando não utilizar o veículo oficial. 

    Leia mais
  • Deputados Iara e Hamilton recebem títulos de Cidadão Emérito Sorocabano

    Enviado em: 13/02/2014 18:01h - Por: Deda | Categoria: Política


    Os deputados Iara Bernardi (federal) e Hamilton Pereira (estadual), ambos do PT, receberam na última segunda-feira, dia 10/2, os títulos de “Cidadão Emérito Sorocabano”, durante solenidade na Câmara Municipal de Sorocaba. Proposta pelo vereador Carlos Leite (PT), a homenagem contou com a presença de cerca de 300 pessoas. Em seu discurso, o vereador destacou a importância do trabalho realizado pelos parlamentares em prol de Sorocaba. Os parlamentares receberam placas de homenagem pelo título. 

    Leia mais
  • Rodoviária não atrapalha o trânsito, cumpre o seu papel e só vejo sentido em muda-la de lugar quando tiver o trem rádido de passageiros de Sorocaba a São Paulo, diz prefeito

    Enviado em: 12/02/2014 17:55h - Por: Deda | Categoria: Política


    O assunto nova rodoviária de Sorocaba ronda as campanhas eleitorais há pelo menos dua décadas. Em 2012 não foi diferente e todos os candidatos assumiram o compromisso de tratar do assunto. Na entrevista que concedeu na coluna O D Da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na manhã de hoje (12//2/14), o prefeito Pannunzio praticamente descartou mexer neste tema neste seu mandato: “Rodoviária não atrapalha o trânsito, cumpre o seu papel e só vejo sentido em muda-la de lugar quando tiver o trem rádido de passageiros de Sorocaba a São Paulo”, diz prefeito. O trem é uma PPP (Parceria Público Privada) que ainda não caminhou, mas no planejamento de técnicos do governo do Estado deve sair entre 2016 e 2018. No Plano de Mobilidade Urbana da Urbes (empresa municipal de trânsito e transporte) a nova rodoviária está prevista para 2020. Há lógica em toda a argumentação do prefeito quando decide adiar a instalação da nova rodoviária pelo impacto no trânsito. Minha visão para defender que uma nova rodoviária é prioridade diz respeito ao respeito com o usuário. A atual rodoviária (cujo o contrato com um grupo particular não é de todo claro e de muita difícil compreensão) não oferece conforto para quem chega ou embarca (banheiro digno, por exemplo) e nem local adequado para embarque (um estacionamento para veículos) e nem ônibus (transporte coletivo) que chegue de diferentes partes da cidade permitindo que quem for viajar saia de casa com as malas. Não é só o trânsito que deveria ser levado em conta para essa tomada de decisão. Mas não tive a chance de externar esse meu ponto de vista na rádio hoje diante da enorme demanda de perguntas dos ouvintes e da bancada de jornalistas.

    Leia mais
  • Empresa que fazia a Arena Sorocaba que desabou ganhou licitação com projeto básico e só depois fez o projeto executivo; retomada das obras pode ficar para 2015

    Enviado em: 12/02/2014 17:53h - Por: Deda | Categoria: Política


    Na entrevista que concedida na coluna O D Da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na manhã de hoje (12//2/14), o prefeito Pannunzio fez duas revelações que ainda não haviam sido tratada sobre o assunto queda do teto da Arena Multiúso, ocorrida no domingo passado. Primeiro que a empresa responsável pela obra ganhou a licitação apenas com o projeto básico e só após ter vencido que fez o projeto executivo. Por fim, que ele só vai permitir a retomada da obra após um laudo detalhado do IPT (Instituto de Pesquisa Tecnológicas) o que na avaliação dele pode ocorrer somente no final do ano provocando o adiamento das obras na Arena só em 2015.
    Para que ajude o leitor em suas compreensão, seguem três conceitos:
    Projeto básico, segundo a lei brasileira 8.666 de 21 de junho de 1993, é o conjunto de elementos necessários e suficientes, com nível de precisão adequado, para caracterizar a obra ou serviço, ou complexo de obras ou serviços objeto da licitação, elaborado com base nas indicações dos estudos técnicos preliminares, que assegurem a viabilidade técnica e o adequado tratamento do impacto ambiental do empreendimento, e que possibilite a avaliação do custo da obra e a definição dos métodos e do prazo de execução.
    Projeto Executivo, segundo a lei 8.666 de 21 de junho de 1993 do Brasil, é o conjunto dos elementos necessários e suficientes à execução completa da obra, de acordo com as normas pertinentes da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).
    IPT (Instituto de Pesquisa Tecnológicas) é um instituto vinculado à Secretaria de  Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo e há mais de cem anos vem colaborando para o processo de desenvolvimento do País. Um dos maiores institutos de pesquisas do Brasil, o IPT conta com laboratórios capacitados e equipe de pesquisadores e técnicos altamente qualificados, atuando basicamente em quatro grandes áreas -  inovação, pesquisa e desenvolvimento, serviços tecnológicos, desenvolvimento e apoio metrológico, informação e educação em tecnologia.

    Leia mais
  • Prefeito contesta ouvinte e diz que intervenção na Santa Casa não acaba em pizza

    Enviado em: 12/02/2014 17:52h - Por: Deda | Categoria: Política


    Um ouvinte ligou hoje na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) e afirmou ao prefeito Pannunzio que a requisição (que na prática é a intervenção) da Santa Casa acabou em pizza. O prefeito explicou novamente o que fez e garantiu que toda a Santa Casa funciona de acordo com o que se espera de um hospital público desde que a gestão passou a ser da Prefeitura. Pannunzio disse que não entendia o que o ouvinte quis dizer com acabar em pizza. Eu interpretei que o ouvinte queria saber e afirmei que diz respeito ao problema que levou a Prefeitura a intervir na Santa Casa como, por exemplo, a dívida de R$ 50 milhões contraída nos últimos anos, além de mal atendimento e atrasos nos pagamentos que culminaram na greve dos funcionários. As questões são: Quem vai cobrar uma explicação para essa dívida? Quem vai trazer à tona a verdade sobre os mandos e desmandos que causaram esse rombo de R$ 50 milhões? O prefeito explicou que determinou duas auditorias na Santa Casa desde que a Prefeitura assumiu a gestão do local e que o resultado será encaminhado ao Ministério Público. Independentemente disso, a sociedade espera e deseja sim que o Ministério Público se mexa. Até agora não sei se estão fazendo algo. Se o MP, particularmente o promotor Marum que cuida da saúde, estiver fazendo alguma investigação peço que torne isso público dando publicidade aos seu atos.

    Leia mais
  • Depois de dar pim em 2013, agora Sorocaba tem sido tratada com muito respeito e atenção, segundo secretária, e deverá ter Virada Cultural neste ano

    Enviado em: 12/02/2014 17:50h - Por: Deda | Categoria: Política


    Sorocaba estará representada, na tarde desta quinta-feira (13/2/14), no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, no lançamento da 10ª edição da Virada Cultural Paulista 2014. A secretária da Cultura de Sorocaba, Jaqueline Gomes, participará da apresentação do festival. Segundo a titular da Secult, “a conversa com os organizadores da festa ocorre há algum tempo e Sorocaba tem sido tratada com muito respeito e atenção”. Para quem acha essa frase solta, dou o contexto dela. Em 2013, quando José Simões era o titular da Cultura (hoje está na Educação), o governo ofereceu apenas atrações de segunda linha e a Prefeitura recusou a realização do Virada Cultural. Mas neste 2014, segundo Jaqueline Gomes, Sorocaba vai ter nomes de referência no cenário musical se apresentando neste ano. A Virada Cultural 2014 está programada para acontecer no mês de maio. Vamos ver o que vem por ai.
     

    Leia mais
  • Quando a sorte e o azar viram assuntos entre os sorocabanos – Parte 2

    Enviado em: 11/02/2014 18:04h - Por: Deda | Categoria: Política


    Lógico que quase 30 anos depois de um cotidiano como jornalista eu sei, muito bem, que determinadas posicões são polêmicas. Quando decidi escrever o texto de ontem, onde defendo que a tentativa de se jogar a pecha de azarado sobre o prefeito Pannunzio é injusta, já imaginava que poderia acontecer uma avalanche de críticas sobre minha posição. E aconteceu.  Obviamente que sei que é mais fácil não ser claro em questões públicas. Mas eu sou do tipo que prefere ficar vermelho um minuto do que amarelo a vida inteira como um dia me disse seo Zé Hatem que tanta saudades deixou.
    O ex-prefeito Vitor Lippi já me disse o quanto ele fica louco da vida com a expressão herança maldita. Já dei espaço a ele na TVR (Canal 23 da Net) em O D Da Questão para falar disso. Já teve espaço (e a convite do Kiko novamente vai ter) na rádio Ipanema. Tem todo o espaço que  desejar neste blog. Não sou dono da verdade. Nunca fui e estou longe de querer ser. Acho que a polêmica é boa e que todos devem ter voz para se expressar. Sigo a risca o que disse aquela personagem de Voltaire: “posso não concordar com uma palavra que dissestes, mas defenderei até o fim o direito de dizê-la”.
    A verdade é que acredito em tudo o que escrevi: Pannunzio em um ano de governo mudou o paradigma da relação Prefeitura e Câmara (colocou fim as emendas do orçamento, por exemplo); interviu na Policlínica (derrubando um decreto de Lippi que permitia a relação que prevalecia no local); interviu na Santa Casa; interviu no lixo; apontou o dedo para a falta de investimento em infra-estrutura para o abastecimento de água em Sorocaba. Não é pouco. Mesmo assim há quem não concorde com isso. O que é legítimo.
    Para quem reclama do lixo na rua, digo apenas que concordo e igualmente eu também reclamo. Acho que a retirada dos conteineres sem que houvesse uma alternativa igual ou melhor foi um erro. Acho um horror estético os montes de lixo amontoados nas esquinas. E, pior, o mau cheiro com o calor está insuportável especialmente perto de frutarias, quitandas e açougues. Mas isso não tira o mérito que reconheço no prefeito de ter tirado o problema debaixo do tapete e externado à sociedade. Havia um erro na licitação, na falta de aterro, na fiscalização, no gasto com este serviço e ele nos mostrou.
    Sobre a questão da água já disse e repito. Discordo quando o prefeito fala que esse é um problema estrutural de vinte anos. Não é. O prefeito Renato Amary fez o Plano Diretor de 2004, fez investimentos para levar água até as torneiras, fez todo a gestão para a despoluição do rio Sorocaba. Vitor Lippi, igualmente, fez em seu primeiro mandato investimentos estruturais na questão do abastecimento. O que é consequência hoje na falta de água são investimentos previstos mas não feitos no segundo mandato de Lippi. Já disse e repito, não concordo com Pannunzio quando ele quer colocar Amary e Lippi do 2º mandato no mesmo saco. Mas entendo que ele faça isso dentro de um jogo político, mesmo discordando dele. Agora, principalmente, concordo quando o prefeito foge do senso comum que seria justificar a falta de água pelo forte calor e a alta do consumo. Claro que esta questão sazonal atrapalha, mas é evidente também que a falta de investimento de 2008 para cá é o que prejudica o abastecimento. E Pannunzio pôs o dedo nesta ferida e é isso que a sociedade espera dos políticos.
    Por fim, quando concordo que Sorocaba tem a sorte de ter Pannunzio como prefeito isso não quer dizer que acho que seria azar se tivesse Iara Bernardi (PT), Raul Marcelo (PSOL) ou Renato Amary (PMDB) os seus concorrentes de 2012. Na verdade, o óbvio seria que esses três (que são de outros partidos e opositores de Lippi) escancarassem os problemas que herdassem se tivessem assumido o governo. O inusitado é que um político do mesmo partido, como Pannunzio é de Lippi, esteja, mesmo que com elegância e uma discrição exagerada da qual eu não concordo, expondo tudo o que não estava claro. Isso é sorte ou não? Claro que é. Para sorte da cidade, torço para que Pannunzio siga agindo da mesma maneira.

    Leia mais
  • Empresa responsável pela obra da Arena Multiúso terceirizou o serviço que desabou

    Enviado em: 11/02/2014 17:57h - Por: Deda | Categoria: Política


    A Construtora Progredior Ltda (responsável pela obra de construção da Arena Multiuso após vencer a licitação de R$ 14 milhões em 2011) terceirizou o serviço de colocação da estrutura metálica que é o que acabou desabando domingo passado (como mostra essa imagem exibida pela Tv Tem de Sorocaba) e também a colocação de placas de concreto inseridas entre os pilares da arena, que serviriam de parede. A licitação permite que trabalhos específicos, como a colocação de estrutura metálica e até mesmo de placas que se tornam paredes, sejam terceirizados. Ou seja, a Progedior não teria feito nada fora da lei. Mas essa decisão de terceirizar os serviços reforça a suspeita de que tenha havido falha (no cálculo, no uso de material, no tipo de material, na técnica de colocação das estruturas...). Mais ainda, levanta a seguinte questão: de quem era a responsabilidade por fiscalizar a obra? Da Progredior? Das terceirizadas? Ou da Prefeitura? Entre 60 e 90 dias sairam os laudos sobre o que ocasionou o problema, mas quando a sociedade vai saber de quem era a responsabilidade por fiscalizar essa obra?

    Leia mais
  • Iara Bernardi assume cadeira efetiva de deputada federal

    Enviado em: 11/02/2014 17:53h - Por: Deda | Categoria: Política


    A deputada federal sorocabana Iara Bernardi (PT-SP) assina nesta quarta-feira (12/2/14) o termo de efetivação na Câmara dos Deputados, que vai torná-la titular da Casa. Iara, que cumpria suas atividades como suplente, assumirá o gabinete que era ocupado pelo deputado João Paulo Cunha (PT-SP), que renunciou ontem ao mandato, após ter sido condenado no processo do mensalão. A efetivação no cargo dá a Iara Bernardi autonomia para participar de comissões permanentes ou de investigação, o que antes não podia fazer por sua condição de suplente. 

    Leia mais
  • Quando a sorte e o azar viram assuntos entre os sorocabanos

    Enviado em: 10/02/2014 17:49h - Por: Deda | Categoria: Política


    O presidente do Instituto Defenda Sorocaba (IDS), Sérgio Reze, durante seu discurso na assinatura do convênio entre a Prefeitura de Sorocaba e o IDS para a realização de ações de cidadania, por meio das artes, dos esportes e da cultura através do projeto "Vai Lá", na sexta-feira passada, disse que Sorocaba é uma cidade de sorte por ter como prefeito um homem como Antônio Carlos Pannunzio que pautou toda a sua vida pública pela retidão, pela correção e por ser uma pessoa de ótimo caráter, zelosa com o dinheiro público, com o cumprimento das leis e por pensar a cidade que os sorocabanos desejam, baseada na qualidade de vida. 
    Difícil achar quem discorde disso. Pannunzio em um ano de governo mudou o paradigma da relação Prefeitura e Câmara; interviu na Policlínica (derrubando um decreto que permitia a relação que prevalecia no local); interviu na Santa Casa; interviu no lixo; apontou o dedo para a falta de investimento em infra-estrutura para o abastecimento de água em Sorocaba. Não é pouco. Mesmo assim há quem não concorde com isso. O que é legítimo.
    Mas por ter a coragem de colocar o dedo nos problemas, justamente os problemas vieram à tona. Se tivesse feito de conta que eles não existiam, aos olhos da sociedade certamente eles não existiriam mesmo. Mas nem todos enxergam assim e alguns passaram a criar a pecha de que Pannunzio é azarado.
    Na manhã desta segunda-feira, numa reunião no Salão de Vidro, no térreo do Paço Municipal, ouvi de um importante servidor da Prefeitura que “o prefeito deveria entrar num tonel de sal grosso para tirar essa urucubaca”. Era uma referência ao mais novo problema de Sorocaba, o desabamento do teto e estrutura de concreto da Arena Multiuso que está em construção no km 106 da rodovia Raposo Tavares.
    De outro ouvi que se fosse prefeito Vitor Lippi, o vento de domingo (que supostamente abalou as estruturas da Arena) teria, como um passe de mágica, coberto toda a Arena, deixando-a prontinha.
    São piadas, contadas inocentemente nos corredores palacianos, que só contribuem para uma pecha injusta, ao meu ver, contra um prefeito que resolveu enfrentar de frente os problemas da cidade.
    Até acho Lippi sortudo (leia na coluna Radar da revista Veja que José Serra se decidiu mesmo por ser candidato a deputado federal). Mas nem de longe acho justo chamar Pannunzio de azarado. Tirar os problemas debaixo do tapete, nem de longe, pode significar azar. Como disse Sergio Reze, sorte dos sorocabanos em ter Pannunzio como prefeito.

    Leia mais
  • Do sonho a realidade: vereador cria comissão para acompanhar investigação

    Enviado em: 10/02/2014 17:46h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador Fernando Dini (PMDB) visitou na semana passada a Arena Multiúso acompanhado pelo secretário municipal de Obras, Antonio Benedito Bueno Silveira, o Toni Silveira, e alardeuou seu entusiasmo: "A arena tem de ser encarada como um novo marco para o esporte de Sorocaba. Agora, é preciso estimular o esporte social e a expansão de escolinhas para crianças e jovens em todas as regiões de Sorocaba." Ao saber da tragédia de domingo, Fernando Dini foi até o local e hoje anunciou a criação de uma Comissão Especial de Acompanhamento das obras da Arena Multiúso. A aprovação da comissão será votada na sessão desta terça-feira. O objetivo da comissão “é acompanhar de perto todo o trâmite da construção. Tanto para sabermos o motivo do desabamento, quanto para sabermos quais os reais prejuízos à municipalidade”, diz.

    Leia mais
  • Causa do desabamento da Arena Multiuso é investigada

    Enviado em: 10/02/2014 17:45h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Pannunzio cogita que outros fatores além das chuvas podem ter causado o desabamento da cobertura da futura Arena Multiuso e determinou como prioridade a apuração da causa do acidente. A responsabilidade do projeto e da obra é da empresa contratada chamada Progredior com sede em São Paulo, com 25 anos de existência e especialista neste tipo de construção. O custo da obra é de R$ 14 milhões.

    Leia mais
  • Água e Saúde: dois velhos problemas seguem na pauta dos vereadores

    Enviado em: 10/02/2014 17:44h - Por: Deda | Categoria: Política


    A cidade tem um novo assunto, mas dois velhos problemas seguem na pauta dos vereadores. Está agendada para esta terça-feira (11/1/14), às 13h30, a primeira reunião da CPI (Comissão Paramentar de Inquérito) que investigará os problemas de tratamento e abastecimento de água em Sorocaba. Em seguida, às 14h, os integrantes da CPI da Saúde reúnem-se ainda na sala de reuniões para discussão do relatório preliminar dos trabalhos e a abertura de nova Comissão. De acordo com Izídio de Brito, presidente da CPI, a continuidade dos trabalhos faz-se necessária pela falta de documentação para estudos e carência de novas oitivas.

    Leia mais
  • Corte de orçamento da Prefeitura de Sorocaba desanima sindicato dos servidores

    Enviado em: 07/02/2014 14:48h - Por: Deda | Categoria: Política


    O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba, Sérgio Ponciano de Oliveira, espera em nova reunião com o prefeito Pannunzio ser surpreendido com o anúncio de um aumento real para a categoria. Até agora o prefeito garantiu reposição da inflação de 5,91%, medida pelo IPCA, ante um pedido de reajuste de 9% feito pela entidade. Mas diretores da entidade não escondem que estão desanimados com essa que seria a boa surpresa e praticamente jogaram a toalha ao lerem no Cruzeiro do Sul a seguinte notícia: “O prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) começa o segundo ano de seu mandato não podendo contar R$ 219,7 milhões do orçamento de 2014. Em um edital publicado na última edição do Jornal do Município, o próprio prefeito determinou um corte de 10% nas contas previstas para este ano, a fim de equilibrar as finanças do município. O orçamento previsto para 2014 era de R$ 2,197 bilhões.”

    Leia mais
  • Deputada arranca risos ao dizer que ex-prefeito só tem um neurônio

    Enviado em: 07/02/2014 14:47h - Por: Deda | Categoria: Política


    Durante entrevista na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na manhã desta sexta-feira, a deputada federal Iara Bernardi (PT) arrancou risos dos apresentadores. Kiko Pagliato perguntou sobre o projeto Minha Casa, Minha Vida do governo federal e eu emendei perguntando o que faltava para outras prefeituras da região que, ao contrário da Prefeitura de Sorocaba, não obtêm recursos para esse programa ao passo que Sorocaba consegue 100% dos que pede. A deputada surpreendeu a todos dizendo que Sorocaba está conseguindo essa eficiência apenas desde o ano passado (primeiro ano do governo Pannunzio) e que a administração anterior (Vior Lippi) nunca se interessou por receber verba dos programas federais. Quis saber o motivo e Iara, com entusiasmo, afirmou que agora pelo menos a atual administração tem dois neurônios, um conversa com o outro e se aproveita do que o governo federal oferece de bom. O assunto se prolongou e Kiko foi conclusivo: deputada depois da senhora dizer que o ex-prefeito Vitor Lippi só tem um neurônio... Mais risos. A rádio Ipanema deixou o espaço aberto para que o ex-prefeito se manifeste e explique porque nunca se interessou por recursos federais dos programas do governo. Se espera, obviamente, que o fato dele ser do PSDB e o governo federal do PT não tenha nenhum peso nessa decisão. Pannunzio, que também é do PSDB, nunca viu no fato do governo federal ser do PT um empecilho.

    Leia mais
  • Prefeitura quer licenciar mesma área no bairro Ipatinga para aterro do lixo

    Enviado em: 07/02/2014 14:46h - Por: Deda | Categoria: Política


    Em 2009 o Departamento de Avaliação de Impacto Ambiental , da Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, indeferiu o pedido de licenciamento para a construção do novo aterro sanitário de Sorocaba numa área no entorno da Floresta Nacional de Ipanema. Há dez dias o prefeito Pannunzio voltou a fazer o mesmo pedido para construir na mesma área uma usina do lixo. A não-autorização de cinco anos atrás ocorreu em resposta à Recomendação feita pela Procuradoria da República em Sorocaba à Secretaria de Estado de Meio Ambiente, solicitando que na análise do Relatório Ambiental Preliminar (RAP) da prefeitura fosse examinado também o parecer do Ibama e a informação do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), já que pela proximidade com aeroporto o aterro poderia oferecer risco ao trânsito de aeronaves. O aterro de Iperó, onde Sorocaba paga para a ProActiva para depositar seu lixo, fica a uma distância de 1,5km desta área onde Pannunzio pretende construir uma usina de lixo.

    Leia mais
  • Visita surpresa do prefeito na Santa Casa

    Enviado em: 07/02/2014 14:44h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Pannunzio aproveitou as suas andanças pela cidade e, ser avisar, deu uma parada na Santa Casa de Sorocaba para ver como está o trabalho dos gestores nomeados por ele para gerir o local após a requisição (que na prática é uma intervenção) do da instituição por parte da Prefeitura. Foi bem recebido, ouviu muito e tirou conclusões que, pelo que eu saiba, não comentou com ninguém. O que sei é que Pannunzio gostou muito do comportamento e posicionamento do novo gestor da Santa Casa, médico Francisco Antônio Fernandes, durante a sabatina a qual foi submetido na Câmara de Vereadores na manhã de quinta-feira.

    Leia mais
  • Para evitar problema de Araraquara, prefeito muda lei em Sorocaba

    Enviado em: 06/02/2014 18:53h - Por: Deda | Categoria: Política


    Pannunzio encaminhou para votação na Câmara um Projeto de Lei que dispõe sobre a “instalação, operação, tratamento de imagens, dados e informações produzidas a partir do serviço de vídeo monitoramento instalado no Centro de Controle Operacional ou Centro de Operações e Inteligência, e dá outras providências”. O projeto em voga visa assegurar o respeito à inviolabilidade da intimidade, da vida privada, da honra e da imagem das pessoas, além dos direitos, liberdades e garantias fundamentais previstos pelo artigo 5º da Constituição Federal Brasileira. Em Araraquara, também no interior paulista, as câmeras do videomonitoramento da Guarda Civil Municipal da cidade foram usadas para espiar focalizando as partes íntimas de mulheres e casais nas ruas da cidade. O objetivo do videomonitoramento é o de monitorar situações suspeitas. 

    Leia mais
  • Promotor revela o que presidente da Câmara quis preservar

    Enviado em: 06/02/2014 18:51h - Por: Deda | Categoria: Política


    O promotor Orlando Bastos Filho  assim se pronunciou em seu twitter: “Recebemos hoje a cordial visita de todos os novos integrantes da Mesa da Câmara,  dirigida pelo vereador Cláudio do Sorocaba I. Na pauta a ratificação do respeito mútuo e o desejo de manter o relacionamento institucional e de colaboração existentes.” O encontro aconteceu na quarta-feira pela manhã, mesmo dia em que gravei “O D Da Questão na TVR” com o presidente do legislativo. Ele me disse que estava em uma audiência. Perguntei qual e ele desconversou para não dizer. O promotor pôs fim ao mistério. O encontro entre Orlando Bastos Filho foi com Cláudio do Sorocaba I; Carlos Leite; Muri de Brigadeiro; Engenheiro Martinez; Waldomiro de Freitas; Jessé Loures e Pastor Apolo.

    Leia mais
  • Vereadores batem-boca durante sessão, mas ficam de bem no final

    Enviado em: 06/02/2014 18:50h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador Irineu Toledo (PRB) usou termos e tons ao questionar a situação de empresas que prestaram serviços, não receberam e foram desligadas do hospital que deixou o vereador Fernando Dini (PMDB) incomodado. O peemedebista recomendou perguntas mais diretas e objetivas na ocasião, classificando a maneira de Irineu se posicionar como "maliciosa". Tempo depois, o peemedebista pediu desculpas pela colocação. E Irineu aceitou. 

    Leia mais
  • Auditoria vai analisar gastos da Santa Casa de 2009 a 2013

    Enviado em: 06/02/2014 18:49h - Por: Deda | Categoria: Política


    Uma auditoria patrimonial, criada pela Prefeitura de Sorocaba, se iniciou nesta semana para analisar os gastos imobiliários, custos com serviços, e todo o conjunto de instalações existentes na Santa Casa. Uma outra auditoria terá a missão de fazer uma varredura contábil-financeira para investigar contratos com fornecedores e gastos gerais dos últimos cinco anos. As informações foram dadas pelo novo gestor da Santa Casa, Francisco Antônio Fernandes, que esteve presente na Câmara a convite da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Saúde. Ele apresentou um balanço da dívida de quase R$ 50 milhões da Santa Casa: R$ 6,2 milhões com fornecedores; R$ 6,6 milhões com médicos (que desde outubro estão sem receber); R$ 531 mil com terceiros e R$ 2,1 milhões com tributos, além de R$ 33 milhões em empréstimos. Ele também confirmou que a entidade recebe 5 milhões ao mês, sendo 2 milhões provenientes da Prefeitura e 3 milhões vindos do Ministério da Saúde. 

    Leia mais
  • Câmara aprova residência médica em Sorocaba

    Enviado em: 06/02/2014 18:48h - Por: Deda | Categoria: Política


    O Sistema Municipal Saúde Escola, instituído pela Lei 10.579, de 26 de setembro de 2013, será alterado por meio do Projeto de Lei 27/2014, de autoria do Executivo, aprovado em sessões extraordinárias, realizadas nesta quinta-feira (6/2/14). O programa prevê residência médica e para outros profissionais de saúde nos serviços de saúde municipais em parceria com instituições de ensino e mediante concessão de bolsa auxílio e engloba os profissionais formados, servidores públicos ou recém-formados. A medida pretende atrair recém formados para a especialidade de pediatria, uma carência do Brasil na área pública. Como vai receber para fazer a residência, o recém-formado assume o compromisso de permanecer no sistema público mesmo após formado por mais dois anos. A bolsa será financiada pelo Programa Nacional de Bolsas para Residência Multiprofissional em Saúde e Área da Saúde dos Ministérios da Saúde e da Educação.

    Leia mais
  • Defenda Sorocaba e Prefeitura selam parceria do projeto Vai Lá

    Enviado em: 06/02/2014 18:47h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Antonio Carlos Pannunzio vai conhecer no final da tarde desta sexta-feira (7/2/14) o projeto "Vai Lá", do Instituto Defenda Sorocaba, presidido por Sergio Reze. A partir das 17h, uma performance artística no gabinete do chefe do Executivo sorocabano dá início à parceria entre a Prefeitura de Sorocaba, por meio das Secretarias da Educação (Sedu), Meio Ambiente (Sema) , da Cultura (Secult) e de Esportes e Lazer (Semes) e o IDS, com o objetivo de promover a discussão reflexiva de questões que interferem no presente e, principalmente, no futuro da sociedade.

    Leia mais
  • Servidores públicos terão a reposição da inflação. Nada mais

    Enviado em: 05/02/2014 18:31h - Por: Deda | Categoria: Política


    O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba, Sérgio Ponciano, mantém acesa a esperança de que o prefeito Pannunzio dê aos servidores um reajuste real dos salários. Mas que se prepare. Haverá a reposição da inflação e nada mais.

    Leia mais
  • Gestor da Santa Casa quer anunciar equipe, mas antes vai à CPI; Milton Palma fica fora

    Enviado em: 05/02/2014 18:30h - Por: Deda | Categoria: Política


    O médico nefrologista Francisco Antônio Fernandes, novo gestor da Santa Casa de Sorocaba, tinha a intenção de apresentar hoje (5/2/14) a sua equipe no trabalho de comandar a irmandade deste momento até a chegada da entidade que vai assumir o bastão após o processo de licitação para a sua contratação. Esta licitação está sendo preparada e ainda não foi aberta para a inscrição dos interessados. O médico Milton Palma (que foi secretário da saúde e fez parte do comando da secretaria da saúde nos últimos 16 anos e estava como consultor da Santa Casa) faria parte desta equipe, mas foi convencido ficar fora. O médico Fernando Russo deve ocupar a sua vaga nesta equipe. Além de médicos, essa equipe deverá ter um consultor jurídico com trânsito no Tribunal de Contas e que tenha na ponta da língua tudo que diz respeito ao direito público.
    O anúncio da equipe de Francisco Fernandes é esperado para hoje, mas antes desse anuncio, há uma certeza: o novo gestor da Santa Casa de Sorocaba deverá estar na Câmara Municipal prestando esclarecimentos aos vereadores nesta quinta-feira (6/2/14), às 9 horas, antes da sessão ordinária na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Saúde presidida pelo vereador Izídio de Brito (PT). 

    Leia mais
  • Na propaganda, calouros fazem trotes solidários. Na prática, ainda existe a selvageria

    Enviado em: 05/02/2014 18:29h - Por: Deda | Categoria: Política


    Alunos da PUC (Faculdade de Medicina, Enfeermagem e Biologia) prepararam café da manhã para pacientes do CHS (Conjunto Hospitalar de Sorocaba) e a assessoria de imprensa da instituição vendeu o peixe para a imprensa. Na Fadi (Faculdade de Direito de Sorocaba), a assessoria de imprensa também vendeu o mesmo peixe: “na aula inaugural comandada pelo professor Gustavo Escher Dias Canavezzi, os estudantes doaram um quilo de alimento não perecível que será entregue para entidades ligadas ao Centro Acadêmico Rubino de Oliveira”.
    Mas a prática, novamente, mostra que a selvageria deste rito de passagem ainda prevalece em nossa sociedade. Calouros da Fadi, “andando como elefantinhos” (agachado um calouro passa uma mão por entre as próprias pernas e a estende ao colega de trás) e apenas de meias no chão quente da hora do almoço deixaram indignadas algumas pessoas que presenciaram a cena, na avenida Barão de Tatuí, na última segunda-feira perto da hora do almoço. A foto desta página é apenas ilustrativa e não do trote da Fadi.
    Atitude indefensável. Mesmo para quem pretende estudar e praticar o que diz a lei.

    Leia mais
  • Licitação das agências de publicidade recebe interessados nesta quinta. Licitação para assessoria de imprensa é cancelada

    Enviado em: 05/02/2014 18:28h - Por: Deda | Categoria: Política


    As agências interessadas em concorrer aos R$ 7 milhões que a Prefeitura de Sorocaba pretende gastar neste ano com propaganda e publicidade tem até hoje, das 8h45 às 9h para entregar o material exigido pela licitação. Duas agências serão escolhidas. Agências de outros estados sondaram a prefeitura. Na licitação do governo Lippi, as sorocabanas NúcleoTCM e Atua foram as vencedoras.
    Por outro lado, como já falei (leia a postagem “Notícia de licitação de assessoria de imprensa cria bafafá nos bastidores entre vereadores”), deu o que falar a licitação para a contratação de uma assessoria de imprensa a um custo estimado de R$ 66 mil por mês ( totalizando R$ 792 mil pelos 12 meses de contrato). A empresa que vencesse a licitação iria trabalhar na divulgação da cidade com abrangência estadual e nacional. Iria, afinal por ordem do prefeito Pannunzio essa concorrência foi cancelada.

    Leia mais
  • E os salários das professoras eventuais?

    Enviado em: 05/02/2014 18:27h - Por: Deda | Categoria: Política


    Assim se manifestou Lilian Pereira: “Olá sou professora eventual da rede municipal. Hoje (30/1/14) é o dia do pagamento dos funcionários públicos e prestadores de serviços, como professores eventuais. Só que esse pagamento não foi feito, segundo o DAP por ordem do secretário da educação, que não autorizou o pagamento dos professores eventuais. Detalhe estaríamos recebendo as aulas dadas em dezembro, já temos que esperar 30 dias pra receber,e ele simplesmente não autoriza. Indignada!”
    Recebi a informação de que esses professores serão pagos em fevereiro e não foram pagos em janeiro porque em dezembro, o ano contábil, se encerrou sem que houvesse a aprovação para o pagamento dos professores eventuais. O que ouvi é que os professores já sabem que isso acontece todo mês de dezembro. Professores eventuais são aqueles que são chamados pela Prefeitura em caso de emergência.

    Leia mais
  • Prefeito tem filho que cuida de mais de 30 cães e fica louco da vida com iniciativa de funcionária que provocou confusão em página de ativista

    Enviado em: 04/02/2014 18:28h - Por: Deda | Categoria: Política


    Uma iniciativa de uma funcionária da Zoonoses criou toda a confusão (leia postagem sobre o assunto) que chegou ao site da ativista Luisa Mell, conhecida por sua ação de proteção aos animais. Uma sindicância interna vai apurar o motivo que levou a funcionária a tomar a atitude que teve. Apurei que o prefeito Pannunzio ficou muito bravo com a situação. Um dos filhos do prefeito tem mais de 30 cães e o hábito de recolher animais abandonados e o prefeito o apoia nessa comportamento. 

    Leia mais
  • PT aproveita mágoa de Tonão e emplaca CPI do Saae

    Enviado em: 04/02/2014 18:25h - Por: Deda | Categoria: Política


    Os vereadores da bancada petista conseguiram reunir as sete assinaturas necessárias para a criação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto). Além dos três petistas - Carlos Leite, Francisco França, Izídio de Brito –, assinam o documento ainda os vereadores José Crespo (DEM), Pastor Apolo (PSB), Marinho Marte (PPS) e Tonão Silvano (Solidariedade).
    A surpresa foi a assinatura de Tonão. Quando estava no PMDB ele já se mostrava da base do governo. Quando foi ao Solidariedade, tinha-se a certeza de que ele sacramentaria este comportamento. Mas suas críticas a linha adotada pela Prefeitura na área da saúde e a ausência na reunião de segunda-feira onde os vereadores definiram de quais comissões participariam facilitou o trabalho do PT para emplacar a nova CPI.
    Objetivamente o PT argumenta que deseja entender a onda de falta de água na cidade. Mas o que se ouve é que buscam entender porque o governo anterior não investiu na infraestrutura do sistema de água e abastecimento e, claro, onde foi gasto o dinheiro que deveria ter sido para este fim.

    Leia mais
  • Prefeito explica BRT e diz que falta de água será amenizada só em 2015

    Enviado em: 04/02/2014 18:23h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Pannunzio repetiu o gesto que inaugurou há um ano quando assumiu o cargo e  esteve na primeira sessão ordinária do Legislativo sorocabano em 2014. Ele saudou os parlamentares e discursou sobre três temas: BRT, Santa Casa e falta de água.
    Sobre o ônibus de transporte rápido explicou que em março de 2013 assinou com o governo federal o projeto para habilitar a implantação do sistema, abriu o processo de PPP (Parceria Púlbico Privada) e recebeu propostas de sete consórcios interessados em implantar o sistema BRT na cidade. Ele explicou que dura 90 dias a análise das propostas destes interessados e que somente em abril haverá um novo passo rumo a implantação do BRT. Na foto aparece o sistema BRT em Curitiba (PR), cidade usada como exemplo por Pannunzio em sua campanha de 2012 quando assumiu o compromisso de implantar em Sorocaba o mesmo projeto de transporte rápido.
    Sobre a Santa Casa, ele agradeceu ter recebido o prédio, equipamentos e médicos que passaram a ficar sob a gestão de uma comissão criada por lei e sacrameentada pelos vereadores.
    Sobre a falta de água, ele fez o pronunciamento mais polêmico. Novamente deixou claro que faltaram investimentos no passado, que ele está trabalhando para aumentar em 40% o processo de captar água nos reservatórios e leva-la até as torneiras das casas. Ele afirmou que que os problemas da falta de água tendem a se "amenizar" no verão de 2015, porém "desaparecer é difícil”.

    Leia mais
  • Marinho preside a Comissão de Justiça e Tonão reclama de ficar fora de encontro

    Enviado em: 04/02/2014 18:22h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador Marinho Marte (PPS) foi reeleito presidente da Comissão de Justiça da Câmara Municipal de Sorocaba e terá os José Francisco Martinez (PSDB) e Jessé Loures (PV) como os outros dois membros da comissão que tem a competência de emitir pareceres de constitucionalidade sobre todos os projetos que tramitam no Legislativo municipal.
    Tonão Silvano, sem esconder a mágoa que estava sentindo, reclamou de ter sido o único parlamentar  a ter ficado fora de uma reunião ocorrida na segunda-feira onde os vereadores negociaram quem iria para qual comissão.
    Crespo, que queria ir para a Comissão de Justiça, preferiu ficar somente na Comissão de Ética.

    Leia mais
  • Projeto que cria a Região Metropolitana de Sorocaba chega à Assembleia

    Enviado em: 04/02/2014 18:21h - Por: Deda | Categoria: Política


    O deputado estadual Hamilton Pereira (PT) comemora a publicação no Diário Oficial de hoje (4/2/14) do Projeto de Lei Complementar n° 1, de 2014, que cria a Região Metropolitana de Sorocaba de autoria do Governo do Estado que encampou a proposta desde 2005 do próprio Hamilton. Por lei, a criação de uma Região Metropolitana é prerrogativa do Poder Executivo e não do legislativo. Por isso Hamilton retirou sua proposta em prol da iniciativa do governador Geraldo Alckmin. Hamilton é vice-presidente da Comissão de Assuntos Metropolitanos e Municipais da Assembleia Legislativa do Estado e anunciou que vai se empenhar para que o pleito seja aprovado ainda no primeiro semestre de 2014.
    A Região Metropolitana de Sorocaba terá estimadamente 1.726.785 habitantes e será constituída pelo agrupamento dos municípios de Alambari, Alumínio, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Ibiúna, Iperó, Itu, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Tatuí, Tietê e Votorantim.
    Hamilton explica que com a formalização da Região Metropolitana, criam-se ferramentas de planejamento regional como: o Conselho de Desenvolvimento, composto pelos prefeitos de cada município integrante; o Fundo de Desenvolvimento Regional, com a finalidade de dar suporte financeiro às ações conjuntas; o Conselho Consultivo, composto pela sociedade civil e poderes legislativos e executivos, que poderá elaborar propostas ao Conselho de Desenvolvimento; as Câmaras Temáticas, voltadas a programas, projetos e atividades específicas; e a criação de uma Entidade Autárquica de caráter territorial, mediante lei complementar, com o fim de integrar a organização, o planejamento e a execução das funções públicas.

    Leia mais
  • Luisa Mell compra briga com Prefeitura e quer audiência com prefeito de Sorocaba

    Enviado em: 03/02/2014 17:49h - Por: Deda | Categoria: Política


    Luisa Mell tem quase 750 mil seguidores em sua página do Facebook onde usa a rede social para abraçar causas relacionados aos animais. Seu slogan é “Vamos juntos ajudar os animais”. E a sua briga mais recente diz respeito a uma decisão do prefeito Pannunzio de proibir uma mulher de alimentar cães de rua. Ela diz o seguinte: “Se você, assim como eu, se sentir indignado(a) com essa proibição, que motiva as pessoas a ficarem insensíveis, liguem, escrevam para o Prefeito dizendo o que pensam de tal atitude. ( o tel e os e-mails da Prefeitura de Sorocaba está no corpo da mensagem). Sr. Prefeito, há uma mudança na sociedade. As pessoas não se calam mais diante de maus tratos e violência contra os animais. Neste caso, a violência é contra as pessoas também, pois a proibição contraria o desejo de todos, inclusive da mulher que sofre com tal proibição. Mas eu não consigo entender o porquê desta ordem!!!!Então foi essa a solução encontrada para diminuir a super-população de animais abandonados? Matá-los de fome? Há métodos menos radicais, como mutirões de Castração, não é? Vou agendar uma audiência com o Prefeito e apresentar soluções mais modernas e humanas para o diminuir o número de animais em Sorocaba. Assim que conseguir marcar, avisarei a todos. Olhem que absurdo!”

    Leia mais
  • Ano legislativo começa e prefeito fará pronunciamento

    Enviado em: 03/02/2014 17:47h - Por: Deda | Categoria: Política


    O prefeito Pannunzio deve visitar a Câmara de Sorocaba na manhã desta terça-feira (4/2/14) na abertura do ano legislativo e fazer um pronunciamento na tribuna dirigido diretamente aos vereadores. É tradição que isso ocorra na esfera nacional de um país. Nos Estados Unidos o pronunciamento do presidente na abertura do ano legislativo chega a parar o país. Bill Clinton, no auge da crise com Mônica Lewisny, não se furtou de ir ao congresso e assumir compromissos. Dilma, na abertura do ano legislativo em Brasília, se furtou de ir até o congresso e se limitou a mandar uma mensagem cujo o teor pode-se resumir no seguinte:  peço que cada parlamentar leve em conta o tema responsabilidade fiscal nas votações. Pannunzio, imagino, vá agradecer os legisladores sorocabanos por terem dado respaldo em sua decisão de intervir na gestão da Santa Casa de Sorocaba. E, também, espero que o prefeito assuma compromissos que serão cumpridos neste em sua administração entre eles os preparativos para que o BRT esteja em funcionamento em 2016 em Sorocaba. Espero que ele fale do andamento das ações para colocar em prática os mais de 30 temas que fizeram parte da sua campanha eleitoral de 2012.

    Leia mais
  • Vereadores definem Comissões e há disputa para fazer parte da Justiça

    Enviado em: 03/02/2014 17:45h - Por: Deda | Categoria: Política


    De acordo com o Regimento Interno, a pauta da primeira sessão ordinária é exclusiva para constituir as 13 comissões permanentes da Casa. Cada vereador poderá fazer parte de até três Comissões Permanentes, podendo ser eleito presidente de apenas uma delas. A mais importante, por interferir em todas as outras, é a Comissão de Justiça que diz se um projeto é constitucional ou não. Ela deve ser sacramentada por Martinez (PSDB), que é líder do prefeito na Câmara; Jessé Loures (PV) que é da base de sustentação do prefeito e por Anselmo Neto (PP) que é da oposição. Mas Marinho Marte (PMDB) e José Crespo (DEM) querem fazer parte dessa comissão. É uma queda de braço entre situação e oposição.
    A lista das comissões da Câmara são: Educação, Juventude e Pessoa Idosa; Comissão de Cultura, Desportos e Meio Ambiente; Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e Parcerias; Comissão de Cidadania, Direitos Humanos e Defesa do Consumidor; Comissão de Justiça; Comissão de Ciência e Tecnologia; Comissão de Ética e Decoro Parlamentar; Comissão de Obras e Serviços Públicos; Comissão de Redação; Comissão de Segurança Pública; Comissão de Acessibilidade e Mobilidade, Comissão de Saúde Pública e Comissão Agricultura e Abastecimento.   

    Leia mais
  • A partir de agora, tudo é com Pannunzio

    Enviado em: 03/02/2014 17:44h - Por: Deda | Categoria: Política


    As heranças deixadas por Vitor Lippi são do passado. Até dezembro o orçamento de Pannunzio havia sido feito por Lippi. Desde o dia 1º de janeiro o orçamento já é o elaborado por Pannunzio e com a Câmara em funcionamento os projetos já podem ser encaminhados para que saia do papel as suas intenções. Se algo do passado estiver emperrando, chegou a hora de falar. Toda responsabilidade pelo sucesso ou fracasso passam a ser exclusivamente de Pannunzio. O passado ficou no passado. Acabou o governo Lippi de vez.
     

    Leia mais
  • De novo, quase o prefeito afirma que o problema foi a herança que recebeu

    Enviado em: 30/01/2014 17:14h - Por: Deda | Categoria: Política


    Quem assistiu a entrevista que fiz com o ex-prefeito Vitor Lippi na TVR (Canal 23 da Net), que foi ao ar quarta e quinta e será reprisada no final de semana, viu o quanto ele tem ojeriza ao termo herança maldita. E viu também ele dizendo que é pontual o problema da falta de água em Sorocaba. Por outro lado, quem leu o noticiário de hoje da imprensa sorocabana sobre a entrevista coletiva de quarta-feira, quando foi sacramentada a troca do comando do Saae (Cuca foi à iniciativa privada e Adhemar Spinelli Júnior assumiu), sentiu o prefeito Pannunzio afirmando que o problema de hoje é apenas consequência do que não foi feito no passado. Segundo ele, nos últimos 16 anos o Saae priorizou os investimentos na coleta, afastamento e tratamento de esgoto, enquanto a água ficou sem grandes investimentos: "Não quero dizer que o Saae tenha ficado inerte". Não quis, mas foi isso que o prefeito disse. E falar em 16 anos foi uma maneira de incluir seu adversário (Renato Amary do PMDB) no mesmo saco de problema do seu companheiro (Vitor Lippi que é do PSDB). Como deputado, o próprio Pannunzio ajudou o prefeito Amary no processo de despoluição do rio (foram 4 estações de tratamento e a do bairro de Aparecidinha ainda não está em pleno andamento). A questão toda, na verdade, se concentra em investimentos que foram permitidos por Lippi (em seu governo metade da área rural se transformou em área de habitação) sem que houvesse o mesmo crescimento em infra-estrutura (leia-se maneira de levar água até as torneiras das novas residências).

    Leia mais
  • Vencedora da licitação da duplicação da Victor Andrew provoca alívio em secretário

    Enviado em: 30/01/2014 17:12h - Por: Deda | Categoria: Política


    As obras de duplicação da avenida Victor Andrew, que fazem parte do programa Sorocaba Total, e estavam paradas desde janeiro do ano passado, vão ser retomadas e agora com a certeza que serão concluídas. Na segunda-feira foi anunciada que a vencedora é a empreiteira sorocabana Júlio & Júlio e isso levou alívio ao secretário de Obras, Toni Silveira: “É uma empresa sorocabana, com lastro na cidade e com competência para cumprir com a palavra, ou seja, é a certeza de que a obra começa e vai acabar”. A Victor Andrews vai ligar a região do Ibiti do Paço até o Éden aliviando o tráfego de veículos em toda zona industrial. Se a Júlio & Júlio entregar até a semana que vem toda a documentação necessária, o prefeito assina o início das obras em duas semanas. O investimento da obra é de R$ 11 milhões. 

    Leia mais
  • Depois de três anos de atraso, kits escolares chegam às escolas antes dos alunos em 2014

    Enviado em: 30/01/2014 17:11h - Por: Deda | Categoria: Política


    Os kits escolares que deveriam ter sido entregues pela Prefeitura de Sorocaba aos alunos da rede municipal no início do ano letivo de 2011, 2012 e 2013 nunca chegaram aos estudantes. E a lenga-lenga sempre era a mesma: as empresas ganhadoras da licitação acusavam a administração municipal (prefeito Vitor Lippi) de fazer a requisição dos produtos sem dar tempo hábil para eles. Em 2013, o problema se repetiu, afinal Pannunzio entrou em janeiro e somente então deu início a licitação e os itens que compõem os kits chegaram quase no meio do ano letivo. Em 2014, isso não vai acontecer. José Simões, secretário da Educação, me disse que a licitação foi feita no ano passado e nessa semana as escolas já estão recebendo os kits. Aos diretores das escolas, Simões não se vangloriou do fato e foi bem claro em dizer que a Prefeitura não estava fazendo nada além do que sua obrigação. Ou seja, o administrador anterior havia falhado em sua obrigação.

    Leia mais
  • Só a vaidade explica momento pelo qual passa provedor da Santa Casa

    Enviado em: 29/01/2014 18:37h - Por: Deda | Categoria: Política


    Desde que José Antônio Fasiaben reuniu a imprensa e disse que a entidade tem uma dívida de R$ 50 milhões apenas uma pergunta domina as rodas de conversa dessa cidade: como? Onde foi contraída? Até agora Fasiaben prefere o silêncio. Recebi a ligação de uma amigo em comum, meu e de Fasiaben, e ele me disse que em 2010 e 2011 a Santa Casa viveu com um déficit mensal de R$ 2 milhões, ou seja, em 24 meses a dívida chegou aos R$ 50 milhões. Esses amigos, que fazem parte do mesmo Rotary de Fasiaben, disseram que sugeriram a Fasiaben para entregar à Prefeitura a Santa Casa e explicar o déficit e a impossibilidade de tocar o negócio do ponto de vista financeiro. Fasiaben não quis. Tinha medo de ser julgado mal administrador. De não ter dado conta do recado. De ter falhado. A vaidade, enfim, impediu que ele falasse o tamanho real do problema que enfrentava. Bom, deu no que deu. A intervenção, na prática, feita pela Prefeitura e todo o ônus dessa desconfiança sobre essa dívida. O que ouvi é que há uma década, quando assumiu a Santa Casa, Fasiaben recebeu R$ 4 milhões em caixa e agora entrega com esse déficit de R$ 50 milhões em dívidas.

    Leia mais
  • Notícia dada pela coluna O D da Questão é confirmada

    Enviado em: 29/01/2014 18:36h - Por: Deda | Categoria: Política


    Na coluna O D da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) na segunda-feira passada disse que Cuca (Wilson Unterkircher Filho) estaria de saída da direção do Saae de Sorocaba. Após a nota, recebi uma ligação dizendo que estava confirmada a saída de Kuka e sua substituição por Adhemar Spinelli Júnior, engenheiro de carreira do Saae. No começo da tarde a assessoria do prefeito Pannunzio convocou uma coletiva de imprensa e confirmou a saída de Kuka e chegada de Spinelli. Muita gente quis saber quem me ligou na segunda-feira para contar nem tanto a saída de Kuka que, de alguma forma, todos esperavam já que ele recebe convite do mercado há meses e tinha co compromisso de sanear a situação financeira do Saae em um ano (acordo cumprido com Pannunzio). Queriam saber como eu sabia que Spinelli seria nomeado. É só sucesso essa minha fonte.

    Leia mais
  • PTB vai ter candidato próprio a prefeito em 2016

    Enviado em: 29/01/2014 18:35h - Por: Deda | Categoria: Política


    A afirmação foi feita hoje, a mim, pelo engenheiro José Antônio Bolina que até o final do ano passado presidia o diretório municipal do PTB em Sorocaba. Bolina foi candidato a vice na chapa de Renato Amary em 2012 e passou a presidência do diretório ao médico Eduardo Luís Vieira. No começo da noite de segunda-feira, em seu escritório, Bolina recebeu a visita de Campos Machado, deputado estadual, a cara do partido em São Paulo. A visita foi de cortesia e teve a missão de intimar Bolina a permanecer no partido. Campos Machado explicou que na eleição estadual o PTB está com Alckmin e o PSDB, mas em 2016 tem caminho aberto para estar com o PMDB na eleição municipal, leia-se Renato Amary. Mas na coluna O D da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) hoje pela manhã, Bolina me ligou e foi direto: em 2016 o PTB de Sorocaba terá candidato próprio a prefeito de Sorocaba. Dado o recado. Feito o registro. Daqui três anos, essa lembrança virá à tona obviamente.

    Leia mais
  • O D da Questão reúne políticos antagônicos numa mesma mesa de debate

    Enviado em: 29/01/2014 18:32h - Por: Deda | Categoria: Política


    Foi uma experiência muito interessante ter reunido numa mesa na Praça de Alimentação do Villàggio Shopping o prefeito Pannunzio (PSDB), o deputado estadual Hamilton Pereira (PT) e o vereador Jessé (PV), políticos de tendências ideológicas distintas. O que deu um molho especial ao encontro foi a presença do superintendente da Caixa, Sandro Vimer, explicando como são feitos os financiamentos públicos. A deputada federal Iara Bernardi (PT) esteve presente no evento para acompanha-lo. A rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) e o Jornal Ipanema do próximo final de semana, em reportagem de Alana Damasceno, traz reportagem sobre o debate. E aqui no blog, em reportagem de Adriane Cacielle Souza, vocês também vão poder ler tudo o que rolou em 38 minutos de conversa. Mas se você quer ver como foi, sem edição, assista tudo no link: http://www.stv.net.br/#!debate/c1b60

    Leia mais
  • Itapetininga, a cidade do lombinho com queijo, afirma FHC

    Enviado em: 28/01/2014 15:22h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador Jessé Loures (PV) recebeu em seu gabinete na segunda feira (27/1), a visita do secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo, Edson Giriboni, que está licenciado do cargo de deputado estadual. Antes o scretário esteve nos estúdios da rádio Ipanema e falou sobre ações para proteger a represa de Itupararanga que é o principal manancial de água de Sorocaba. Mas o momento de maior descontração ocorreu quando o apresentador José Roberto Ercolin perguntou ao secretário, que é de Itapetininga, sobre o Sacy, famoso restaurante localizado no centro da cidade. O secretário relembrou que era dirigente da antiga Fepasa e se dirigiu ao então presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, num evento, e se apresentou dizendo que era de Itapetininga. De pronto, o ex-presidente falou com forte empatia em sua expressão: “você é da cidade do famoso lombinho com queijo”. É verdade, vale a pena ir ao Sacy e comer seu mais famoso lanche.

    Leia mais
  • Evento “O D do Debate” é nesta quarta-feira

    Enviado em: 28/01/2014 15:20h - Por: Deda | Categoria: Política

    Relembro que para marcar o primeiro ano da coluna O D Da Questão - apresentada por mim, que está no ar toda segunda, quarta e sexta a partir das 8h30 na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) – acontece nesta quarta (29/1) a reunião dde lideranças para refletir sobre o ano de 2014. Já confirmaram presença o prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio (PSDB); o deputado estadual Hamilton Pereira (PT), autor do projeto que deu origem a criação da Região Metropolitana de Sorocaba; o vereador Jessé Loures (PV), presidente da Frente Parlamentar Ambiental de toda a região; além de Sandro Vimer, superintendente regional da Caixa Econômica federal que gerencia apenas na região de Sorocaba uma verba de R$ 5 bilhões do financiamento de moradia envolvendo neste montante o chamado programa Minha Casa, Minha Vida. O evento “O D do Debate”, que tem o patrocínio da CEF, é aberto a participação dos interessados e acontece na praça de Alimentação do Villàggio Shopping, das 10h30 às 12h, na quarta-feira dia 29 de janeiro de 2014.

    Leia mais
  • Outra manifestação do ex-prefeito que pode ser interpretada como polêmica

    Enviado em: 28/01/2014 15:16h - Por: Deda | Categoria: Política


    Foram momentos depois que questionei o ex-prefeito Vitor Lippi (a entrevista que fiz com ele estará no ar hoje e amanhã, dias 28 e 29 de janeiro, às 23h, no Canal 23 da NET, na TVR) sobre a ausência de investimentos na rede durante seu governo que estariam provocando falta de água atualmente em diferentes regiões de Sorocaba, que um grupo de 300 moradores fecharam a avenida Ipanema em Sorocaba para protestar pelas torneiras secas, há duas semanas, em suas residências. Na entrevista, o ex-prefeito disse que foram feitos investimentos em seu governo e que a falta de água enfrentada pelo sorocabano é um caso pontual.
    Para saber o que Lippi pensa exatamente, sem nenhuma espécie de interpretação, fica reforçado o convite para que assistam a entrevista dele hoje e amanhã e que será reprisada no final de semana. 

    Leia mais
  • Ex-prefeito explica que defende a Santa Casa e não provedor

    Enviado em: 28/01/2014 15:14h - Por: Deda | Categoria: Política


    Recebi logo cedo hoje uma ligação de Vitor Lippi (a entrevista que fiz com ele estará no ar hoje e amanhã, dias 28 e 29 de janeiro, às 23h, no Canal 23 da NET, na TVR) a respeito da nota aqui publicada sobre sua defesa do provedor da Santa Casa, José Antônio Fasiaben. Ele me disse que sempre teve uma relação de contestação e debate com Fasiaben na éepoca em que foi prefeito de Sorocaba e que não saiu em defesa dele na entrevista que vai ao ar na TVR, mas das Santas Casas do Brasil em geral, na qual inclui a de Sorocaba. Na entrevista Lippi explica que o repasse às Santas Casas são insuficientes. Sobre a foto da nota (que é ilustrativa, como as outras aqui publicadas e que no geral eu as pego da Internet, por serem de domínio público) ele disse que nem se lembrava de onde ela era e que ela dá impressão errada de que ele é amigo de Fasiaben, o que me explica ele, não é verdade. A foto foi tirada num jantar pelo Dia do Panificador no Monteiro Lobato e publicada no Jornal Ipanema em 2010.
    Fica reforçado o convite para que assistam a entrevista de Lippi hoje e amanhã e que será reprisada no final de semana. Além da questão da Santa Casa, eu e ele conversamos sobre heranças (ele contesta o tempo todo o termo maldita), falta de água, contrato de lixo e também Parque Tecnológico.

    Leia mais
  • Ex-prefeito sai em defesa do provedor da Santa Casa

    Enviado em: 27/01/2014 19:27h - Por: Deda | Categoria: Política


    Vitor Lippi, ex-prefeito de Sorocaba e presidente do Parque Tecnológico de Sorocaba, concedeu entrevista para mim na tarde de hoje na gravação do programa “O D Da Questão na TV” que vai ao ar nesta quarta e quinta-feira às 23h, 7h e 13h30 no canal 23 da NET. Ele saiu em defesa clara do provedor da Santa Casa, José Antônio Fasiaben, e garantiu que as dívidas são fruto da baixa remuneração que as Santas Casas de todo o país recebem. Perguntei se o problema não seria a falta de gestão e planejamento como o próprio secretário da saúde, Armando Raggio me disse no programa “O D Da Questão”, exibidio na rádio Ipanema às segundas, quartas e sextas a partir das 8h30. Lippi disse que não.

    Leia mais
  • Espero que o prefeito não passe a mão na cabeça do provedor da Santa Casa

    Enviado em: 27/01/2014 19:26h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador Marinho Marte (PMDB) concordou com a decisão do prefeito Pannunzio de tomar as rédeas do comando da Santa Casa, mas cobra uma atitude em relação ao passado: “espero que o prefeito não passe a mão na cabeça dos responsáveis por contrair essa dívida de R$ 50 milhões da Santa Casa”, disse ele. A intervenção, que é na prática o que ocorreu na Santa Casa, prevê que é responsabilidade da Prefeitura de Sorocaba o que virá daqui para a frente sendo que a dívida passada é responsabilidade da provedoria. Para Marinho, “a prefeitura deveria exigir que quem contraiu a dívida pague do próprio bolso, com bens pessoais, por essa dívida”.

    Leia mais
  • Saúde de Sorocaba está na UTI

    Enviado em: 27/01/2014 19:25h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador Tonão Silvano (SDD) usou a palavra antes do início da votação do projeto de lei que regulamenta a criação de cargos, salários e obrigações dos gestores que passam a administrar a Santa Casa de Sorocaba e disse com todas as letras que a saúde de Sorocaba está na UTI, umw figura de linguagem para dizer que o atendimento à população está à beira do caos. Tonão deu exemplos para justificar sua afirmação e disse que respeita o prefeito Pannunzio, mas discorda totalmente do comportamento do secretário da saúde, Armando Raggio. Detalhe, Raggio estava na mesa e apenas ouviu o que disse o vereador, afinal o regimento impede que ele se manifeste. Ossos do ofício. Particularmente fiquei curioso em saber o que Raggio diria a Tonão. Me parece que seria algo do tipo que desde que ele entrou não tem mais esquema de fura-fila. Enfim...

    Leia mais
  • Se o que Pannunzio fez tivesse sido feito há cinco anos, o desfecho da Santa Casa seria outro

    Enviado em: 27/01/2014 19:23h - Por: Deda | Categoria: Política

    Os vereadores adotaram na sessão extraordinária de hoje uma postura crítica na relação Prefeitura de Sorocaba versus Santa Casa. Muitos cobraram que a Prefeitura apenas deu o dinheiro, deixando de lado a vigilância sobre para onde ele estava indo. O que ouvi foi o seguinte: Se o que Pannunzio fez em seu primeiro ano de mandato  tivesse sido feito há cinco anos, o desfecho da Santa Casa seria outro, com certeza. Pannunzio, ao contrário do ex-prefeito Vitor Lippi, condicionou o repasse de dinheiro à Santa Casa à uma detalhada prestação de contas de onde este dinheiro seria gasto. Como a Santa Casa nunca fez esta prestação de contas, nunca recebeu o repasse extra de meio milhão de reais mês. A lógica indica que se houvesse uma prestação de contas para cada gasto da Santa Casa, os mais de meio bilhão de reais que a Prefeitura enfiou na Prefeitura nos últimos quatro anos do governo Lippi teriam dado outro desfecho a essa questão.

    Leia mais
  • Vice-prefeita tem final de semana feliz no futebol

    Enviado em: 27/01/2014 19:22h - Por: Deda | Categoria: Política


    Edith Di Giorgi, vice-prefeita de Sorocaba, teve um final de semana perfeito no fitebol. O Corinthians perdeu duas vezes no sábado (a final da Copinha para o Santos e seu terceiro jogo no Paulistão para o São Bernardo) e o Palmeiras 100% goleou o Atlético Sorocaba.

    Leia mais
  • Campos Machado visita Bolina

    Enviado em: 27/01/2014 19:21h - Por: Deda | Categoria: Política


    José Antônio Bolina deixou a presidência do diretório municipal do PTB, mas mantém forte prestígio com o comando do partido. Para selar a passagem do bastão ao médico Eduardo Luís Vieira, que assumiu a presidência do PTB local, Bolina recebe hoje em seu gabinete o deputado estadual Campos Machado. O que todo mundo quer saber é se a esposa de Campos Machado, presidente do PTB Mulher do Estado, será a candidata a vice na chapa de Geraldo Alckmin que vai concorrer à reeleição para governador.

    Leia mais
  • Renato Amary paz e amor

    Enviado em: 27/01/2014 19:20h - Por: Deda | Categoria: Política


    Como estava no ar com o programa “O D Da Questão”, que é exibidio na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) às segundas, quartas e sextas a partir das 8h30, não pude ouvir a entrevista que Renato Amary concedeu ao Jornal da Cruzeiro. Mas o que ouvi é que Renato estava paz e amor, leve e humorado na entrevista. E ratificou o que vem dizendo há tempos, ou seja, que não é candidato a deputado neste ano e que vai coordenar na região a campanha de Paulo Skaf que concorre a governador. Sobre a administração Pannunzio, Renato Amary teria se limitado a dizer que faria diferente e teria outra agilidade especialmente na questão do lixo e dos conteineres. 

    Leia mais
  • A uma semana do prazo final, vinda da Argélia a Sorocaba ainda é mistério: vamos rezar para a santinha Julieta, diz secretário

    Enviado em: 23/01/2014 19:28h - Por: Deda | Categoria: Política


    Todos os sites (especializados ou não em futebol) já deram com certa a escolha de Sorocaba como a cidade que vai abrigar a seleção da Argélia durante a Copa. Mas uma simples consulta a todos eles comprova que não existe a fonte desta informação. Pelo regulamento da Fifa, cada Seleção fez uma indicação de Centro de Treinamento até o final de 2013 e o anúncio final da base escolhida deve ser realizado até 30 de janeiro de 2014. E a uma semana desse prazo, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho de Sorocaba, economista Geraldo Almeida, “não está garantida a vinda da seleção da Argélia para Sorocaba”. Ele é cauteloso em dizer qual a chance dessa notícia ser sacrameentada, mas revela toda sua fé quanto ao seu desejo: “vamos rezar para a santinha Julieta, a padroeira não oficial de Sorocaba, para que a Argélia venha mesmo”.
    Como ensinaria o jornalista e professor Celso Ribeiro, o Marvadão, em sua referencial coluna do Cruzeiro do Sul, nas seções “Sorocoisas” ou “Você é velho de Sorocaba quando...”, a tal santinha a que se refere o secretário é uma das lendas urbanas da cidade: Julieta Chaves foi uma criança que tem o túmulo visitado por muitos sorocabanos especialmente no Dia de Finados. Julieta teria sido morta por seu professor e de acordo com relatos populares registrados por jornais dos anos 50, essa garota teria sido abusado e depois esquartejada pelo professor, porém o seu corpo foi encontrado inteiro após ter sido colocado dentro de um tambor por seu assassino. O jazigo de Julieta no Cemitério da Saudades vive com flores, doces e brinquedos e atrai os sorocabanos que buscam proteção numa criança que sofreu para morrer e por isso tem um espírito protetor forte. Bom... essa é minha conclusão para explicar a fé dos sorocabanos na santinha Julieta evocada pelo secretário.

    Leia mais
  • Secretário jurídico e equipe estão em pé de guerra, mas voltando das férias que passa em Portugal ele vai reassumir o cargo

    Enviado em: 23/01/2014 19:26h - Por: Deda | Categoria: Política


    Contei que o secretário João Leandro, da pasta de Governo, está interinamente também respondendo pela Secretaria de Negócios Jurídicos da Prefeitura de Sorocaba. Bastou isso para que os rumores da saída de Anésio de Lima, o titular do jurídico, só aumentasse. Apurei duas coisas sobre este assunto: 1) Anésio e a equipe de procuradores da Prefeitura (que trabalham 4 horas por dia e na maior parte do tempo estão em serviços externos) estão em pé de guerra, como se diz na gíria; 2) Anésio dá conta do trabalho para o qual foi designado e não passa pela cabeço do prefeito troca-lo, ou seja, Anésio volta de férias e seguirá no cargo.
    Para quem me perguntou aonde o secretário foi em férias, apenas reproduzo informação pública, que está no facebook: em Sintra, uma das cidades medievais de Portugal, que fica distante uma hora de Lisboa. Já estive duas vezes nessa cidade e foi o local onde comi os melhores pratos de bacalhau da minha vida. Na foto que peguei do face, Anésio aparece com Taís Nilsen embaixo da placa de famosa taberna da cidade.

    Leia mais
  • Notícia de licitação de assessoria de imprensa cria bafafá nos bastidores entre vereadores

    Enviado em: 23/01/2014 19:24h - Por: Deda | Categoria: Política


    Reportagem de Míriam Bonora, publicada na edição de hoje do jornal Cruzeiro do Sul, sobre a concorrência para contratar serviços de consultoria em comunicação, planejamento e assessoria de imprensa no valor de R$ 66 mil por mês, totalizando R$ 792 mil pelos 12 meses de contrato, mexeu com os ânimos de alguns vereadores na Câmara de Vereadores. Três pontos intrigaram os ânimos dos vereadores: 1) atualmente 20 profissionais de comunicação são contratados pela Prefeitura (18 são comissionados e dois concursados) que custaram em dezembro de 2013 um total de R$ 105.787,15 para a folha de pagamento. 2) Outro ponto é o fato de estar em aberto edital também para a contratação de duas agências de publicidade, com previsão de custar R$ 7 milhões durante 12 meses. 3) Segundo a reportagem, o prefeito Pannunzio demonstrou desconhecer a licitação para contratação específica de assessoria de imprensa para atender à Prefeitura. A reportagem trouxe a seguinte afirmação em aspas do prefeito: "O contrato é para assessoria de imprensa, mas inclui publicidade. Eu não li o edital, mas se não tiver publicidade não adianta. A parte de imprensa eu acho que nós estamos bem, temos uma boa equipe. Talvez para veículos de fora a agência possa ser usada, mas aqui o pessoal dá conta".
    O que ouvi foi: se o próprio prefeito afirma que a Prefeitura está bem na parte de imprensa, porque se gastar mais quase R$ 800 mil com este serviço? Outra questão dos vereadores, essa relacionada ao secretário chefe de gabinete do prefeito, também responsável pela comunicação, Rodrigo Maldonado, que explicou o objetivo dessa nova licitação: "vitaminar" a assessoria de imprensa. Para quê? Onde? Qual a intenção?
    Se depender dos vereadores que ouvi, vai começar quente o ano legislativo em fevereiro. Talvez até mesmo na segunda-feira, quando tem sessão extraordinária para votar questões ligadas a requisição (intervenção) na Santa Casa.

    Leia mais
  • Falta de água: outra herança maldita que sobrou para a atual administração

    Enviado em: 22/01/2014 19:18h - Por: Deda | Categoria: Política


    Sabe a falta de água que inferniza a vida de milhares de sorocabanos todo dia? Pois bem, o problema não é que falta água. O problema é falta de equipamento para levar a água até as torneiras. E falta equipamento porque o Saae não investiu o que deveria na última década. Eu soube que a atual direção da autarquia, quando assumiu o comando em janeiro do ano passado, se deparou com um déficit e alertou o prefeito que o valor desse déficit beirava os R$ 20 milhões. Se isso não é herança maldita, o que seria?
    O relise da Prefeitura informa o seguinte: Após vencidos os trâmites administrativos, incluindo o processo de licitação, assinatura de contrato, ordem de serviço e prazos para a fabricação, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sorocaba (Saae/Sorocaba) recebeu nesta terça-feira (21) os equipamentos que restam para serem instalados e que permitirão a ampliação em 49% da capacidade atual de bombeamento de água da represa, dos reservatórios para as casas. Com essas intervenções, que estão sendo realizadas na Estação de Tratamento de Água "Dr. Armando Pannunzio" (ETA/Cerrado), e mais a implantação de um novo anel de distribuição de 60 centímetros de diâmetro, cujas obras também estão em pleno andamento, o Saae/Prefeitura pretende ampliar e melhorar as atuais condições de abastecimento em Sorocaba e principalmente na Zona Norte.

    Leia mais
  • Denuncia de corrupção no Saae atinge ex-diretores

    Enviado em: 22/01/2014 19:17h - Por: Deda | Categoria: Política


    O Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado ligado ao Ministério Público de Sorocaba denunciou formalmente 25 envolvidos no esquema de corrupção e direcionamento de licitações no Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sorocaba), investigados na chamada Operação Águas Claras. Todos os 25 denunciados, envolvendo os ex-diretores Pedro Dal Pian e Geraldo Caiuby, responderão pelo crime de organização criminosa, com pena de um a três anos de reclusão.

    Leia mais
  • Ministro da Saúde vai elevar o nível do debate político nessa eleição

    Enviado em: 22/01/2014 19:14h - Por: Deda | Categoria: Política


    O secretário de Saúde, Armando Raggio, já estava no estúdio da rádio Ipanema enquanto, por telefone, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, concedia entrevista. Raggio e Padilha militam há anos no serviço público, se conhecem e trocaram cumprimentos no ar. Fora do microfone, Raggio me confidenciou: ele vai elevar o nível do debate político nessa eleição. Raggio parou por ai, mas minha interpretação é a de que os tucanos sabem que Padilha será um candidato duro de ser batido na disputa pelo governo de São Paulo. Confesso que a fala firme do ministro, com entonações bem marcadas, me deixaram boa impressão. Pode ser que deixe também no eleitorado. Padilha, durante a entrevista de hoje a José Roberto Ercolin, no mínimo foi simpático ao citar nominalmente os deputados petistas de Sorocaba (Iara Bernardi e Hamilton Pereira).

    Leia mais
  • Problema da Santa Casa foi a falta de controle do dinheiro público

    Enviado em: 22/01/2014 19:12h - Por: Deda | Categoria: Política


    O secretário de Saúde, Armando Raggio, esteve hoje na coluna O D Da Questão que está no ar toda segunda, quarta e sexta a partir das 8h30 na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz). Falou sobre as mudanças na área da saúde, especialmente sobre a intervenção na Santa Casa e resumiu a questão assim: o problema da Santa Casa foi a falta de controle do dinheiro público. Ele disse que mantém relação boa com Milton Palma (que foi secretário titular ou adjunto por 16 anos na Prefeitura de Sorocaba e no ano passado assumiu cargo na Santa Casa) e se furtou de comentar a afirmação da vice-prefeita, médica Edith Di Giorgi, que no mesmo programa, semana passada, disse que a Santa Casa chegou a chantagear a Prefeitura.

    Leia mais
  • Filho do ex-prefeito desmente uma parte e confirma outras três de minha postagem

    Enviado em: 22/01/2014 19:10h - Por: Deda | Categoria: Política


    Murilo Lippi, filho do ex-prefeito de Sorocaba, Vitor Lippi, me manda a seguinte mensagem: "O acordo de Lippi com o ex-vereador Moacyr Luis é pura fofoca. É verdade que Lippi tem sido procurado por vereadores e ex-vereadores oferecendo apoio a sua candidatura." Além de Moacir Luís a nota dava conta do acerto com os ex-vereadores Arnô, Ruby e Ditão Oleriano. Ou seja, esses três estão confirmadíssimos. O que asseguro, porém, é que Lippi recebeu e conversou com Moacir Luís no Parque Tecnológico de Sorocaba.

    Leia mais
  • O D Da Questão completa um ano

    Enviado em: 22/01/2014 19:09h - Por: Deda | Categoria: Política


    A coluna O D Da Questão - apresentada pelo jornalista Djalma L. Benette, o Deda, que está no ar toda segunda, quarta e sexta a partir das 8h30 na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) desde o dia 25 de janeiro de 2013 - completa um ano e para celebrar a data acontece o evento “O D do Debate”. A idéia, explica o jornalista Deda, é aproveitar essa marca de um ano no ar na rádio Ipanema e reunir lideranças da comunidade sorocabana e regional para refletir sobre o ano de 2014. Para isso já confirmaram presença o prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio (PSDB); o deputado estadual Hamilton Pereira (PT), autor do projeto que deu origem a criação da Região Metropolitana de Sorocaba; o vereador Jessé Loures (PV), presidente da Frente Parlamentar Ambiental de toda a região; além de Sérgio Reze, presidente do Instituto Defenda Sorocaba que nasceu com o propósito de ser uma voz a mais da sociedade na discussão do futuro da cidade; e Sandro Vimer, superintendente regional da Caixa Econômica federal que gerencia apenas na região de Sorocaba uma verba de R$ 5 bilhões do financiamento de moradia envolvendo neste montante o chamado programa Minha Casa, Minha Vida. Deda lembra que da coluna O D Da Questão na rádio Ipanema deu origem ao blog (www.oddaquestao.com.br) e ao O D Da Questão na TV (apresentado de segunda a sexta às 23h na TVR, canal 23 da NET) por incentivo do empresário Kiko Pagliato, dono da rádio Ipanema. Deda ressalta, ainda, a importância dos colegas da rádio, especialmente José Roberto Ercolin, Alexandre Moretto, Paulo Roberto Júnior e Kiko Pagliato, com quem divide a bancada nos minutos em que apresenta a coluna, para que O D Da Questão chegasse a marca de um ano no ar. O evento “O D do Debate”, que tem o patrocínio da CEF, é aberto a participação dos interessados e acontece na praça de Alimentação do Villàggio Shopping, das 10h30 às 12h, na quarta-feira dia 29 de janeiro de 2014.

    Leia mais
  • Martinez vai estrear como líder em sessão extraordinária

    Enviado em: 21/01/2014 19:16h - Por: Deda | Categoria: Política


    O ex-presidente da Câmara, vereador Martinez, está com a saúde em ordem e pronto para estrear na função de líder do prefeito na sessão extraordinária que deve acontecer na próxima terça-feira (leia a postagem a seguir). Ele passou mais de duas horas em reunião com Pannunzio na tarde hoje (21/1) e saiu de lá cheio de informações e com a missão de ser a voz do prefeito dentro da Câmara de Sorocaba. A função, enquanto Martinez presidia o Legislativo ao longo de 2013, foi desempenhada pelo vereador Waldomiro de Freitas (PSD). Waldomiro também foi chamado para uma conversa pelo prefeito antes da conversa que o prefeito teve com Martinez.

    Leia mais
  • Prefeito vai convocar Câmara para sessão extraordinária para projeto da Santa Casa

    Enviado em: 21/01/2014 19:14h - Por: Deda | Categoria: Política


    Depois de uma reunião cujo o assunto eu suponho tenha sido o aspecto financeiro, que começou antes do almoço e só terminou por volta das 14h30 de hoje (21/1), e da qual fizeram parte os secretários Armando Raggio (Saúde), João Leandro (Governo) e Aurílio Caiado (Fazenda), ficou decidido que o prefeito Pannunzio vai mandar um projeto de lei à Câmara de Vereadores para ser votado em sessão extraordinária (ou seja antes da volta dos legisladores que estão em período de recesso). Como não há mais tempo hábil para essa convocação ser feita e a sessão ser realizada na quinta (23/1), ela deverá ocorrer no dia 28/1. Não sei qual será o projeto, mas levando em conta quem participou da reunião e o volume de dinheiro que a Santa Casa leva da Prefeitura (foram R$ 60 milhões somente em 2013) suponho que o projeto crie uma estrutura administrativa para a Santa Casa. Uma estrutura com cargos e salários para um administrador profissional do dinheiro. A OS (Organização Social) que virá a ser chamada via licitação para a Santa Casa terá o papel do atendimento médico à população, a administração do dinheiro ficaria com essa estrutura a ser criada na votação da Câmara.
    Por falar em Santa Casa, fica o convite para ouvirem O D Da Questão (rádio Ipanema FM 91,1Mhz) nesta quarta-feira. Meu convidado é o secretário Raggio que na foto aparece em coletiva de imprensa falando sobre a Santa Casa. Se tiver questão ao secretário, grave sua pergunta. Basta ligar 2102-0384 ou 2102-0385.

    Leia mais
  • Nunca um apelido fez tanto sentido na Prefeitura de Sorocaba

    Enviado em: 21/01/2014 19:05h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador Marinho Marte (que desde 1982, eleição após eleição, vem sendo eleito para a Câmara de Sorocaba) é reconhecido por fazer uso de frases e apelidos para se fazer explicar na tribuna. E logo no começo da atual gestão, há um ano, ele passou a chamar o secretário de Governo, João Leandro da Costa Filho, de “João Leão”. Passados quase treze meses do governo Pannunzio, João Leandro ganhou poderes, encargos e trabalho como nenhum outro secretário. Além da pasta de Governo, ele é o chefe da Segurança Comunitária (manda na Guarda Civil Municipal), foi nomeado para o comando da nova gestão da Santa Casa e desde segunda-feira passada também comanda a secretaria dos Negócios Jurídicos. O titular, Anésio Lima (que aparece à esquerda na foto com João), entrou em férias. Há quase 15 anos, desde 1999, João Leandro é assessor de Pannunzio. Primeiro na região de Guapiara, onde nasceu filho de agricultor de tomate. Depois em Brasília e Sorocaba.

    Leia mais
  • Lixo perde espaço nas manchetes, mas ainda gera reclamação

    Enviado em: 21/01/2014 19:03h - Por: Deda | Categoria: Política


    Esta foto foi me mandada há instantes. É a situação da rua que sai da frente da Padaria Real na avenida Afonso Vergueiro e termina na avenida General Carneiro. O local é a porta de entrada e saída de caminhões de um comércio da região. O volume de lixo é tão grande que a própria Prefeitura colocou um conteiner de mil litros no local. Mas a foto mostra que ele é insuficiente e os sacos vão se acomodando na calçada. Uma dona de casa disse que na noite de hoje (terça-feira, 21/1/14) está previsto para o caminhão passar e fazer a coleta. A última vez que ele passou foi no sábado (18/1). As pessoas definitivamente não mudaram o comportamento (ou seja, passarem a guardar o lixo em casa e só coloca-lo na rua no dia em que o lixeiro passa) e aposto que não vão. Vivi a experiência de um negócio que não deu certo porque também se exigiu que o sorocabano mudasse de hábito. Não muda. Foram sete anos tentando, investindo e no final não deu certo. Por essa experiência própria, e por observar o comportamento do sorocabano há anos, defendo a volta do conteiner. A dona de casa quer. Se acostumou com o conforto de pôr para fora de casa, na hora e no dia que desejar, o seu lixo.

    Leia mais
  • Primeiro dia da intervenção da Santa Casa começa turbulento e termina com preocupações e interrogações: “a situação está pior do que se podia imaginar”

    Enviado em: 20/01/2014 19:03h - Por: Deda | Categoria: Política


    O primeiro dia de trabalho do gestor geral da Santa Casa de Sorocaba, o médico nefrologista Francisco Antônio Fernandes, nomeado pelo prefeito Pannunzio para administrar o hospital e o Pronto-Socorro Municipal, começou tenso nesta segunda-feira (20/1/14). A primeira turbulência foi com a direção do hospital afastada após a requisição do prédio, funcionários e equipamentos (o que na prática é intervenção). O provedor José Antônio Fasiaben não escondeu a mágoa com a direção adotada pelo prefeito para resolver o problema e a reunião foi classificada de pouco amistosa. Neste momento (pouco mais de 19h), o novo gestor e sua equipe se dirigem até o prefeito Pannunzio para fazer um relato completo do primeiro dia da intervenção. Mas ouvi de uma pessoa que acompanhou os trabalhos que a equipe está cheia de preocupações e interrogações: “a situação da Santa Casa está pior do que se podia imaginar” me disse, textualmente, minha fonte. Na Prefeitura de Sorocaba, a ordem é evitar qualquer tipo de polêmica e resolver o problema do atendimento médico ao cidadão sem expôr ninguém: “O prefeito quer resolver o problema da Santa Casa e não fazer nenhuma caça às bruxas. O gestor geral tem plenos poderes de direção e administração da Santa Casa e só está subordinado às determinações do prefeito”, me disse João Leandro, que é secretário de governo e faz parte do grupo gestor que assumiu hoje a Santa Casa. O secretário me disse que “tirando o prefeito e o gestor geral ninguém mais está autorizado a falar sobre a Santa Casa”. Ou seja, minha fonte falou demais. Mas que falou, falou.

    Leia mais
  • Havan entrega documentos, assina TAC e ganha autorizaçãopara funcionar

    Enviado em: 20/01/2014 18:59h - Por: Deda | Categoria: Política


    A loja de departamentos Havan de Sorocaba (que é a 64ª da rede Havan, possui 14 mil metros quadrados de área construída, consumiu investimentos de R$ 40 milhões e gera 200 empregos diretos no município) obteve na tarde desta segunda-feira a liberação para funcionar. Localizada na avenida Itavuvu, em Sorocaba, o prédio estava interditado desde o dia 21 de dezembro, quando anunciou que abriria as portas para o público, por falta de dois documentos: AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) e o Auto de Vistoria da Prefeitura. O AVCB e os documentos exigidos pela Divisão de Licenciamento e Controle do município foram entregues e às 15h o prédio foi imediatamente liberado, ou seja, a Prefeitura e o Corpo de Bombeiros atestam que a loja está apta a iniciar as operações em Sorocaba e oferece toda a segurança exigida por lei. Um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) assinado pela Havan, garantindo a recuperação do asfalto nas vias próximas a loja, que foram estragados pelo tráfego de caminhões da obra da loja, também foi assinado e ajudou na liberação do funcionamento da loja. Apurei que se o TAC não vier a ser cumprido, a Havan corre o risco de ser novamente interditada.

    Leia mais
  • Rigor com a Havan surge com a tragédia de Santa Maria

    Enviado em: 20/01/2014 18:58h - Por: Deda | Categoria: Política


    O incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS), em janeiro do ano passado, matou mais de 200 jovens que estavam dentro do espaço. Um assunto que vem sendo esmiuçado desde então. De lá para cá, a ordem dentro da Prefeitura de Sorocaba é que todos os novos empreendimentos sáo sejam aprovados e liberados para funcionar se atenderem as exigências da lei antes da sua abertura. Acabou o jeitinho de permitir que funcione dando prazo para que o empresário consiga a documentação necessária. Vale lembrar dois aspectos: a) na tragédia de Santa Maria o prefeito da cidade e o chefe dos Corpo de Bombeiros foram responsabilizados por permitir que a boate funcionasse sem estar apta; b) o Paço Municipal de Sorocaba (Palácio dos Tropeiros) e alguns templos religiosos de Sorocaba não possuem AVCB e nem Habite-se e estão funcionando. Isso ocorre porque já funcionavam antes da tragédia e têm seis meses para se regularizar. 

    Leia mais
  • Com exceção de tucano, outros pré-candidatos ignoram Sorocaba neste início da corrida eleitoral ao governo paulista

    Enviado em: 20/01/2014 18:57h - Por: Deda | Categoria: Política


    O ministro da Saúde, Alexandre Padilha (PT), tem usado o cargo para se aproximar do eleitor de São Paulo. Pré-candidato a governador, ele saiu de Brasília para participar de 53 atos oficiais entre o início de novembro e a última sexta-feira. Nada menos que 44 deles, ou 83% do total, ocorreram em solo paulista. Como cumpria agenda do ministério, Padilha contou com a estrutura do governo, foi acompanhado por assessores e viajou a bordo de aviões da Força Aérea Brasileira. A informação é da coluna Painel do jornal Folha de S.Paulo. Ribeirão Preto, Marília, Guarulhos são algumas cidades do interior visitadas pelo ministro. A capital, nem se fala. Paulo Skaf (PMDB), que cumpre maratona de visitas em diferentes cidades, já cancelou duas vezes sua presença em evento no Sesi de Sorocaba e com exceção de estar presente em evento de Renato Amary na Câmara de Vereadores não aparece por aqui. Kassab (PSD) visitou duas vezes Itu, mas não deu o ar da graça por aqui. A exceção é Geraldo Alckmin (PSDB) que no exercício do governo acha um pretexto para vir para cá toda hora. Em 2014 ele ainda não apareceu por aqui, mas já já aparece, afinal foi pouco antes do Natal que ele veio.

    Leia mais
  • Nas trocas de ministros e secretários, nenhum daqui

    Enviado em: 20/01/2014 18:53h - Por: Deda | Categoria: Política


    No Palácio do Planalto e em São Bernardo do Campo, é dado como certo que Arthur Chioro será nomeado para a vaga de Alexandre Padilha, que já esvazia as gavetas no ministério. Ele é secretário do prefeito Luiz Marinho (PT). No Palácio dos Bandeirantes e em Piracicaba é dado como certo que Barjas Negri (PSDB) fará parte do primeiro escalão do governo Alckmin a partir de fevereiro, quando ele muda a equipe liberando quem está em algum cargo para começar a fazer a campanha para deputado. Seja lá ou aqui, de novo, nenhum sorocabano na parada. Um sinal do termômetro do prestígio dos políticos locais nas decisões nacionais e federais.

    Leia mais
  • Pannunzio e Renato Amary se encontram no Fórum de Sorocaba e se cumprimentam cordialmente

    Enviado em: 17/01/2014 18:17h - Por: Deda | Categoria: Política


    A primeira audiência da ação contra Antônio Melo, o ex-coordenador de marketing eleitoral da coligação Sorocaba do Bem, do então candidato Renato Amary na eleição municipal de 2012, movida pelo Ministério Público eleitoral, aconteceu na tarde desta sexta-feira (17/1/14) no Fórum de Sorocaba. O autor da ação é o promotor Jorge Alberto de Oliveira Marum que está em férias e não compareceu a audiência, sendo representado pelo promotor Orlando Bastos Filho. O atual prefeito e então candidato Pannunzio entra na ação como vítima. Renato Amary (então candidato) e José Carlos Fineis (profissional do jornal Cruzeiro do Sul) entraram como testemunhas de acusação. Pelo lado de Antônio Melo ele reuniu como testemunhas de defesa dois colegas de campanha (os publicitários Carlos Laino e Luís Pedrão) e dois profissionais autônomos da imprensa da cidade (Carlos Alberto Maria e este blogueiro). Apenas em razão disso, por ter sido convocado para eestar na audiência, pude testemunhar o encontro dos adversários da última eleição municipal em 2º turno. Renato Amary, desacompanhado de advogado ou assessores, chegou no recinto reservado para a audiência na 6ª Vara Civil quando já estavam no local Antônio Melo, as testemunhas de defesa e os advogados da defesa (Lázaro Paulo Escanhoela e Rodrigo Monteiro.). Pannunzio chegou acompanhado do secretário de Governo, João Leandro, e do secretário jurídico, Anésio Lima, e se encontrou com o seu advogado. Quando o prefeito entrou, todos os presentes se levantaram e se cumprimentaram. Pannunzio e Renato foram cordiais um com o outro, mas não engataram nenhuma conversa.
    Em agosto de 2013, o promotor Marum protocolou na Justiça Eleitoral a ação contra o ex-coordenador de marketing da coligação Sorocaba do Bem, Antonio Melo, acusando-o de ter adulterado uma página do jornal Cruzeiro do Sul com reportagem de 18 de agosto de 1991 sob o título "Prefeito quer construir hospital na zona norte", ano em que Pannunzio era prefeito de Sorocaba, para reproduzi-la no programa eleitoral exibido na tevê durante as eleições municipais de 2012.
    Haverá um memorial sobre a audiência de hoje e somente depois o juiz Emerson de Camargo, que conduziu toda a audiência, vai se pronunciar. Como testemunha, não tive acesso ao que cada uma das partes deste processo falou durante o pronunciamento na frente do juiz e do escrivão. Fui questionado pelo promotor Orlando Bastos e pelo advogado Rodrigo Monteiro em questões técnicas envolvendo a página do jornal e a sua função na propaganda eleitoral da campanha. A peça publicitária toda, que foi ao ar na campanha, teve a duração de 7 segundos.

    Leia mais
  • Prefeito está com o pé no chão e não se ilude com os aplausos do momento

    Enviado em: 17/01/2014 18:16h - Por: Deda | Categoria: Política


    Durante a audiência no Fórum de Sorocaba na tarde desta sexta-feira(leia a postagem “Pannunzio e Renato Amary se encontram no Fórum de Sorocaba e se cumprimentam cordialmente”), tive a chance de falar por 2 minutos com o prefeito Pannunzio. Conversa de praxe e cordialidade como um ambiente daquele, como a antesala de um juiz, permite. Minha pergunta foi simples e direta: “e ai, tudo bem com a Santa Casa?” E a resposta dele foi mais simples e direta ainda: “por enquanto está todo mundo apoiando. Essa medida atende a expectativa de todos que eu consultei (representantes dos funcionários da Santa Casa, vereadores, assessores dele...), mas sei que na prática isso pode ser diferente. O importante é que nada foi feito precipitadamente e cada passo foi pensado para que essa medida dê certo e a Santa Casa atenda a população como ela merece”.

    Leia mais
  • Na prática, Prefeitura faz intervenção na Santa Casa e provedor se surpreende

    Enviado em: 17/01/2014 18:14h - Por: Deda | Categoria: Política


    Durante entrevista na coluna “O D da Questão” na manhã de hoje na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), a vice-prefeita Edith Di Giorgi, revelou que o provedor da Santa Casa, José Antônio Fasiaben, se surprendeu na reunião a que foi chamado para participar na Prefeitura de Sorocaba com o prefeito Pannunzio, no final da tarde de quinta-feira (16/1/14), quando soube que o prédio, equipamentos e funcionários da Irmandade Santa casa estavam sendo requisitados pela Prefeitura para que ela, Prefeitura, assumisse a gestão de todo o complexo. Segundo Edith, Fasiaben deu a entender que tinha a expectativa que a reunião seria para que a prefeitura desse ainda mais dinheiro para a Santa Casa. Em 2013, apenas para o Pronto-Socorro Municipal, a Prefeitura deu R$ 60 milhões à Santa Casa. Segundo Edith, Fasiaben tentou relutar em aceitar a proposta de Pannunzio, mas quando ficou claro que já era uma decisão tomada apenas acatou. Com isso, a partir de segunda-feira (20/1/14) um comitê gestor nomeado pelo prefeito vai comandar a Santa Casa até que o processo licitatório para se contratar uma OS (Organização Social) seja concluído e essa OS passe a ser a gestora da Santa Casa. Neste sábado (18/1/14), revelou Edith, o prefeito comanda uma reunião com toda a equipe que fará parte dessa equipe gestora, incluindo o secretário da saúde, Armando Raggio, que estava em férias e foi convocado a retornar ao trabalho.

    Leia mais
  • Ex-prefeito reúne exército de ex-vereadores

    Enviado em: 16/01/2014 19:28h - Por: Deda | Categoria: Política


    Vitor Lippi, que anunciou que é candidato a deputado federal há um ano, não esconde mais quem é que vai trabalhar para ele. Pelo menos quatro ex-vereadores já estão pedindo votos. Ruby (que aparece na foto), o polêmico, que se viu envolvido no risco de perder seu mandato por várias vezes é um deles. Ditão Oleriano que obteve mais de 3 mil votos na eleição passada, mas mesmo assim ficou de fora, é outro. Arnô Pereira que era do PT até o final de 2012 e agora é filiado ao PSDB também. E até mesmo o pastor Moacir Luís que foi expulso do PSDB depois de uma briga com Lippi está nesse time. Lippi e Moacir eram tido como inimigos. Eram. 

    Leia mais
  • O futuro da candidatura do PMDB é assunto de encontro

    Enviado em: 16/01/2014 19:27h - Por: Deda | Categoria: Política


    Nem mesmo a pressão do vice-presidente da República, Michel Temer, está fazendo o ex-prefeito e ex-deputado sorocabano Renato Amary mudar de ideia sobre seu futuro político. Na próxima semana Amary deve se encontrar com Paulo Skaf, que deverá ser indicado como candidato a governador pelo PMDB, para tratar da coordenação regional da campanha de Skaf. É certa a decisão de Amary em não se candidatar a deputado federal. Pelo menos por enquanto.

    Leia mais
  • Crise da Santa Casa encerra férias de secretário da saúde

    Enviado em: 16/01/2014 19:25h - Por: Deda | Categoria: Política


    Armando Raggio ficou apenas uma semana em férias e a pedido do prefeito Pannunzio retorna ao batente para coordenar o início dos trabalhos da OS (Organização Social) que vai assumir o comando do Pronto Socorro Municipal, que funciona na Santa Casa, a partir de segunda-feira, dia 20 de janeiro. A intervenção por parte da prefeitura foi pacífica em reunião com o comando da instituição. O provedor José Antônio Fasiaben e a diretoria estiveram na Prefeitura e ouviram que o prefeito requisitou equipamentos, prédios e funcionários. Tentaram argumentar que eles podem fazer o trabalho, mas cederam a pressão de Pannunzio e deixam essa parte para a OS. O nome do gestor já está escolhido pelo prefeito, mas ainda não foi divulgado. Segunda-feira, no início dos trabalhos, certamente será. Armando Raggio estava em Brasília, a capital federal, passando férias ao lado da esposa que trabalha e mora lá.

    Leia mais
  • Vereador move ação civil pública e pede a intervenção imediata da direção da Santa Casa de Sorocaba. Justiça acaba de negar

    Enviado em: 15/01/2014 18:40h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador José Crespo entrou com medida liminar na justiça pedindo a intervenção provisória na Santa Casa de Sorocaba, o afastamento da atual diretoria e solicita que a Prefeitura assuma o controle da instituição. A Vara da Fazenda Pública recebeu este pedido na terça-feira (14/1/14) e há questão de uma hora acaba de negar todas essas solicitações. A Santa Casa enfrentou greve de funcionários e não presta contas à Câmara há seis meses apesar de ter recebido dinheiro público da Prefeitura de Sorocaba ao longo dos últimos anos. Somente em 2013 foram mais de R$ 60 milhões, na média de R$ 5 milhões por mês. Ainda não sei quais os argumentos usados pelo juiz da Vara da Fazenda Pública de Sorocaba, José Eduardo Marcondes Machado para negar os pedidos do vereador.

    Leia mais
  • Presidente da Câmara diz que prefeito tem a intenção de intervir na Santa Casa

    Enviado em: 15/01/2014 18:39h - Por: Deda | Categoria: Política


    O vereador Gervino Gonçalves, conhecido por Claúdio do Sorocaba 1, em entrevista para mim hoje pela manhã, no programa O D da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), disse que vai apoiar o prefeito na decisão que ele tomou em relação a Santa Casa. Eu quis saber qual era essa decisão. Cláudio se enroscou e disse que não poderia adiantar ao que o prefeito ainda vai fazer. Mas pelo que apurei, o prefeito tem a intenção de solicitar funcionários, equipamentos e prédio onde funciona o Pronto Socorro Municipal, seria uma intervenção parcial, já que toda a administração da Santa Casa no que diz respeito a SUS (Sistema Único de Saúde) e o plano particular Santa Casa Saúde seguiria ssob a responsabilidade da atual provedoria. No ano passado, a Santa Casa recebeu cerca de R$ 60 milhões da Prefeitura de Sorocaba, algo em torno de R$ 30 milhões do governo federal e algo perto dos R$ 5 milhões do governo estadual e ainda emendas de parlamentares. 

    Leia mais
  • Santa Casa convoca imprensa e revela dívida de R$ 50 milhões

    Enviado em: 15/01/2014 18:37h - Por: Deda | Categoria: Política


    O advogado José Domingos Valarelli Rabello, o diretor administrativo Newton Tomio Miyashita e o provedor da Santa Casa, José Antônio Fasiaben, conversaram há instantes com jornalistas e revelaram que a Santa Casa Misericórdia de Sorocaba possui uma dívida de mais de R$ 50 milhões. Deste montante, R$ 30 milhões são dívidas com instituições bancárias que foram realizadas no intuito de trazer recursos para manunteção do funcionamento pleno da Santa Casa. Já os outros R$ 20 milhões são referentes à pendências internas, "incluindo dívidas que fizemos renegociando com as equipes médicas e necessidades diárias", completa. Para tentar sanar o saldo devedor, que está acumulado já há cerca de quatro anos, o provedor da Santa Casa, José Antônio Fasiaben, explica que há um planejamento estratégico: "Nós já pedimos financiamento via governo do Estado através do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social)", afirma.  Fasiaben explica ainda que já houve solicitação de repasses por meio do PróInveste. O pedido foi feito em outubro de 2013, porém ainda não houve resposta por falta de projeto para apresentar: "Vamos reduzir, controlar, ajustar e movimentar todo o hospital para que consigamos melhores recursos para pagamentos", afirma Fasiaben. A expectativa é de que a dívida bancária seja financiada e o restante seja pago com parcelamentos. "São fornecedores, coisas de rotina", finaliza. Atualmente, o custo mensal para manter o hospital é de cerca de R$ 7 milhões por mês. As informações são do site do Jornal e Rádio Ipanema (http://www.jornalipanema.com.br/noticias/saude/46273-santa-casa-de-sorocaba-acumula-divida-de-mais-de-r-50-milhoes).

    Leia mais
  • Trote é da nossa cultura, não da deles

    Enviado em: 14/01/2014 16:57h - Por: Deda | Categoria: Política


    O sorocabano Francisco Fernando Cruz, 22 anos, detido em Miami por um trote (denunciou por email falsamente uma ameaça de bomba em um voo partindo de Miami a Brasília, no último dia 10) está preso e ganhou as páginas de toda a mídia brasileira na última segunda-feira. Ele cuidava de um garoto autista em Nova Jersey, onde também estudava marketing. Nada vai mudar até o dia 24 quando uma audiência definirá o futuro do caso. Fernando poderá cumprir pena de cinco anos, além de ser multado em US$ 250 mil (aproximadamente R$ 587 mil), caso vá julgamento e seja condenado. A mãe de Francisco, Claudia Cruz, 42 anos, que é a cabeleireira fez contato com o Itamaraty que garantiu a ela que está acompanhando o sorocabano. Claudia publicou em sua página do Facebook uma defesa do filho. "Amigos, meu filho está sendo acusado injustamente de algo que não fez. Espero que seja desfeita está injustiça". 
    Para efeito de comparação, lembro que de cada dez ligações recebidas pelo Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) em Sorocaba, metade delas são de trote, são mensagens de pessoas que usam um canal de denúncia para paquerar o atendente, mentir sobre ocorrências, fazer piadas. Por dia, na média, são 3 mil ligações recebidas pelos fones 190 (polícia) e 193 (bombeiros) e mais de 1500 são falsas. Uma lei da deputada estadual de Itu, Rita Passos (PSD), prevê multa de R$ 1 mil a quem passar trote. Mas pelo que sei, depois de vetada pelo governo e derrubada na Assembléia, tal lei nunca puniu um único paulista.

    Leia mais
  • Pela cara de bravo do prefeito, acredito que ele tenha outros planos para a Santa Casa

    Enviado em: 14/01/2014 16:55h - Por: Deda | Categoria: Política


    Em minha passagem hoje na Prefeitura de Sorocaba me encontrei com o prefeito Pannunzio. Como sempre, me tratou com cordialidade e educação. Mas percebi algo de carregado em seu semblante e fiquei sabendo que ele estava muito bravo com a direção da Santa Casa. Na última segunda-feira (13/1/14), a Prefeitura antecipou a transferência de R$ 903 mil à conta da Santa Casa para que o pagamento de salários atrasados dos funcionários do hospital pudesse ser feito. Ficou combinado que isso ocorreria na manhã de hoje (14/1/14), mas a promessa ficou para o final da tarde. Pela cara de bravo do prefeito, acredito que ele tenha outros planos para a Santa Casa.

    Leia mais
  • Presidente da Câmara faz visita de cortesia ao prefeito

    Enviado em: 14/01/2014 16:53h - Por: Deda | Categoria: Política


    Recebo na manhã desta quarta-feira no programa O D da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) o vereador Gervino Gonçalves, o Cláudio do Sorocaba 1, que desde 1º de janeiro de 2014 é o presidente da Câmara de Vereadores de Sorocaba. Por acaso, também me encontrei com ele hoje na Prefeitura de Sorocaba. Foi fazer uma visita de cortesia ao prefeito Pannunzio. É o que me disse quando perguntei.

    Leia mais
  • Amores Roubados leva toda a minha primeira audiência

    Enviado em: 14/01/2014 16:52h - Por: Deda | Categoria: Política


    Me encontrei por acaso na manhã de hoje com a jornalista Ivana Back (famosa por sua aparição diária na TV Tem por mais de dez anoss seguidos) na porta do elevador da Prefeitura de Sorocaba. Ela disse que assistiria hoje a estréia do programa O D da Questão na TV R (Canal 23 da Net) porque ontem não perderia por nada a minissérie “Amores Roubados”, da Rede Globo. Nem ela e nem o Brasil, aliás. Bateu o recorde de audiência ontem o episódio da morte de Leandro, interpretado por Cauã Reymond. No Rio de Janeiro, a série alcançou 34 pontos segundo o Ibope. Em São Paulo, marcou 32. E aqui vai a dica: O D da Questão na TV R (Canal 23 da Net) vai ao ar de segunda a sexta, às 23h. Sempre é um programa novo. A reprise ocorre no dia seguinte às 7h30 e às 13h. Na estréia entrevistei o prefeito Pannunzio que revela entre outras novidades que tem a pretensão que o BRT (ônibus rápido) convença o sorocabano a deixar o carro particular em casa e passe a usar esse meio de transporte público que terá alta qualidade. O BRT será inaugurado em 2016.

    Leia mais
  • Nem uma coisa e nem outra

    Enviado em: 14/01/2014 16:47h - Por: Deda | Categoria: Política


    O secretário de Esportes, Francisco Moko Yabiku, não vai assumir o seu cargo na Câmara de Vereadores e nem deixará a sua pasta ao menos nos próximos três meses. Paulo Mendes, caso seja aprovada em fevereiro a mudança na Lei do Ficha Limpa Municipal em votação na Câmara, continuará sem poder assumir cargo de agente político (como secretário), apenas alguma assessoria do segundo escalão do Poder Executivo. Mas nada definido.

    Leia mais
  • Pisada na bola reaviva saída de secretário de Esportes e abre brecha a ex-vereador

    Enviado em: 13/01/2014 18:08h - Por: Deda | Categoria: Política



    A decisão de um funcionário da secretária de Esportes e Lazer em acabar com o  projeto Férias Quentes (o prefeito disse que soube pelos jornais e que a decisão não passou pelo aval do secretário Yabiku) reavivou um assunto que, para muitos, estava morto: a saída de Yabiku do comando da pasta de Esportes e Lazer da Prefeitura de Sorocaba. Ele foi eleito vereador e foi para a secretaria para dar vaga ao primeiro suplemente Paulo Mendes que assumiu a vaga no legislativo. Com o problema de perda de direitos políticos de Paulo, a vaga ficou com a pastora Neusa Maldonado. Com esse problema do Férias Quentes, e com a mudança da Lei do Ficha Limpa Municipal (que foi aprovado em primeira discussão e volta a ser debatido na Câmara na volta do recesso do legislativo), o que se fala nos bastidores é que Paulo Mendes poderá ocupar cargo público. No caso, Paulo Mendes estaria para ser nomeado secretário de Esportes e Yabiku assumiria sua vaga de vereador. Neusa Maldonado, com tudo isso, voltaria para a assessoria da deputada estadual Maria Lúcia na vaga hoje ocupada pela esposa de Paulo Mendes, dona Norma. Como falei, é o assunto dos bastidores, ou seja, está no plano das vontades. Não chegou ainda no plano das decisões.

    Leia mais
  • Secretários das pastas de Cultura e do Esportes almoçam com criador do Férias Quentes

    Enviado em: 13/01/2014 18:07h - Por: Deda | Categoria: Política



    Ia tratar como novidade um almoço entre os secretários da Prefeitura de Sorocaba Yabiku (Esporte e Lazer) e Jaqueline Gomes da Silva (Cultura) com o doutor em lazer Antônio Carlos Bramante, ocorrido no bistrô da Padaria Real. Mas o próprio Bramante, em seu site (http://blog.cev.org.br/bramante/2014/receita-para-se-reconstruir-uma-politica-publica/) desfez o mistério: “discutimos o futuro das Férias Quentes”. Vale lembrar que há 40 anos Bramante fez parte da equipe que criou o Férias Quentes e Yabiku e Jaqueline comandam a equipe que decretou o fim do projeto. A versão nº 70 do projeto só vai acontecer após ordem do prefeito Pannunzio que, segundo disse na coluna O D da Questão na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), soube pelos jornais de que o projeto havia sido cancelado. Pannunzio disse que chamou Yabiku e se surpreendeu ao saber que nem ele sabia do fim do projeto. Yabiku foi descobrir que um técnico de sua pasta achou melhor colocar fim ao programa para atender as necessidades de controle de horas-extras dos funcionários.

    Leia mais
  • Declaração de presidente da Urbes pega mal

    Enviado em: 13/01/2014 18:06h - Por: Deda | Categoria: Política



    A pedestre Débora Aparecida Ferreira, 39 anos, morreu atropelada por um ônibus na noite de sábado passado (11/1/14) enquanto atravessava a pista em frente à saída do Terminal Santo Antônio, na avenida Afonso Vergueiro. Ela falava ao celular enquanto caminhava pela faixa de pedestres e foi atingida por um ônibus conduzido pelo motorista Arlindo Aparecido Rodrigues, 42 anos, que olhava à sua esquerda (de onde vêm os outros veículos) e não para a direita, para onde conduzia o ônibus, e atingiu a pedestre. O pneu do ônibus passou por cima de Débora e a matou na hora, no local do atropelamento.
    O caso, desde então tratado como uma fatalidade, ganhou ares de polêmica na manhã desta segunda-feira em razão de uma declaração do presidente da Urbes (empresa pública responsável pelo trânsito e transportes de Sorocaba), engenheiro Renato Gianolla. Em entrevista ao jornalista André Fazano que foi ao ar na rádio Cruzeiro FM (92,3 MHz), ele afirmou "que é uma orientação da Urbes que o ônibus avance o sinal vermelho quando se tem uma direita livre num cruzamento, como foi o caso, e o motorista podia sim entrar na avenida como ele fez. Os condutores fazem isso há muito tempo ali, afinal aquele semáforo é para o cruzamento da via, quando (um ônibus sai do terminal e precisa ir à sua esquerda, cruzando a faixa onde está da Afonso Vergueiro)", disse Gianolla.
    Em outro trecho da entrevista, afirma o presidente da Urbes: "Eu não quero fazer nenhum julgamento sobre essa fatalidade, ainda é precoce para tirar conclusões, mas o motorista tem razão quando ele diz que pode entrar e ele não está entrando no vermelho, ele tem autorização para fazer uma direita livre", completou.
    A avaliação dentro da Prefeitura é a de que faltou habilidade ao engenheiro Gianolla no trato da questão, afinal a sua informação certamente é útil para a polícia técnica que analisa a tragédia, mas em nada contribui para a opinião pública. Da manifestação do engenheiro, o que fica na memória do cidadão é a dúvida: como assim o ônibus pode passar no sinal vermelho?

    Leia mais
  • Ameaça de greve na Santa Casa mobiliza a Prefeitura

    Enviado em: 10/01/2014 19:47h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prefeito Pannunzio passou a sexta-feira buscando uma solução para a Santa Casa de Sorocaba que não seja a intervenção. A prefeitura manda R$ 5 milhões por mês à entidade (R$ 60 milhões por ano) para a manutenção do Pronto Socorro Municipal que tem o compromisso de atender aos municípes do SUS (Sistema Único de Saúde), mas o complexo todo do hospital passa por dificuldades financeiras e como estão interligadas com o PS acabarão por prejudicar o atendimento do público. Até 2012 a Santa Casa tinha um caixa único (ou seja, colocava o dinheiro do convênio do pronto socorro no total usado para gerir todo o complexo) e em 2013 por exigência da prefeitura passou a ter uma contabilidade específica para o PS. Daí os problemas se agravaram e na virada do ano os credores passaram a exigir o pagamento por parte da Prefeitura. São vários os casos de segurados do programa de convênio de assistência médica Santa Casa Saúde que ficaram sem o atendimento. A situação piorou na quarta e quinta-feira com ameaça de greve dos funcionários. E toda a gestão pública passou o dia de hoje evitando o pior. Até agora conseguiram. Mas há quem diga que é questão de tempo para o problema estourar. Em entrevista na coluna O D da Questão na rádio Ipanema o prefeito disse que teme que uma intervenção da prefeitura na Santa Casa seja fator impeditivo para que ele coloque em prática todo o seu plano para a saúde de Sorocaba, incluindo o Hospital Público Municipal na zona norte.

    Leia mais
  • Regularização da Havan ainda não deslanchou. Por quê?

    Enviado em: 10/01/2014 19:46h - Por: Deda | Categoria: Política



    Os responsáveis pela loja Havan, localizada na zona norte, devem providenciar a documentação necessária para que o empreendimento possa funcionar. A primeira providência refere-se a regularização do projeto da obra (que já está pronta). Quando fizerem isso o Corpo de Bombeiros dá o primeiro aval. Em seguida, apenas, é que será providenciado o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) necessário para o funcionamento de qualquer empreendimento na cidade. A rigidez na lei passou a existir após o acidente na boate Kiss, em Santa Maria (RS), em janeiro de 2013, onde mais de 250 jovens morreram asfixiados após incêndio no local que não havia o AVCB. O prefeito da cidade e os bombeiros foram responsabilizados. Em Sorocaba, o Paço Municipal e alguns templos religiosos funcionam sem o AVCB e não são fechados porque já funcionavam antes da nova legislação. Nada que isente as autoridades de responsabilidade em caso de algum acidente. Para o Paço Municipal, o prefeito Pannunzio prevê mais seis meses para conseguir autorizaçãopara adequar o prédio as necessidades de segurança. A autorização virá do Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Artístico e Arquitetônico) já que o prédio do Paço é tombado. Sobre os templos religiosos falta fiscalização mesmo.
    Voltando a questão da Havan, por que os lojistas perderam a pressa em abrir o negócio? São dezenas de lojas Havan no Brasil todas com as mesmas características de negócio e arquitetura (estátua da Liberdade) o que faz supor que tenham experiência sobre as necessidades de se cumprir a legislação. Os engenheiros e arquitetos devem ter feito o alerta. A opinião pública espera por alguma justificativa dos empreendedores para não terem sido atentos ao que diz a lei. Confiaram, suponho, no benefício que o empreendimento vai provocar na cidade gerando impostos e aproximadamente 200 postos de trabalho.

    Leia mais
  • Critério técnico define diretor do Parque Tecnológico

    Enviado em: 10/01/2014 19:45h - Por: Deda | Categoria: Política

    Ficou decidido pelos membros do conselho gestor do Parque Tecnológico de Sorocaba que o cargo de diretor da instituição será ocupada pelo engenheiro Rogério Matos. A nomeação teve o aval do prefeito Pannunzio. A intenção inicial do presidente do parque, Vitor Lippi, era o de nomear o ex-secretário de sua gestão como prefeito na pasta de Planejamento e Gestão da Prefeitura, ex-coordenador do Programa Sorocaba Total e Assessor Especial da Prefeitura de Sorocaba ligado ao ex-secretário Maurício Biazotto, Valmir de Jesus Rodrigues Almenara. Não conheço o currículo de Rogério Matos (que será tornado público na época de sua posse), mas sei que foi usado o critério técnico (portanto não político) para a sua escolha.

    Leia mais
  • Jornalista confirma saída da assessoria de vereador, nega que a motivação seja a que informei e explica sua visão do caso

    Enviado em: 09/01/2014 22:20h - Por: Deda | Categoria: Política

    Sandra Navarro, que conheço há quase vinte anos, profissional de qualidade inquestionável, confirma o fato por mim publicado (vai deixar a assessoria do vereador França do PT) e desmente o conteúdo da justificativa dessa saída (por não ser a escolhida para o cargo de secretária da Câmara). Não há motivo algum para não acreditar nela. Eu mesmo acredito. Mas obviamente que não inventei nada. E meu compromisso neste blog, justamente, é mostrar o que está atrás do palco do poder. 

    Outro fato: Cada um reage de uma maneira quando vira notícia e a maioria ainda prefere culpar o mensageiro. Não havia nada a ser checado no conteúdo da minha postagem, afinal Sandra vai sair do seu cargo. O que está lá é a verdade da minha fonte sobre as motivações. Abaixo está a verdade da Sandra e sua explicação. Confesso que não entendo a razão da Sandra desejar que eu despublique minha postagem, afinal ela não prejudica ninguém, muito menos ela própria, e o fato central (sua saída) está confirmado. O que motivou o fato é divergente e agora a jornalista explica que sua saída da assessoria do vereador foi uma decisão tomada há meses, como ela agora revela.

    Estou mais convicto ainda que a minha está nota beneficia o leitor a entender o mundo do poder. Como diz aquele ditado: "O que X diz sobre Y diz muito mais do X do que de Y". 

    A seguir a íntegra do Sandra me escreveu: "Mentira isso!!! O que vc publicou sobre minha saída da Câmara é um absurdo Deda Benette!!! Estou profundamente decepcionada com você professor!!! Em nenhum momento exigi nada, até pq minha decisão já havia sido tomada há meses, antes da negociação da Mesa e o França sabia disso. O cargo na secretaria de comunicação nunca foi exigido pelo vereador França e muito menos por mim. Tenho uma história de 14  anos no Sindicato dos Comerciários, entidade da qual nunca me desliguei, e por ter recebido uma proposta muito boa para trabalhar somente lá, optei por isso. Espero que você corrija essa nota absurda colocada em seu blog. Se vc está sendo usado por alguém, não sei, mas seu dever seria me consultar antes de publicá-la. Espero ainda que tenha a capacidade de excluí-la assim que ler minha postagem."

    Leia mais
  • Assessor de vereador trava a coleta de lixo em Sorocaba, denuncia prefeito. Vereador nega

    Enviado em: 09/01/2014 17:20h - Por: Deda | Categoria: Política



    Fosse ainda editor e esse título acima seria a manchete do jornal sob o meu comando. Afinal é essa minha interpretação a respeito do que aconteceu na véspera de Natal com a coleta de lixo feita pelo consórcio emergencial contratado pela Prefeitura de Sorocaba. Estava em Brasília quando soube do problema. Falei em minha coluna na rádio Ipanema que havia um funcionário público concursado que havia sido demito por justa causa pelo prefeito Pannunzio e que estaria por trás de problemas enfrentados naquele momento pela empresa de coleta.
    Na quarta-feira, durante entrevista ao vivo na rádio Ipanema, toquei no assunto e o prefeito contou a história toda. Trata-se de Alcides Miranda Júnior. Pannunzio explicou que ele era funcionário da Gomes Lourenço simultaneamente enquanto era funcionário público municipal. Disse também que o tal funcionáro alegou doença, com atesado médico, para se afastar do serviço municipal (e recebendo da Fundação de Seguridade Social), mas trabalhava na iniciativa privada. O prefeito disse: se ele estava doente para trabalhar na prefeitura também deveria estar para trabalhar na iniciativa privada. Além disso, afirmou o prefeito, um funcionário público não pode trabalhar em empresa que presta serviço. Toda irregularidade do funcionário está documentada e para o bem do serviço público, palavras do prefeito, ele resolveu demiti-lo. O prefeito também falou que esse funcionário passou a prestar serviço para as empresas do consórcio que faz a coleta emergencial do lixo. Disse também, talvez não no ar, que esse funcionário estava sabotando o trabalho do consórcio e que por coincidência, desde que foi lá trabalhar, 14 caminhões do consórcio quebraram. Pannunzio disse ter a documentação de que esse funcionário atualmente está no gabinete do vereador Crespo. Perguntei, mas Pannunzio você e Crespo são amigos, você cobrou ele sobre esse caso? O prefeito disse que devido ao recesso não teve como falar com Crespo, mas que terá a chance de falar.
    Crespo, profundamente ofendido
    O vereador Crespo estava na audiência da entrevista e seu assessor pediu para ele falar. Ficou combinado que ele vai na minha coluna, O D da Questão, na próxima segunda-feira. Crespo sentiu-se profudamente ofendido pelo que disse o prefeito, segundo sua assessoria. E tem outra versão sobre o que disse o prefeito.
    Segundo sua assessoria, Alcides Miranda Júnior recebeu o título de Honra ao Mérito das mãos do prefeito Pannunzio quando ele foi prefeito, 25 anos atrás, em seus primeiro mandato. Naquela época ele era assessor de Crespo já. Depois disso, fez concurso público e passou a ser coveiro municipal, cargo que nunca ocupou porque foi chamado para atuar emprestado no Saae, a autarquia municipal que cuida da água e esgoto. Há cinco, quando a Gomes Lourenço passou a fazer a coleta do lixo em Sorocaba, Alcides Miranda Júnior passou a prestar serviço a ela após às 17h como pode ser provado, me disse o assessor. O assessor pediu afastamento do trabalho com atestado médico por necessidade e que não trabalhou em outro local sendo sua demissão injusta. Sem trabalho, explica o assessor, Alcides Miranda Júnior foi pedir socorro ao vereador que o contratou. E a pedido do secretário de Obras da Prefeitura de Sorocaba, Clébson, Miranda passou a dar uma consultoria, à noite, aos motoristas e coletores do consórcio de lixo. E que trabalhava nessa consultoria após seu expediente na Câmara sem causar nenhum tipo de conflito. Alcides Miranda Júnior é vítima do poder público que encontrou nele uma maneira de justificar problemas que afetam seriamente a vida do sorocabano, afirmou a assessoria de Crespo.

    Leia mais
  • Presidente da Câmara peita o Ministério Público

    Enviado em: 09/01/2014 17:18h - Por: Deda | Categoria: Política



    Gervino Gonçalves, o Cláudio do Sorocaba 1, é o presidente da Câmara de Vereadores desde 1º de janeiro o que, na prática, quer dizer que já é dele a responsabilidade pela administração do Poder Legislativo. Um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) feito pelo ex-presidente, Martinez, e o Ministério Público (promotor Orlando Bastos Filho) determinava que a partir de 2014 seis dos doze cargos de livre nomeação do presidente do Legislativo seriam extintos. Mas o primeiro ato do novo presidente foi o de manter oito e extinguir 4 cargos, ou seja, não cumpriu integralmente o acordo. Claro que Cláudio tem seus motivos para ter feito isso e o principal deles é a falta de local para acomodar seus parceiros. As consequências do não cumprimento do TAC neste primeiro mês só serão conhecidas quando o promotor voltar do recesso. Talvez, até lá, mais dois funcionários sejam demitidos.

    Leia mais
  • Eleição da Câmara e suas consequências

    Enviado em: 09/01/2014 17:17h - Por: Deda | Categoria: Política



    A jornalista Sandra Navarro está de malas prontas para trabalhar com Rui Amorim, presidente do Sindicato dos Comerciários de Sorocaba, deixando assim a vaga no gabinete do vereador França (PT). Ela está em férias. Oficialmente foi uma decisão pessoal, afinal Sandra já havia trabalhado com Rui e deixou saudades. Mas nos bastidores o que ouvi é o seguinte: cabe ao vereador França, no acordo feito entre os vereadores para eleger Gervino Gonçalves, o Cláudio do Sorocaba 1, presidente da Câmara de Vereadores, indicar o profissional que ocupará o cargo de Secretário de Comunicação da Câmara. Hoje a vaga é ocupada por Davi Deamatis. França vai querer outro profissional no cargo e Sandra, por chefiar a comunicação do vereador, entendeu que deveria ser ela. França quer outro. Sandra insistiu que deveria ser ela. O clima quente entre França e Sandra culminou com a saída dela em férias. Pode ser que volte e nada mude. Mas no momento a decisão é da mudança de emprego. O clima é esse, isso é.

    Leia mais
  • Leitor cobra explicação sobre denúncia de prefeito

    Enviado em: 09/01/2014 17:15h - Por: Deda | Categoria: Política



    Durante a sua entrevista na Rádio Ipanema, o Sr. Prefeito Pannunzio teria declinado o nome de um tal de Miranda (que não sei se é funcionário público concursado,  indicado ou aspone) que estaria afastado de suas funções devido a problemas de saúde, mas que por sua vez estaria “mesmo doente” prestando serviços à lixeira Gomes Lourenço, o qual segundo o prefeito foi demitido imediatamente (muito justo por sinal) a bem do serviço público, mas que o mesmo estaria sendo acoitado no gabinete do vereador Crespo. Por favor, informe-nos se tal informação procede e se for verdadeira, então é um fato que presumo tem que ser do conhecimento e interesse de todos os cidadãos usuários, os generosamente chamados de contribuintes e que pagam os salários dele (s) para que trabalhem sério e cumpram com a missão para o qual foram contratados e não para que fiquem fazendo lambança ou politicagem dentro das nossas instituições públicas.
    Outra coisa, se é mesmo verdade que o indivíduo é um lambanceiro (que por isso foi punido legal e corretamente pelo prefeito, que o demitiu a bem do serviço público) e está mesmo acoitado no gabinete do Vereador José Crespo, também há de se questionar se o vereador também não está usando indevidamente um próprio municipal e público como laboratório de pesquisa para se alimentar e desenvolver alguma bactéria, câncer social ou um mutagênico que poderá ser usado futuramente como “arma química” contra os desafetos e adversários não menos politiqueiros e todos os que odeiam a boa política, mas amam a politicagem para se manterem a qualquer custo orbitando em volta ou dentro do poder eternamente.
    Aguardando sua manifestação à respeito, antecipadamente agradeço em nome dos realmente cidadãos corajosos e hereges sorocabanos e sorocabenhos que realmente desejam transformar  Sorocaba numa terra de confiáveis e quiça sem agentes nocivos  criadores de insegurança jurídica, que possam vir a comprometer a reputação e o desenvolvimento da nossa querida e acolhedora cidade.
    Um abraço.
    Edson Vergílio
     
    PS.: Se for verdade, então é um fato, logo, o que impede a nossa mídia de publicar a foto ou a composição molecular da bactéria que está contribuindo para aumentar o lixo?

    Leia mais
  • Entenda como vai ficar o lixo em Sorocaba e onde o prefeito pretende que seja o local de aterro, seleção da coleta seletiva e usina de tratamento

    Enviado em: 08/01/2014 15:54h - Por: Deda | Categoria: Política



    Durante a primeira entrevista de 2014 na coluna O D da Questão – que apresento na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) toda segunda, quarta e sexta – o prefeito Pannunzio explicou hoje (8/1/14) vários pontos que levaram ele a mexer no sistema de coleta e deposição do lixo de Sorocaba. Falarei mais disso ao longo dos próximos dias. Mas sobre o futuro, de maneira didática, o prefeito explicou como vai ficar o lixo em Sorocaba: 1) a licitação vai escolher duas empresas (na última década foi apenas uma) para fazer a coleta do lixo e seu transporte até a deposição; 2) senão em sua totalidade, pelo menos na maior parte de Sorocaba haverá a chamada coleta seletiva, ou seja, a morador deverá jogar no seu lixo, em sacos diferenciados, o que é papel, metal, vidro e material orgânico. As cooperativas que hoje recolhem 15% do lixo seletivo de Sorocaba seguirão fazendo seu trabalho; 3) os conteineres continuarão a fazer parte da vida do sorocabano, senão com os pequenos conteineres como existiam até recentemente pelo menos com grandes deles, com capacidade de mil litros, que ficarão em todos os bairros; 4) por fim, Sorocaba voltará a ter um aterro sanitário que comportará a) local para a seleção do lixo seletivo; b) local para algum tipo de usina que vai tratar o lixo; e c) local para a deposição final do lixo tratado por essa usina. Pannunzio revelou que essa área ele pretende que seja a que existe entre a região di Ipatinga em Sorocaba e George Oeterer que pertence a Iperó numa área muito próxima da Fazenda Ipanema. Esse local, anteriormente, já foi indeferido para receber o aterro de Sorocaba. Mas Pannunzio entende que as autoridades ambientais poderão libera-lo.

    Em 2009, a Assessoria de Comunicação da Procuradoria da República em São Paulo, infomou que o Daia (Departamento de Avaliação de Impacto Ambiental), da Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, indeferiu o pedido de licenciamento para a construção do novo aterro sanitário de Sorocaba. A decisão é uma resposta à Recomendação feita pela Procuradoria da República em Sorocaba à Secretaria de Estado de Meio Ambiente, solicitando que na análise do Relatório Ambiental Preliminar (RAP) da prefeitura fosse examinado também o parecer do Ibama e a informação do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), já que pela proximidade com aeroporto o aterro poderia oferecer risco ao trânsito de aeronaves. O projeto pretendia a construção do aterro no entorno da Floresta Nacional de Ipanema. Mas o Ibama considerou o lugar impróprio para o empreendimento, alertando que para a continuidade do licenciamento ambiental deve ser escolhido outro local e apresentado um Plano de Trabalho para a elaboração do EIA/RIMA. As manifestações do Ibama foram acolhidas pelo Daia. 

    Leia mais
  • Ex-prefeito tenta em vão emplacar ex-secretário no Parque Tecnológico

    Enviado em: 08/01/2014 15:52h - Por: Deda | Categoria: Política



    O ex-prefeito Vitor Lippi tinha a intenção de nomear como diretor do Parque Tecnológico de Sorocaba o ex-secretário Planejamento e Gestão da Prefeitura, ex-coordenador do Programa Sorocaba Total e Assessor Especial da Prefeitura de Sorocaba ligado ao ex-secretário Maurício Biazotto, Valmir de Jesus Rodrigues Almenara. Tinha, mas já desistiu. Em reunião na manhã de hoje (8/1/14) entre Lippi (presidente do Parque), representantes do Conselho Gestor do Parque e do prefeito Pannunzio houve muitos elogios a Almenara, mas também a compreensão de que não é o momento de nomea-lo. Os detalhes sobre essa decisão, confesso, não sei. Mas posso dizer que o prefeito Pannunzio, quando questionado por mim sobre essa nomeação durante a entrevista na rádio Ipanema, expressou toda a sua surpresa com a informação. Não sei se pelo fato de eu saber dela ou por Lippi ter essa intenção e não ter combinado com ele. Seja como for, o fato é que a diretoria técnica do Parque Tecnológico de Sorocaba está com a vaga em aberto.
    Além de amigo de Lippi e Biazotto, Almenara é definido assim em um perfil público disponível na Internet: “Valmir De Jesus é geralmente trabalhador e leal, tem grandes aptidões para desempenhar-se em cargos administrativos e especializados. É paciente, tranquilo, amável e agradável. Valmir De Jesus é diplomático e é educado ao tratar as pessoas. Não é só meticuloso e confiável, mas tem a capacidade de concluir as tarefas de uma forma lógica, sistemática e exata”. 

    Leia mais
  • Prefeito mantém cautela sobre vinda da Argélia para Sorocaba

    Enviado em: 08/01/2014 15:51h - Por: Deda | Categoria: Política



    As negociações para a vinda da seleção da Argélia a Sorocaba durante a Copa do Mundo já vinham de meses e na terça-feira dos os sites brasileiros especializados no tema deram a definição de que a última sede, a de Sorocaba, havia sido definida. Mas na manhã de hoje (8/1/14) o prefeito Pannunzio me disse que o Comitê Paulista da Copa 2014 ainda não havia oficializado a vinda da seleção africana. E que ele só se pronunciaria sobre essa decisão e suas consequências para a vida de Sorocaba após a oficialização. No sites da Fifa e do comitê paulista, até há instantes, não havia mesmo a oficialização.

    Leia mais
  • Havan só será liberada após permissão dos Bombeiros

    Enviado em: 08/01/2014 15:49h - Por: Deda | Categoria: Política



    Os donos da Lojas Havan construíram em tempo recorde (menos de dez meses) o seu empreendimento na Zona Norte de Sorocaba. Pretendiam ter inaugurado a loja em dezembro passado, mas até hoje estão impossibilitados. Eles precisam de um documento chamando AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) que é o que garante que toda pessoa que entrar no estabelecimento estará seguro do ponto de vista da lei, ou seja, a construção é de qualidade e em caso de algum acidente (como um incêndio por exemplo) todas as medidas de socorro estarão em funcionamento. Sem o AVCB a loja não abre. Quem disse foi o prefeito Pannunzio durante entrevista na rádio Ipanema.

    Leia mais
  • Serviço do Samu é rápido em Sorocaba

    Enviado em: 08/01/2014 15:48h - Por: Deda | Categoria: Política



    No começo da tarde de hoje (8/1/14) vi um acidente de bicicleta na avenida Antônio Carlos Cômitre. Um homem, sem capacete ou qualquer outro tipo de proteção, pedalava pela referida avenida sentido shopping, bem próximo da guia da calçada, quando sem motivo aparente foi ao chão. Ele não usava a ciclovia que existe no canteiro central da avenida. Ele caiu em razão do deslocamento de ar provocado por um carro (que não chegou a encostar nele) que passou próximo a ele quando houve o acidente ou por algo que levou-o a se desequilibrar. Com a queda ele bateu o rosto no chão e ficou muito ferido. A maçã da sua face esquerda ficou inchada e o sangue escorreu. Funcionários do serviço de vallet do edifício Dallas socorreram o homem, aveisaram os motoristas sobre o acidente e ajudaram-no a sair do meio da avenida e se dirigir até a calçada. Alguém chamou o Samu e a viatura chegou em menos de 5 minutos. Uma senhora que assistia toda a cena, como eu, fez o seguinte comentário: nossa, o serviço do Samu é rápido em Sorocaba. Se fosse em São Paulo ia levar mais de hora para vir o socorro. Os profissionais do Samu chegaram. Um primeiro socorrista fez o que em medicina se chama anamnese (do grego ana, trazer de novo e mnesis, memória), ou seja, uma entrevista com a intenção de ser um ponto inicial no diagnóstico do problema. A vítima estava áerea, foi colocada na maca, na ambulância e levada ao hospital. Meu desejo é que se recupere e se voltar a usar a bicicleta que nunca mais saia sem o capacete e que use a ciclovia.

    Leia mais
  • Argélia escolhe Sorocaba como sede durante a Copa

    Enviado em: 07/01/2014 13:36h - Por: Deda | Categoria: Política



    A Argélia foi a última seleção a definir em qual cidade a sua delegação ficará hospedada durante a Copa de junho e julho e Sorocaba está escolhida. A equipe realizará os seus treinos no CT do Atlético de Sorocaba. Com isso, todas as 32 seleções já têm destino certo. Quase metade dos países escolheu ficar no estado de São Paulo, que abrigará 14 seleções pelo seu interior e litoral, mais os EUA, que ficará na capital paulista. A Fifa havia aprovado 83 locais para treinamentos. A maioria das seleção resolveu esperar o sorteio dos grupos da Copa, que aconteceu em dezembro de 2013, para saber onde iriam mandar os seus jogos.
    Confira os locais das 32 seleções:
     
    AMÉRICA DO SUL
    Brasil - Rio de Janeiro-RJ (Granja Comary - FOTO)
    Argentina - Belo Horizonte-MG
    Colômbia - Cotia-SP
    Chile - Belo Horizonte-MG
    Uruguai - Sete Lagoas-MG
    Equador - Viamão-RS
     
    AMÉRICA DO NORTE E CENTRAL
    Estados Unidos - São Paulo-SP
    México - CT do Santos (Santos-SP) - FOTO
    Honduras - Porto Feliz-SP
    Costa Rica - Santos-SP
     
    EUROPA
    Alemanha - CT próprio (Santa Cruz de Cabrália-BA) - FOTO
    Rússia - Itu-SP
    Holanda - Rio de Janeiro-RJ
    Espanha - Curitiba-PR
    Suíça- Porto Seguro-BA
    França - Ribeirão Preto-SP
    Portugal - Campinas - SP
    Croácia - Salvador-BA
    Itália - Mangaratiba-RJ
    Grécia - Aracaju-SE
    Bósnia - Guarujá-SP
    Bélgica - Mogi das Cruzes-SP
    Inglaterra - Rio de Janeiro-RJ
     
    ÁFRICA
    Camarões - Vitória-ES
    Nigéria - Campinas-SP
    Gana - Maceió-AL
    Costa do Marfim - Águas de Lindóia-SP
    Argélia - Sorocaba-SP
     
    ÁSIA
    Irã - CT do Corinthians (São Paulo-SP) - FOTO
    Coréia do Sul - Foz do Iguaçu-PR
    Japão - Itu-SP
    Austrália - Vitória-ES

    Leia mais
  • O novo tucano Arnô e o título de cidadão a João Paulo Cunha

    Enviado em: 06/01/2014 19:37h - Por: Deda | Categoria: Política



    A jornalista Fernanda Calgaro informa, conforme publicação do site Uol, que o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, rejeitou hoje (6/1/14) o último recurso apresentado pelo deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) no processo do mensalão e determinou que ele comece a cumprir a pena de prisão pelas suas condenações por peculato e corrupção passiva. Com isso, o parlamentar pode ser preso a qualquer momento.
    Leio a informação e imediatamente me recordo do ex-vereador sorocabano Arnô Pereira. Conversei com ele na última sexta-feira  de 2013, na rádio Ipanema, onde ele levou um pão de iorgurte feito por ele mesmo para o café com os jornalistas. Falamos de várias coisas, como sempre, mas não pude deixar de lembra-lo que foi dele a iniciativa de ter dado a João Paulo Cunha o título de cidadão sorocabano.
    Arnô, como ex-petista, não esconde o desconforto que enfrenta por seus atos do passado e seu novo caminho político (ele está apalavreado com o ex-prefeito tucano Vitor Lippi para fazer sua campanha neste ano). Explicou que seu ato, na época, fazia parte de uma estratégia do PT em promover João Paulo Cunha que presidia a Câmara dos Deputados e tinha a pretensão de emplacar sua candidatura ao governo paulista. E foi taxativo: “na época o João Paulo era limpo, quando apresentei o projeto e a Câmara de Sorocaba lhe concedeu o título não havia nada que fosse negativo em sua trajetória política e pública”. É verdade, o problema do mensalão surgiu depois.

    Leia mais
  • Agora petistas sorocabanos vão organizar vaquinha para condenados do mensalão

    Enviado em: 06/01/2014 19:35h - Por: Deda | Categoria: Política



    Diante da decisão da Vara de Execuções Penais de Brasília que determinou hoje (6/1/14) que o ex-deputado José Genoino, condenado a quatro anos e oito meses de prisão na Ação Penal 470, o processo do mensalão, pague a multa que ele recebeu pela condenação por corrupção (cerca de R$ 468 mil) me lembro da resposta que o deputado estadual sorocabano, Hamilton Pereira (PT) me deu quando perguntei se o PT sorocabano fez vaquinha para ajudar os condenados do mensalão a pagar as multas do processo. Ele foi claro “não fez vaquinha nenhuma, mas poderemos fazer se houver necessidade. Os companheiros do PT ajudam uns aos outros quando aparece uma necessidade. Assim foi comigo quando fiquei doente (Hamilton teve um AVC) e assim será com um companheiro injustamente condenado nessa ação”. Chegou a hora, então, da vaquinha. Genoíno deve quase meio milhão.

    Leia mais
  • Pensamento do prefeito está tomado pela problemática do lixo

    Enviado em: 06/01/2014 19:34h - Por: Deda | Categoria: Política



    Estive há poucas horas com o prefeito Pannunzio na Prefeitura de Sorocaba e entre outros assuntos conversados ele me contou que a problemática do lixo tem tomado a maior parte do seu tempo. Ele me relatou que no sábado à tarde esteve no Parque São Bento e se deparou com uma montanha de lixo no bolsão de entulho do bairro. O local, criado há anos para que a população tenha onde descartar restos de material de construção que, posteriormente, são transformados em algum tipo de material que possa ser reaproveitado, simplesmente passou a receber o lixo doméstico. O prefeito me contou que foram retirados dez caminhões de lixo do local. Ele saiu de lá com tudo limpo. Mas qual não foi sua surpresa nesta segunda-feira? Novamente o lixo doméstico foi depositado no local. Pannunzio explicou que pensou em cada passo quando tomou a decisão de romper o contrato com a empresa Gomes Lourenço, mas admitiu que não dimensionou corretamente a importância dos conteineres no dia a dia da vida do cidadão. Por isso já determinou que no contrato emergencial que está em vigor e no definitivo que está sendo elaborado o sorocabano seja contemplado com os conteineres. 

    Leia mais
  • Vereador me confronta com o prefeito

    Enviado em: 06/01/2014 19:33h - Por: Deda | Categoria: Política



    Waldecyr Morelli estava conversando com o prefeito Pannunzio quando os encontrei no 6º andar da Prefeitura de Sorocaba. Como sempre, ele foi cordial comigo, mas aproveitou o inusitado do encontro para me confrontar com o prefeito em razão de um comentário que fiz na coluna O D da Questão na rádio Ipanema meses atrás. Lá eu afirmei que a bancada do PRP, da qual Morelli faz parte, teria tido uma reunião com o prefeito onde havia iniciado a conversa com o prefeito dando a entender que iriam lhe pressionar  e que o prefeito, à época, teria respondido, antes que a bancada tivesse a chance de avançar na conversa, que ele queria lembrar a bancada que ela era livre para votar da maneira como quisesse. Ou seja, Pannunzio deu uma invertida no PRP antes mesmo que qualquer assunto avançasse. Waldecyr ficou com esse comentário atravessado na garganta e hoje (6/1/14) não perdeu a chance de dizer que nunca ele ou a bancada fizeram qualquer pressão no prefeito e que eles são parceiros na construção do futuro da cidade. Minha resposta foi somente um ok. Esta ai, então, o recado.

    Leia mais
  • Leitor anônimo reage a minha opinião. Deve ter suas razões para isso. Vou respeita-las e compartilhar com vocês o que ele pensa

    Enviado em: 03/01/2014 16:40h - Por: Deda | Categoria: Política


    A respeito da minha posição na postagem “Ao proteger quem deixou a herança maldita se torna igual” recebi um comentário anônimo que publico na íntegra abaixo. Ressalto, porém, que pedi ao então prefeito Vitor Lippi para sair da Prefeitura para aceitar o convite para o projeto Rede BOM DIA de Jornais, onde fui o editor-chefe da praça de Sorocaba. Lippi aceitou. Desde a formação do secretariado na virada de 2004 para 2005, sempre fui claro em dizer que tinha projetos para para a Cultura. Projetos que o então prefeito resolveu fazer do modo dele quando o governo deslanchou, o que é legítimo, afinal os votos foram para ele que era o candidato. A seguir a mensagem anônima:

    Me pergunto sempre: A serviço de quem está este jornalismo do senhor Djalma? Descartado no Governo passado por não atender aos requisitos que se fazia necessário a época para a SeCult (apesar que sua pretensão ser a SecCom), se recolheu ao jornal Bom Dia no qual virou franco atirador em um Governo que buscou implementar conceitos modernos de Gestão baseado na ousadia de integrar duas agendas reconhecidas internacionalmente, que são as agendas das Cidades Saudáveis e Educadoras (cabe ressaltar que estes conceitos são promovidos em separado)isto proporcionou um reconhecimento não apenas nacional como internacional, tornando Sorocaba uma Cidade Conceito, ou seja, que dita caminhos e isto pode ser comprovado através de importantes evidências como as constantes visitas de autoridades a nossa cidade e os inúmeros convites feitos ao prefeito Lippi de várias partes do mundo para falar sobre Desenvolvimento de Cidades, as inúmeras premiações recebidas são fortes evidências também. Me pergunto novamente a este jornalista que se atreve a ir contra a aprovação pelo povo de mais de 80% de ótimo/bom, números jamais vistos em nossa cidade, e creio que em poucas cidades do Brasil, não que críticas, não sejam importantes e façam parte do processo democrático, o contra ponto é fundamental para a evolução da sociedade, mas a cegueira mesquinha da ponta da caneta que transcreve ácido, excede o bom senso. Em relação aos problemas frequentemente apresentados como heranças malditas: • Durante oito anos de governo nunca se viu o que ocorre hoje com o lixo • Pessoas esmolando nas ruas, algo que havia sido abolido de nossa cidade • Invasões de áreas, para a construção de submoradias também abolido de nossa cidade, através de forte fiscalização e construção de moradias • O Sorocaba Total formado pelos Complexos Mario Covas (integrando a General Osório com a General Carneiro), Ulisses Guimarães (integrando a Avenida Ipanema com a área industrial da cidade) e Franco Montoro (integrando a Castelinho com a zona Oeste da cidade), aproveito para perguntar ao ilustre jornalista, o que seria de nossa cidade se estes Complexos não tivessem sido feitos? (com o aumento gigantesco de veículos em nossa cidade, nestes últimos anos). • Os problemas da saúde são crônicos e não exclusivos de Sorocaba, o Estado brasileiro com a universalização do atendimento através do SUS deu um grande passo para os mais necessitados, mas como sempre delegou a responsabilidade de Estado para os municípios, quando na verdade deveria ter delegado a autoridade e resguardado a responsabilidade no Estado, fato este facilmente identificado na falta de correção da tabela SUS a muitos anos, portanto, atribuir as mazelas de um setor exclusivamente a um governo é no mínimo uma ingenuidade. Poderia continuar sendo combativo a todos os ataques, mas creio que isto não seja necessário, pois a população é o melhor termômetro, tirando alguns que tem interesses pessoais maiores que os da coletividade, somos 80% apoiando uma gestão que certamente marcou Sorocaba por seu empreendedorismo e proximidade com o cidadão (ex: Prefeito no Bairro e as Plenárias de Participação, que tiveram marcas impressionantes de implementar mais de 70% das sugestões coletadas junto a população). Portanto, caro jornalista, apontar os defeitos é responsabilidade sim da imprensa, porém ressaltar os avanços e contextualizar as ações também é uma responsabilidade fundamental do jornalismo sério. Também ressalto que criar factoides na ausência de dados e fatos é marca do pequeno jornalismo, que nada agrega ao cidadão. O tornar-se igual, espero que sim, pois certamente o prefeito atual é pessoa competente e experiente o bastante, para manter o que foi construído e bem avaliado pelo cidadão, corrigir o que de errado possa ter sido feito e empreender o novo, para que nossa cidade possa continuar a ser reconhecida como referência enquanto cidade. E para finalizar, para governar é necessário ousar, desafiar o cotidiano e empreender, e isto é algo para poucos, que se desprendem do seu ganho individual, para servir. Que sirva de reflexão.

    Leia mais
  • Sorocaba ainda está no páreo para ser sede de seleção da Copa 2014

    Enviado em: 03/01/2014 16:26h - Por: Deda | Categoria: Política



    Dos 32 países que disputarão a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, 25 deles já escolheram suas cidades-sedes que servirão de base para suas seleções durante a competição. Restam sete seleções para definir a cidade onde vão ficar e o prazo vence no dia dia 31 de janeiro para oficializarem suas decisões. O Estado de São Paulo lidera a lista, com 11 equipes, seguido por Rio de Janeiro, com quatro — incluindo o Brasil, que ficará na Granja Comary, em Teresópolis — e Minas Gerais e Bahia, cada um com três. E Maceió (AL) com uma. Na região, Rússia e Japão ficarão em Itu e Honduras em Porto Feliz. Sorocaba poderá receber Argélia, Coréia do Sul, Bélgica ou Suíça.
    As cidades-sede definidas são:  Brasil – Teresópolis; Croácia - Mata de São João (BA); Alemanha - Santa Cruz Cabrália (BA); Suíça - Porto Seguro (BA); Argentina - Belo Horizonte (MG); Uruguai - Sete Lagoas (MG); Chile - Belo Horizonte (MG); Austrália - Vitória (ES); Equador - Vitória (ES); Itália - Mangaratiba (RJ); Inglaterra - Rio (RJ); Holanda - Rio (RJ); Portugal - Campinas (SP); Nigéria - Campinas (SP); França - Ribeirão Preto (SP); Honduras - Porto Feliz (SP); Irã - Guarulhos (SP); Japão - Itu (SP); Rússia - Itu (SP); México - Santos (SP); Costa Rica - Santos (SP); Bósnia - Guarujá (SP); Costa do Marfim - Águas de Lindoia (SP); Espanha - Curitiba (PR); Gana - Maceió (AL).

    Leia mais
  • Prefeitura decide colocar conteiners nos principais corredores viários dos bairros

    Enviado em: 03/01/2014 16:24h - Por: Deda | Categoria: Política



    A licitação emergencial em vigor para a coleta do lixo de Sorocaba não prevê o uso de conteiners, mas diante da reclamação da população e do lixo que está sendo colocado em canteiros de avenidas e esquinas dos bairros a Prefeitura de Sorocaba decidiu, de imediato, colocar conteiners de 1,2 mil nos principais corredores viários dos bairros. Na licitação que vai escolher a empresa (ou duas como se cogita) que assumirá o serviço a partir da licitação prevista para abril ou maio também serão previstos a inclusão de conteiners de 1,2 mil litros nos bairros. Este primeiro mês de licitação emergencial foi suficiente para demonstrar um ponto: o sorocabano se acostumou com o conteiner na sua rua e não quer abrir mão desse conforto. Com o conteiner, a dona de casa não guarda mais o lixo em casa esperando o dia do caminhão da coleta que passa dia sim, dia não.

    Leia mais
  • Ano começa cheio de confiança

    Enviado em: 03/01/2014 16:22h - Por: Deda | Categoria: Política



    O ano de 2014 começa para valer na próxima ssegunda-feira, dia 6, quando todos que viajaram na virada do ano já estarão em Sorocaba. Mas na Prefeitura, que está em expediente normal desde o dia 2, a expectativa é grande para o início das obras viárias. A primeira que vai sair do papel, confirmado para a segunda-feira, dia 13, é que vai elevar a avenida Deputado Juvenal de Campos (antiga estrada do Lageado) junto à cabeceira da nova ponte de Pinheiros. Essa é uma das heranças deixadas pela administração de Vitor Lippi, a ponte ficou meio metro acima do nível da avenida. Com essa obra, orçada em mais de R$ 3 milhões, o problema estará resolvido.

    Leia mais
  • Pannunzio quase diz que a culpa é do Lippi

    Enviado em: 02/01/2014 18:14h - Por: Deda | Categoria: Política



    Em entrevista concedida pelo prefeito Pannunzio ao repórter Carlos Araújo e publicada na edição do último domingo de 2013 (29/12/13) do jornal Cruzeiro do Sul, lá no meio da página, portanto longe das letras grandes, longe das manchetes, o prefeito afirma no que se refere às obras iniciadas no final do governo de Vitor Lippi que elas sofreram atrasos ou paralisações por dois problemas:
     
    1. projetos inadequados
    2. empreiteiros que "venceram [as licitações] com preços muito baixos, esperando depois um realinhamento de preços, reajustes, os quais foram negados".
     
    Ou seja, Vitor Lippi errou. Aditamentos excessivos em contratos públicos vêm sendo denunciados há anos afinal essa prática elimina as condições entre concorrentes da licitação e o vencedor se beneficia de ações de prefeitos bonzinhos. Como não existe almoço de graça, se imagina que as empreiteiras também sejam boazinhas com este tipo de prefeito em algum momento.
    Por fim, a Lei das Licitações (lei nº 8.666/1993) é recorrentemente culpada por gestorfes (A presidente Dilma já criticou essa lei e o ex-prefeito Vitor Lippi também durante entrevista na coluna O D da Questão na rádio Ipanema. Não vejo a lei como problema. Vejo, sim, licitações mal formuladas. Se todos os passos de uma obra fizessem parte de uma licitação, empreiteiras mal intencionadas, mesmo que dessem um valor abaixo do que custa o necessário para o que prevê todos os passos da obra, seriam desclassificadas. Chega de criticar a lei. É hora de fazer certo.
     
    Afirmo que Pannunzio quase disse que a culpa é do seu antecessor porque ele faz questão de evitar afirmações taxativas. Diz as razões que evitam uma aceleração do seu governo, mas poupa seu antecessor (eles tavam juntos na campanha, se lembram?) da responsabilidade.
     

    Leia mais
  • A teoria do copo

    Enviado em: 02/01/2014 18:09h - Por: Deda | Categoria: Política



    Para serem didáticos em seus argumentos, muitos professores recorrem à chamada Teoria do copo para se explicarem aos seus alunos. Mostram um copo com água até a metade e instigam seus alunos a refletirem se ele está cheio ou vazio.
    O mesmo raciocínio vale para a problemática do lixo de Sorocaba. O prefeito Pannunzio rompeu o contrato com a empresa que fazia a coleta por duas razões:
    1. A empresa venceu a licitação para fazer coleta, transporte e deposição do lixo e descumpriu o tópico da deposição. Na visão do prefeito, caso seguisse com o contrato poderia, mais tarde, vir a ser contestado pelos órgãos fiscalizadores (Ministério Público e Tribunal de Contas) por manter ativo um contrato que só parcialmente vinha sendo cumprido.
    2. Ao contrário do que afirma o prefeito anterior (Vitor Lippi), o prefeito Pannunzio afirma que não existe maneira de fiscalizar se a empresa Gomes Lourenço mantinha mesmo nas ruas os 45 mil contêineres que informava colocar. Ou seja, sem controle o prefeito se recusou a pagar pelo aluguel desses contêineres.
    Ao romper o contrato e contratar novas empresas questões como falha na coleta, acúmulo de lixo nas ruas e mudança de hábito (não existem mais contêineres) passaram a desagradar a população e uma onda de reclamação cobre a cidade dos bairros mais nobres aos mais populares. Isso é fato.
    E ai, qual sua opinião? O copo está cheio ou vazio?
    Claramente as pessoas querem se livrar do problema imediato (lixo nas calçadas), mesmo que isso tenha um preço a ser pago pelo prefeito junto ao MP e TCE. As pessoas, é minha percepção, não entendem que se trata do dinheiro dela que está em jogo quando este contrato do lixo foi rompido.
     

    Leia mais
  • O povo está ficando nervoso

    Enviado em: 02/01/2014 18:07h - Por: Deda | Categoria: Política



    Aparentemente foi apenas um caso isolado o que aconteceu nesta tarde de quinta-feira (2/1/14) na rua Mário Fidêncio da Rosa, no Jardim Brasilândia: um homem espalhou no meio do asfalto os sacos de lixo que estavam na calçada. Os moradores se revoltaram e a polícia foi chamada. O  homem mora na mesma rua. Testemunhas dizem que, aparentemente, o homem estava alcoolizado.
     
    Pela manhã, ouvi da caixa de uma padaria e de um senhor que pagava a sua conta o seguinte diálogo:
    - Minha vontade é pegar o lixo da rua de casa e levar até a Prefeitura. Aposto que na casa do prefeito está tudo limpinho.
    - Está limpinho mesmo, eu sei onde o prefeito mora.
     
    A caixa, que está na casa dos 20 para os 30 anos, disse que quando morava na sua cidade (que é um ovo, na classificação que ela me deu) sonhava em morar em Sorocaba. Ela é de Guapiara, depois me contou. Mas que a questão do lixo e da falta de água que enfrentou no fim de semana está deixando ela com saudades de casa. E foi taxativa: na época do Lippi nunca vi esses problemas.
    O senhor que pagava a conta, que mora há trinta anos em Sorocaba, conforme ele mesmo me disse, falou que se ela gostava do Lippi ela precisava ter visto então quando Renato Amary era o prefeito. E enalteceu as mudanças pelas quais passaram Sorocaba.
     
    A verdade é que incentivado pelo excesso de bebida, a questão do lixo tem provocado transtorno a pessoas de diferentes classes sociais e de diferentes memórias. Eu reconheço as ações moralizadoras que Pannunzio implementa há um ano na Prefeitura e lamento que problemas reais e visíveis tenham mais peso na visão do povo. A verdade é que assessores do prefeito acompanham a situação, pressionam o consórcio das três empresas contratadas emergencialmente e acreditam que a partir de segunda-feira a situação vai se normalizar. Tomara que não seja tarde demais.

    Leia mais
  • Vice-prefeita vai acumular cargo de secretária da saúde nas férias do titular

    Enviado em: 02/01/2014 18:06h - Por: Deda | Categoria: Política



    A vice-prefeita e secretária de Desenvolvimento Social, Edith Di Giorgi, fiquei sabendo há pouco, deve também acumular o cargo de secretária da Saúde. O titular, Armando Raggio, estava em dia normal de trabalho hoje (2/1/14) na Prefeitura de Sorocaba. Despachou com o prefeito Pannunzio e deve ter nomeada suas férias nos próximos dias. Edith, que é médica, é uma das escudeiras do ex-prefeito Vitor Lippi com quem trabalhou nos últimos 16 anos na Prefeitura de Sorocaba. Apesar da sua amizade com Lippi, ela nunca foi escolhida para ser secretária da Saúde. Nem interinamente como agora.

    Leia mais
  • Mais um desafio na saúde

    Enviado em: 02/01/2014 17:59h - Por: Deda | Categoria: Política



    Dados da Fundação Seade mostram que a TMI (Taxa de Mortalidade Infantil) em Sorocaba entre 2011 e 2012, no último ano do prefeito Vitor Lippi, está em 11.6 óbitos para cada mil crianças nascidas e que viveram pelo menos até 1 anos de idade. Uma média ainda acima da estadual, que está em 11,48 mortes para cada mil nascidos vivos. Um desafio a mais da atual administração, mas com um lado bom e que merece ser celebrado, Sorocaba caminha para resolver o problema, afinal caiu 10% entre 2011 e 2012 essa taxa. Ela era 12,9 óbitos para cada mil crianças nascidas vivas e terminou 2012 em 11,6. Os dados de 2013 ficam para 2015.

    Leia mais
  • Ao proteger quem deixou a herança maldita se torna igual

    Enviado em: 31/12/2013 12:35h - Por: Deda | Categoria: Política



    O que tenho percebido é que o sorocabano está dividido desde a eleição (lembrem-se que Pannunzio venceu Amary por uma margem em torno de 2%) e que essa divisão após o primeiro ano de mandato de Pannunzio se divide em mais dois caminhos: os que entendem que Pannunzio é ruim e não faz nada e os que entendem que Pannunzio está trabalhando para acertar a casa que recebeu toda bagunçada do seu antecessor (Vitor Lippi). Esses que entendem que Pannunzio recebeu a herança maldita tendem a compreender que ao se  proteger da herança maldita de Lippi, Pannunzio se torna igual a ele. Até quando Pannunzio está disposto a pagar este preço? Arrisco a dizer que até outubro de 2014, pelo menos, quando haverá eleição. Talvez seja um preço alto demais para quem passou este primeiro ano e ainda vai passar boa parte do próximo arrumando a casa.

    Leia mais
  • Quem mandou votar no Pannunzio!

    Enviado em: 31/12/2013 12:33h - Por: Deda | Categoria: Política



    O acúmulo de lixo já provoca a discórdia entre os vizinhos. Vou contar um caso ocorrido na Vila Santana ao longo de toda essa semana. Os contêineres, extintos no contrato emergencial de coleta, estão cada vez mais escassos, mas ainda são usados. Toda a vizinhança caminha um quarteirão inteiro para pôr seu lixo no contêiner do outro quarteirão. Não cabe tudo nele e o lixo começa a ficar ao lado. Um, dois, três dias. O mau cheiro insuportável. Ratos e pombos já estão no local. A dona da casa onde estava o contêiner resolve tira-lo de lá. Na manhã seguinte ele aparece de novo no mesmo local. A dona da casa é idosa e mora sozinha. Seu filho mais velho vai até lá e muda de lugar o contêiner. No outro dia de novo aparece embaixo da janela do quarto da mãe idosa. O mau cheiro é irritante. Os vizinhos de olham enviesados. Nem a harmonia típica do final de ano salva o espírito natalino. Em comum, apenas um desabafo: quem mandou votar no Pannunzio!

    Leia mais
  • Mais que boa intenção

    Enviado em: 31/12/2013 12:32h - Por: Deda | Categoria: Política

    Ainda sobre a postagem anterior das minhas percepções a respeito do primeiro ano do prefeito Pannunzio e o que ouvi de um taxista entre as manifestações que recebi mais uma me chamou a atenção. Meu leitor disse assim: política não se faz só de boa intenção. E ele faz uma argumentação centrada no caso do lixo, ou seja, ele reconhece que havia algum problema no contrato, sério inclusive, mas que não bastava resolvê-lo tinha também de tirar das ruas a sujeira e o mau cheiro e usa um trocadilho: “o que deu ficar na vontade , ficou lixo à vontade por todas as ruas da cidade”.

    Leia mais
  • Um ano perdido na saúde

    Enviado em: 31/12/2013 12:31h - Por: Deda | Categoria: Política



    Falei em postagem anterior das minhas percepções a respeito do primeiro ano do prefeito Pannunzio e o que ouvi de um taxista. E recebi várias mensagens me contestando. Em uma delas, a que mais me chamou a atenção, meu leitor foi simples e taxativo: “na saúde, foi sim, um ano perdido”. Ai fico pensando o motivo dessa percepção, afinal em tempo recorde a administração de Pannunzio criou a UPH (Unidade Pré-Hospitalar ) da Zona Leste e foi graças a sua gestão junto ao governador Alckmin que conseguiu (está certo que no apagar das luzes do ano) a inauguração do AME (Ambulatório Médicos de Especialidades) que estava encalhado há cinco anos ou mais. A fila de espera para o atendimento de crianças caiu de 3 horas para 40 minutos ao se concentrar o atendimento na UPH da zona Oeste. O que percebo, claramente, é que há uma distância grande entre a realidade e a percepção dessa realidade. O que vale hoje é essa visão do meu leitor: um ano perdido na saúde.

    Leia mais
  • Um ano plantando o futuro

    Enviado em: 30/12/2013 16:26h - Por: Deda | Categoria: Política



    O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), segundo entrevista publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo classificou o primeiro ano de sua administração como perdido. Voltando de Brasília na noite de domingo, embarquei num táxi na rodoviária de Sorocaba e no caminho ouvi do motorista que este primeiro ano do mandato do prefeito Pannunzio foi perdido. Ele nem sabia que Haddad tinha dito o mesmo. Para o taxista, Pannunzio não fez nada. Ousei discordar dele. Disse que na primeira semana do seu mandato mandou tirar da sala do prefeito a placa “ética e parceria” que o ex-prefeito Vitor Lippi mandou colocar logo que assumiu a prefeitura. Disse que Pannunzio vetou 322 emendas dos vereadores por ser ilegal esse troca-troca de favores. Disse que cumpriu a legislação no que diz respeito ao contrato do lixo. O taxista ficou quieto com expressão de “e daí”. Eu disse também que neste primeiro ano ele inaugurou a UPH (Unidade Pré-Hospitalar) da Zona Leste.  Mas o taxista foi implacável em sua sentença e me falou assim: tudo isso ai pode ser muito bonito, mas eu ando para cima e para baixo nessa cidade e os buracos estão acabando com meu carro. O lixo está uma vergonha. Nem conteinêr mais tem. O trânsito não melhorou em nada. Para um governo de continuidade esse prefeito não fez nada. O taxista deu a entender que pretendia votar em Lippi para deputado, mas deu a entender que pode mudar de opinião.

    Leia mais
  • Votação de veto do orçamento 2014

    Enviado em: 30/12/2013 16:25h - Por: Deda | Categoria: Política



    O primeiro compromisso do presidente da Câmara de Vereadores de Sorocaba, Cláudio do Sorocaba 1 (PR), que fica no comando do Legislativo do primeiro ao último dia de 2014, será o de colocar em pauta a votação dos 322 vetos do orçamento do novo ano. Os vereadores aprovaram as emendas, como manda a lei, e o prefeito também com base na lei, vetou todos. O caminho, agora, é o Legislativo derrubar ou manter os vetos do prefeito. Se derrubar os vetos, o prefeito pode ir à justiça com uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra essa derrubada e passa a prevalecer a posição da justiça. Nas últimas décadas Executivo e Legislativo sempre faziam acordo prévio e nunca (talvez em alguma caso isolado) um prefeito vetou o que a Câmara decidiu e muito menos a Câmara derrubou o veto do prefeito. Usar do expediente da Adin foi raríssimo, se é que existiu. A votação do veto poderá ocorrer em janeiro em sessões extraordinárias ou em fevereiro na pauta ordinária quando o legislativo volta do recesso.

    Leia mais
  • Na festinha da vitória

    Enviado em: 30/12/2013 16:23h - Por: Deda | Categoria: Política



    Leitor flagrou e me mandou a foto do prefeito Pannunzio e seu secretário de Governo e Segurança Comunitária, João Leandro, na festa da vitória de Cláudio de Sorocaba 1 no dia em que foi eleito presidente da Câmara de Vereadores. Na mesa, além dos dois homens do Executivo, estão os vereadores França (PT) e o presidente eleito. A outra pessoa que está na mesa não sei quem é. Nesse dia, o vereador Waldecyr Morelli (PRP), que é cantor, deu um show no bar Aquarius. João Leandro subiu ao palco e cantou pelo menos dez modas de viola com o vereador artista.

    Leia mais
  • Estudantes de duas categorias

    Enviado em: 30/12/2013 16:22h - Por: Deda | Categoria: Política



    O ano que terminou foi mais um onde se manteve em Sorocaba a mesma regra de décadas atrás: Sorocaba tem dois tipos de estudante público, o de primeira e segunda categoria. Quem tem sorte (não posso sequer admitir que seja outro critério que não esse) de ingressar na escola municipal leva acentuada vantagem sobre aquele que se vê refém da escola estadual. Ainda é muito grande o que uma e outra oferece. Há dez anos venho chamando a atenção para este problema e sempre falo que na hora de pedir voto o candidato não distingue suas promessas, apenas diz que na educação vai... Ele só faz e beneficia com o dinheiro de todos os sorocabanos os estudantes da rede municipal. Aos da rede estadual só resta se contentar com o que os tucanos vêm oferecendo há vinte anos que, cá entre nós, é bem menos do potencial do Estado. Escola de qualidade forma alunos de qualidade. Alunos de qualidade mudam o rumo da história de um país.

    Leia mais
  • Aumento da mendicância

    Enviado em: 30/12/2013 16:21h - Por: Deda | Categoria: Política



    Não é preciso esforço, basta apenas ter um olhar atento à cidade, para se verificar que aumentou e muito o número de mendigos nas ruas da cidade no último mês. O vereador Jessé Loures (PV), que preside uma comissão que estuda este problema, passou o penúltimo dia do cano em seu gabinete recebendo denúncias desses problemas. Sem dúvida, um problema que venceu o prefeito em seu primeiro ano. Nenhuma das medidas que anunciou para resolver este problema teve a eficiência e eficácia desejada pela sociedade.

    Leia mais
  • Uma semana em Brasília

    Enviado em: 30/12/2013 16:17h - Por: Deda | Categoria: Política

    Por motivos pessoais passei a semana do Natal em Brasília. A capital federal estava sem nenhum político. Com o recesso do Senado e Câmara, o Congresso estava vazio. Dilma e seus ministros também estavam com o pé no freio. É natural isso nessa época. Foi a quarta vez em que estive na cidade. Dessa vez pude zanzar por lá de carro e sentir melhor o cotidiano. Confesso que me assustei com a violência dos motoristas. Apesar de amplas avenidas, dos pouquíssimos cruzamentos, é um trânsito violento, com muita gente desrespeitando os semáforos, os limites de velocidade e os pedestres. Os motoristas de ônibus abusam do tamanho e vão para cima dos carros menores. Se é verdadeiro o ditado que diz que o trânsito é o retrato de uma cidade, a cara de Brasília assusta.

    Leia mais
  • Oi. Estou em Brasilia. sem computador. Segunda. Dia 30 o blog volta ao normal. Obrigado.

    Enviado em: 25/12/2013 23:26h - Por: Deda | Categoria: Diversos

    Leia mais
  • Rio dá super incentivos fiscais e fábrica da Land Rover vai para lá. Sorocaba estava no páreo

    Enviado em: 19/12/2013 14:32h - Por: Deda | Categoria: Política



    O projeto de fábrica no Brasil da Jaguar Land Rover chegou à reta final com dois Estados na disputa - São Paulo e Rio de Janeiro -, mas Itatiaia , na região sul fluminense, levou a melhor e ficou com o empreendimento da montadora inglesa. Para se instalar no Rio de Janeiro, a Jaguar Land Rover terá um regime especial de cobrança do ICMS queprevê que em suas fases de implantação, pré-operação e operação da fábrica, a Jaguar Land Rover terá direito, dentro do programa Inovar Auto, a diferimento (espécie de financiamento do tributo durante um determinado período) do ICMS por um período de até 50 anos. De acordo com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (Sedeis), o regime será semelhante ao adotado nas operações da Nissan e da Peugeot-Citroën, também instaladas no Rio. A empresa terá crédito em ICMS equivalente ao investimento - no caso da Land Rover - de R$ 750 milhões.
    Na Prefeitura de Sorocaba ninguém fala sobre o assunto, afinal a disputa se afunilou entre os Estados do Rio e de São Paulo, depois de Santa Catarina e Espírito Santo terem sido eliminadas. Caso São Paulo tivesse vencido o páreo contra o Rio, no âmbito interno, Sorocaba disputava com Campinas. A verdade é que há a certeza de que os incentivos dados pelo Rio são inconstitucionais, risco que o governador não quis correr. O preço a ser pago pelo Rio para ter essa fábrica pode ser caro, mas só no futuro se saberá quanto e se a conta será paga pela montadora ou pelo consumidor.

    Leia mais
  • Atirei o pau no gato... cachorro, galo, cavalo

    Enviado em: 19/12/2013 14:31h - Por: Deda | Categoria: Política



    Em reunião realizada no gabinete do prefeito Antonio Carlos Pannunzio, o Gabinete de Gestão Integrada Municipal apresentou dados relativos à segurança no município de Sorocaba, no último trimestre. O encontro, que foi presidido pelo prefeito, reuniu os comandantes das forças policiais, secretários municipais e líderes das equipes operacionais policiais e da Guarda Civil Municipal. Entre os números apresentados, um dado chama a atenção: a constatação da Policia Ambiental a respeito do crescimento no volume de denúncias de maus-tratos a animais em Sorocaba. Foram mais de 1.000 no último trimestre. 

    Leia mais
  • Foram trabalhar de uniforme

    Enviado em: 19/12/2013 14:30h - Por: Deda | Categoria: Política



    O prefeito Antonio Carlos Pannunzio e o secretário de Governo e Segurança Comunitária, João Leandro, foram trabalhar no dia da reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal com a mesma roupa: camisa azul, gravata marinho, calças cinzas, sapatos pretos. Houve quem brincou, já que se tratava de uma reunião de policiais que usam farda, que eles estavam uniformizados. Claro que foi uma coincidência.

    Leia mais
  • Oito horas para fazer um BO de furto

    Enviado em: 19/12/2013 14:27h - Por: Deda | Categoria: Política

    Na pauta de discussões do Gabinete de Gestão Integrada Municipal, além de apresentação dos números da Operação Delegada no período, o encontro serviu para definição de estratégias voltadas à melhoria das ações e também medidas preventivas de segurança na cidade. Entre os indicadores apresentados, Sorocaba mantém níveis baixos se comparado a cidades do mesmo porte. Mas no Jornal da Ipanema desta quinta-feira (19/12/13), um comerciante gravou mensagem no portal de voz para registrar sua indignação. Ele foi testemunha de um furto dentro de uma loja no centro de Sorocaba e ficou “preso” por oito horas na delegacia, o tempo para a elaboração de um BO (boletim de ocorrência). Quantos não desistem de fazer o BO? Pois é, sem o BO a estatística baixa e os comandantes celebram os dados de criminalidade dentro do aceitável.

    Leia mais
  • Sob a batuta de Martinez, a volta de Paulo Mendes

    Enviado em: 19/12/2013 14:25h - Por: Deda | Categoria: Política



    Com treze projetos do Executivo e quatro do Legislativo, a Câmara Municipal realiza na manhã desta sexta-feira (20/12/13) novas sessões extraordinárias. Entre os 17 projetos estão a criação de novas comissões permanentes na Casa, redução da jornada de trabalho dos auxiliares de educação, subvenção a entidades sociais, novas alíquotas de ITBI e convênios são temas de projetos do Executivo. Mas um projeto, o do Ficha Limpa, terá implicação direta no quadro de assessores comissionados (nomeados) do prefeito Pannunzio. A emenda a ser votada adequa a lei sorocabana ao texto da lei federal do Ficha Limpa deixando-a assim: “É vedada a nomeação de pessoas que tenham sido condenadas pela Justiça Criminal ou por improbidade administrativa que importe em lesão ao erário e enriquecimento ilícito, em decisão proferida por Órgão Colegiado e com trânsito em julgado para os cargos de Secretário Municipal, Dirigentes de Autarquias, Fundações, Empresas Públicas, Sociedade de Economia Mista e ainda para todos os cargos de livre provimento dos Poderes Executivo e Legislativo do Município”. Ou seja, com essa redação o ex-vereador Paulo Mendes, que estpa com seus direitos políticos suspensos, pode ser nomeado assessor, afinal na própria sentença condenatória de Paulo está ratificado que ele não causou lesão ao erário e nem se enriqueceu.

    Leia mais
  • Licitação do lixo poderá ter coleta 100% seletiva

    Enviado em: 18/12/2013 14:10h - Por: Deda | Categoria: Política



    A coleta do lixo em Sorocaba está sendo feita por empresas contratadas de maneira emergencial pelo prazo de 180 dias. Mas desde já está sendo elaborada licitação definitiva e duas ideias apareceram nas primeiras discussões: a) que sejam duas empresas selecionadas (e não uma como era com a Gomes Lourenço) e b) que Sorocaba tenha 100% de coleta seletiva. Atualmente a coleta de materiais que vão para o lixo e podem ser reaproveitados beira a quantia de 600 toneladas por mês. Este trabalho é feito por cooperativas e colhem, separam e vendem esse material. A ideia é que pelo menos 300 toneladas por dia de material seletivo sejam recolhidos. Se esta marca for atingida será um case nacional. Não há cidade do porte de Sorocaba no Brasil que tenha conseguido implantar essa coleta seletiva. São poucas empresas com capacidade para essa coleta; o sorocabano terá de ter novos hábitos para jogar fora seu lixo e a deposição final do lixo terá de estar estruturada. Afinal, quem vai lucrar com o material selecionado? O que vai acontecer com os membros das atuais cooperativas? Essas e outras perguntas serão esclarecidas em audiências públicas. 

    Leia mais
  • Hamilton comemora: política estadual de busca de desaparecidos vira lei

    Enviado em: 18/12/2013 14:09h - Por: Deda | Categoria: Política



    O projeto de autoria do deputado estadual Hamilton Pereira (PT) que institui a Política Estadual de Busca de Pessoas Desaparecidas agora é lei. Foi derrubado na noite de terça (17/12/13) o veto do Governador Geraldo Alckmin (PSDB) ao projeto de lei n° 463, de 2011, que cria ainda um banco de dados integrado à rede Infoseg, da Secretaria Nacional de Segurança Pública. Durante sessão extraordinária na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, que derrubou o veto, o parlamentar agradeceu aos representantes das entidades especializadas e aos familiares de desaparecidos, que colaboraram na elaboração e tramitação da proposta. A Lei propõe o desenvolvimento de um sistema de informações, transferência de dados e comunicação em rede entre os diversos órgãos envolvidos na busca de pessoas desaparecidas, principalmente as Polícias. Prevê ainda que o banco de dados estadual, a ser criado em conexão à rede Infoseg, deverá ser dividido entre informações públicas, de livre acesso via internet, e informações sigilosas, incluindo aí dados genéticos das pessoas desaparecidas.

    Leia mais
  • Sorocaba ainda segue no páreo para a Copa do Mundo

    Enviado em: 18/12/2013 14:07h - Por: Deda | Categoria: Política

    As seleções do México, Costa Rica, Irã e França já confirmaram sua base no Estado de São Paulo durante a Copa do Mundo. A seleção da França ficará abrigada em Ribeirão Preto e Santos receberá as seleções do México e Costa Rica. Os jogadores e comissão técnica do Irã ficarão entre Guarulhos e São Paulo. As seleções africanas (Gana, Nigéria, Costa do Marfim e Argélia) conheceram opções em Atibaia, Barueri, Campinas, Guarujá e Sorocaba. 

    Leia mais
  • Justiça tarda, mas não falha

    Enviado em: 18/12/2013 14:06h - Por: Deda | Categoria: Política

    Foi eu falar no programa O D da Questão que Lippi é um sortudo para receber um telefonema de alguém me lembrando que toda sorte um dia acaba e que um ditado não perde a sua força: a justiça tarda, mas não falha. Lippi enfrenta sérios problemas no Ministério Público e na Justiça em razão de ações de sua gestão como prefeito. Ele tem tido sérias dores de cabeça para se defender de ações onde é alvo por prática de improbidade administrativa. 

    Leia mais
  • Nasceu virado para a lua

    Enviado em: 18/12/2013 14:06h - Por: Deda | Categoria: Política



    Se confirmada a expectativa dos tucanos, de que José Serra venha a ser candidato a deputado federal agora que desistiu de ser candidato a presidente, quem vai se dar bem é o ex-prefeito Vitor Lippi. Como se espera que Serra tenha mais de 1,5 milhão de votos, sem esforço quem fizer parte da chapa tucana estará eleito. Vale lembrar que na última eleição Pannunzio e Renato Amary ficaram sem mandato, concorrendo pelo PSDB, apesar de terem tido mais de 100 mil votos cada um. Sem Serra na disputa, supunha-se que um candidato tucano precisasse ter 140 mil votos para entrar, número que muitos duvidam que Lippi tenha. Com Serra como candidato, supõe-se que um tucano com 80 mil votos poderá ser deputado federal. Vale lembrar que Lippi virou candidato em cima da hora quando Luiz Leite desistiu de concorrer em 2004; que teve todo o apoio e empenho de Renato Amary para fazê-lo prefeito; que sem fazer nada aglutinou os adversários de Amary em 2008 para ser candidato...

    Leia mais
  • Confusão generalizada em Santos. Silêncio total em Sorocaba

    Enviado em: 17/12/2013 18:14h - Por: Deda | Categoria: Política



    Foi aprovado, em sessão extraordinária na Câmara de Vereadores de Santos, na tarde de segunda-feira (16/12/13), o projeto de lei de autoria do prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) que permite o gerenciamento de equipamentos públicos municipais por Oss (Organizações Sociais). Com 14 votos a favor, 5 votos contrários e uma abstenção, a apreciação da matéria foi alvo de protestos. Um homem chegou a se jogar das galerias no plenário da Câmara para externar o que chama de terceirização do que é serviço público. Os votos contrários à aprovação do Projeto de Lei foram dos vereadores do PT, PSB e PRP. A única abstenção foi do PTB. Vale lembrar que em Sorocaba, em junho passado, no maior silêncio e apoio de todas as cores partidárias das Câmara sorocabana foi aprovada a lei nº 10.471 que autoriza a Prefeitura Municipal de Sorocaba a celebrar convênio com o BOS (Banco de Olhos de Sorocaba) visando a implantação, estruturação, operacionalização e gerenciamento da Unidade Pré Hospitalar da Zona Leste. O convênio está em vigor, o trabalho sendo prestado e todos que usam satisfeitos. Pelo menos não há protesto algum dizendo o contrário.

    Leia mais
  • O poder de um vereador

    Enviado em: 17/12/2013 18:08h - Por: Deda | Categoria: Política



    O que corre nos bastidores palacianos é que um único vereador, na administração passada, tinha poderes para indicar o nome da criança que iria ter acesso ao 1º ano do ensino fundamental. Esse mesmo vereador tentou ter no atual governo o mesmo poder e foi barrado. Ele teria chegado em janeiro deste ano a entregar à então secretária Dulcina Guimarães Rolim uma lista com o nome de 48 crianças de 7 anos de idade. Foi barrado.
    Já sei, já sei, vocês querem saber o nome do vereador. Minha fonte não contou. Mas nesse caso, o que vale, mais do que o santo é o milagre. Ele ajuda a entender muito da mentalidade do antigo governante. Ou não?

    Leia mais
  • Fura-fila também na educação?

    Enviado em: 17/12/2013 18:06h - Por: Deda | Categoria: Política



    A moradora de Sorocaba Milene Panebianchi usou as redes sociais para fazer a seguinte afirmação: “Em Sorocaba as escolas dão preferência para o preenchimento das vagas para os parentes deles (sic) ou conhecido. Isso é uma vergonha. Fui procurar uma vaga para minha filha no Pré-1 e não tem vaga. Ela está numa lista de espera que contém os nomes das crianças e do lado parentesco com alguém. Me respondam: não é lei crianças com 4 anos estarem na escola? Cadê as vagas? Obrigada”.

    Leia mais
  • A cobiçada publicidade oficial: R$ 7 milhões aqui; R$ 450 milhões lá

    Enviado em: 17/12/2013 18:05h - Por: Deda | Categoria: Política



    Já está no site da Prefeitura de Sorocaba o novo edital (o antigo foi suspenso pela Comissão de Licitação) para a escolha das duas agências que terão R$ 7 milhões para investir em publicidade e propaganda no ano que vem. Enquanto isso, na esfera federal, treze agências entregaram semana passada na Petrobras suas propostas para a milionária concorrência da conta de propaganda da estatal. É uma conta de R$ 450 milhões anuais, que vigorará entre 2014 e 2015. Três agências dividirão esse bolo de dinheiro.

    Leia mais
  • Cinco anos depois, Dilma volta à região

    Enviado em: 16/12/2013 12:41h - Por: Deda | Categoria: Política



    Se nada mudar na agenda da presidente Dilma Roussef (PT) ela vai estar em Campina do Monte Alegre, na região de Sorocaba, na próxima quarta-feira para entregar máquinas retroescavadeiras, motoniveladoras, pás-carregadeiras e outros equipamentos que são utilizados no processo de recuperação de estradas vicinais para municípios de pequeno porte. Na última vez em que ela esteve em Sorocaba foi há cinco anos, quando era ministra e já pré-candidata a presidente, acompanhada de Lula. Coincidentemente, ela esteve na inauguração da área de máquinas agrícolas da Case, na zona industrial sorocabana.

    Leia mais
  • Gomes Lourenço em Votorantim

    Enviado em: 16/12/2013 12:40h - Por: Deda | Categoria: Política



    Com a greve dos servidores e o lixo se acumulando ns ruas da cidade, o prefeito de Votorantim, Erinaldo Alves da Silva (PSDB), decidiu contratar emergencialmente uma empresa para fazer a coleta. Ouviu sete empresas e apenas uma delas, de São Paulo, teria a chance de fazer o serviço. Mas optou pela Gomes Lourenço que teve está no olho do furacão em Sorocaba, onde o prefeito Pannunzio rompeu o contrato que tinha com ela. Erinaldo me disse que a Gomes Lourenço era sua melhor opção e que não conversou com Pannunzio antes de tomar sua decisão. Como são tucanos e compadres, se esperava que em tema tão polêmico Erinaldo falasse com Pannunzio. 

    Leia mais
  • Área do futuro hospital é ocupada momentaneamente

    Enviado em: 16/12/2013 12:38h - Por: Deda | Categoria: Política



    A área da antiga garagem da empresa de ônibus TCS, na zona norte, adquirida pela Prefeitura de Sorocaba para sediar a construção do futuro Hospital Público de Sorocaba, está sendo ocupada momentaneamente como garagem dos caminhões de lixo da empresa Litucera, contratada emergencialmente para a coleta e transporte do lixo sorocabano. O futuro hospital será construído no modelo PPP (Parceria Público Privada) cujo o processo de licitação está em andamento. O consórcio que a Litucera faz parte, por sua vez, tem contrata até maio de 2014 com a Prefeitura. Portanto, nada indica que uma situação (garagem para os caminhões) vá atrapalhar a outra (futuro hospital). Assim se espera.

    Leia mais
  • Falta o caminho para a política cultural

    Enviado em: 16/12/2013 12:37h - Por: Deda | Categoria: Política



    Jaqueline Gomes estpa a frente da Secretaria da Cultura, tem todas melhores boas intenções que se exige para o cargo, mas ainda não conseguiu emplacar uma política cultural para Sorocaba. A consequência é que tem levado pau por isso. Sua pasta não deve e não pode ser uma promotora de eventos. Ao menos não se restringir a isso. No fim de semana, uma tenda montada na praça da antiga Concha Acústica, no centro, virou alvo dos seus críticos nas redes sociais que acusam-na de ter gastado R$ 130 mil num evento que não tem atraído público. A verdade é que o sorocabano precisa ser sensibilizado para sair de casa e vivenciar o que lhe é oferecido. Falta uma comunicação para estimular a participação da sociedade. Não basta apenas oferecer espaço e evento. É preciso sensibilizar o cidadão a dar vida a eles.

    Leia mais
  • As leis e o bom senso

    Enviado em: 16/12/2013 12:36h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Portuguesa deve ser rebaixada no tapetão no Campeonato Brasileiro por ter usado por 15 minutos um jogador na partida contra o Grêmio que nada mais  valia. A lei diz que isso é proibido. Um motorista fechou a porta do ônibus, domingo, às 17h, na avenida Antônio Carlos Cômitre, e não mais abriu mesmo com uma estudante, cheia de material na mão, vindo do exame da OAB, provavelmente, pedindo. A lei diz que depois de fechada a porta, o motorista não deve mais abri-la. Paulo Mendes teve seus direitos políticos suspensos, duas décadas depois, por ter aparecido em publicidade oficial. A lei diz que não pode. A verdade é que existem as leis, e o que está escrito nela, e o julgador, um juiz, com autoridade para interpretar o que está fora da lei no novo contexto em que a infração aparece. Ou seja, não basta ter a lei, é preciso ter bom senso em aplicá-la.

    Leia mais
  • “Não são apenas os letrados que podem tocar a Câmara”

    Enviado em: 12/12/2013 17:36h - Por: Deda | Categoria: Política

    Foi com esta frase que o novo presidente do Legislativo sorocabano, que só tem diploma do Ensino Médio, respondeu a quem o crítica. E foi além: “Veja o exemplo do Lula. Eu como ele não tenho diploma de faculdade, mas veja o que ele fez pelo Brasil. Minha resposta a quem faz essas críticas será no exercício da presidência”. Clique em Leia Mais para saber Quem é Cláudio do Sorocaba 1

    Leia mais
  • Usuários do Facebook fazem ácidas críticas ao novo presidente da Câmara

    Enviado em: 12/12/2013 17:35h - Por: Deda | Categoria: Política

    “Esse cara não sabe nem falar, fala tudo errado.. cheio de erros de concordância, trocando o L pelo R ... acho que ele foi formado pela educação de Sorocaba”. São dezenas de críticas. Se ficou curioso, acesse o link: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=650264165015104&set=a.299227263452131.67382.284283911613133&type=1&theater

    Leia mais
  • 19 vereadores comemoram vitória de Cláudio no Boi na Brasa

    Enviado em: 12/12/2013 17:34h - Por: Deda | Categoria: Política



    Marinho Marte foi o único vereador que faltou no almoço oferecido pelo vitorioso Cláudio do Sorocaba 1 aos colegas entre 13h e 16h no restaurante Boi na Brasa, na confluência da avenida São Paulo com rodovia Raposo Tavares. Os outros 19 vereadores se esbaldaram de comer, beber e rir. “Uma festa bonita que mostra que todos aqui, independente de quem ganha ou perde, são amigos e trabalham pelo bem de Sorocaba”, me disse Cláudio. Nenhum assessor esteve neste almoço e se alguma foto foi feita não consegui acesso a ela. Também não sei quanto deu a conta e nem quem pagou. Mas teve vereador que chegou, cumprimentou Cláudio, comeu dois pasteizinhos e foi embora. Sem pagar.

    Leia mais
  • Encontro em pizzaria deu esperança a Anselmo

    Enviado em: 12/12/2013 17:33h - Por: Deda | Categoria: Política



    Na noite que antecedeu a eleição de Gervino Gonçalves (PR), o Cláudio do Sorocaba 1, para presidir o Legislativo sorocabano a partir de 1º de janeiro de 2014, um grupo de oito vereadores aceitou o convite de Crespo para comer pizza no PioMontês, na avenida Washington Luiz. Eles foram embora com a esperança de que haveria uma mudança e Anselmo seria eleito. Mas Marinho Marte ao preferir votar em Cláudio praticamente desarticulou toda a base de oposição que estava com Anselmo. Marinho afirma que todos os 20 vereadores são amigos e não há motivo especial por ter escolhido o Cláudio.

    Leia mais
  • Ping-pong rápido com Cláudio do Sorocaba 1

    Enviado em: 12/12/2013 17:31h - Por: Deda | Categoria: Política



    Deda
    : Por que a maioria não votou em você?
    Cláudio: Eu não sei. Você tem que perguntar para eles (outros vereadores)
    Deda: Cláudio o que você ofereceu aos colegas para votarem em você?
    Cláudio: Eu não ofereci nada. Acho que eles me escolheram pelo lado da amizade. Estou aqui na Casa há nove anos (este é seu terceiro mandato). Todo mundo gosta de mim e eu gosto de todo mundo.
    Deda: Cláudio, você está feliz?
    Cláudio: Claro que estou. Enfrentei o mundo e o fundo para conseguir ser o presidente, mas consegui.
    Deda: Que mundo e fundo são esses?
    Cláudio: É só modo de falar. Tinha concorrente de peso.
    Deda: Cláudio porque o Marinho Marte mudou para o seu lado?
    Cláudio: Ele é meu amigo. É amigo de todos os vereadores e ele achou que eu serei o presidente a dar continuidade na independência que o Legislativo tem do prefeito, como foi na gestão que termina agora do Martinez.

    Leia mais
  • Ping-pong rápido com Anselmo

    Enviado em: 12/12/2013 17:29h - Por: Deda | Categoria: Política



    Deda
    : Por que a maioria não votou em você?
    Anselmo: "Eu não sei o que aconteceu. Masa verdade é que quase todo mundo votou no Cláudio”
    Deda: O que o Cláudio ofereceu aos colegas?
    Anselmo: “Não sei, mas com certeza era algo que eu não podia oferecer". 

    Leia mais
  • Cláudio do Sorocaba 1 é o presidente do Legislativo

    Enviado em: 12/12/2013 17:28h - Por: Deda | Categoria: Política



    O vereador o Claudio do Sorocaba I (PR) foi eleito presidente da Câmara Municipal de Sorocaba hoje (12/12/13) na 80ª sessão ordinária, a última do ano. Também foram escolhidos os demais membros da Mesa Diretora da Casa para Exercício 2014. Cláudio do Sorocba I foi eleito com 16 votos. O vereador Anselmo Neto (PP) recebeu os dois votos da bancada do Partido Progressista, José Crespo (DEM) recebeu seu próprio voto, assim como Saulo do Afro Arts (PRP) que também votou nele mesmo. Além do novo presidente, foram eleitos os vereadores Carlos Leite (PT – 17 votos) como 1º Vice-Presidente; Muri de Brigadeiro (PRP – 17 votos), 2º Vice-Presidente; José Francisco Martinez (PSDB – 18 votos), 3º Vice-Presidente; Waldomiro de Freitas (PRP – 16 votos), 1º Secretário; Jessé Loures (PV – 19 votos), 2º Secretário, e Pastor Apolo (PSB – 20 votos), como 3º Secretário.

    Leia mais
  • E o presidente da Câmara é...

    Enviado em: 11/12/2013 18:15h - Por: Deda | Categoria: Política



    Até o final da tarde desta quarta-feira (11/12/13), véspera da manhã da eleição que vai definir quem vai ser o presidente da Câmara de Vereadores de Sorocaba a partir do início dos trabalhos em 2014, Gervino Gonçalves (PR), o Cláudio do Sorocaba 1, seguia como favorito para ser o eleito. Dos 20 votos, ele tinha assegurado 11 deles. Do outro lado, liderando a preferência da oposição, estava Anselmo Neto (PP), com 8 votos. Mas a postura de já ganhou adotada por Cláudio e sua euforia em comemorar a vitória com integrantes do Poder Executivo são apontados como fatores que podem provocar uma reviravolta no resultado. Na noite desta quarta, a convite do vereador Crespo (DEM), todos os vereadores foram convidados para um encontro na Pizzaria Aspásia. Na Prefeitura, o assunto eleição do presidente do legislativo é acompanhado de perto, mas com ordem expressa para que seja mantida a total independência das decisões do legislativo. Pannunzio não quer participação nenhuma nessa decisão.

    Leia mais
  • Licitação das agências de publicidade é adiada para fevereiro

    Enviado em: 11/12/2013 18:14h - Por: Deda | Categoria: Política



    A Comissão Permanente de Licitações da Secretaria de Administração da Prefeitura de Sorocaba publicou edital informando que a concorrência 03/2013 CPL 0335/2013 para a contratação de empresa para prestação de serviços de publicidade aos órgãos e entidades da administração direta e indireta do município resolveu suspender o andamento do certame. Diante disso, ao invés de 8 de janeiro, passa para o dia 6 de fevereiro a nova data para a entrega dos envelopes das agências interessadas em participar. Conversei com o secretário chefe de gabinete do prefeito de Sorocaba, Rodrigo Maldonado, que é o responsável pela comunicação, e ele me disse que foi necessária essa mudança em razão de terem sido identificadas divergências entre os termos de referência da concorrência com o edital propriamente dito. Para que esse ponto não venha ser motivo de contestação, no futuro, o entendimento foi de que seria melhor fazer agora o ajuste entre os dois documentos.

    Leia mais
  • O enterro que o prefeito foi

    Enviado em: 11/12/2013 18:12h - Por: Deda | Categoria: Política



    Filomena Matarazzo Suplicy, mãe do senador Eduardo Suplicy (PT), morreu aos 105 anos, sábado, em sua residência em São Paulo. Mas não foi ao seu velório que o prefeito de Sorocaba compareceu na capital paulista no final de semana passado. Pannunzio (acompanhado do secretário de Governo e Segurança Comunitária, João Leandro) esteve no velório de Plácido Bento de Oliveira, um dos fundadores do PSDB, que teve a incumbência, em 1988, dada por Mário Covas de formar os primeiros diretórios do partido na região da grande São Paulo. Era a história viva dos tucanos. Plácido chegou a trabalhar com Pannunzio e João Leandro, quando o prefeito de Sorocaba era deputado federal, e morreu aos 66 anos.

    Leia mais
  • Ai se a moda pega

    Enviado em: 11/12/2013 18:09h - Por: Deda | Categoria: Política



    Em vários estados (províncias) da Argentina, uma onda de protesto já provocou a morte de dez pessoas desde o início das revoltas policiais no interior do país, iniciada no dia 4 de dezembro. Os protestos são acompanhados por saques ao comércio. Para tentar coibir o movimento, que já se estendeu para 15 das 23 províncias, os governadores estão oferecendo reajustes salariais aos policiais muito acima da inflação real do país, que está em entre 25% e 30%. Na província de Mendoza, por exemplo, o governador Francisco Pérez ofereceu um aumento de 89% no soldo básico, e, ainda assim, a proposta foi rejeitada por policiais. Na prática, isso significa que na argentina um policial ganha em média 1,8 mil dólares (algo em torno de R$ 4,2 mil reais). No Brasil, em início de carreira no estado de São Paulo, um PM ganha R$ 2.387,00.

    Leia mais
  • Não era nem para um cafezinho, mas Cláudio reuniu a turma no bar do França

    Enviado em: 10/12/2013 18:31h - Por: Deda | Categoria: Política



    Gervino Gonçalves, o Cláudio do Sorocaba 1, não esconde mais o entusiasmo com a sua eleição para presidir o Legislativo sorocabano. A eleição é na quinta-feira, mas hoje (10/12/13) ele marcou um encontro para azeitar a sua eleição e convidou seus 11 eleitores (todos vereadores) para estar presente no bar do vereador França (PT). Nem sei se oficialmente o vereador França é o dono do Aquárius Bar, ali no alto da avenida General Osório. Mas nos bastidores políticos, é assim, como bar do França, que o tal bar é chamado. De um experiente assessor, hpa instantes, ouvi que quando se trata de eleição, ainda mais eleição para a presidência da Câmara, não se deve nem tomar um cafezinho, quem dirá então reunir a turma antes da hora da votação num bar! Cada vez mais parece que Cláudio vai ganhar, mas na mesma proporção parece que vai tomar o maior tombo da sua carreira. A verdade é que há muito mistério está no ar. 

    Leia mais
  • 650 toneladas de lixo são retiradas das ruas, a média era 500 toneladas

    Enviado em: 10/12/2013 18:30h - Por: Deda | Categoria: Política



    Para a Prefeitura de Sorocaba, desde a noite de domingo a situação da coleta do lixo de Sorocaba está se normalizando. Foram retiradas 650 toneladas de lixo das ruas quando a média vinha sendo 500 toneladas. Até o final de semana a expectativa é que toda coleta esteja normalizada. Para ajudar nisso, a partir desta quarta-feira a região central começa a receber os grandes conteinêres, de 1 mil litros, que deixarão o espaço das calçadas e serão colocados na vaga de um carro, na área de zona azul. Mas casos pontuais, de problema na coleta, ainda existem e a Prefeitura acredita que em breve vai resolver. Vale lembrar que os pequenos conteinêres, ao menos no contrato emergencial, não fazem mais parte da vida de Sorocaba. O pedido é que os sorocabanos colo quem o lixo em sacos apropriados (não em saquinhos de supermercados) e deixem na porta de suas casas no dia em que passa o caminhão. Ou seja, o pedido é para que o sorocabano mude o seu hábito para pôr o lixo na rua.

    Leia mais
  • Prefeito na Câmara: “se algo não deu certo não foi por culpa dos vereadores”

    Enviado em: 10/12/2013 18:29h - Por: Deda | Categoria: Política



    O prefeito Antonio Carlos Pannunzio esteve hoje (10/12/13) na Câmara para saudar os vereadores na penúltima sessão ordinária do ano, já que na quinta-feira a sessão será tomada para a eleição do próximo presidente. Pannunzio usou a tribuna popular no início dos trabalhos e, mais uma vez, destacou seu respeito pelo Legislativo. Pannunzio citou nominalmente cada um dos vinte vereadores. Ele afirmou textualmente que “se algo não deu certo neste seu primeeiro ano de mandato não foi por culpa dos vereadores”. Pannunzio enalteceu o que chamou de espírito republicano do vereadores, incluindo os do PT que historicamente são adversários dos tucanos.

    Leia mais
  • Cartão postal de Sorocaba continua sem alvará de funcionamento

    Enviado em: 10/12/2013 18:28h - Por: Deda | Categoria: Política



    Após a tragédia ocorrida em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, com um total de 235 mortos dentro de uma boate, inúmeros governantes anunciaram em janeiro deste ano que tomariam providências para que o mesmo não ocorra em suas cidades. “Para minha surpresa, que já fui prefeito 24 anos atrás, não passou por mim se o Paço Municipal de Sorocaba tinha alvará. Após a tragédia de Santa Maria, mandei verificar e, efetivamente, boa parte dos próprios municipais, incluindo o Paço, não tem o laudo do Corpo de Bombeiros, e isso precisa ser providenciado”, disse à época o prefeito Pannunzio. Na época desse pronunciamento, no último dia de janeiro deste ano, imaginava-se que no primeiro semestre o álvara estaria dado. O ano está perto do seu fim, e nada avançou. Para janeiro, Pannunzio espera um posicionamento do Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Artístico e Arquitetônico) para adequar o Paço Municipal às leis e, assim, conseguir que um dos cartões postais de Sorocaba tenha álvara de funcionamento.

    Leia mais
  • Deselegante, Aécio priorizou a ‘musa’ Bruna Furlan na terra da Maria Lúcia

    Enviado em: 10/12/2013 18:26h - Por: Deda | Categoria: Política



    A deputada Bruna Furlan (PSDB-SP), 27 anos, que divide com a colega Manuela D'Ávila (PC do B-RS) o título de "musa do Congresso" foi saudada em nome de todos os parlamentares presente no evento de sábado no Recreativo Central pelo senador Aécio Neves, pré-candidato a presidente pelo partido. No mínimo, se esperava que ele fizesse isso em nome de Maria Lúcia, a deputada estadual com base em Sorocaba, presidente do diretório municipal do partido e quem organizou toda a visita dele. Bruna é filha do prefeito de Barueri (SP), Rubens Furlan, e a terceira deputada federal mais votada da bancada paulista, com 270.661 votos - atrás de Tiririca (PR), com 1.353.820 votos, e Gabriel Chalita (PSB), com 560.022 votos na eleição de 2010.
     

    Leia mais
  • Marinho Marte corre por fora

    Enviado em: 09/12/2013 18:45h - Por: Deda | Categoria: Política



    A eleição em torno da presidência do legislativo sorocabano estava polarizada entre Gervino Gonçalves (PR), mais conhecido como Cláudio do Sorocaba 1, e Anselmo Neto (PP). A bancada de 3 votos do PT era a fiel da balança e a opção petista por Cláudio tirou todo o entusiasmo de quem apostava na vitória de Anselmo. Por outro lado, reforçou a tese de que Marinho Marte (PPS), um dos mais críticos vereadores da gestão Pannunzio, corre por fora e pode surpreender. Marinho é visto por todos, aliados e adversários, como um dos mais eficientes e eficazes negociadores internos da Câmara de Vereadores. 

    Leia mais
  • Eleição de Cláudio do Sorocaba 1 não é tão certa assim

    Enviado em: 09/12/2013 18:44h - Por: Deda | Categoria: Política



    Gervino Gonçalves (PR), mais conhecido como Cláudio do Sorocaba 1, se entusiasmou tanto com o apoio que recebeu da bancada do PT para a eleição de presidente da Câmara, marcada para a próxima quinta-feira (12/12/13), que ligou aos seus contatos na Prefeitura de Sorocaba para celebrar a boa nova. Pronto, foi o que bastou para que a bancada petista que tinha apostado nele por sua campanha de total independência do prefeito Pannunzio passasse a desconfiar dessa independência. A verdade é que caso Cláudio do Sorocaba 1 vença, na cúpula do prefeito Pannunzio, está vitória é entendida como sendo responsabilidade do atual presidente, vereador Martinez (PSDB).

    Leia mais
  • Pannunzio só troca secretário que pedir para sair. Pelo menos por enquanto

    Enviado em: 09/12/2013 18:42h - Por: Deda | Categoria: Política



    O zumzumzum de que os secretários Jussara de Lima Carvalho (Meio Ambiente), Anésio de Lima (Jurídico), Renato Gianolla (Trânsito e Transportes) perderiam o emprego é apenas um zumzumzum. Ouvi essa garantia de um gabaritado secretário de Pannunzio com força e intimidade para assegurar que nada muda. Wilson Urterkicher, o Kuka (Saae), que aparece na foto, também esteve na boca do povo, mas ao contrário dos outros, a saída dele seria por vontade própria. Mas pelo que apurei até agora se isso acontecer não será mais em 2013.

    Leia mais
  • Casal mais fomoso de Itu mostra força

    Enviado em: 09/12/2013 18:41h - Por: Deda | Categoria: Política


    Um público avaliado em mil pessoas compareceu sábado passado num churrasco promovido pelo casal mais famoso de Itu, o ex-prefeito Herculano Passos e a primeira-dama, deputada estadual Rita Passos. A presença ilustre de Gilberto Kassab, ex-prefeito da capital, chamou a atenção das dezenas de prefeitos e vereadores de várias cidades da região e de outras partes do estado que compareceram à festa. Kassab chegou em um helicóptero e seus assessores em outro. Com o tempo seco, as aeronaves levantaram poeira para posar e subir.

    Leia mais
  • O novo Aécio se comporta como velho político

    Enviado em: 09/12/2013 18:40h - Por: Deda | Categoria: Política



    O repórter Wilson Júnior, o Juninho, do Cruzeiro do Sul, publicou em sua reportagem sobre a visita do pré-candidato tucano à presidência da República, senador Aécio Neves, que o candidato mineiro disse a ele que não viu protesto e nem manifestação alguma durante sua caminhada pelo bulevar Braguinha, sábado, no centro de Sorocaba. E eu pergunto: por quê? Manifestantes reclamaram do lixo e das mudanças na saúde. Fizeram barulho. E como disse o secretário de governo da Prefeitura de Sorocaba, João Leandro, isso faz parte do processo democrático. Oras, Aécio é jovem e se apresenta como novo, mas se insistir nesse discurso velho de que nada viu e nada sabe tende a ficar falando sozinho.

    Leia mais
  • Kit escolar custa R$ 5 milhões. Mas só alunos municipais são beneficiados

    Enviado em: 09/12/2013 18:39h - Por: Deda | Categoria: Política



    O secretário da Administração da Prefeitura de Sorocaba, Roberto Juliano, liberou na última quinta-feira a assinatura do contrato para a compra do material de kit escolar 2014 por R$ 5 milhões. Serão beneficiados com esta compra apenas os 48 mil  sorocabanos sortudos que estão na rede municipal. Os mais de 130 mil estudantes que estão na rede estadual ficam chupando o dedo, afinal a Prefeitura de Sorocaba é obrigada por lei a oferecer, no início de cada ano letivo, um kit escolar aos alunos regularmente matriculados somente na rede municipal de ensino. Embora todos sejam sorocabanos, os que estão na rede estadual não recebem nada embora os pais desses alunos, igualmente, paguem os mesmos impostos dos pais sortudos de conseguirem matricular o filho na rede municipal. 26 empresas participaram do pregão para fornecimento dos 24 itens que compõem o kit escolar para 2014 e apenas uma vai fornecer lápis, borracha, canetas, lápis de cor, réguas e cadernos. No caso da pré-escola são entregues massinha de modelar e blocos educativos, além de alguns itens de higiene pessoal.

    Leia mais
  • Lippi parecia vendedor de cartão de crédito falando rápido como o meu nome é Enéééaaasss

    Enviado em: 06/12/2013 17:07h - Por: Deda | Categoria: Política



    O ex-prefeito Vitor Lippi, hoje no Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz) falou tanto sobre o lixo que sobrou pouco para falar do Parque Tecnológico e quando entrou no assunto desembestou a falar no assunto como um caminhão sem freio. Parecia, e não me furtei a dizer no ar, um vendedor de cartão de crédito que emenda um assunto no outro, enaltecendo só as qualidades do seu produto. Também não me furtei a dizer que ele lembrava o Enéas. Lembra daque candidato a presidente, careca e barbudo, que tinha apenas 15 segundos de propaganda e falava rapidamente e no final fixou o bordão: meu nome é Enéééaaasss.

    Leia mais
  • Pannunzio afirmou: “Não podia fechar os olhos...”

    Enviado em: 06/12/2013 17:06h - Por: Deda | Categoria: Política



    Durante entrevista no Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz), na quinta-feira, o prefeito Antônio Carlos Pannunzio afirmou que não podia fechar os olhos aos problemas provocados pela empresa Gomes Lourenço no cumprimento do contrato do lixo em Sorocaba para justificar o momento em que decidiu romper o contrato com a empresa. Pannunzio deixou claro que no que diz respeito aos contêineres, não encontrou instrumentos eficazes para fiscalizar se os 45 mil deles estavam mesmo nas ruas da cidade.
    O ex-prefeito Vitor Lippi pediu para dar entrevista hoje, um dia depois de Pannunzio, para falar sobre o Parque Tecnológico de Sorocaba no Jornal da Ipanema (FM 91,1Mhz) e, experiente como ele só, sabia que o assunto principal a ser trato seria o lixo. Ele disse que não fez nada de errado e que o contrato com a Gomes Lourenço, e desclassificação da primeira colocada na licitação, teve o aval do Ministério Público de Sorocaba antes dele tomar uma decisão, ou seja, deixou evidente que se errou foi com o aval do MP. Criticou de novo a lei de licitação (nº8666) e enfatizou que não deixou herança maldita alguma para o prefeito Pannunzio. Que o governo segue o ritmo atual por uma questão de estilo. No ar, conseguiu ser bem conciliador com Pannunzio. Fora dele, nos papos em off, nem tanto.

    Leia mais
  • E quem apareceu, mas segue calado, é Carlos Cézar

    Enviado em: 06/12/2013 17:04h - Por: Deda | Categoria: Política



    Desde que teve seu nome envolvido na chamada Máfia do Asfalto, o deputado estadual Carlos Cézar, que teve votos em todo estado pela Igreja do Evangelho Quadrangular, mas mantém base em Sorocaba, onde foi vereador por duas vezes, estava sumido. Mas terça-feira ele apareceu no palanque de Alckmin, quando veio de novo em evento da SP-264 (dessa vez as obras parecem que começaram...). Mas ao contrário de outros presentes, que foram elogiados pelo governador, Carlos Cézar, que é da base de Alckmin na Assembléia, foi o menos festejado de todos. Fez discreta figuração no palanque.

    Leia mais
  • Renato Amary e Hudson Pessini viajam juntos a Ribeirão Preto

    Enviado em: 06/12/2013 17:03h - Por: Deda | Categoria: Política



    O ex-prefeito e ex-deputado e presidente do diretório municipal do PMDB, Renato Amary, viaja neste sábado (7/12/13) à tarde para Ribeirão Preto onde à noite participa da festa de confraternização nacional do seu partido. Michel Temer é o grande nome do evento que arrasta para a terra de Baleia Rossi peemedebistas de todas as regiões do Brasil. Amary viaja na companhia de Hudson Pessini. Cada um estará com sua esposa. Essa viagem conjunta deixa a certeza de que pelo menos Hudson será candidato em 2014. Renato afirma que vai ficar na coordenação regional da campanha de Paulo Skaf ao governo paulista. Então tá.

    Leia mais
  • Para quem anda gorando, fica o recado Flávio Chaves é, sim, pré-candidato a deputado

    Enviado em: 06/12/2013 17:02h - Por: Deda | Categoria: Política



    O ex-prefeito de Sorocaba e ex-deputado federal e estadual, Flávio Chaves, é sim candidato a deputado estadual em 2014. Longe das disputas há uma década, Flávio deixou o PPS e entrou no PRP, anunciou em setembro sua candidatura e de lá para cá começaram zumzumzuns de que ele abandonaria a idéia. Não abandonou. Ao contrário, tem viajada pela região, amarrado acordos e está convicto de quem tem chances na eleição do ano que vem.

    Leia mais
  • Depois de dois adiamentos, enfim Aécio é esperado neste sábado em Sorocaba

    Enviado em: 06/12/2013 17:00h - Por: Deda | Categoria: Política



    O senador Aécio Neves deu cano duas vezes na deputada estadual Maria Lúcia, presidente do diretório municipal do PSDB, mas até agora há pouco não havia novamente desmarcada a sua vinda a Sorocaba. Dessa maneira, neste sábado (7/12/13), às 9h30, ele é aguardado na sede central do Clube União Recreativo. É esperado que ele desça o bulevar Braguinha que, aos sábados, costuma estar lotado. Em sábado que precede o Natal, então, deve estar ainda mais cheio. Um prato cheio para político. Mas, há quem se lembre que em 2000, na mesma calçada do Recreativo, José Serra, então ministro, levou uma ovada de uma manifestante.

    Leia mais
  • A bancada do PT é a fiel da balança para eleger o presidente da Câmara de Vereadores de Sorocaba e eles decidiram apoiar o candidato do PR, que é da base de apoio do prefeito, que é do PSDB. Justificativa petista é de que é uma candidatura independente e em nenhum momento o prefeito disse que tinha preferência por alguns dos candidatos a presidente

    Enviado em: 05/12/2013 18:59h - Por: Deda | Categoria: Política

    Um ponto é verdadeiro, em nenhuma declaração pública e em nenhuma declaração privada que tenha se tornada pública, o prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio (PSDB) disse que tinha preferência por algum dos vereadores que estão dispostos a presidir o Legislativo. A eleição acontece na quinta-feira que vem (12/12/13). De um lado estava os oposicionistas Crespo (DEM), Marinho Marte (PPS) e Anselmo Neto (PP) que na eleição passada, assim como o PT, caminharam com o candidato a prefeito Renato Amary. De outro estava Gervino Gonçalves (PR), conhecido como Cláudio do Sorocaba 1, que apoiou Pannunzio. Ao longo deste ano, Marinho claramente se postou como adversário de Pannunzio. Crespo se mostrava alinhado com Pannunzio em vários momentos, mas claramente adversário de Vitor Lippi (ex-prefeito e parceiro de Pannunzio). Cláudio do Sorocaba 1, claramente, é o candidato do atual presidente do Legislativo, o tucano Martinez. E Anselmo Neto se mostrou ao longo deste ano mais independente de todos os candidatos. Até a manhã de hoje, a eleição estava polarizada entre Anselmo e Cláudio e para o lado que pendesse o PT sairia o vencedor. Como fiel da balança, se imaginava que o PT guardaria seu voto até quinta-feira que vem, mas hoje, surpreendentemente, falando em nome do PT e da executiva do diretório municipal do seu partido, que juntos tomaram a decisão, o vereador Izídio de Brito anunciou que o PT fechou com Cláudio do Sorocaba 1. Izídio diz que o prefeito não tem candidato e Cláudio é independente. Então tá. O fato de ter se comportado neste ano como aliado, de ter o apadrinhamento de Martinez e de na campanha eleitoral ter marchado com Pannunzio não são indicativos de nada. 

    Leia mais
  • Para o Poder Executivo, apenas vitória de Marinho Marte ou Crespo seriam ruins. Com Anselmo ou Cláudio ficará tudo bem

    Enviado em: 05/12/2013 18:58h - Por: Deda | Categoria: Política

    Marinho Marte, por seu claro posicionamento de oposição, não era o candidato dos sonhos do prefeito Pannunzio na eleição para presidente do Legislativo sorocabano. Crespo, pela amozade que tem com Pannunzio e por sua experiência legislativa que vem desde quando foi deputado estadual, seria um candidato que agradaria Pannunzio. Mas ele é visto como alguém temperamental, que fala mais do que devia. Ouvi que se Crespo fosse discreto como Marinho Marte é, teria a chance de ter sido o candidato de Pannunzio. Cláudio, por ser o parceiro que é desde a campanha, é o candidato que mais agrada ao Poder Executivo. E Anselmo Neto pelo equilíbrio que demonstrou não apenas neste ano, mas ao longo de todo o mandato passado, era visto como um candidato bom para o equilíbrio das forças entre os poderes Executivo e o Legislativo. A decisão do PT, que ficou conhecida na Prefeitura de Sorocaba somente à tarde, após informação dada pelo próprio Cláudio do Sorocaba 1, foi vista com entusiasmo.

    Leia mais
  • Eleição para presidente da Câmara de Vereadores é como ação em bolsa de valores em época de crise, ou seja, sua tendência varia para cima e para baixo como gangorra. Há caso em que um vereador dormiu presidente e quando acordou havia perdido

    Enviado em: 05/12/2013 18:56h - Por: Deda | Categoria: Política

    A eleição para o presidente da Câmara de Vereadores acontece daqui uma semana (12/12/13) e os votos ficam conhecidos somente quando a sessão começar, por volta das 9h. A decisão anunciada hoje pelo PT joga um balde de água fria em quem desejava um presidente adversário do prefeito Pannunzio. Há quem lembre de um caso onde o vereador Carlinhos da Farmácia, que não tinha a menor pretensão de ser eleito, acabou presidente numa articulação fechada de madrugada. Até a noite do dia anterior da eleição, Gabriel Bitencourt (PT) era apontado como o eleito. Na hora de contar os votos, o vencedor foi Carlinhos. De madrugada Moaciar Luis e Irineu Toledo mudaram de opinião. Por isso, nasceu o ditado que diz que eleição para presidente da Câmara de Vereadores é como ação em bolsa de valores em época de crise, ou seja, sua tendência varia para cima e para baixo como gangorra em questão de pouco tempo. Se algo mudar para a eleição de quinta-feira será absoluta surpresa.

    Leia mais
  • Em meio aos problemas de mudança nas áreas da saúde e do lixo que dominam o cotidiano do sorocabano nas últimas semanas, o prefeito Pannunzio ganha uma boa notícia nesta quarta-feira: a cúpula do comando do Makro anuncia oficialmente a instalação da segunda loja do grupo em Sorocaba

    Enviado em: 03/12/2013 17:53h - Por: Deda | Categoria: Política

    A cúpula do atacadista Makro, que tem uma unidade na rodovia Raposo Tavares em Sorocaba, é aguardada nesta quarta-feira (4/12/13) em Sorocaba para anunciar oficialmente a instalação da sua segunda loja na cidade que vai ficar no final da avenida Dom Aguirre, bem enfrente ao antigo Matadouro, na região de acesso a rua Paes Linhares. No encontro com Pannunzio, os dirigentes do Makro vão revelar que a loja é considerada de modelo padrão para toda a América Latina e que pretendem inaugura-la até junho de 2014, sendo que de obras estão previstos 4 meses. Depois de semanas envolvido em problemas nas áreas da saúde (que passou por mudanças nos atendimentos das UPHS, do Pronto Socorro Municipal e do processo da cirurgias eletivas) e do lixo (veja posts anteriores), Pannunzio vai ter um respiro dando um boa notícia ao sorocabano.

    Leia mais
  • Prefeito e assessores estão convictos de que tomaram a decisão certa na questão do lixo em Sorocaba, mas sentem o clima pesado diante dos problemas que surgiram após o rompimento do contrato. Entre esses problemas estão o lixo nas ruas, a cobrança para apontar os reais problemas que levaram a essa decisão e de que essa decisão deveria ter ficado para janeiro

    Enviado em: 03/12/2013 17:51h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prefeito Pannunzio e seus principais assessores (Edsom Ortega da Fundap; Aurílio Caido, secretário da Fazenda; Rubens Lara, secretário de Planejamento; João Leandro, secretário de Governo; Rodrigo Maldonado, secretário da chefe do gabinete; Roberto Juliano, da Administração) estão em constante reunião desde segunda-feira, quando foi o primeiro dia útil do rompimento do contrato entre a Prefeitura e a Gomes Lourenço, que fazia a coleta do lixo. Uma parte do grupo é responsável por pensar nas estratégias de açãopara resolver o problema. A outra parte do grupo por colocar em prática a correção dos problemas.
    O primeiro problema identificado pelo grupo foi a disseminação da informação de que no contrato emergencial com o consórcio formado pelas empresas Trail, Litucera e Heleno & Fonseca, que vale por seis meses, não terá contêineres e a sugestão de que as donas de casas coloquem seus lixos em sacos, na frente das casas. A ausência de contêineres caiu como uma bomba. Eu mesmo fui crítico dessa decisão em post anterior. Soube há pouco de donas de casas que estão guardando contêineres dentro de casa temendo não ter onde colocar o lixo. A verdade é que não se muda uma cultura de sopetão e os contêineres estão incorporados na vida do sorocabano.
    O segundo problema diz respeito a maneira como a Gomes Lourenço se comporta ao retirar das ruas os contêineres. O Cruzeiro do Sul de domingo publicou reportagem onde afirma que funcionários da Gomes Lourenço jogaram no chão lixo que estavam dentro dos contêineres para leva-los embora. Na tarde de hoje, vídeos com essa prática da Gomes Lourenço chegaram até a Prefeitura e a Guarda Municipal foi designada para ver o que estava acontecendo.
    O terceiro problema enfrentado por Pannunzio é um recorrente nos seus 11 meses de administração: pessoas próximas a ele esperam que ele pare de proteger Vitor Lippi e informe à população a verdadeira dimensão da situação que recebeu a Prefeitura de Sorocaba. Pannunzio sempre dá a mesma explicação: eu sou o prefeito e, como tal, o responsável por resolver os problemas. Subentendidonestaafirmação está o complemento: independentemente do estado em que recebeu a administração.
    O quarto problema são insinuações sobre os verdadeiros motivos que levaram a Prefeitura a romper o contrato com a Gomes Lourenço. Claramente esse zumzumzum nasceu a partir de declarações do empresário Carlos Lourenço (que publiquei num post anterior) publicadas na edição de domingo do Cruzeiro do sul.
    A avaliação interna é de que a decisão de romper o contrato com a Gomes Lourenço é a mais acertada. Ninguém ainda falou que apenas o momento (mês de dezembro quando a produção de lixo costuma crescer até 25% em razão das embalagens e maior consumo de final de ano) foi errado. O que ouvi é que se essa decisão tivesse sido tomada em janeiro, ou seja, daqui um mês, muitos dos problemas atuais nem seriam percebidos pela população.

    Leia mais
  • Renato Amary relembra quando implantou o serviço de contêineres em Sorocaba, afirma que problema de lixo começou na gestão Vitor Lippi e entende que faltou prioridade nas decisões tomadas por Pannunzio para resolver este problema: “Retirar os contêineres por, no mínimo, seis meses, é retrocesso e o tempo vai mostrar”, diz ele

    Enviado em: 03/12/2013 17:50h - Por: Deda | Categoria: Política

    Leia a íntegra da manifestação de Renato Amary, ex-prefeito de Sorocaba, que as pesquisas indicavam como o futuro prefeito de Sorocaba, na eleição de 2012, até três dias antes do pleito. Vale lembrar que a diferença de votos a favor de Pannunzio (algo em torno de 2%) demonstrou uma cidade praticamente dividida sobre o desejo de quem deveria ter sido eleito no dia da eleição. Renato, por onde anda, é abordado por sorocabanos sobre problemas da cidade. E o caso do lixo foi um deles. Diante disso ele decidiu tornar pública sua posição usando as redes sociaiss da internet para sse manifestar. Leia a seguir a íntegra do que ele escreveu.

    Leia mais
  • Palavra do prefeito prevalece e governador confirma AME para este mês em Sorocaba. No anúncio do início das obras da SP-264, governador não passa recibo e faz de conta que nada está muito atrasado. DER deixa evidente que a partir de agora só desapropriações não amigáveis poderão atrasar a duplicação da ligação entre Sorocaba e Salto de Pirapora

    Enviado em: 03/12/2013 17:49h - Por: Deda | Categoria: Política

    O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, esteve na manhã de hoje (3/12/13) em Sorocaba para anunciar o início das obras de duplicação da rodovia João Leme dos Santos (SP-264) que liga Sorocaba a Salto de Pirapora. Ele não passou recibo e tratou da inauguração como se fosse algo novo e que não faz parte de uma lista de anúncios frustrados nos últimos anos. 50 imóveis ainda estão em fase de desapropriação, orçada em 27 milhões e o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) deixa evidente que deseja que esse processo seja realizado amigavelmente, senão, do contrário, admite que haverá atraso na conclusão das obras previstas para o início de 2015. Fazendo prevalecer a palavra do prefeito Pannunzio, o governador também anunciou a inauguração do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) para o dia 23 deste mês. Para completar a festa tucana em Sorocaba, Aécio Neves está confirmado para vir na condição de senador no próximo sábado à cidade.

    Leia mais
  • Dono de empresa de lixo usa a imprensa e parte para o ataque contra o prefeito de Sorocaba após rompimento do contrato e faz insinuações de que os critérios usados pela Prefeitura não são o de interesse público. Prefeito estuda se vai tomar alguma medida judicial contra o empresário pelas declarações dele publicadas no jornal

    Enviado em: 02/12/2013 17:14h - Por: Deda | Categoria: Política

    Reportagem assinada pelo jornalista José Antonio Rosa na edição de domingo do jornal Cruizeiro do Sul mostra que o proprietário da empresa Gomes Lourenço, Carlos Lourenço, focou no prefeito Pannunzio suas críticas pelo rompimento do contrato da coleta do lixo em Sorocaba. Na reportagem, Lourenço afirma que a contratação emergencial do consórcio para atender à demanda foi "um plano armado”. Mas não esclarece quem teria armado esse plano e com qual finalidade.
    Num outro trecho, o empresário afirma que o prefeito Pannunzio "resolveu um problema pessoal com a empresa Gomes Lourenço". A reportagem não especifica qual seria esse problema e nem mesmo se o empresáro Carlos Lourenço e o prefeito Antônio Carlos Pannunzio já se conheciam. Fica no ar, portanto, essa declaração de que foi algo pessoal entre os dois essa decisão de caráter público.
    Num outro trecho da reportagem, sobre a contratação emergencial do consórcio, Carlos Lourenço afirmou no que está publicado na reportagem que "nada acontece por acaso. Foram empresas escolhidas a dedo". Fica no ar, nessa declaração, o tom de insinuação de que o prefeito teria feito a escolha dessas empresas por alguma razão que foge do interesse público. Mas, novamente, nada é esclarecido. A dúvida é jogada no ar sugerindo, apenas, que há algo de errado na conduta do prefeito.
    Lembrado pela reportagem sobre os três decretos de estado de emergência que foram baixados somente este ano, o empresário atribuiu isso aos "movimentos e arroubos de paixão" de Pannunzio.
    Das informações que são públicas, pelo que apurei, não há nada que indique qualquer tipo de favorecimento por parte da Prefeitura a nenhuma das três empresas contratadas emergencialmente (Litucera, Trail e Heleno & Fonseca). Mas, sabendo de algo, obviamente darei publicidade aqui no blog.
    Para ler a reportagem completa acesse: http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia/518260/vai-ficar-pior-afirma-socio-da-gomes-lourenco

    Leia mais
  • Gomes Lourenço, em tese, poderia participar da próxima licitação do lixo de Sorocaba. Mas ouvi que entre as penalidades impostas pela Prefeitura para o rompimento do contrato em vigor está a de impede-la de participar de futuras licitações

    Enviado em: 02/12/2013 17:13h - Por: Deda | Categoria: Política

    Durante a coluna “O D da Questão” na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) de hoje (2/12/13), respondendo a uma questão do Zé Desidério, afirmei que se nada de impeditivo aparecesse a Gomes Lourenço, que teve o contrato rompido pela Prefeitura, poderia fazer parte da próxima licitação. Mas logo em seguida à minha afirmação, fui informado que entre as penalidades impostas pela Prefeitura para o rompimento do contrato em vigor com a Gomes Lourenço está a de impede-la de participar de futuras licitações. Há outras penalidades graves, ainda, envolvendo a Gomes Lourenço. Tendo ciência delas, obviamente darei publicidade aqui no blog. 

    Leia mais
  • Retirada dos conteineres de lixo das ruas de Sorocaba representa um retrocesso na vida do sorocabano. Péssimo serviço que vinha sendo oferecido precisava ser resolvido, mas os conteirneres deveriam ter sido preservados

    Enviado em: 02/12/2013 17:12h - Por: Deda | Categoria: Política

    Nos bastidores políticos são crescentes os zumzumzuns sobre as razões da Prefeitura de Sorocaba ter rompido o contrato com a empresa da coleta de lixo Gomes Lourenço. Mas nada que se traduza em fato. O que é fato e parte do cidadão comum é a surpresa de que a mudança na empresa que faz coleta implica no fim de um hábito que há pelo menos quinze anos foi introduzido na vida do sorocabano: os conteineres de lixo. O péssimo serviço que vinha sendo oferecido pela Gomes Lourenço precisava ser resolvido há pelo menos dois anos. O ex-prefeito Vitor Lippi não teve força para fazer a Gomes Lourenço oferecer conteineres em quantidade suficiente com a devida higienização deles. Nos primeiros onze meses de sua governo, tampouco o prefeito Pannunzio teve como fazer a Gomes Lourenço oferecer um  serviço adequado ao sorocabano. Ficou claro que algo precisava ser feito e o rompimento do contrato era uma possibilidade e ela acabou se concretizando. Mas mesmo neste contrato emergencial os conteineres deveriam ser preservados. Tivesse isso acontecido e a opinião pública nem teria notado qualquer diferença na coleta de lixo. A partir de agora, o lixo que a dona de casa coloca em sacolinhas vai ficar na calçada. Com as chuvas sazonais, o que se espera, é que essa sacolinhas entupam as bocas de lobo. Um problema de saúde pública, enfim...
    Vale lembrar que a introdução dos conteineres na vida de Sorocaba foi uma iniciativa do ex-prefeito Renato Amary. Foi uma decisão de coragem que gerou muito zumzumzum nos bastidores político da época. Mas o tempo demonstrou que a dona de casa entendeu que além de mais higiênico, o conteiner facilitou sua vida. Agora, em meio a novo zumzumzum nos bastidores políticos, Pannunzio também toma uma decisão de coragem, mas revogando um hábito do sorocabano. Essa decisão abre brecha para problemas como o da enchente. Que a licitação definitiva para a futura empresa de coleta seja ágil e entre as exigências das parcipantes esteja a necessidade de retomar o serviço de conteineres na cidade.

    Leia mais
  • Entre o zumzumzum de que o contrato entre Prefeitura e Gomes Lourenço seria rompido hoje, também havia de que emergencialmente seria contratada uma empresa doadora da campanha eleitoral do prefeito. Fato, como se vê, que não aconteceu

    Enviado em: 29/11/2013 18:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    Desde que a Prefeitura de Sorocaba entrou na briga entre a Gomes Lourenço (que ganhou a licitação na gestão passada da administração de Sorocaba para fazer a coleta e deposição do lixo doméstico da cidade) e o aterro particular de Iperó, da empresa ProActiva, havia a certeza de que mais cedo ou mais tarde haveria o rompimento do contrato com a Gomes Lourenço. Falta de conteirneres em número indicado no contrato nas ruas da cidade, limpeza desses conteineres, problemas pontuais na coleta são alguns fatos evidentes sobre o que a Gomes Lourenço teria deixado de cumprir no contrato com a Prefeitura (há um laudo de 8 páginas sobre isso).
    Mas o que esquentou o clima nos bastidores políticos era de que a Prefeitura iria contratar para o lugar da Gomes Lourenço, emergencialmente, a empresa Sanepave, de Barueri, que fez a doação de R$ 300 mil para a campanha eleitoral de Pannunzio, em 2012. Fato que não aconteceu uma vez que emergencialmente foi contratado um consórcio (formado pelas empresas Heleno & Fonseca, Trail e Litucera).
    Se tivesse contratado o doador de campanha, mesmo que tudo estivesse dentro do que determina a lei, haveria sempre um desgaste pela desconfiança de que essa relação entre doador e gestor provoca. Na vida pública, como se sabe, não basta ser correto, também tem de parecer correto.
    Passados os primeiros 11 meses (dos 48 meses para os quais foi eleito), não há um ato do prefeito Pannunzio, que seja do conhecimento público, que desabone a sua conduta. Até agora ele tem sido exemplar. Faz uma gestão moralizadora e ética.

    Leia mais
  • Prefeitura rompe contrato com Gomes Lourenço e coleta de lixo de Sorocaba passa a ser feito por consórcio de três empresas

    Enviado em: 29/11/2013 17:51h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prefeito Antônio Carlos Pannunzio convocou uma coletiva de imprensa para daqui meia hora (18h do dia 29/11/13) onde vai oficializar que a empresa Gomes Lourenço não faz mais a coleta do lixo de Sorocaba. O motivo do rompimento dessa relação entre Prefeitura e Gomes Lourenço acontece porque “a Gomes Lourenço deixou de cumprir os termos do contrato” que assumiu via licitação na gestão do ex-prefeito Vitor Lippi. Para evitar o caos que seria o acúmulo de lixo na porta da casa dos munícipes, o prefeito também anunciará a contratação em caráter emergencial de um consórcio para fazer a coleta a partir de segunda-feira (2/12/13). Este consórcio é formado pelas empresas Heleno & Fonseca, Trail e Litucera que já tem o contrato com a Prefeitura de Sorocaba, há mais de cinco anos, para fazer o trabalho de limpeza dos próprios municipais.
    O parecer técnico elaborado pela Prefeitura, com as razões sobre o rompimento do contrato com a Gomes Lourenço, possui 8 páginas. O prefeito promete dar uma cópia de cada um à imprensa em instantes. Apurei que a Gomes Lourenço não quis receber a notificação prevista em lei do rompimento do contrato e aceitou parar o serviço imediatamente. Por contrato, neste sábado, o último dia do mês de novembro, a coleta ainda deve ser feita pela Gomes Lourenço. Mas não se sabe se ela vai cumprir este último dia de trabalho. Como o primeiro dia de domingo cai num domingo (dia em que não ocorre coleta), a partir de segunda-feira, o consórcio contratado emergencialmente começa o seu trabalho.
    Há um mês, a Prefeitura de Sorocaba contratou emergencialmente o aterro sanitário da empresa ProActiva que fica em Iperó. Um aterro de caráter particular.
    Durante o primeiro dia de oitivas na CPI do Lixo, ontem (28/12/13), começaram os zumzumzuns de que o contrato com a Gomes Lourenço seria rompido ainda neste ano. A decisão do prefeito, vale lembrar, está no Diário Oficial do Estado de São Paulo desta sexta-feira e desde o final na tarde no átrio do Paço Municipal, oficializando o rompimento do contrato.

    Leia mais
  • Mudanças na área da saúde geram desconfiança e, por enquanto, críticas veladas entre os aliados. E não apenas na oposição

    Enviado em: 28/11/2013 18:36h - Por: Deda | Categoria: Política

    Grupos de jovens lideranças políticas ligadas ao PC do B, principalmente, usam a rede social para organizar protestos contra as mudanças que estão sendo promovidas pela administração do prefeito Pannunzio. Eles já protestaram próximo a UPH (Unidade Pré-Hosspitalar) da Zona Norte, já foram até a Câmara de Vereadores e usam o Facebook para expressar o que classificam de erros. Tudo isso é normal, afinal são de oposição e entendem que a saúde deveria ter outra solução para os seus problemas.
    Mas são nos aliados, em integrantes do PSDB, que estão as maiores críticas ao prefeito Pannunzio e ao secretário Armando Raggio. Muitos acreditam que Raggio está iludindo Pannunzio eo criticam (por enquanto veladamente) por ser alguém que veio de fora e não conversou com ninguém, principalmente com Vitor Lippi que foi secretário da saúde e prefeito, portanto ligado aos assunto nos últimos 16 anos). As críticas ainda são veladas porque como as mudanças não começaram, não se sabe se elas darão resultado. Se forem positivas, ficarão calados e dirão publicamente que sempre foram a favor e “estão juntos” para citar o slogan da campanha eleitoral de 2010. Se der errado, porém...
    Quem ficou muito irritado com Pannunzio, mas foi alertado para manter a compostura (e assim tem feito) é o ex-prefeito Vitor Lippi. Uma pessoa muito próxima a Lippi afirmou que “ele tá p... da vida com Pannunzio” e “desconfia seriamente que vai andar a fila da cirurgia”. O ex-prefeito “só acha que vai dar certo se os hospitais contratados pagarem um valor justo por cirurgia e obviamente isso não é a tabela SUS”.
    Outro ponto que irritou Lippi é que as mudanças atuais praticamente sepultam o conceito de “humanização na saúde” que o ex-prefeito tanto gosta de propagar que ele implantou em Sorocaba. Na coluna “O D da Questão” de quarta-feira passada, na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) expliquei essa questão e José Roberto Ercolin, que comada o Jornal da Ipanema, foi taxativo em dizer que “humanização na saúde é fazer o cidadão ser atendido rapidamente e não o mesmo médico receber, operar e acompanhar o paciente no pós-operatório”. 

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba assina convêncio com três hospitais por R$ 85 milhões/ano e quer ver andar a fila de exames e cirurgias a partir da semana que vem

    Enviado em: 28/11/2013 18:36h - Por: Deda | Categoria: Política

    Depois de assumir o controle dos agendamentos da demanda por cirurgias e dos exames dos pacientes da rede municipal de saúde. E depois de cancelar os pagamentos por cirurgias aos médicos da rede pública municipal com a revogação do decreto nº 8.376 de junho de 2010, do ex-prefeito Vitor Lippi (PSDB), o prefeito Antônio Carlos Pannunzio assinou na tarde hoje (28/11/13) a contratualização de três hospitais (Santa Casa, Santa Lucianda e Evangélico) para assumir os exames e cirurgias de todo paciente encaminhado pela Central de Regulação criada por sua administração. Para fazer este trabalho e fazer andar a fila das cirurgias que em alguns casos chegavam há dois anos de espera, os três hospitais vão receber da Prefeitura de Sorocaba pelo período de um ano (de 1º de dezembro de 2013 a 30 de novembro de 2014) o valor de R$ 85 milhões. A Prefeitura ainda prepara a contratualização do Gpaci e de uma OS (organização Social) para administrar a saúde mental da cidade.

    Leia mais
  • Vereador Martinez mostra força e redução da alíquota do imposto sobre serviços para 2% está perto de virar lei. Anteriormente o vereador já havia conseguido aprovar essa mudança de alíquota na LDO e no orçamento de 2014

    Enviado em: 28/11/2013 18:35h - Por: Deda | Categoria: Política

    Os vereadores aprovaram em primeira discussão na sessão ordinária da Câmara de hoje (28/11/13), projeto de lei substitutivo de José Francisco Martinez (PSDB) que altera o artigo 22 da Lei 4.994, de 13 de novembro de 1995, que reduz a alíquota do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza), para os representantes comerciais,  item 10.09 da lista anexa a referida lei, para 2%. "A proposta inicial era redução para todas as categorias, mas o impacto seria muito alto na arrecadação financeira do município, por isso, apresentamos o substitutivo e estamos trabalhando o tema de forma gradual”, explica Martinez, que para formular seu projeto de lei, fez um levantamento do ISSQN em 139 municípios, constatando que 61 municípios adotam uma alíquota de 2%. A lei é entendida como uma recusa fiscal, ou seja, de dinheiro por parte da prefeitura. O secretário da Fazenda, Aurílio Caiado, demonstrou que ela é contrária aos interesses da Prefeitura de Sorocaba. Apesar de tudo isso, Martinez mostrou força e agiu de acordo com os seus interesses. Primeiro conseguiu aprovar que essa redução fizesse parte da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), depois no Orçamento de 2014 e hoje tornou toda essa projeção em lei. Pela lógica de todo o discurso, é de se esperar que Pannunzio vete essa lei. Martinez, num evento na Loja Etna, no Shopping Iguatemi, na noite de quarta-feira, foi enfaticamente parabenizado por um agente comercial pela lei. Eu vi essa e ninguém me contou.

    Leia mais
  • Governador virá terça-feira a Sorocaba anunciar o início das obras de duplicação da rodovia SP-264. Pelo jeito, agora vai...

    Enviado em: 28/11/2013 18:34h - Por: Deda | Categoria: Política

    As obras de duplicação entre os quilômetros 102,0 e 119,50 (17,5 quilômetros) da rodovia João Leme dos Santos (SP-264), que liga Sorocaba a Salto de Pirapora, vão começar com festa. O governador Geraldo Alckmin definiu a manhã de terça-feira (3/12/13), às 9h30, para anunciar o início da obra. A expectativa é saber se haverá algum explicação, que seja, para tanto anúncio e pouca obra. O projeto de melhorias na rodovia prevê a duplicação da pista (que hoje é de mão dupla), a construção de uma ciclovia e sete passarelas, além de uma via marginal, dispositivos de acesso e retorno em nível e em desnível. O orçamento destinado pelo governo do Estado será de R$ 114 milhões. O DER planeja o tempo de 15 meses para a entrega da duplicação da rodovia. A deputada estadual Maria Lúcia Amary (PSDB) confirmou essa agenda ontem. Anteriormente a expectativa era de que o governador viesse no sábado a Sorocaba.
    O Departamento de Estrada de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria de Logística e Transportes, informou, através da assessoria de imprensa, que todos os procedimentos – como a emissão do Decreto de Utilidade Pública (DUP) quanto da licença ambiental – estão prontos e o início da obra depende somente de uma decisão política. De acordo com o DER, os proprietários das 51 áreas a serem desapropriadas serão oficialmente notificados a partir do início da duplicação. 

    Leia mais
  • Prefeito trabalha com a data da semana do dia 20 de dezembro e acredita que a AME será o seu presente de Natal para Sorocaba. Mas há quem diga que novamente o governo vai deixar Sorocaba na mão. E olha que são do mesmo partido

    Enviado em: 27/11/2013 17:15h - Por: Deda | Categoria: Política

    Continua a novela sobre a inauguração do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Sorocaba que estava previsto para 2012, teve sua abertura adiada pelo menos três vezes e, inclusive, já fez parte da propaganda oficial do governador Alckmin, em junho na TV, sem ainda estar no papel. No início deste mês, o secretário da Saúde de Sorocaba, Armando Raggio, afirmou que o prefeito Pannunzio visitou o secretário da Saúde do Estado, David Uip, e trouxe o compromisso de antecipar a inauguração anunciada para fevereiro de 2014 para a semana do dia 20 de dezembro deste ano. A Secretaria de Estado da Saúde em nota informou que "solicitou à Organização Social de Saúde (OSS) gestora do AME de Sorocaba que concentrasse todos os esforços possíveis para que a unidade inicie suas atividades até o final do mês de dezembro". Mas pelo que ouvi na manhã de hoje, a OSS Seconci (Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo) não vai atender ao pedido do governo paulista.
    Vale lembrar que o processo licitatório feito pela Coordenadoria de Gestão de Contratos de Serviços de Saúde para a implantação do AME Sorocaba  teve também propostas das OSS Cruzada Bandeirante São Camilo de Assistência Médico-Social; Famesp (Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar); BOS (Banco de Olhos de Sorocaba) e da Seconci, que foi a vencedora por ter feito “a proposta mais adequada e vantajosa para Administração Pública, conforme a análise técnica”, explica a Secretaria de Estado da Saúde.
    Está na internet (ftp://ftp.saude.sp.gov.br/ftpsessp/bibliote/informe_eletronico/2013/iels.out.13/Iels192/E_CG-CGCSS-AME-Sorocaba_2013.pdf) o contrato entre o Estado e a OSS Seconci. Lá está claro que o contrato é de R$ 5.065.918,38, sendo que R$ 90 mil são de custeio, divididas em três parcelas de R$ 30 mil (outubro, novembro e dezembro/13). E para investimentos restaram R$ 4.975.919,38, sendo que metade (R$ 2.487.959,69) foi dada ao Seconci em outubro e a outra metade será paga no quinto dia útil de dezembro. O que ouvi é que para entregar o AME Sorocaba em dezembro, a Seconci queria ter recebido essa segunda parcela em novembro, o que não aconteceu. Diante disso, mantém para fevereiro a data de inauguração do AME Sorocaba.
    Questionei a Prefeitura de Sorocaba e, oficialmente, eles ainda contam com a inauguração na semana do dia 20 de dezembro deste ano. Para o bem dos pacientes de Sorocaba e região, tomara que aconteça, mesmo, na data desejada por Pannunzio.
    O AME é um programa do governo estadual criado na gestão de José Serra, implantado em parceria com as prefeituras, e funciona como referência regional para serviços de média complexidade, integrando as redes de assistência básica e hospitalar. A unidade de Sorocaba funcionará na esquina das ruas Gustavo Teixeira e Guaicurus, no Mangal, em um prédio de 2.900 metros quadrados, com subsolo, térreo, 1º e 2º andares. A previsão é que o AME faça perto de 175 mil atendimentos por mês em 23 especialidades médicas, entre elas, acupuntura, alergologia, cardiologia, cirurgia vascular, endocrinologia infantil, gastroenterologia, ginecologia, hematologia, infectologia, mastologia e outros. O ambulatório também deverá dar atendimento a pacientes das cidades de Araçoiaba da Serra, Capela do Alto, Ibiúna, Iperó, Piedade, Pilar do Sul, Salto de Pirapora, Tapiraí e Votorantim.

    Leia mais
  • Tá bom, eu conto: O assessor que está deixando o cargo na Câmara de Sorocaba é Maurício Campanati, chefe do gabinete do líder do PV. Fui criticado por ter contado o milagre e não dizer o nome do santo. Está ai a informação completa

    Enviado em: 27/11/2013 17:14h - Por: Deda | Categoria: Política

    Maurício Campanati foi candidato a vereador em 2008 e 2012 (quando recebeu 1034 votos) e é suplente no PV. Ele chefia o gabinete do vereador Jessé Loures até este final de semana e a partir do dia 2 de dezembro segue nos rumos. Como 2014 é ano eleitoral, imagina-se que Campanati estará no mercado, como se diz, esperando alguma proposta nova de trabalho. Além das campanhas para deputado, haverá trabalho nas coordenações regionais dos candidatos a governador e presidente. Para quem mantém-se interessado em ser eleito, Campanati sai pela porta da frente do gabinete de Jessé e uma volta para lá, no futuro, não será de todo estranha. Oficialmente, Campanati fala assim sobre o seu próximo passo: “Ao futuro: aguardemos o bom velhinho de barbas brancas e roupa vermelha... Ho Ho Ho”.

    Leia mais
  • Frente Parlamentar Ambiental discute destinação adequada dos resíduos sólidos e tecnologias alternativas são apresentadas a vereadores de Sorocaba e da região

    Enviado em: 27/11/2013 17:13h - Por: Assessoria da Câmara de Vereadores de Sorocaba | Categoria: Política



    A “Frente Parlamentar Ambiental da Região de Sorocaba” realizou nesta quarta-feira (27/11) mais uma audiência pública para discutir a destinação adequada dos resíduos sólidos e apresentar alternativas de tratamento aos municípios da região. O coordenador da Frente Ambiental, vereador Jessé Loures (PV), ressaltou a importância do empenho dos municípios para que possam cumprir as obrigações legais. “Dinheiro não falta, faltam projetos. Queremos estimular iniciativas nos municípios, sejam individuais ou associadas”, afirmou.

    Leia mais
  • De novo é terça-feira e novamente o prefeito de Sorocaba deixa a cidade. Mas desta vez ele está em Brasília e não em São Paulo

    Enviado em: 26/11/2013 17:52h - Por: Deda | Categoria: Política

    Minha percepção é de que chega terça-feira e o prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio, deixa a cidade. Toda vez ele tem alguma audiência em São Paulo, com algum secretário ou com o governador Geraldo Alckmin. Hoje, novamente, terça-feira, e o prefeito está fora da cidade. Mas apurei que ele está em Brasília em reunião no Ministério das Cidades. Sobre qual projeto foi tratar eu não descobri. Sobre as viagens de terça-feira, me dizem que não passa de coincidência.

    Leia mais
  • Reforço da área de comunicação da Prefeitura de Sorocaba vai atuar na coordenação de planejamento. Setores de execução seguem sem alterações

    Enviado em: 26/11/2013 17:51h - Por: Deda | Categoria: Política

    Para que não reste mais dúvida, Valdecir Rocha Pinto segue no comando da parte de imprensa e jornalismo da secretaria de Comunicação da Prefeitura de Sorocaba e Edson Egílio nas ações de publicidade. Luiz Carlos Miranda, que veio de São Paulo e está há uma semana no batente, terá a função de coordenar o planejamento e auxiliar o secretário Rodrigo Maldonado na relação com as agências de propaganda e publicidade que serão escolhidas no processo de licitação que está em aberto. Juntas, a partir de fevereiro (dia 8 de janeiro serão abertos os envelopes com as propostas das duas agências vencedoras), terão R$ 7 milhões. O foco principal será a saúde e as mudanças que estão sendo feitas no setor.

    Leia mais
  • Retirada da linha férrea da área urbana de Sorocaba não avança. Mas em outras cidades projeto similar já caminhou

    Enviado em: 26/11/2013 17:50h - Por: Deda | Categoria: Política

    Não foi apenas Sorocaba. Já são pelo menos 20 cidades de porte médio no interior de São Paulo que entraram com pedidos Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para retirar os trilhos das áreas urbanas. O objetivo em todas as cidades é mudar a mobilidade e melhorar o fluxo no trânsito. Em Sorocaba, por exemplo a linha da concessionária ALL (America Latina Logística) é um marco de referência da cidade, assim como é o rio Sorocaba. Esses marcos fazem com que além das tradicionais zonas norte, sul, leste e oeste, Sorocaba se organize em Além Linha e Além Ponte. Os trilhos de Sorocaba, que hoje cortam o município de leste a oeste, seriam integralmente retirados ou passariam a ser usados para o transporte de passageiro, numa espécie de VLT (Veículos Leve sobre Trilhos). Por enquanto, não há nada definido para Sorocaba. O pedido partiu da ALL, o prefeito Pannunzio gostou da ideia, mas nenhuma informação oficial sai do Dnit. Fica a dica para os deputados federais sorocabanos (Iara Bernardi e Jefferson Campos) agirem.
    Enquanto em Sorocaba nada caminha, conforme reportagem do jornalista José Maria Tomazela, publicada no jornal O Estado de S.Paulo, o Dnit afirmou que a Diretoria de Infraestrutura Ferroviária aprovou projetos de transposição da linha férrea em Jaú, Bauru, Botucatu, Pederneiras, Dois Córregos, Jales, Catiguá, São Carlos e Guararema. O projeto do contorno ferroviário de Ourinhos deve ser aprovado esta semana. As obras do contorno de Araraquara estão contratadas e em fase final de execução. Ainda de acordo com o departamento, estão em desenvolvimento projetos de transposições da linha férrea em Avaré, Votuporanga, Fernandópolis, Lençóis Paulista e Mogi da Cruzes, e de rebaixamento dos trilhos em Itapetininga. A transposição da linha férrea foi contratada em São Carlos e já foi executada em Matão e Valentim Gentil.

    Leia mais
  • Provável candidato tucano à presidência virá dia 8 de dezembro a Sorocaba. Mas nesta quinta-feira Flávio Amary vai almoçar com ele em São Paulo

    Enviado em: 26/11/2013 17:49h - Por: Deda | Categoria: Política

    O senador Aécio Neves ampliou a agenda de encontros com militantes no interior de São Paulo e assim o provável candidato tucano à sucessão da presidente Dilma Rousseff  vai na sexta-feira (29/11) a Franca e no sábado (30/11) a Bauru. Nos mesmos dias da próxima semana (7 e 8 de dezembro), os eventos políticos com a participação do tucano serão, respectivamente, em Campinas e Sorocaba.
    De acordo com o presidente do PSDB no Estado de São Paulo, deputado federal Duarte Nogueira, Aécio reforçará ainda a agenda com entidades setoriais na capital paulista. N
    Mas antes disso,um sorocabano vai se encontrar com Aécio Neves. Trata-se de Flávio Amary. Nesta quinta-feira (28/11), o senador deve almoçar com representantes do Secovi (Sindicato da Construção Civil), em São Paulo. E Flávio Amary é um dos diretores da entidade e semanalmente almoça com seus pares. Dessa vez não será diferente. Portanto, não é um encontro com conotação partidária.

    Leia mais
  • Consultor sênior da Fundap que está em Sorocaba já foi secretário de Estado e da Prefeitura da Capital paulista

    Enviado em: 25/11/2013 17:33h - Por: Deda | Categoria: Política



    Edsom Ortega estava sentado na mesa do prefeito Antônio Carlos Pannunzio, em junho, quando aconteceu a entrevista coletiva para anunciar a reforma administrativa. Depois tive a oportunidade de vê-lo junto do secretário de Fazenda, Aurílio Caiado, no restaurante Buon Gustaio. Por fim, na visita que José Serra fez no gabinete do prefeito Pannunzio, há duas semanas, novamente Ortega estava lá. Foi quando conversei com ele pela primeira vez. Ortega é o que se pode chamar de craque do serviço público. Formado em Direito e Psicologia e com pós-graduação em Administração Pública pela Fundação getúlio Vargas, ele é o que se pode chamar de figura carimbada nas administrações tucanas. Em 1999, após uma das maiores crises na Febem (atual Fundação casa) envolvendo a administração e os menores lá internados, ele assumiu a pasta de Assistência e Desenvolvimento Social a pedido do então governador Mário Covas. Na gestão de Serra e depois Kassab na Prefeitura da capital paulista, coube a Ortega exerceu a função de secretário municipal de Segurança Urbana, onde seu foco estava na segurança da rua 25 de Março. Na Fundap, ele ocupa o cargo de consultor sênior, o top na estrutura de consultoria da fundação. Até fevereiro de 2014, quando está em vigência o contrato entre Prefeitura de Sorocaba e Fundap, Edsom Ortega estará por aqui. Os outros consultores que prestam serviço a Sorocaba são: Alberto Brito, Letícia Mariani, Thomas Freud, Flávio Arantes e Regina Garcia.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba contrata fundação do governo paulista por quase R$ 2 milhões e expõe a ausência de instrumentos para gestão sobre contratos e obras da administração passada

    Enviado em: 25/11/2013 17:31h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Fundap (Fundação de Desenvolvimento Administrativo), criada por lei em 1974 para ser um dos braços do governo do estado de São Paulo, foi contratada pela Prefeitura de Sorocaba no dia 21 de junho deste ano para prestar serviço até o dia 20 de fevereiro de 2014 pela importância de R$ 1.225,500,00 para promover o desenvolvimento e implantação da gestão estratégia e unidade de gerenciamento de projetos. Em 29 de junho também deste ano foi feito um novo contrato, vigente até o dia 28 de outubro passado, no valor R$ 763.372,00, para o desenvolvimento do Planto Diretor de Tecnologia da Informação da Prefeitura de Sorocaba. A Lei 8666 isenta uma prefeitura de fazer licitação para estabelecer uma contratação desde que a contratada seja uma entidade pública e especializada. Este é o caso da Fundap para os fins que foi contratada.
    A decisão de contratar a Fundap se deu a partir do momento, identificado na transição de governo ainda quando Vitor Lippi era o prefeito, de que a administração passada não tinha mecanismos para gestão sobre contratos e obras. O prefeito Antônio Carlos Pannunzio sentia (e ainda sente, já que muitos procedimentos estão sendo implantados) a falta de um instrumento eficaz de controle das ações da Prefeitura de Sorocaba. Sem esse mecanismo, a administração de contratos, de prazos, de pagamentos e de procedimentos fica exclusivo de técnicos de diferentes pastas. A partir de agora, com o trabalho que a Fundap desenvolve, o prefeito e quem mais ele designar terá controle e acesso sobre toda a gestão da administração da Prefeitura de Sorocaba.
    Esse assunto já foi levantado na Câmara de Sorocaba pelos vereadores Crespo (DEM) e Marinho Marte (PMDB) que tiveram requerimentos aprovados em plenário questionando a Prefeitura sobre esses contratos. E, no mínimo, vai servir de mais munição para apontar as falhas de Vitor Lippi a frente da Prefeitura de Sorocaba. Aos poucos, o que se vê, é que nenhum vereador se mostra mais tão disposto a defender Lippi como acontecia até há alguns meses. Ouvi de um dos antigos defensores a seguinte afirmação: “está ficando cada vez mais difícil defender o Lippi. Cada dia é um problema novo”.

    Leia mais
  • Ex-prefeito Vitor Lippi confessa a prática do fura-fila na saúde em sua gestão na Prefeitura de Sorocaba durante entrevista na TV, afirma o Ministério Público. Promotor afirma: “essa conduta é imoral e injusta por quebrar igualdade” e “serve para ganhar votos com a exploração da desgraça alheia”. Vinte vereadores da legislatura atual e da passada também são alvos dessa ação

    Enviado em: 25/11/2013 17:29h - Por: Deda | Categoria: Política

    Após vinte meses de investigação, o Ministério Público de Sorocaba entrou na Justiça com ação civil pública por improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Sorocaba Vitor Lippi (PSDB) e 20 vereadores da legislatura atual e da passada, sob acusação de tráfico de influência. Eles são acusados de terem usado o cargo para o qual foram eleitos para acelerar o agendamento de consultas e exames em unidades da rede municipal de saúde, num esquema que ficou conhecido como "fura-fila da saúde".
    No Twitter, na manhã de ontem, Orlando Bastos Filho, 15º Promotor de Justiça de Sorocaba, oficializou a informação sobre esta ação nos seguinte termos: “No dia 5/11, entrou o MP com ação de improbidade em face de ex-prefeito e 20 vereadores no caso conhecido como fura fila da saúde. A primeira advertência que se faz, é que aqueles que pretendam comentar com responsabilidade os fatos, leiam a inicial da ação.
    Conhecendo as provas dos autos se desfaz a primeira ideia de que agiam por humanidade ou promoviam encaixes. Não havia encaixes. O sistema era informatizado, com a distribuição de cotas de consultas e exames às unidades de saúde. No Paço montado um setor só para atender vereadores. Trabalhava com duas cotas, ou seja, 2 códigos do sistema, 397 e 507. Assim, aos vereadores destinadas cotas, como se fossem uma unidade de saúde. O sistema mostra tudo, inclusive quem agendava com 397 e 507.
    Entre 2011 e 2012, mais de dois mil agendamentos, furando fila. E não eram, em regra, casos urgentes, ao contrário. Na regra, procuravam vereadores, justamente os casos considerados não urgentes pelas unidades, por isso mesmo colocados na fila. Na Câmara, eram atendidos por assessores, que ensinavam o caminho abreviado, fazendo ofício despachado pelo secretário de governo. Não passavam por novo médico, mas eram todos atendidos com brevidade. Um repórter de TV com câmera escondida (TV Tem) conseguiu consulta. Ninguém precisava nem falar com o vereador. Era tudo automatizado e profissional. Assessores até debochavam dos que não conheciam o caminho. Chegou-se a um ponto em que as próprias unidades de saúde indicavam a procura de um vereador. Passar em unidade de saúde passou a ser fase burocrática, apenas para obtenção de guia, e depois procurar vereador.
    Na TV, o ex-prefeito confessou a prática, mas a defendeu em nome da governabilidade, ou seja, permitia tudo para obter apoio político. Para o MP a conduta é imoral, injusta, por quebrar  igualdade, servindo para ganhar votos com a exploração da desgraça alheia”.
    Além do ex-prefeito Vitor Lippi, esta ação é também contra os vereadores Anselmo Neto (PP), Antônio Carlos Silvano (SDD), Gervino Gonçalves (PR), José Francisco Martinez (PSDB), Francisco França (PT), Irineu Toledo (PRB), Izídio de Brito (PT), José Antonio Caldini Crespo (DEM), Marinho Marte (PPS), Neusa Maldonado (PSDB), Luis Santos (Pros), além de Hélio Godoy, atual secretário de Habitação, Francisco Moko Yabiku, secretário de Esportes, e os ex-vereadores Benedito de Jesus Oleriano, Emílio Souza de Oliveira, Geraldo Reis, João Donizete Silvestre, Rozendo Oliveira, Vitor do Super José e Claudemir José Justi.

    Leia mais
  • Hoje tem a cerimônia de entrega do Título de Cidadão Sorocabano ao juiz Jayme Walmer de Freitas. Em outubro, quando ele aceitou receber esta honraria, ele deu uma aula de ética e cidadania ao explicar a razão de tê-lo aceitado agora e recusado há 20 anos. Vale a pena ler

    Enviado em: 22/11/2013 15:45h - Por: Deda | Categoria: Política



    O Título de Cidadão Sorocabano concedido pela Câmara de Vereadores de Sorocaba (considerada a maior honraria da cidade a quem não é natural daqui) ao juiz Jayme Walmer de Freitas, uma iniciativa do Vereador José Francisco Martinez, recoloca nos eixos, na minha opinião, a discussão em torno desse ato dos vereadores. A banalização da concessão dos títulos a pessoas que muitas vezes nem passam perto de Sorocaba (o caso mais recentes é do pastor Silas Malafaia, mas já tivemos essa honraria concedida até mesmo para José Rainha, o líder do Movimento Sem-Terra, para o mensaleiro João Paulo Cunha, para o apresentador de TV Milton Neves...) é o que deixa o cidadão comum desconfiado da honraria. Mas no texto a seguir, o juiz Jayme Walmer de Freitas resgata a importância do Título de Cidadão Sorocabano:
     
    “Meus caros amigos do Face, bom dia.
    Depois de muita relutância, decidi aceitar este reconhecimento da sociedade sorocabana, representada pelos vereadores locais.
    Explico.
    No final da década de 90, fui sondado para tanto, mas, sinceramente, não me sentia merecedor de semelhante prêmio da comunidade.
    Porém, após quase 20 anos residindo aqui, judicando e fazendo amigos, além de tomar outras medidas que beneficiaram Sorocaba e região, concluí que a comenda era adequada à minha realidade, pois, efetivamente, Sorocaba passou a ser o ponto de referência em minha vida.
    Aqui, meus filhos Daniel e Larissa estudaram e concluíram o nível médio.
    Aqui, criei e mantive o Curso Triumphus - preparatório para Carreiras Jurídicas e OAB - por 12 anos (1994 a 2006), lancei a Doação de sangue como pena alternativa e colaborei com a instalação da Vara dos Juizados Especiais Criminais e da Violência Doméstica contra a Mulher, além de outras atividades de menor expressão, mas que interferiram na vida do povo desta cidade.
    Aqui, também, iniciei meu mestrado, depois doutorado, concluindo ambos na PUC/SP. Escrevi os meus quatro livros, além de participar de alguns outros.
    Quando ponderei estes dados, constatei que podia, agora sim, ser CIDADÃO SOROCABANO.
    Esta é a singela história de minha vida nesta cidade que adotei em meu coração.
    Por esses fundamentos, faço questão de deixar registrado meu agradecimento aos edis de Sorocaba e, especialmente, a José Francisco Martinez, Presidente da Casa, que me agraciaram com esta láurea.
    Portanto, quem se sentir à vontade para comparecer à Cerimônia do dia 22 de novembro, às 19h30, na Câmara Municipal de Sorocaba, será bem-vindo.
    Abraços e bom final de semana".

    Leia mais
  • A viagem de Pannunzio rende assunto na cidade – parte 2: Oposição usa página de rede social para fazer críticas a atual administração. Concordo com parte delas, mas são todas com endereço errado. O problema foi herdado. A grande crítica a Pannunzio é sua paciência em não dizer o real tamanho do problema que assumiu

    Enviado em: 22/11/2013 15:44h - Por: Deda | Categoria: Política

    A seguir deixo o endereço da página do grupo Legitimidade Sorocabana que faz críticas severas ao prefeito Antônio Carlos Pannunzio, a sua administração e agora a sua viagem ao Panamá. Concordo com parte dessas críticas, mas está evidente na essência da opinião dos críticas que os problemas que eles reclamam são todos herança da administração passada. Acredito que se tivesse sido Renato Amary, Iara Bernrdi ou Raul Marcelo que tivessem sido eleito no lugar de Pannunzio e todos teriam os mesmos problemas neste primeiro ano. Uma das opiniões ironiza pedindo que a ONU veja o vídeo do CQC (quadro Proteste Já com as obras atrasadas de Sorocaba) e isso evidencia minha sensação de que o problema de hoje foi plantado no passado. Não entendo a razão do ex-prefeito ser tão poupado. Nem pela oposição que prefere mirar em Pannunzio e nem em Pannunzio que está tendo paciência de Jó, para usar um termo bíblico, e não escancara os problemas que recebeu. Essa é a grande crítica a ser feita a Pannunzio: a sua exacerbada lealdadade com seu colega de partido que o antecedeu na Prefeitura de Sorocaba. Para saber dos comentários feito a viagem de Pannunzio, acesse: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=639312226110298&set=a.299227263452131.67382.284283911613133&type=1

    Leia mais
  • A viagem de Pannunzio rende assunto na cidade – parte 1: Vereadores desejam boa viagem a Pannunzio. Um deles pediu que o prefeito traga um chapéu de presente

    Enviado em: 22/11/2013 15:44h - Por: Deda | Categoria: Política

    Os vereadores da Câmara de Vereadores de Sorocaba souberam oficialmente na sessão de terça-feira passada da viagem do prefeito Antônio Carlos Pannunzio para a Cidade do Panamá. Ele foi a convite da ONU (Organização das Nações Unidas), volta na segunda-feira e até lá, a vice, Edith Di Giorgi fica no comando da cidade. Nenhum ocupou a tribuna (nem na quinta-feira) para comentar a viagem, mas alguns souberam da viagem já na semana passada e entre eles estão os vereadores Fernando Dini e Waldecir Morelli. Os dois parlamentares estavam tomando café na cantina que existe no andar térreno do Paço Municipal quando viram o prefeito caminhando sozinho pelo pátio interno. Trocaram cumprimentos e foram convidados por Pannunzio para um café expresso no ganinete, no 6º andar. Dini e Waldecir ficaram uma hora com Pannunzio no espaço da copa do gabinete, na mesa principal se desenrolava uma reunião. E ai os dois ficaram sabendo a viagem. Mas o mais atrevido dos vereadores, pelo que sei até agopra, foi Jessé Loures (PV). Tão logo soube da viagem e pediu para o prefeito trazer um presente para ele: um legítimo chapéu. O engraçado é que apesar do chapéu ser Panamá (país onde Pannunzio está e nome do tipo do chapéu), ele é feito no Equador. Claro que têm fábricas no Panamá também, mas é no Equador a produção que abatece o mundo.

    Leia mais
  • Prefeita em exercício vê mudança do tempo pela janela do 6º andar da Prefeitura e torceu muito para que o temporal anunciado fosse passageiro. E foi. “O que menos quero é enfrentar alguma catástrofe ou problema grande nessa estréia”, me contou Edith Di Giorgi

    Enviado em: 21/11/2013 18:41h - Por: Deda | Categoria: Política



    Acabei de sair da sala da prefeita em exercício de Sorocaba, Edith Maria Garboggini Di Giorgi. Estava do Paço Municipal checando informações como faço habitualmente, uma ou duas vuzes na semana, e fui abordado por um dos assessores de Edith, me convidando para um café. Como não fui na festa de inauguração do Shopping Pátio Cianê, na manhã de hoje, não tinha a informação de que é a vice-prefeita que está no comando da cidade.
    Conheço Edith desde que fui secretário da Cultura, em 2005, na administração do primeiro mandato do prefeito Vitor Lippi. Sempre trocamos ideias e temos uma visão de que a política e o o serviço público têm poder para transformar a vida das pessoas. Compartilhamos uma visão de que  existe um processo histórico em torno de mazelas da vida de uma cidade. Foi bom vê-la sentada na cadeira do prefeito Pannunzio. Sorocaba está em boas mãos, embora seja pro um breve período, de apenas 4 dias. Na próxima ssegunda-feira ela retorna ao posto de vice-prefeita e secretária de Desenvolvimento Social.
    Edith me confidenciou que por volta das 15h, quando o sol escandante que cobria a cidade começou a ir embora e nuvens carregadas escureceram o céu, ela temeu pelo pior. A ameaça de um temporal foi grande, tanto que o vento arrancou pelo duas árvores em ruas de Sorocaba, mas não houve nada demais. . “O que menos quero é enfrentar alguma catástrofe ou problema grande nessa estréia. Já pensou se a avenida marginal ao rio transborda o transtorno que ia dar. Problemas graves não é bom que ocorram com o prefeito interino, mas se precisar enfrentar estou pronta”, me contou Edith Di Giorgi. É verdade. Eu a conheço e sei que ela ter ótimo desempenho neste sua estréia no comando da cidade.
    Edith deixou que eu a fotografasse, mas pediu que não a deixasse feia ou distorcida na foto. Eu fiz do celular e só agora vejo que ela ficou com os olhos fechados. Falha minha. Mas é a única foto que saiu com ela sentada na cadeira do prefeito.
     

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba viajou na madrugada de hoje para o Panamá, de graça, a convite da ONU, para proferir palestra em evento internacional sobre governabilidade

    Enviado em: 21/11/2013 18:39h - Por: Deda | Categoria: Política

    Cheguei no Paço Municipal no meio da tarde de hoje (21/11/13) e deparei com um carro preto na garagem do prefeito Antônio Carlos Pannunzio e foi surpreendido com a informação de que Pannunzio estava de licença e a vice-prefeita, Edith Di Giorgi, estava no comando. Conversei com dois secretários municipais e eles me contaram que na segunda-feira, dia 18/11, o prefeito Pannunzio protocolou ofício ao presidente da Câmara, José Francisco Maetinez, informando que no período de 21 a 24 de novembro estaria fora do exercício do cargo e que o comando da cidade ficaria a cargo da vice.
    Quando o período de ausência do prefeito é superior a 14 dias, por lei, os vereadores precisam autorizar a sua ausência. Por período menor, como este, basta um comunicado. Pannunzio viajou na madrugada de hoje à Cidade do Panamá, com toda despesa paga pela ONU (Oprganização das Nações Unidas) para proferir a palestra “Prestação de Contas e Transparência” no evento “Governabilidade local” promovido pela ONU.
    O convite a Pannunzio, certamente, está relacionado com o cargo de prefeito de Sorocaba, porém também pelo fato de Pannunzio, nos quatro mandatos que ficou como deputado federal, ter sido por mais de uma vez o presidente da Comissão de Ralações Exteriores da Câmara. A convite da ONU, Pannunzio foi fiscal nas eleições do Zimbabuê e fez outras viagens internacionais, incluindo América Latina e Oriente Médio.
    Na manhã da próxima segunda-feira o prefeito já deverá despachar em seu gabinete como prefeito.

    Leia mais
  • Viagem do prefeito de Sorocaba é feita sem alarde a pedido do próprio Pannunzio

    Enviado em: 21/11/2013 18:38h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prefeito de Sorocaba recebeu o convite para ir ao Panamá há mais de meses e decidiu aceitar o convite da ONU há pelo menos 45 dias. Mas por sua decisão não comunicou à imprensa sobre essa viagem. “Como não há uso de recurso público, como ele viajou com as despesas pagas pela ONU e como ele preferiu não levar nenhum assessor, o prefeito não quis fazer promoção pessoal da sua ausência e seguiu o trâmite legal de comunicar aos vereadores sobre sua ausência e de comunicar à cidade no dia de sua partida que foi hoje”, me explicou Rodrigo Maldonado, secretário Chefe do Gabinete do prefeito. No final da tarde, via assessoria de comunicação, a Prefeitura de Sorocaba comunicou que Edith Di Giorgi está no exercício do cargo de prefeita.

    Leia mais
  • Secretário da Administração aproveita ausência do prefeito e também tira uma semana de férias

    Enviado em: 21/11/2013 18:37h - Por: Deda | Categoria: Política

    Roberto Juliano, secretário da Administração da Prefeitura de Sorocaba, aproveitou que o prefeito Pannunzio viajou ao Panamá e tirou uma semana se férias. Como é funcionário de carreira, nomeado para o cargo de secretário, Roberto Juliano tinha período acumulado e por lei direito a tirar férias. É uma situação contrária a dos outros secretários, que não são funcionários de carreira, e terão direito a férias somente após um ano no cargo. Como assumiram em janeiro deste ano, só a partir de janeiro de 2014 poderá tirar férias. Apurei que Roberto Juliano viajou aos Estados Unidos.
     

    Leia mais
  • Câmara de Vereadores de Sorocaba cria CPI para investigar problemas do contrato da coleta e despejo do lixo em Sorocaba. Mais uma vez o alvo é administração passada, a responsável pela licitação em vigor. Um vereador me explicou a situação com o seguinte trocadilho: “se apertar sai chorume, se afrouxar fica fedorento”. Outro cobra o atual prefeito e deseja que ele quebre o silêncio e fale sobre a “herança maldita” que recebeu do antecessor

    Enviado em: 19/11/2013 16:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    Os vereadores da Câmara de Sorocaba criaram na manhã de hoje uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o que classificam de supostas irregularidades no contrato de coleta e destinação do lixo na cidade. As falhas na coleta no feriado da semana passada foram a gota d’água. Os munícipes passaram a cobrar uma atitude dos vereadores e a imprensa voltou a dar ênfase ao tema. Em outubro, a Prefeitura fez contrato emergencial com o aterro de Iperó, que é particular, da empresa ProActiva, para evitar uma calamidade na coleta, afinal a ProActiva se recusou a receber o lixo coletado pela Gomes Lourenço. De lá para cá, nada melhorou e no feriado ficou uma situação insustentável. Para piorar, na audiência pública sobre o tema, segunda-feira (18/11/13), dirigentes da Gomes Lourenço deixaram claro que Sorocaba tem 15 mil conteineres (o que muitos duvidam), mas por contrato deveriam ser 45 mil. E a limpeza e higienização desses conteirneres? Os vereadores entendem que o responsável pelo problema é o ex-prefeito Vitor Lippi, afinal a licitação do lixo é de sua autoria. Mas estão irritados com o que chamam de silêncio do prefeito Pannunzio. “Não é possível que o Pannunzio vá suportar essa herança maldita de boca calada por mais tempo ainda. Ele precisa dizer o que está acontecendo”. Outro me explicou a situação com o seguinte trocadilho: “se apertar  sai chorume, se afrouxar fica fedorento”.
    Vale lembrar, conforme o dicionário, que “chorume, também chamado por líquido percolado, era inicialmente apenas a substância gordurosa expelida pelo tecido adiposo da banha de um animal peludo. Posteriormente, o significado da palavra foi ampliado e passou a significar o líquido poluente, de cor escura e odor nauseante, originado de processos biológicos, químicos e físicos da decomposição de resíduos orgânicos. Esses processos, somados com a ação da água das chuvas, se encarregam de lixiviar compostos orgânicos presentes nos lixões para o meio ambiente. Chorume também é uma mistura de água e resíduos da decomposição do lixo. Pode infiltrar-se no solo dos lixões e contaminar a água subterrânea”.
    A CPI do Lixo foi proposta pelo vereador José Crespo (DEM) e obteve sete assinaturas. O relator e presidente estão sem definição.

    Leia mais
  • Enquanto no feriado o bairro Campolim virou campo de batalha e viaturas da polícia viraram alvo de pedradas em Sorocaba, no Parque Paineiras a presença ostensiva e sistemática da PM voltou a a garantir o sossego dos moradores

    Enviado em: 19/11/2013 16:03h - Por: Deda | Categoria: Política

    Uma confusão na madrugada de sexta-feira passada (feriado) para o sábado (16/11/13), no bairro Campolim, terminou com duas viaturas da Polícia Militar depredadas e atos de vandalismo no parque. O tumulto, registrado por volta da 1h, teria sido decorrente da ação de policiais militares na tentativa de abrir o acesso da avenida Caribe, que teria sido fechado pelos jovens, que toda sexta-feira costumam se reunir no local. Ou seja, havia pouca polícia para muitos vândalos. Nem o uso de bombas de gás lacrimogêneo pela PM acalmou a confusão que tanto susto provocou.
    Por outro lado, no Parque das Paineiras, na zona norte, extremo oposto da cidade, o fim de semana do feriado foi de tranquilidade. O domingo (sempre o dia mais problemático) foi de calma total e a razão me foi dada por uma moradora: a polícia chegou no bairro na sexta-feira (dia do feriado) e ficou lá o tempo todo até o domingo à noite.
    A verdade disso é uma só: se a polícia fizer o seu trabalho como manda a legislação, ou seja, com inteligência, os vândalos e arruaceiros se intimidam. Se agir sem estratégia e no improviso (como parece ser o caso do Campolim), serão confrontados.
    Me lembro da visita do ex-governador Fleury, meses atrás, em palestra promovida pelo Instituto Defenda Sorocaba. Ele afirmou com todas as letras, para quem quisesse ouvir, que o comando da PM de Sorocaba tem apenas 500 soldados, sendo que 100 deles estão sempre em férias, outros 100 afastados e 100 cumprindo serviço interno no quartel. Ou seja, restam 200 soldados para cuidar da cidade. O que ele disse que é pouco e não há quem discorde.

    Leia mais
  • Novo shopping se acerta com MP e vai construir creche em Sorocaba. Comerciante amigo meu pergunta: “se eu gastar para construir uma creche a Prefeitura também será a responsável pelo custeio de toda a operação?”

    Enviado em: 19/11/2013 16:02h - Por: Deda | Categoria: Política

    Um acordo inédito assinado entre a Prefeitura e o Shopping Pátio Cianê que será inaugurado nesta quinta-feira (21/11/13), com a anuência do Ministério Público, acaba de garantir, por meio de concessão onerosa, a construção de mais uma creche para Sorocaba. O vereador José Crespo, que esteve com Máximo Pinheiro Lima, dono do empreendimento, tornou público a consolidação do fato. A operação (como gerenciamento, manutenção e mobília) da creche será da Prefeitura de Sorocaba. A notícia gerou o seguinte comentário de um famoso comerciante de Sorocaba (que pediu sigilo sobre sua afirmação e vou atender): “se eu construir uma creche a Prefeitura também toma conta dela? Hoje um dos meus problemas é o de oferecer creche para atender as necessidades de minhas funcionárias e de potenciais futuras contratadas, disse ele”.
    Crespo, segundo sua assessoria de comunicação, solicitou a presença do MP nas negociações com o shopping e pediu que no acordo estivesse a construção, sem custos para a Prefeitura, de uma nova creche, que é a principal demanda da cidade atualmente. O prefeito Antonio Carlos Pannunzio, também segundo divulgou a assessoria de Crespo, gostou da proposta do vereador e determinou aos seus assessores que conduzissem as conversas nesse sentido, o que culminou com a assinatura, nos últimos dias, de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta). A creche será erguida bem em frente ao shopping, no espaço onde seria o CEI 16, obra parada e depois cancelada pelo atual governo.

    Leia mais
  • Comissão de Vereadores divulga as seis ações que vão fazer para influenciar o governo a iniciar a duplicação da ligação entre Sorocaba e Salto de Pirapora

    Enviado em: 19/11/2013 15:57h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Comissão Especial em Prol da Duplicação da Rodovia João Leme dos Santos - SP-264, presidida pelo vereador Francisco França (PT), informa que a audiência pública que acompanha a demora para o início das obras concluiu o seguinte: 1) Encaminhar representação ao Ministério Público pedindo para que entre no caso; 2) Criar uma Frente Parlamentar composto pelos Legislativos e Executivos de Sorocaba e cidades da região; 3) A pedido de moradores, solicitar ao DER uma rotatório ou retorno em frente ao condomínio Fazendo Imperial e deslocamento do ponto de ônibus existente na frente do loteamento para o km 107/108; 4) Agendar reunião com a CETESB - Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental e Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo; 5) Agendar reunião com todas as empresas que margeiam a SP-264; 6) Solicitar ao DER/governo do estado a cópia dos autos 265 e 905/01/DER/2013 ação a ser feita pelo Anselmo Neto, relator da comissão, e Luiz Henrique Ferraz da OAB. 

    Leia mais
  • Falta de coleta de lixo desde o feriado é motivo mais que suficiente para Prefeitura abrir uma batalha na justiça contra a empresa Gomes Lourenço que é responsável pelo serviço. É intolerável e vergonhosa essa situação. O sorocabano merece mais qualidade

    Enviado em: 18/11/2013 19:12h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Prefeitura de Sorocaba fez um contrato emergencial com a ProActiva, dona do aterro sanitário que fica na cidade de Iperó, para o descarte da coleta de lixo depois de um atrito entre essa empresa e a Gomes Lourenço que, por contrato, deve coletar e dar destinação ao lixo produzido pelo sorocabano. Mas os problemas continuam e bairros de Sorocaba ainda sofrem com o acúmulo de lixo em conteiners. Aliás, os conteiners que continuam os mesmos: quebrados e sujos como ocorre há anos. A coleta de sexta-feira em ruas da Vila Santana e Vila Carvalho, por exemplo, não foram feitas. Com o feriado, a cidade ficou exatamente emporcalhada. Há motivos mais que evidentes para que a Prefeitura de Sorocaba busque na Justiça um reparo do mau serviço que a Gomes Lourenço vem prestando. O sorocabano não merece ser tratado desta forma. É intolerável e vergonhosa essa situação. O sorocabano merece mais qualidade.

    Leia mais
  • Atual presidente do diretório municipal do PT e presidente eleito vão à coluna “O D da Questão” na rádio Ipanema e saem em defesa de Zé Dirceu e Zé Genoíno, rebatem críticas de colega do partido e enfatizam a necessidade do financiamento público de campanha

    Enviado em: 18/11/2013 19:11h - Por: Deda | Categoria: Política



    O vereador Izídio de Brito venceu a eleição do PT em Sorocaba, com 80,5% dos votos e vai comandar a legenda no lugar de José Carlos Triniti Fernandes que está no cargo desde 2010. Os dois foram meus convidados na coluna “O D da Questão” que apresento de segunda, quarta e sexta na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) e não concordaram com meu posicionamento em relação ao Mensalão. Eu afirmei que entendo que a punição dos mensaleiros com a prisão dá um ânimo para a opinião pública voltar a confiar na justiça. E afirmei que discordo das afirmações de José Dirceu e José Genoíno de que são presos políticos. Tanto Triniti quanto Izídio defenderam a biografia dos dois líderes petistas. Izídio também rebateu críticas dos seu concorrente na eleição do diretório municipal, Anderson Lima. Por fim Izídio defendeu o financiamento público das campanhas eleitorais no Brasil. Vale a pena ouvir. Acesse o site: http://www.jornalipanema.com.br/noticias/politica/44002-o-d-da-questao-izidio-e-triniti-falam-sobre-eleicoes-no-pt

    Leia mais
  • Ministério Público celebra o Termo de Ajustamento de Conduta feito com a Câmara de Vereadores de Sorocaba

    Enviado em: 18/11/2013 19:10h - Por: Deda | Categoria: Política

    O promotor de justiça Orlando Bastos Filho também usou o twitter para informar que o Ministério Público acaba de celebrar o arquivamento de um inquérito sobre os cargos de confiança na Câmara de Vereadores de Sorocaba com a celebração de Termo de Ajustamento de Conduta.
    O MP instaurou o inquérito ao tomar conhecimento da decisão da Câmara de pretender criar um 7º cargo sem concurso para cada vereador (atualmente são 6) e constatar um excesso no número de cargos de livre provimento dispostos ao presidente (10).
    “O expediente, agora, foi arquivado, com a celebração de Termo de Ajustamento de Conduta. Quanto ao 7º cargo, foi informado, oficialmente, a não intenção na sua criação, que, de fato, não ocorreu. Quanto aos cargos da presidência, o TAC, com vigência para janeiro/14,  ajustou a extinção de 6 dos 10. Mais uma caso de sintonia, no interesse público, da moralidade, e da economia, ente MP e Câmara, na pessoa do pres. José Francisco Martinez. Salvo absoluta necessidade, demonstrada por estudos externos, os cargos não poderão ser recriados, ainda que com outro nome, pena de multa”, afirma o promotor.

    Leia mais
  • MP anuncia acordo com Prefeitura de Sorocaba para melhorar Portal da Transparência

    Enviado em: 18/11/2013 19:09h - Por: Deda | Categoria: Política

    O promotor de justiça Orlando Bastos Filho usou o twitter para informar que o Ministério Público acertou com a Prefeitura de Sorocaba ações para incrementar o Portal da Transparência no site da prefeitura.
    Segundo o promotor, agora, nas publicações das nomeações de cargos em confiança, virá também a indicação da lei que criou o cargo, o que não ocorria. “A medida permitirá um maior controle social das indicações. Outras ações de transparência estão sendo ajustadas, e logo serão informadas. Se destaca o prefeito Antônio Carlos Pannunzio pela abertura democrática e destemor com que vem enfrentando as questões de transparência”, afirma o promotor.

    Leia mais
  • Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação vai passar a tarde do dia 6 de dezembro no Parque Tecnológico de Sorocaba. Ele é apontado como um dos padrinhos do empreendimento sorocabano por ser um dos seus incentivadores

    Enviado em: 18/11/2013 19:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    Marco Antonio Raupp é um matemático brasileiro, ex-diretor geral do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) e da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, e atual ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação. Ele foi diretor do Parque Tecnológico de São José dos Campos e incentivador da criação do Parque Tecnológico de Sorocaba. Apontado como padrinho do Parque Tecnológico de Sorocaba, Raupp decidiu conhcer o empreendimento e agendou a tarde do dia 6 de dezembro para ficar por aqui. Ele vai usar as instalações para despachar ações do ministério e receber pesquisadores e autoridades. A agenda está sendo formalizada.
    Raupp é pesquisador e profissional ligado a ciência. Ou seja, tem um currículo condizente com a pesquisa e oposto ao do presidente do Parque Tecnológico de Sorocaba, Vitor Lippi, que ocupa o cargo por sua atuação política. A presença de Raupp em Sorocaba e seu currículo vão levantar esta lebre, ou seja, de que um Parque Tecnológico deve ser gerido e administrado por um cientista e não por um político. Claro que há prós e contras com a nomeação de um presidente com um perfil e outro. Mas um tema que estava amortecido, sem dúvida, vai ganhar força.

    Leia mais
  • Comissão de Ciência e Tecnologia realiza a primeira audiência pública sobre o Parque Tecnológico de Sorocaba

    Enviado em: 18/11/2013 19:07h - Por: Assessoria da Câmara de Vereadores de Sorocaba | Categoria: Política

    A Câmara Municipal de Sorocaba, através da Comissão de Ciência e Tecnologia, presidida pelo vereador Fernando Dini (PMDB), realizou na manhã desta segunda-feira (18), a primeira audiência pública sobre o Parque Tecnológico de Sorocaba. Estiveram presentes o presidente do PTS, o ex-prefeito Vitor Lippi; o presidente executivo da Inova (agência de Inovação de Sorocaba), Agliberto Chagas; o presidente do Conselho Administrativo da Inova, Erly Syllos; e representantes de empresas e universidades que já estão instalados no PTS ou mantêm contato para a instalação. Para o vereador Fernando Dini, a audiência foi de grande valia, mas ainda há questões a serem respondidas, como por exemplo, o porquê do repasse de R$ 500 mil não ter mais necessidades de passar pela aprovação da Câmara Municipal.

    Leia mais
  • Toni Silveira lembra Serra da ovada que eles levaram em Sorocaba

    Enviado em: 13/11/2013 11:35h - Por: Deda | Categoria: Política



    O secretário de Obras da Prefeitura de Sorocaba, Toni Silveira, na recepção a José Serra no gabinete de Pannunzio lembrou ao ex-governador que estava com ele quando foi alvo de uma ovada em Sorocaba. Serra não se lembrou do fato de imediato, mas depois riu e disse que aquela ovada era para o ministro Paulo Renato e não para ele. Todos riram da maneira descontraída que Serra lembrou do fato. Em resumo, o que ocorreu há 13 anos foi isso: Em maio de 2000, quando era Ministro da Saúde, José Serra esteve em Sorocaba para um evento do partido, e foi agredido com uma ovada. O manifestante Edi Paraizo, integrante da União Sorocabana dos Estudantes, justificou a atitude por conta de suposta violência da Tropa de Choque da Polícia Militar contra servidores públicos estaduais dias antes. À época, o então ministro com o rosto e as roupas sujas disse “Covardes, sem-vergonhas. É uma violência incrível e descabida”. Irritado, José Serra ainda revelou aos jornalistas: “Se o rapaz não tivesse fugido, teria levado uma bordoada”. O Diário de Sorocaba foi o único jornal a fotografar o acontecimento. O repórter fotográfico Luciano Quirino clicou o momento exato em que o ovo foi quebrado na face direita do político. A foto (aqui reproduzida) foi comprada pela Agência Estado e publicada na primeira página de vários jornais do Brasil.  

    Leia mais
  • Discursos de Pannunzio e Serra na Câmara soaram estranhos. Ao menos para os meus ouvidos. E quando fui checar tive certeza que eles eram estranhos mesmos e foram previamente pensados, tinham endereço certo e um objetivo a ser atingido

    Enviado em: 13/11/2013 11:34h - Por: Deda | Categoria: Política

    O protocolo da visita de Serra a Sorocaba tinha o mesmo roteiro das visitas que o ex-governador faz pelo Brasil, ou seja, fazer palestra com o tema “Que País é Este?” dirigido a empresários. Serra veio para falar no Ciesp, mas antes parou na Câmara de Vereadores onde foi recepcionado por um plenário e uma assistência lotada de tucanos ou funcionários públicos que haviam deixado o trabalho. Era um encontro amistoso. Mas alguns sinais expressaram que algo de não-harmônico (o que é um neologismo para classificar o que poderá vir a ser um conflito explícito no ninho sorocabano) faz parte do partido na cidade. As ausências da deputada estadual Maria Lúcia Amary, do presidente da Câmara José Francisco Martinez e de José Donizeti Silvestre (o vereador mais votado dos tucanos que não teve os votos validados por questões jurídicas) eram os sinais mais evidentes. Mas o discurso de Pannunzio em sua apresentação de Serra aos presentes foi o que mais me soou estranho. No meio de sua fala Pannunzio citou o ex-prefeito Vitor Lippi e disse que ele é o candidato do partido a deputado federal. Júnior Barbosa, tucano que coordena o Erplan (Escritório Regional de Planejamento) tratou nessa hora de puxar as palmas e dar um clima de euforia pelo que Pannunzio havia acabado de falar. Mas essa informação é absolutamente velha e ficou sem sentido no discurso de Pannunzio. Depois, Serra, em seu discurso de uma maneira também estranha, ao menos aos meus ouvidos, disse que Pannunzio tomou várias medidas acertadas, mas sem dúvida uma delas foi a de escolher Lippi para presidir o Parque tecnológico. Bom, não vou revelar a fonte, mas tive a chance de interpelar uma pessoa muito próxima a Pannunzio e dizer de toda essa minha estranheza e sabe o que ouvi? A confirmação de que tudo era estranho mesmo: “o Pannunzio sabe porque ele falou isso no discurso, tinha endereço certo, foi uma fala estratégica”. Meu interlocutor parou por ai. Minha conclusão: com esses sinais externos Pannunzio busca acalmar a ânsia de Lippi e frear as insatisfações do ex-prefeito com as medidas do atual, em especial na área da saúde. Em resumo: em público está tudo bem no ninho, mas nos bastidores nem tanto.

    Leia mais
  • Serra critica PSDB e vê partido complexado como Madama Bovary. Mas isso foi em São Paulo e na semana passada. Em Sorocaba, ex-governador evita entrevista sobre a sucessão, faz mesuras tucanas e cumpre agenda de candidato para o cargo de...

    Enviado em: 13/11/2013 11:33h - Por: Deda | Categoria: Política

    Tive a oportunidade de entrar na sala do prefeito Pannunzio, na terça-feira, quando o ex-governador José Serra já estava lá. O prefeito e alguns secretários (João Leandro, Rodrigo Maldonado, Aurílio Caiado, Rubens Lara, Roberto Juliano, Toni Silveira) fizeram a recepção de Serra. O ex-governador lembrou dos ex-prefeitos com quem teve relação e citou Theodoro Mendes, Flávio Chaves e Renato Amary. Lembrou de ações recentes de quando foi governador (vinda da Toyota) e se surpreendeu que a AME (Ambulatório Médico de Especialiadades) ainda não esteja em pleno funcionamento. Disse que estava com fome e comeu pão integral com queijo branco e tomate e tomou café com leite. Solicitei uma entrevista. Ele quis saber sobre o que. Expliquei que o assunto é sucessão presidencial. Ele disse que sobre isso não tinha o que dizer, mas gostaria de descer o pau nos erros do governo Dilma. Não avançou a entrevista, mas Serra fez uma espécie de mea culpa e reconheceu que a oposição ao governo federal não consegue explicar à sociedade os malefícios do atual governo. Ele saiu com Pannunzio, foi visitar as emissoras TV Sorocaba e TV Tem e rádio e jornal Cruzeiro do Sul e foi até a Câmara de Vereadores onde também o acompanhei e vi sua palestra (leia o post a seguir). Leia abaixo a reportagem de Marina Dias publicada na edição de sábado passado do jornal Folha de  S.Paulo. O tucano usou o termo "bovarismo", em referência ao romance "Madame Bovary", de Gustave Flaubert, para descrever o que classificou como um dos principais problemas atuais dos tucanos.

    Leia mais
  • Juiz, que é ex-cunhado do ex-prefeito, deixa de atuar nos 26 casos onde Vitor Lippi é alvo de processo na Comarca de Sorocaba. Desde que a irmã de Lippi, ex-mulher do juiz, passou a defender o ex-prefeito, juiz pensa em tomar a decisão de não atuar nesses processos

    Enviado em: 11/11/2013 16:12h - Por: Deda | Categoria: Política

    O juiz da Vara da Fazenda Pública em Sorocaba, José Eduardo Marcondes Machado, decidiu se afastar de todos os processos envolvendos o ex-prefeito de Sorocaba, Vitor Lippi. Sua alegação é de caráter pessoal, afinal ele é o ex-marido da advogada do ex-prefeito que é a irmã de Lippi. Embora não sejam mais casados, Marcondes é o tio dos filhos dos ex-prefeito e conheceu na intimidade a irmã e atual advogada do ex-prefeito. Até o início do ano, a irmã de Lippi não era sua advogada. Mas desde que ela passou a comandar a defesa do ex-prefeito nos processos, o juiz passou a pensar se devia se manter ou não a frente dos processos. A decisão pegou os outros magistrados da Comarca sorocabana de surpresa, mas eles não se negaram a assumir os processos do ex-prefeito. Desta forma, cada um dos sete juízes titulares ficaram cada um com três processos e cada um dos cinco auxiliares com um processo cada, fechando a contabilidade de 26 processos que o ex-prefeito responde em 1ª instância  em Sorocaba. Os processos enfrentados pelo ex-prefeito no TCE (Tribunal de Contas do Estado) não entram nesta conta. A seguir relembro os casos enfrentados por Lippi só neste ano.

    Leia mais
  • Vereadores apresentam ótimas propostas para fortalecer a educação pública municipal. Mas dois terços dos estudantes sorocabanos são da escola estadual. E ninguém se rebela contra isso. Até quando vai se tolerar ensino público de qualidade tão discrepante em Sorocaba

    Enviado em: 11/11/2013 16:11h - Por: Deda | Categoria: Política

    Aproveito a pauta da sessão desta terça-feira (12/11/13) do Poder Legislativo sorocabano, que começa a discutir um projeto que obriga a atenção do dirigente de ensino para as faltas injustificadas dos alunos e outro que introduz o ensino de música na escola, para voltar a um tema que virou minha bandeira profissional há pelo menos uma década: a de chamar a atenção da sociedade e do poder público para a necessidade de acabar o muro que existe entre a qualidade do ensino público municipal do ensino público estadual. As crianças são uma só (sorocabanas), mas é uma parcela pequena delas (um terço) que consegue estudar numa escola municipal. A grande maioria fica confinada na escola estadual. A discrepância na qualidade de ensino entre as duas escolas é assustadora. Na campanha eleitoral passada, os dois candidatos que foram ao 2º turno (Renato Amary e Pannunzio) fizeram manifestações explícitas de que iriam agir para acabar com este problema. O eleito (Pannunzio), dez meses depois do início do governo não deu um sinal de como e quando pretende resolver esta questão. A municipalização do ensino, aos olhos leigos, seria o caminho mais eficiente e eficaz para acabar com este abismo entre os estudantes municipais e estaduais. 

    Leia mais
  • Mais uma vez, representantes do governo paulista ignoram audiência pública para discutir a duplicação da SP-264 (ligação entre Sorocaba e Salto de Pirapora) na Câmara de Sorocaba. OAB sugere intervenção do Ministério Público no caso

    Enviado em: 11/11/2013 16:10h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Comissão Especial em Prol da Duplicação da Rodovia João Leme dos Santos - SP-264, presidida pelo vereador Francisco França (PT) se reuniu na manhã de hoje (11/11/13) e a audiência pública se transformou mais uma vez em um palanque de críticas ao governo paulista. E com razão, aliás o governador Geraldo Alckmin já anunciou o início da duplicação em pelo cinco oportunidades, inclusive em sua propaganda eleitoral de TV e quando o chamei de promessinha na coluna o “O D da Questão” ele alegou que estava faltando com respeito a ele. Apesar da licitação da obra já ter seus ganhadores, ainda falta a licença ambiental para que a obra saia do papel e também que tenha início o processo de desapropriação das propriedades que serão ocupadas pela futura pista da rodovia. A novidade na audiência de hoje foi a manifestação do secretário geral adjunto da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), secção Sorocaba, Luis Henrique Ferraz. Ele sugeriu que o Ministério Público seja oficializado pela comissão com a entrega dos documentos e materiais recolhidos: “já justifica uma intervenção da promotoria” disse o representante da OAB.

    Leia mais
  • Presidente do PC do B rebate minhas críticas na coluna \"O D da Questão\" e mantém convicção sobre protesto contra as mudanças na área da saúde em Sorocaba

    Enviado em: 11/11/2013 16:09h - Por: Deda | Categoria: Política

    Fiz críticas ao movimento encabeçado por Renan Santos, presidente do PC do B de Sorocaba, de organizar uma manifestação agendada para amanhã, terça-feira (12/11/13), a partir das 17h30, na confluência das avenidas Itavuvu com Ipanema, contra as ações recentes da Prefeitura de Sorocaba na área da saúde. Entre essas mudanças estão a centralização dos atendimentos de pediatria na Unidade Pré Hospitalar) da Zona Oeste e do atendimento clínico adultono na Unidade Pré Hospitalar) da Zona Norte. Renan quer que seja revogada esta decisão. Ele não concordou com minhas críticas e pediu espaço para se manifestar. Hoje (11/11/13) ele esteve na coluna “O D da Questão” que apresento as segundas, quartas e sextas na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) e rebateu minha opinião. Fez severas críticas ao prefeito Pannunzio, ao ex-prefeito Lippi e deixou claro que sua discordância está no modelo de gestão adotado pela atual administração. Sobre o fato de o eleito (no caso Pannunzio) ter a prerrogativa de escolher como administrar, Renan Santos lembrou dos movimentos populares de junho onde o cidadão achou o caminho de expor sua insatisfação nas ruas. Quando o povo sai as ruas, no mínimo o governante passa a ouvir mais o que ele tem a dizer, explicou Renan. Fica o convite para que você, leitor, ouça na íntegra a participação de Renan Santos em “O D da Questão”: http://www.jornalipanema.com.br/noticias/jornal-ipanema/43757-o-d-da-questao-fala-sobre-saude-em-sorocaba-ouca

    Leia mais
  • Novo presidente do diretório municipal do PT em Sorocaba é da mesma ala do partido que há trinta anos controla a legenda na cidade

    Enviado em: 11/11/2013 16:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    Sem surpresa, o vereador Izídio de Brito apenas confirmou o que todos já sabiam: ele venceu a eleição do PT em Sorocaba com 383 votos (80,5%) e Anderson Lima, conseguiu 93 votos (19,5%). Foram registrados 17 votos brancos e 5 nulos. Dos 842 filiados aptos para votar na tarde deste domingo, na sede do diretório municipal, 498 compareceram às urnas. Izídio é da ala que há três décadas está no comando do diretório municipal e tem base no Sindicato dos Metalúrgicos. O deputado estadual Hamilton Pereira é a principal liderança de influência desta ala. Anderson Lima é assessor do deputado estadual Ênio Tatto, cujo a base eleitoral é em Osasco.

    Leia mais
  • Por 16 horas, presidente da Câmara preside o Brasil. Seu mandato viVai até o início da madrugada desta terça-feira

    Enviado em: 11/11/2013 16:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    Henrique Eduardo Alves, deputado federal que está há quase trinta anos na Câmara e é o atual presidente da Casa, assumiu o comando da Presidência da República na manhã de hoje (11/11/13) e fica no cargo até o início da madrugada desta terça-feira. Tudo isso porque a presidente Dilma Rousseff viajou ao Peru e o vice, Michel Temer, está nos Emirados Árabes depois de passagem pela China.

    Leia mais
  • Testemunha dos casos dos vereadores sorocabanos envolvidos em ações do MP sobre empréstimo de dinheiro na Câmara estaria sendo ameaçada de ser processada. Promotor reage e afirma que objetivo dos vereadores parece tendente a de constranger denunciante

    Enviado em: 08/11/2013 15:27h - Por: Deda | Categoria: Política

    Seguem transitando as ações do Ministério Público de Sorocaba contra vereadores de Sorocaba referente aos exercícios de 1985 a 1988 e 1991 e outra referente aos anos de 1995 e 1996. As duas ações apuram prática dos vereadores sorocabanos de pegar dinheiro público para uso pessoal. “Deve ficar bem claro (me alerta o promotor de justiça Orlando Bastos Filho) que não era adiantamento o que os vereadores faziam  porque era um dinheiro que entrava por fora, clandestino, sem desconto no salário. Não aparecia na contabilidade” da Câmara dos Vereadores de Sorocaba.
    Na primeira ação, o promotor afirma que apurou que para burlar a contabilidade oficial da Câmara de Sorocaba, 14 vereadores tiravam folhas de cheque com o uso de uma lâmina (tipo gilete) dos talões e colavam em caderninhos de acompanhamento. Esses caderninhos foram periciados e quebrados os sigilos bancários de todos os envolvidos se provou o aporte de dinheiro público nas contas pessoais dos 14 citados na ação. O MP pretende reaver para o povo sorocabano a quantia é de R$ 4.1 milhões. Orlando Bastos Filho afirma que a Câmara e seu dinheiro público não são banco a serviço de vereadores.
    Na ação referente aos anos de 1995 e 1996, o caso avançou e o presidente da Câmara de Sorocaba, vereador José Francisco Martinez (PSDB), teve o seu processo transitado em julgado no STJ (Superior Tribunal de Justiça) condenando Martinez a perder seus direitos políticos. Para ser executada essa sentença, porém, é necessário ter certeza de que não há mais recursos no caso e Martinez declarou que há recursos. Orlando Bastos concordou com a argumentação de Martinez e assim se manifestou à justiça.
    Toda a investigação do MP nasceu após denúncias de testemunhas e elas estariam sendo ameaçadas. O promotor Orlando Bastos Filho também já ouviu falar dessa possível ameaça e me disse o seguinte: “Se verdade que vão processar a testemunha é um fato muito triste e injusto, parecendo tendente só a constrange-la, mesmo porque,  jamais acusou alguém em especial. Faremos tudo para preservar a testemunha”.
    No caso da ação referente aos exercícios de 1985 a 1988 e 1991, os 14 vereadores que estão como réu na ação são: Marinho Marte, Antônio Carlos Silvano, Augusto César de Oliveira, Moacir Luis Silva de Oliveira, Milton Souza Pinto, Antônio Tadeu Furlani, Arthur da Silveira Lara, Oswaldo Duarte Filho, Ivan Almeida Freitas, Américo de Cvarvalho Filho, Osvaldo Francisco Noce, Jorge Moisés Betti Filho, Walter Coelho e Lecy Benedito.

    Leia mais
  • Candidato de oposição para dirigir diretório municipal do PT tece críticas severas ao atual grupo que domina o partido há três décadas em Sorocaba. Candidato de situação alega compromisso e falta a coluna radiofônica “O D da Questão” onde foi convidado para debater a eleição do próximo domingo

    Enviado em: 08/11/2013 15:26h - Por: Deda | Categoria: Política

    O vereador Izídio de Brito, candidato da chapa de situação que concorre na eleição que vai escolher os dirigentes do diretório municipal do PT no próximo domingo, via assessoria de comunicação, negou convite feito por mim para ele debater suas propostas na coluna “O D da Questão” que foi ao ar na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) hoje (8/11/13). A alegação era que iria participar no mesmo horário, às 8h30, de uma atividade relacionada com a ONG Ceadec (Centro de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento, Emprego e Cidadania). Izídio se comprometeu a comparecer ao programa para falar sozinho na semana que vem, independentemente do resultado da eleição de domingo.
    Quem participou sozinho da coluna radiofônica foi Anderson Lima. Ele tem 31 anos, é assessor parlamentar do deputado estadual Ênio Tatto (que é da região de Osasco), filho do ex-vereador do PT Jorjão das Laranjeiras (o primeiro suplente do partido nesta legislatura) e decidiu enfrentar o grupo majoritário, liderado pelo deputado estadual Hamilton Pereira, para renovar o comando do partido da cidade, disse ele durante a entrevista.
    Ele explicou que na eleição municipal de 2008 o candidato do PT obteve 14% dos votos para prefeito e na eleição de 2012 esse número caiu a 9%. Ele afirmou que o grupo de Hamilton está há trinta anos no comando do PT de Sorocaba e aniquilou todos partidários que buscaram mudanças. Ele citou os casos de Raul Marcelo, Gabriel Bitencourt, Arnô Pereira e Latino que foram deixados de lado e sem espaço político a ponto de buscarem outro caminho. Ele citou que Iara Bernardi, que era oposição a esse grupo, se uniu a eles para ter uma sobrevida dentro do PT de Sorocaba.
    Num outro momento, cuja a gravidade jurídica e a legalidade da questão poderá despertar a atenção do Ministério Público, Anderson Lima afirmou que a atual direção do PT sorocabano pagou as mensalidades de mais de 400 filiados, que estavam em dívida com o partido, com o objetivo de permitir que eles votem na eleição de domingo. Ele explicou que o PT sorocabano tem 1,2 mil filiados atualmente e que cidades menores, como Franco da Rocha, com 200 mil eleitores, possui 4 mil filiados. Segundo Anderson Lima isso acontece por estratégia de quem comando o partido em Sorocaba, afinal, com menos filiados fica mais fácil de manter o controle do partido de maneira que fique sempre na mão dos mesmos, disse ele.
    Pena que Izídio faltou a entrevista. Afinal são acusações sérias demais, pois atinge a honra desse grupo liderado por Hamilton Pereira e revela que o que está em jogo no diretório municipal do partido é prioritariamente a busca pelo poder. É um jogo bruto e pesado. Meu desejo é que o vencedor tenha uma proposta de governo e ela seja para explicar ao cidadão como como o partido pretende atuar na oposição ou no mandato de Sorocaba. 

    Leia mais
  • A política de saúde do governo do estado segue sendo a de dar ambulância para transportar pacientes ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba. Quem vai mudar essa política? Há 50 anos essa prática acontece e não houve um governante com coragem de construir centros de excelência hospitalar na área que vai de Sorocaba até a fronteira com o Paraná

    Enviado em: 08/11/2013 15:25h - Por: Deda | Categoria: Política

    Notícia do Portal do Governo do Estado de quinta-feira (07/11/13), às 12h50, comunica à sociedade paulista de que 61 ambulâncias reforçam atendimento nos municípios paulistas, entre eles os pacientes das regiões de Sorocaba. O governador Geraldo Alckmin, ressalta a importância de equipamentos novos para o atendimento à população: "A ambulância é uma necessidade. Não pode quebrar e nem ficar na estrada, porque transporta vida, pessoas doentes e em situações mais frágeis, como casos graves". As 61 ambulâncias custaram R$ 6,2 milhões, sendo R$ 101 mil por unidade.
    Tivesse mesmo preocupação com a saúde, o discurso de Alckmin seria outro. Seria o de construir centros de excelência hospitalar próximo do cidadão. De Sorocaba até a fronteira com o Paraná não há outra opção senão a de trazer o paciente ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba. Até quando será essa a política de saúde de um governante? Que os próximos candidatos inovem em suas propostas e que o eleitor dê um basta em quem vai fazer mais  do mesmo.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba publica o edital de licitação para selecionar e contratar duas agências de propaganda que terão R$ 7 milhões para gastar com a publicidade oficial da administração municipal em 2014. Ainda bem: Publicidade é uma necessidade pública e beneficia o cidadão

    Enviado em: 07/11/2013 15:31h - Por: Deda | Categoria: Política

    O objeto da mais recente licitação aberta pela Prefeitura de Sorocaba visa a seleção e contratação de empresas especializadas para a prestação de serviços de publicidade que compreende o planejamento, a conceituação, a concepção, a criação, a execução interna, a intermediação e a supervisão da execução externa, a compra de mídia e a distribuição de campanhas, peças e material publicitários, com o intuito de atender ao princípio da publicidade e ao direito à informação, de difundir idéias ou de informar o público em geral, nos termos da Lei Federal nº 12.232, de 29 de abril de 2010.
    A decisão de contratar duas agências de propaganda atende aos requisitos da para que haja intercâmbio e diversificação de idéias e opiniões, de modo a obter maior resultado do objeto contratado.
    A Prefeitura de Sorocaba prevê gastar o valor estimado por 12 meses R$ 7 milhões com as duas agências que deverão fazer planejamento de campanha no momento da solicitação pela Prefeitura e levar em conta a realidade social local e nacional, aumentos ou diminuições de surtos como de dengue, gripes, entre outros, surgimento de catástrofes naturais ou desordem pública. A publicidade também vai atender a realidade do momento, como conscientização de uso dos serviços públicos, prestação de contas e educação para o trânsito. Aliado a isso, temos campanhas específicas em épocas já agendadas como: Prevenção no Carnaval, Volta às aulas, Divulgação da Semana do Tropeiro e Festa Junina, Queimadas, Natal, entre outras.
    Importância da publicidade
    É fundamental que o poder público se comunique bem com o cidadão. Publicidade da administração, portanto, não significa fazer propaganda do prefeito ou seu governo. Significa, sim, explicar ao cidadão os atos de sua administração, significa auxiliar o cidadão a compreender as mudanças pelas quais passam o serviço público da cidade.
    O exemplo mais atual sobre a importância do serviço das agências de propaganda na atual administração está relacionado com a necessidade da Prefeitura (tópico “conscientização de uso dos serviços públicos” do edital de licitação para a escolha da agência) informar sobre as mudanças em curso no uso das UPHs (Unidades Pré-Hospitalares) e PS (Pronto Socorro). Onde uma só atende pediatria (zona oeste) e outra (zona norte) só adulto. Onde para se chegar ao PS agora é preciso ter passado por uma UPH. Só a publicidade, com sua capacidade de chegar várias vezes ao dia e por vários dias seguidos ao cidadão, ajuda ele a entender o que mudou em sua vida.
    Publicidade é uma necessidade pública. Beneficia o cidadão.

    Leia mais
  • Prefeitura de Sorocaba publica edital de cessão de área de 4 mil metros defronte ao Fórum da Comarca para a OAB de Sorocaba construir sua nova sede na cidade. Previsão é de que o novo edifício fique pronto até 2016

    Enviado em: 07/11/2013 15:30h - Por: Deda | Categoria: Política



    Deve estar publicado no jornal Município de Sorocaba (órgão oficial de publicação dos atos públicos da Prefeitura) a cessão de área de 4 mil metros quadrados, localizados defronte ao Fórum da Comarca, local hoje usado como estacionamento de veículos, para a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), secção de Sorocaba, construir no local a sua nova sede. O prédio atual da OAB, localizado na avenida 3 de março, segue como propriedade da OAB. A necessidade de uma nova sede, informa o presidente da OAB-Sorocaba, Alexandre Ogosuko, se dá diante do crescimento das ações da OAB. Na nova sede, a OAB terá o seu Tribunal de Ética, a Escola Superior de Advocacia e o Conselho de Prerrogativas. Ogosuko também informa que depois de todos os trâmites legais até que o terreno fique em nome da OAB se prevê que as obras se iniciem em 2014 e estejam concluídas até 2016. São três as possibilidades de vinda de recurso para a construção dessa obra: A) Liberação de dinheiro por parte da OAB estadual; B) OAB-Sorocaba usar recursos próprios e C) venda do atual prédio da OAB e uso do dinheiro proveniente dessa venda na construção do novo prédio. Ogosuko me informa que a alternativa C é a que mais desagrada a atual diretoria e a B está fora de cogitação diante da falta de dinheiro. Ogosuko está em viagem aos Estados Unidos e somente após sua volta, em decisão com a diretoria, vai se pronunciar oficialmente sobre a futura sede da OAB.

    Leia mais
  • Associação de Mulheres Empreendedoras traz para Sorocaba uma das mulheres mais influentes do Brasil: Margareth Groff, diretora executiva financeira de Itaipu Binacional, que virá no dia 19 de novembro em evento aberto ao público

    Enviado em: 07/11/2013 15:29h - Por: Castilho e Muraro Comunicação Empresarial | Categoria: Diversos

    A AME (Associação de Mulheres Empreendedoras de Sorocaba), realiza no dia 19 de novembro, às 19h30, no Cadoff, evento com a participação de Margareth Groff, diretora executiva de finanças de Itaipu Binacional. Ela ministrará a palestra “Gestão Eficaz e o Empoderamento da Mulher”. A palestra é aberta ao público, com entrada gratuita e vagas limitadas. Esta é mais uma parceria entre a AME e o Instituto Endeavor, que promove a Semana Global do Empreendedorismo entre 18 e 24 de novembro em 104 países.

    Leia mais
  • Os vereadores de Sorocaba votam projeto que regulamenta a concessão de alvarás na cidade e estabelece que nenhum imóvel poderá ser utilizado para funcionamento de atividades comerciais, industriais, institucionais, de prestação de serviços e similares sem o devido alvará de funcionamento expedido pela Prefeitura. Ou seja, até hoje era cada um por si. Um escândalo não é não?

    Enviado em: 06/11/2013 18:07h - Por: Deda | Categoria: Política

    A ordem dia da 70ª sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Sorocaba nesta quinta-feira (7/11/13) vai abordar do vereador José Crespo (DEM) um projeto substitutivo que dispõe sobre a concessão de alvarás de funcionamento no município. O projeto estabelece que nenhum imóvel poderá ser utilizado para funcionamento de atividades comerciais, industriais, institucionais, de prestação de serviços e similares sem o devido alvará de funcionamento expedido pela Prefeitura Municipal. Na prática isso significa que até agora cada um fazia o que queria, era cada um por si. Um escândalo não é não?

    Leia mais
  • Sabe aquela lista com os salários dos funcionários da Prefeitura de Sorocaba? Pois é, ela saiu do site por ordem do Tribunal de Justiça que concedeu efeito suspensivo para a sua remoção atendendo pedido do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais

    Enviado em: 06/11/2013 18:06h - Por: Deda | Categoria: Política

    Fui o primeiro a defender o inedistismo em termos sorocabanos da medida do prefeito Pannunzio de colocar no site da Prefeitura de Sorocaba a lista com os salários dos servidores públicos municipais. Há legislação neste sentido há anos, mas o ex-prefeito Vitor Lippi não teve, por razões dele, interesse em tornar público tais salários. Graças a medida, que era acessada pelo ícone Transparência no site da prefeitura, o sorocabano teve a chance de saber o nome de dezenas de médicos que receberam em agosto mais de R$ 30 mil por mês. Soube dos vencimentos de secretários municipais que superam os R$ 20 mil Viu dezenas de professores e diretoras de escola, enfermeiros, dentistas com salários superiores a R$ 18 mil. Mas quem saber quantos estes funcionários receberam em outubro não vão mais conseguir. O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo determinou a retirada do Portal da Transparência dessas informações. A decisão do TJ atende a ação apresentada à Justiça pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba sob a alegação de violação à privacidade dos trabalhadores da categoria. O efeito suspensivo é provisório e ainda haverá decisão final. Em âmbito local, o juiz da vara da Fazenda Pública de Sorocaba, José Eduardo Marcondes Machado, afirmou que o prefeito de Sorocaba agiu de maneira regular.

    Leia mais
  • Posto de gasolina vendendo combustível adulterado no Jardim Simus, em sorocaba, é alvo de ação do Ministério Público

    Enviado em: 06/11/2013 18:05h - Por: Deda | Categoria: Diversos

    Orlando Bastos Filho, promotor de justiça de Sorocaba, usou o twitter para dar publicidade a uma ação de defesa do consumidor sorocabano de sucesso. Um posto de combustível flagrado por vender combustível adulterado é alvo de ação do MP local. A ação é uma esperança de que este país tem jeito e o cidadão pode contar com a estrutura de poder para ver garantido os seus direitos na prática e não somente na teoria. Veja o que escreveu o promotor: “Em defesa do consumidor o MP propôs ação em face do auto posto Skita Olena Ltda., localizado na Av. Américo Figueiredo 1939 Jardim Simus. O posto foi flagrado vendendo gasolina fora dos padrões.  Pede-se indenização aos consumidores que compraram, e tamb´rm por dano moral coletivo. O posto foi flagrado vendendo gasolina fora dos padrões.  Pede-se indenização aos consumidores que compraram, e tbm por dano moral coletivo. Pede-se, ainda, que cada vez que constatada nova venda irregular,  automaticamente incida multa de R$ 100 mil. A ação foi manejada pela Promotora de Justiça Ana Alice Mascarenhas Marques, que auxilia nas funções do 15º cargo.

    Leia mais
  • O assunto que mais discussão gera e chama a atenção nas redes sociais é o de um empresário que gasta até R$ 50 mil em uma noite de balada. Só a facilidade do mundo digital explica isso, afinal a gastança de quem tem para gastar é histórica. Minha dica é que leiam o saboroso texto “Granfinos em São Paulo”, de Joel Silveira, o maior repórter que o Brasil já teve

    Enviado em: 06/11/2013 18:04h - Por: Deda | Categoria: Diversos



    O empresário Alexander de Almeida, de 39 anos, ganhou fama ao contar detalhes de suas noitadas para a revista Veja São Paulo. Em uma balada chega a gastar R$ 50 mil e por isso recebe tratamento "diferenciado", nas suas palavras publicadas pela revista. Se se interessou pelo assunto leia e veja o vídeo (http://vejasp.abril.com.br/materia/reis-do-camarote), mas minha dica é algo de verdadeira qualidade e sabor, um texto de Joel Silveira sobre os ricos da São Paulo de 1940. A reportagem “Granfinos em São Paulo” é reveladora e de um texto saborosíssimo. 

    Leia mais
  • Depois da mudança das UPHs, Prefeitura revela mudança também no uso do Pronto-Socorro Municipal na Santa Casa de Sorocaba. Sem dúvida, se faz necessário uma comunicação eficiente para atender o cidadão

    Enviado em: 05/11/2013 18:39h - Por: Deda | Categoria: Política

    O acordo de renovação o acordo entre a Prefeitura de Sorocaba e a Santa Casa para o funcionamento do Pronto-Socorro Municipal (como acontece desde 1999) projeta nova mudança para o usuário. Pelo novo acordo, a PS deixará de atender no sistema de portas abertas. A intenção da Prefeitura é que os atendimentos e internações do Pronto-Socorro sejam feitos por meio do encaminhamento das UPHs (Unidades Pré-Hospitalares) e PAs (Pronto-Atendimentos), ou seja, ao invés de uma pessoa com algum sintoma bater direto na porta da Santa Casa, necessariamente primeiro ela terá de ser atendida em alguma das UPHs ou Pas. O objetivo da mudança é garantir fluxo mais adequado de atendimento no PS e reduzir a pressão de procura de pacientes no Pronto-Socorro.
    As primeiras mudanças foram no sistema de cirurgia na Policlínica. Depois a definição de que a UPH da Zona Norte só atente adultos e a da Zona Oeste o atendimento pediátrico. Agora o cidadão não vai mais direto ao PS e terá antes de ir ao PA ou UPH. Obviamente que os Pas também terão mudança, especialmente com atendimentos nos finais de semana e período noturno.
    O resumo de tudo isso é um só: Sem dúvida, se faz necessário uma comunicação eficiente ee eficaz para atender o cidadão. Décadas depois de um sistema funcionando de uma maneira, a mudança exige que o cidadão que usa o sistema seja informado sobre o que mudou. E todos os outros, inclusive os que não usam, sobre o porquê mudou.

    Leia mais
  • Oposição se une para protestar contra decisão a da Prefeitura de Sorocaba de mudar atendimento nas UPHs. Mas por quê? A mudança provocou um caos na vida das pessoas? Pelo que se sabe, não. Os doentes estão sem médicos? Pelo que se sabe, não. Esse protesto me parece ser um tiro no pé da oposição

    Enviado em: 05/11/2013 18:38h - Por: Deda | Categoria: Política

    Nas redes sociais, lideranças do PC do B, Renan Santos, e do PMDB, Hudson Pessini, divulgam que vai acontecer um ato de público de protesto contra a centralização no atendimento das UPHs (Unidades Pré-Hospitalares) das Zonas Norte e Zona Oeste. Será na terça-feira que vem, dia 12/11, às 17h30, na UPH da Zona Norte no cruzamento das avenidas Ipanema com Itavuvu. O objetivo do protesto é para sensibilizar a prefeitura a revogar imediatamente a centralização do atendimento de pediatria na UPH da Zona Oeste e de clínica geral na Zona Norte.
    Mas por quê?
    A mudança provocou um caos na vida das pessoas? Pelo que se sabe, não. Os doentes estão sem médicos? Pelo que se sabe, não.
    Na última década inteira se viu filas e mais filas para o atendimento de pacientes nas unidades municipais e ninguém fez um protesto parecido com esse.
    O ideólogo desse manifesto deu um tiro no pé. Ter uma opinião contrária a decisão tomada na área da saúde é uma coisa, brigar para que essa opinião prevalece soa, no mínimo, estranho. Esse protesto só teria sentido se as mudanças tivessem piorado o que existia. Não piorou.
    O verdadeiro protesto deve vir da urna.
    Todo e qualquer eleito têm o direito e dever de fazer o que entende como o melhor para atender aos anseios de quem o elegeu. Não há quem esteja no poder que deseje fazer o pior ao cidadão. Se o que fizer não agradar a maioria, é na eleição que se corrige o rumo.
    De verdade, queria ver um sentido nesse protesto. Não vejo. Se tudo estivesse igual ao que vinha ocorrendo e a atual administração não estivesse fazendo nada para mudar o que estava ai (e não era de todo ruim, diga-se de passagem) eu veria um sentido em protestar. 

    Leia mais
  • Médico é preso após registrar o ponto e sair do Posto de Saúde... Caso aconteceu em Cascavel (PR). Alguém sabe de algo parecido em Sorocaba?

    Enviado em: 05/11/2013 18:37h - Por: Deda | Categoria: Política

    Essa reportagem está no Portal UOL. Vale a pena ler. Fica a esperança de que todos os casos como esse sejam revelados, denunciados e o criminoso punido. Acesse: http://cgn.uol.com.br/noticia/70325/medico-e-detido-apos-registrar-o-ponto

    Leia mais
  • 15/12/2010, às 14:44: Comissão Especial da SP-264 realiza segunda reunião. Notícia do dia 24/10/2013, às 15:34: Comissão em Prol da Duplicação da SP-264 se reúne na Câmara Municipal. Notícia de 05/11/13: Comissão em Prol da Duplicação da SP-264 se reúne na Câmara. Ai, ai... Essa lenga-lenga sim merece um protestão

    Enviado em: 05/11/2013 18:36h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Comissão Especial em Prol da Duplicação da Rodovia João Leme dos Santos (SP-264), se reuniu na Câmara Municipal de Sorocaba na segunda-feira que vem, dia 11/11, às 10h, para definir novas ações de trabalho. O que vem sendo feito desde 2010, quando foi criada, e em fevereiro deste ano, quando foi refundada, não surtiu efeito. O presidente da Comissão, o vereador Francisco França (PT) faz a sua parte que é a de chamar a atenção dos governantes para a necessidade urgente de duplicação da SP-264, que liga Sorocaba a Salto de Pirapora, passando por bairros, hotel e o campus da UFScar. Quando editor do Bom Dia, dei uma manchete nestes termos: Fábrica de mortes. Indústria de mortes. Algo assim. As promessas de que a obra saem constrangem os tucanos que são aliados de Alckmin e o próprio governador deveria ter vergonha de dar uma data nova para que o problema seja resolvido e a duplicação comece. Que os vereadores tenham sucesso em descobrir qual a data de que, enfim, essa duplicação vai começar.

    Leia mais
  • José Serra vem ai... Ex-governador tucano agenda palestras na Câmara e Ciesp Sorocaba para o mesmo dia. Para quem se pergunta, como eu, mas para que Serra está se expondo se o candidato é Aécio Neves, não há resposta objetiva. Mas ouvi de tucano de alta plumagem que é birra de filho único

    Enviado em: 04/11/2013 17:04h - Por: Deda | Categoria: Política

    Tucanos de todo o Brasil já decidiram que Aécio Neves é o candidato do partido na corrida para a presidência da república de 2014. José Serra sabe disso. Já deu entrevista dizendo que se Aércio for mesmo o candidato ele vai pedir votos ao mineiro. Mas Serra se mantém no páreo para o caso Aécio, por alguma razão, não decolar. Serra, se expondo, estará na memória do eleitor. Só isso explica a série de palestras que ele vem fazendo pelo Brasil. Inclusive em Sorocaba na terça-feira que vem, dia 12/11. A primeira delas, às 17h, acontece na Câmara de Vereadores. A segunda, no mesmo dia, às 19h, será na sede da Ciesp e terá foco nos empresários.
    Agora, falando em português bem claro, o que José Serra está fazendo é birra de filho único. Falei com quatro tucanos de alta plumagem hoje (4/11/13) e ouvi literalmente de um deles essa expressão. Acho que ela explica bem porque Serra está dando estas palestras. Ah, ele vem responder a pergunta que ele mesmo se faz: “Que país é este?”

    Leia mais
  • Prefeitura fecha acordo para a renovação do convênio com o Pronto Socorro Municipal na Santa Casa de Sorocaba. As modificações e explicações no convênio só serão divulgadas nesta terça

    Enviado em: 04/11/2013 17:03h - Por: Deda | Categoria: Política

    O prazo para a renovação do convênio entre a Prefeitura de Sorocaba e a Santa Casa para a  manutenção dos serviços do Pronto-Socorro Municipal venceu hoje (4/11/13), mas um novo acordo foi selado e os serviços seguem sendo prestados.
    A instalação do Pronto-Socorro Municipal na Santa Casa aconteceu em 1999 quando a população estimada em Sorocaba era de 300 mil habitantes. Hoje são quase 700 mil. A entidade atende atualmente entre 9 mil e 11 mil pacientes, quando o combinado seria receber 7 mil pacientes por mês. A Santa Casa recebe pelo convênio R$ 1,3 milhão todo começo de mês e mais R$ 500 mil pelo que exceder de atendimento do mês anterior. Diante deste quadro o nó a ser resolvido era: se aumenta a estrutura da Santa Casa (o que significa mais dinheiro) ou se estipula que quando houver mais paciente do que a capacidade de atendimento, a direção da Santa Casa encaminha o paciente a outra unidade indicada pela Prefeitura. A resposta desse nó ficou para esta terça-feira, quando o secretário de Saúde, Armando Raggio, vai conceder entrevista para explicar as modificações no convênio do PS Municipal.

    Leia mais
  • Lei da boca-de-lobo que já provocou polêmica no passado, será novamente tema de debate no legislativo sorocabano

    Enviado em: 04/11/2013 17:02h - Por: Deda | Categoria: Política

    De acordo com a Lei 8.419, de 7 de abril de 2008, de autoria do vereador José Francisco Martinez (PSDB), as bocas-de-lobo do município devem estar protegidas por grades, para evitar a entrada de lixo e entulho. É mais uma lei que não saiu do papel. E o zumzumzum é de que o prefeito Pannunzio (PSDB) encaminhou projeto para revogar esta lei. Em 2010, também por iniciativa do Poder Executivo, foi tentada a revogação dessa lei, mas o vereador Engenheiro Martinez e o então presidente do Saae, arquiteto Geraldo Caiuby, se estranharam. Houve, inclusive, troca de farpas públicas entre eles. Diante da polêmica, o então prefeito Lippi pediu o arquivamento do projeto e decretou vitória de Martinez. Agora, novamente, o assunto volta à baila. Conversei com Martinez há instantes e ele me garantiu que há um erro de interpretação do texto da lei: “Minha lei não pede para que nenhuma boca-de-lobo seja tapada, pede para ser limpa e protegida por grades. Vou falar disso na sessão de amanhã (5/11/13), mas nenhum projeto nesse sentido será votado”. Palavra do presidente do Poder Legislativo.

    Leia mais
  • Vereadores votam projeto do orçamento da Prefeitura de Sorocaba de 2014 e 256 emendas parlamentares em primeira discussão. Dia 26 será votado em segunda discussão e dia 10 de dezembro da redação final

    Enviado em: 04/11/2013 17:00h - Por: Assessoria da Câmara de Vereadores de Sorocaba | Categoria: Política

    O projeto de lei que aprova o Orçamento 2014 da Prefeitura de Sorocaba entra em primeira discussão em votação inicial e aprecia 256 emendas dos parlamentares. Serão R$ 2,197 bilhões, uma evolução da receita orçamentária em 19,72% em relação ao ano passado. Neste ano são R$ 1,835 bilhão e em 2014 R$ 2,197 bilhões.
    A maior fatia do orçamento é da Secretaria de Educação, cujas despesas foram fixadas em R$ 407,2 milhões. O orçamento estimado para a Secretaria da Saúde é de R$ 386,5 milhões, o segundo maior, seguido pela Secretaria de Serviços Públicos, com R$ 137,9 milhões.
    No caso da administração indireta, os orçamentos previstos são: Saae: R$ 242 milhões. Funserv (Previdência): R$ 147,1 milhões. Funserv (Saúde), R$ 46,2 milhões. Urbes: R$ 195,7 milhões. Parque Tecnológico: R$ 3,6 milhões.

    Leia mais
  • Sorocabanos apresentam sugestões e reivindicações para o Orçamento Estadual de 2014 em audiência na Câmara de Sorocaba. Prefeito de Sorocaba solicita viaduto, marginal e alça na Raposo Tavares, além da Rede Luci Montoro; ampliação do acesso ao aeroporto e recursos para o futuro Hospital Público de Sorocaba

    Enviado em: 04/11/2013 16:55h - Por: Assessoria da Câmara de Vereadores de Sorocaba | Categoria: Política

    Foi realizada na manhã desta segunda-feira (4/11/13), na Câmara Municipal de Sorocaba audiência pública da Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) para debater com a sociedade da região de Sorocaba o Orçamento Estadual para 2014. Saúde, Educação e Segurança foram eleitas as maiores demandas.

    Leia mais
  • Auditoria surpresa do corregedoria geral de Sorocaba na Policlínica Municipal irrita médicos que se dizem perseguidos. Prefeitura explica que apenas cumpre o que determina lei

    Enviado em: 31/10/2013 16:03h - Por: Deda | Categoria: Política



    Os médicos da Policlínica de Sorocaba estão completamente descontentes com a maneira com que a administração municipal está tratando eles. Não querem mostrar a cara, mas reclamam muito. Eduardo Luís Vieira, que além de cirurgião na Policlínica, candidato a vereador derrotado na última eleição e atual presidente do diretório municipal do PTB, decidiu dar a cara a tapa nesse embate. Assim como o médico Seamaan Camis Neto (que semana passada resolveu falar por si, sem representar a categoria), Eduardo Luís também decidiu falar. Na coluna “O D da Questão” que apresento na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz) ele é o meu convidado desta sexta-feira (1/11/13). Fique ligado. Mas ele já me adiantou que a visita surpresa do corregedoria geral do município de Sorocaba, Gustavo Barata, na Policlínica hoje de manhã (31/1/1013) irritou os médicos que se dizem perseguidos. Prefeitura explica que apenas cumpre o que determina lei. Em sua auditoria, Barata constatou que “dos 21 médicos que deveriam estar na Policlínica no horário da sua visita, dez não estão presentes e dois chegaram atrasados”.
    Leia a seguir reportagem exclusiva do repórter Jomar Belini, do Jornal da Ipanema (também autor da foto deste post), que está no portal da emissora:  http://www.jornalipanema.com.br/noticias/saude/43360-exclusivo-corregedoria-municipal-faz-primeira-auditoria-na-policlinica

    Leia mais
  • Funcionários da Prefeitura paulistana acusados de criar dificuldade para vender facilidades acumulam bens que ultrapassavam os R$ 80 milhões, segundo as investigações. Um desses bens é uma casa no Lago Azul, vizinho a Sorocaba

    Enviado em: 31/10/2013 16:01h - Por: Deda | Categoria: Política

    Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo de hoje (30/10/13) mostra que os quatro funcionários públicos presos na operação do Ministério Público Estadual em conjunto com a Controladoria-Geral do Município tinham bens acumulados que ultrapassavam R$ 80 milhões, segundo as investigações. Juntos, os servidores ganhavam R$ 86 mil por mês.
    A lista de bens que o Ministério Público atribui aos acusados inclui um andar inteiro de um edifício comercial em Santos, no litoral do Estado, avaliado em R$ 5 milhões. São dez conjuntos. Há ainda uma pousada em Visconde de Mauá, cidade turística da região serrana do Rio. Em Juiz de Fora (MG), o esquema rendeu uma cobertura dúplex em um condomínio de luxo. Policiais civis de Minas Gerais estiveram no local ontem à procura de mais provas do esquema.
    O catálogo inclui também uma casa de campo no condomínio fechado Lago Azul, na região de Sorocaba, cujo principal chamariz é um campo de golfe exclusivo. Na capital, as investigações detectaram que um dos suspeitos comprou três apartamentos em um flat no intervalo de três meses - um por mês. Cada um desses imóveis é avaliado em R$ 300 mil, de acordo com a promotoria. O grupo também investia em carros importados: na ação de ontem, foram apreendidos um Porsche e um BMW, além de uma moto italiana Ducati.
    Os promotores apuraram ainda que o grupo comprava imóveis na planta e os vendia antes da entrega das chaves, como investimento. A cidade favorita do grupo era Santos. Só na Rua Alberto I, na Ponta da Praia, os acusados compraram e venderam seis apartamentos de luxo, segundo o MP.

    Leia mais
  • Na falta de bom senso dos pais e escolas, legisladores tentam proteger crianças das pesadas mochilas escolares. Senado aborda assunto que já é lei municipal, mas ainda não funciona em Sorocaba

    Enviado em: 31/10/2013 16:00h - Por: Deda | Categoria: Política

    A Comissão de Assuntos Sociais do Senado brasileeiro  deve votar na quarta-feira (29/10/13) uma proposta para acabar com o peso das mochilas das crianças a caminho da escola. O tema em questão é um projeto do deputado goiano Sandes Junior (PP) que determina que o material didático obrigatório levado na mochila diariamente pelas crianças não pode ultrapassar a carga de 15% do peso da criança ou do adolescente. Para isso, os alunos adolescentes deverão informar, no início de cada ano letivo, quanto estão pesando. No caso dos estudantes crianças serão os pais ficarão responsáveis por enviar os dados dos filhos.
    O projeto também quer obrigar as escolas a oferecer armários aos alunos, para a criança ter onde guardar o material exigido e tê-lo à mão todos os sem dias, sem a necessidade de transportá-lo de casa à sala de aula. O colunista Lauro Jardim, da Veja on line, informa que “o  projeto recebeu parecer favorável à aprovação da relatora, a petista Angela Portela, de Roraima. Mas ainda que passe na CAS, precisará voltar à Câmara por ter sido sofrido alterações em outras comissões do Senado”.
    Lei do Crespo
    No dia 14 de maio de 2010 entrou em vigor a lei municipal nº 9.126, estabelecendo o peso máximo total do material escolar a ser transportado pelos alunos das escolas e pré-escolas da rede pública municipal e municipalizada de Sorocaba. Essa lei nasceu de um projeto do vereador José Crespo (DEM). A partir daquela data, as escolas deveriam ter adotado medidas organizacionais para o cumprimento dos termos da lei. Nada, ainda, três anos depois.
    A Lei do Crespo estabelece que o peso máximo total do material escolar a ser transportado não deverá ultrapassar 5% do peso dos alunos da pré-escola e do primeiro ciclo do ensino fundamental. Esse limite vai para 10% do peso do aluno que freqüenta as séries do segundo ciclo do ensino fundamental e do ensino médio.
     
    De acordo com o texto da lei, aqueles percentuais independem da forma de transporte do material escolar, seja avulsa, mochila com ou sem rodas, bolsa ou qualquer outra. As escolas serão obrigadas a divulgar e fixar cópias da lei nos seus quadros de aviso, em caráter permanente.

    Leia mais
  • Parlamentares com mandato fecham com um único candidato para presidir o diretório municipal do PT, mas novas lideranças montam chapa de oposição em Sorocaba

    Enviado em: 30/10/2013 16:30h - Por: Deda | Categoria: Política

    O diretório municipal do PT de Sorocaba é controlado por quem tem maior números de filiados que, no geral, são aqueles que conseguem se eleger. Nesta linha, os poderes estão concentrados nas mãos dos vereadores Izídio de Brito, Carlos Leite e França, do deputado estadual Hamilton Pereira e da deputada federal Iara Bernardi. Pela primeira vez nos últimos anos, os parlamentares com mandato se unem em torno de um nome (neste ano de Izídio de Brito) e evitam expôr a sociedade as diferenças que são tratadas somente em âmbito interno do partido.
    Mas não haverá chapa única na eleição do dia 10 de novembro. Liderada por Anderson Lima (jovem de 31 anos e filho do ex-vereador Jorjão dos Laranjeiras), uma nova chapa já está registrada para concorrer pela presidência do diretório municipal do PT sorocabano. Uma chapa de oposição aos parlamentares, me explica o professor Osmar de Camargo.
    Minha pergunta foi uma só ao Osmar: se o partido é único, por que uma chapa de oposição? E assim ele me respondeu: “Queremos mudar a dinâmica e estratégia de atuação do partido na cidade. Queremos nos reaproximar de nossas bases e dos movimentos sociais. Temos o objetivo de manter um diálogo respeitoso com o empresariado sorocabano e, principalmente,  transparente pois eles mobilizam o maior projeto social já implementado na história que se chama emprego. Nossa chapa também quer dinamizar as informações e os projetos do governo federal na cidade. Queremos assumir o comando do diretório para fazer uma oposição estratégica, propositiva e programática ao governo Pannunzzio, situação que no nosso ver não está ocorrendo. Por fim, queremos trazer de volta para dentro do partido os militantes afastados e mobilizar os novos, principalmente a juventude e as mulheres”.
    Está ai. Se você é do PT veja se está em dia para votar. Se só é eleitor, ficou mais por dentro do que acontece com o partido. E se não vota do PT, sabe um pouco mais sobre o que pensam os membros do partido.

    Leia mais
  • Nomes de dois deputados sorocabanos aparecem em planilha da Máfia do Asfalto e fato é indicativo de propina para políticos, afirma Ministério Público

    Enviado em: 30/10/2013 16:23h - Por: Deda | Categoria: Política

     

    Os jornalistas Fausto Macedo e Ricardo Chapola publicaram na edição de hoje (30/10/13) do jornal O Estado de S.Paulo reportagem onde afirmam que o Ministério Público encontrou a contabilidade secreta da Máfia do Asfalto, organização que teria se infiltrado em pelo menos 78 municípios da região noroeste do Estado de São Paulo para fraudar licitações com recursos de emendas parlamentares. Em um pen drive apreendido na residência do contador Ilso Donizete Dominical foi identificada planilha com nomes de políticos, datas e valores supostamente repassados a eles em 2011. O montante atinge R$ 3,048 milhões. Na lista dos parlamentares que aparecem na planilha (a maioria do PT e alguns do PSDB) também aparecem dois parlamentares sorocabanos: o deputado federal Jefferson Campos (PSD) e o deputado estadual Carlos Cezar (PSB). Na versão on line do jornal, os jornalistas publicam a seguinte afirmação de Carlos Cézar: "Não tenho e nunca tive relacionamento com nenhuma das pessoas citadas". O nome de Carlos Cezar aparece na planilha divulgada pelo MP ao lado do valor R$ 150 mil e os meses agosto e setembro de 2011.
    Os deputados Jefferson Campos e Carlos Cezar são cunhados e pastores da Igreja di Evangelho  Quadrangular em Sorocaba. Na última eleição parlamentar eles tiveram 9 mil votos em Sorocaba, mas foram eleitos com votos de praticamente todas as cidades do estado. Jefferson obteve mais de 100 mil votos e Carlos Cezar perto de 60 mil. Para a eleição de 2014, em decisão tomada pela cúpula da Igreja Quadrangular, Jefferson Campos será o único candidato da igreja a deputado federal. Carlos Cézar terá a companhia de outro pastor, este da cidade de Bauru. Levando em conta a fidelidade dos membros da igreja em votar em candidato indicado pelos pastores dessa igreja, as reeleições de Carlos Cézar e Jefferson eram tidas como certa.
    De hoje até a convenção dos partidos, esses dois parlamentares terão o trabalho de se explicar aos pastores líderes da Igreja do Evangelho Quadrangular e mostrar que esta acusação do MP não tem fundamento.
    Entenda a Operação Máfia do Asfalto. Acesse: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,planilha-da-mafia-do-asfalto-e-indicativo-de-propina-para-politicos-diz-promotoria-,1091215,0.htm

    Leia mais
  • Deputada sorocabana revela que ela e o prefeito de Sorocaba foram até o secretário estadual da Saúde cobrar mudanças no CHS e agilidade para a implantação da atrasada AME

    Enviado em: 30/10/2013 16:08h - Por: Deda | Categoria: Política

    A deputada estadual Maria Lúcia (PSDB), presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia Legislativa e uma das fiéis escudeiras do governador Geraldo Alckmin, concedeu entrevista à rádio Ipanema hoje (30/10/13) e revelou que esteve ontem em São Paulo acompanhada do prefeito Pannunzio. Foram até o secretário estadual da Saúde, David Uip, e levaram documentos e reportagens da imprensa para comprovar a péssima qualidade da gestão e atendimento oferecido à população pelo CHS (Conjunto Hospitalar de Sorocaba). A deputada afirmou que o atual diretor, Luís Cláudio Azevedo, que está no cargo desde a intervenção de dois anos atrás, não estabelece nenhum tipo de diálogo com as lideranças do partido. Ela entende que cabe ao secretário decidir, mas se dependesse dela sua vontade era a troca do comando do CHS. Ela também reforçou que Pannunzio pediu ao secretário que a AME (Ambulatório Médico de Especialidades) comece a funcionar em dezembro e não em fevereiro como anunciou o governador. A AME é uma das obras que Alckmin já anunciou pelo menos umas dez vezes nos últimos cinco anos. Inclusive chegou a cometer a gafe de colocar em seu comercial eleitoral, três meses atrás.

    Leia mais
  • Secretários explicam na coluna “O D da Questão” as mudanças que estão ocorrendo no setor de saúde pública municipal de Sorocaba

    Enviado em: 30/10/2013 16:07h - Por: Deda | Categoria: Política

    João Leandro, secretário de Governo e Segurança Comunitária, e Rodrigo Maldonado, secretário Chefe do Gabinete do  prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio, foram os entrevistados da coluna “O D da Questão” que apresento toda segunda, quarta e sexta na rádio  Ipanema (FM 91,1Mhz). Nesta entrevista eles revelam a nova sistemática de atendimento nas UPHs (Unidade Pré-Hospitalar); explicam o início da operação da Central de Atendimento; mostram como será feito o gerenciamento da fila das cirurgias que saiu das mãos dos médicos; abordam o início da Lei da Transparência na fila da saúde (projeto do vereador Dini) e revelam convênio entre a Prefeitura e cinco hospitais para fazer andar a fila das cirurgias. “Enfim, o governo Pannunzio é ágil, dinâmico e vem cumprindo os compromissos de campanha, bem ao contrário das críticas da oposição”, afirmou Maldonado. O seu recado, claro e evidente, era uma resposta as críticas feitas na sexta-feira passada por Renato Amary durante entrevista também na rádio Ipanema. Os secretários também explicaram como anda o relacionamento entre o governo Pannunzio e o ex-prefeito Vitor Lippi que, aos menos nos bastidores, não esconde que está descontente com a forma drástica das mudanças na área da saúde. Vale a pena ouvir. Acesse: http://www.jornalipanema.com.br/noticias/sorocaba/43322-o-d-da-questao-jornalista-entrevista-secretarios-municipais

    Leia mais
  • Depois do vexame na Câmara, Tonão e Waldomiro ficam de bem por telefone

    Enviado em: 30/10/2013 16:04h - Por: Deda | Categoria: Política

    Em uma discussão quente durante a sessão parlamentar de terça-feira (29/10/13) Tonão chamou Waldomiro de “mentiroso”, que o retrucou dizendo “mentiroso é a mãe”, que deu a tréplica chamando-o de “vagabundo” e bla-blá-blá (leia post anterior para saber desta história). Tonão que tem 70 anos e pesa 150kg passou mal em plenário e teve de receber atendimento médico. Waldomiro, que tem 75 anos, não escondeu que nada do que ocorreu deveria ter ocorrido. O resumo da ópera? Na noite de terça-feira, quando ocorreu a briga, Tonão resolveu tomar a iniciativa de ligar para Waldomiro e mostrar que estava tudo bem com ele. Ambos se desculparam, reconheceram que falaram o que não deviam e tudo voltou a ficar bem. Na sessão desta quinta-feira, se espera, eles vão demonstrar cordialidade em plenário.

    Leia mais
  • “Mendigo deve virar ração para peixe”. Afirmação é de vereador de uma cidade do interior do Rio de Janeiro. Em Sorocaba não ouvi nenhuma barbaridade deste tipo ainda, mas passado um mês desde que a vice-prefeita prometeu uma melhora nesse problema as críticas só aumentam contra a atual administração

    Enviado em: 29/10/2013 14:42h - Por: Deda | Categoria: Política

    Um vereador do município de Piraí, localizado no sul do Rio de Janeiro, causou polêmica ao defender a aprovação de um projeto de lei que proíbe moradores de rua de votarem. José Paulo Carvalho de Oliveira, o Russo (PTdoB), disse: “Mendigo não tem de votar. Não faz nada na vida. Não tem de tomar atitude nenhuma. Aliás, acho até que deveria virar ração para peixe. A gente trabalhando feito maluco. Não dou nada pra mendigo. Se quiser, vai trabalhar”, afirmou. Para saber mais sobre essa idéia absurda, que parte de uma parlamentar, acesse:  http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/%E2%80%9Cmendigo-deveria-virar-racao-para-peixe%E2%80%9D-diz-vereador-veja-o-video/

    Em Sorocaba
    Existe um grupo no Facebook chamado “Legitimidade Sorocabana”. E um dos temas recentes tratados por eles é o da mendicância. Eles lembram que “a vice-prefeita esteve na imprensa, há um mês, dizendo que essa pratica estava sendo assistida e estava em queda...”. Na verdade, Edith Di Giorgi esteve na minha coluna, “O D da Questão”, na rádio Ipanema (FM 91,1Mhz), rebatendo minhas críticas e dos ouvintes que gravaram no portal de voz e explicando as ações que ela passava a coordenar sobre a crescente presença de pedintes nos semáforos de Sorocaba. Não tenho estatística de quanto cresceu, mas é muito. Incomparável com o que acontecia. Edith fez críticas ao ex-prefeito Vitor Lippi e a ex-secretária da Cidadania Mazé Lima naquela entrevista. Disse que tem uma visão crítica do tema, mas nem de longe pensava em ser higienista (algo como o maluco do vereador de Piraí-RJ propôs). Mas caiu num armadilha, colocada por ela mesma, de dar um prazo para resolver o problema. Tudo bem que era um prazo para que o problema começasse a ser resolvido, mas um mês depois tudo está pior. As dezenas de comentários no Legitimidade Sorocaba (https://www.facebook.com/photo.php?fbid=624532024254985&set=a.299227263452131.67382.284283911613133&type=1&permPage=1) deixam isso claro. E a maioria entende que a polícia não faz nada. Pincei um comentário que acho que explica bem o sentimento da sociedade com esse problema: “a gente fica intimidada diante deles(pedintes), se não dá nada pode ser pior. Senhor prefeito e senhores vereadores tomem uma providência imediata! Estamos nas mãos dessas pessoas. Sábado quase morri de medo ai em Sorocaba nos sinaleiros. Por favor, essa solução temque ser urgentíssima”.

    Leia mais
  • Semana passada o líder do prefeito na Câmara provocou gargalhadas com seu comportamento. Hoje, ira. Até onde vai a paciência de Pannunzio?

    Enviado em: 29/10/2013 14:41h - Por: Deda | Categoria: Política

    Semana passada Waldomiro de Freitas (PSD) provocou gargalhadas em quem assistia a sessão da Câmara ao propor a aprovação de um projeto como líder e simultaneamente a não aprovação como um simples vereador como ele mesmo se explicou. Como ele é um só, deveria ter escolhido que papel faria na tribuna. Foi hilário.
    Na sessão de hoje (29/10/13), para quem gosta de brigas e bate-bocas, novamente Waldomiro protagonizou cenas hilárias ao responder provocação do vereador Tonão (SDD) a respeito dos problemas nos centros esportivos e Ginásio Municipal de Esportes. Tonão falou: “você sai daqui e vai direto para o seu apartamento, não visita os centros esportivos e ginásios, é fácil de falar”. E Waldomiro rebateu: “Ando por Sorocaba muito mais do que o senhor”. E Tonão não perdeu a deixa: “O senhor é um mentiroso”. E Waldomiro, como um comediante destes populares humorísticos de TV, respondeu:  “Mentiroso é a mãe”.
    Tonão, que já beira os 70 anos e pesando perto dos 150kg, com dificuldade se levantou da cadeira, e partiu para cima de Waldomiro aos berros: “Nem homem você não é para falar da minha mãe! Vagabundo! Venha aqui fora para você ver. Ai vão ser dois idosos brigando!”.
    O clima era de total constrangimento. Waldomiro se deu conta do que havia falado e subiu na tribuna para negar que teria falado mal da mão de Tonão: “Falei vagabunda é a mãe, mas não falei de quem é a mãe. Pode ser até a minha”.
    Waldomiro é líder do prefeito desde que Paulo Mendes (que cumpria esse papel com maestria) teve seus direitos políticos suspensos. Na bancada de sustentação de Pannunzio não há nenhum outro vereador com experiência e traquejo para desempenhar esse papel. Martinez, por presidir a Casa, não pode. A permanência de Waldomiro como líder é incerta. Todos se perguntam: Até onde vai a paciência de Pannunzio?

    Leia mais
  • Ex-diretor da Ancine volta a Sorocaba, mas seis meses depois vê frustrada sua tentativa de presidir o diretório municipal. Sua maior conquista foi unir dentro do PT os velhos partidários em torno de uma candidatura única

    Enviado em: 29/10/2013 14:41h - Por: Deda | Categoria: Política

    Quando retornou a Sorocaba após quatro anos como diretor da Ancine (Agência Nacional do Cinema), o ex-secretário de Cultura de Votorantim e ex-repórter da rádio Clube de Sorocaba (quando era CBN) Glauber Piva disse que passaria por uma "quarentena" de 120 dias para voltar à ativa. O prazo já venceu faz tempo e ele prospecta novas oportunidades. Mas não terá sucesso, pelo que apurei, em seu objetivo inicial que era o de assumir o comando do diretório municipal do PT de Sorocaba. Afiliado do ex-ministro José Dirceu, Glauber Piva não empolgou os velhos correligionários do seu partido em Sorocaba. Mas ele já obteve um primeiro sucesso: conseguiu unir todos os políticos com mandato do PT em torno de uma única candidatura. Pela primeira vez em anos a escolha do presidente local do PT terá chapa única. O vereador Izídio de Brito conquistou seus colegas de legislativo municipal (Carlos Leite e França), estadual (Hamilton Pereira) e federal (Iara Bernardi).

    Leia mais
  • Futuro presidente do diretório estadual do PT projeta o sucesso do candidato do partido na eleição de governador em 2014

    Enviado em: 29/10/2013 14:40h - Por: Deda | Categoria: Política

    Emídio de Souza, que esteve em Sorocaba semanas atrás em campanha para as eleições de 10 de novembro no diretório estadual, esbanjou confiança no futuro do partido. Acredita que divergências domésticas estão sendo solucionadas e mostra os números crescentes do PT no Estado de São Paulo, eleição após eleição, para botar fé na vitória de Padilha em 2014: na busca pelo governo em 1998, Marta Suplicy foi candidata e obteve 22%. Em 2002, José Genoino obteve 28% dos votos. Em 2006, Aloisio Mercadante recebeu 32% dos votos. Em 2010, novamente Mercadante, recebeu 35,5% dos votos. 
    Vale lembrar que existem outros três candidatos de peso na eleição para governador: Geraldo Alckmin (PSDB) que busca a reeleição; Paulo Skaf (PMDB) e Kassab (PSD).

    Leia mais
  • Cresce o nível de respeito entre adversários políticos de Sorocaba. Renato Amary faz críticas e Pannunzio rebate. O pior seria se tivessem uma conversa de surdo

    Enviado em: 28/10/2013 16:43h - Por: Deda | Categoria: Política

    Renato Amary está agitado há dez dias. Começou com o encontro regional do PMDB e Michel Temer e Paulo Skaf (candidatos a vice-presidência da República e a governador de São Paulo respectivamente) incentivando sua candidatura a deputado federal em Tatuí. Passou pelo recebimento da Comenda de Ética da Câmara de Sorocaba e culminou com a festa de seu aniversário que reuniu centenas de pessoas no Centro Hípico Pagliato. Nesse intevrvalo, na rádio Ipanema, ele fez elogios a pessoa e ao político Pannunzio, disse que não era seu inimigo, mas enfatizou que é adversário político. E nessa qualidade teceu críticas as ações na área da saúde, trânsito e transporte.
    No geral, ações como essa de um candidato derrotado por pouco (até o dia da eleição as pesquisas indicavam vitória de Amary e sua derrota foi por poucos mais de 5 mil votos num universo de 400 mil eleitores) são ignoradas. Mas não é isso o que vai acontecer. Na quarta-feira (30/10/13), o secretário de Governo, João Leandro, e chefe de Gabinete, Rodrigo Maldonado, vão dar entrevista na rádio Ipanema para contestar as críticas de Amary. 
    Mostra que oposição e situação podem dialogar. O pior para a cidade seria uma conversa de surdo. Minha conclusão é a de que cresce o nível de respeito entre adversários políticos. Ótimo para o eleitor, para o cidadão e para a cidade.

    Leia mais
  • Prefeito de Sorocaba dá invertida em vereadores do PRP que foram até ele dar uma prensa

    Enviado em: 28/10/2013 16:42h - Por: Deda | Categoria: Política

    O PRP foi o primeiro partido aliado da candidatura de Pannunzio (PSDB) na elei&ccedi